MPE – Capítulo 163

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 163: Yuzhou

Tradutor:  Asu | Editor:  Asu

Eram precisamente dez horas quando o avião chegou. Se fosse antes do Cataclismo, voar de Chang’an para Yuzhou de avião levaria uma hora no máximo. No entanto, após o Cataclismo, a distância entre os dois lugares aumentou, e um avião precisaria exatamente de três horas para ir de Chang’an para Yuzhou.

“Senhor, Familiares não são permitidos dentro do aeroporto.” O guarda de segurança bloqueou um menino que tinha um Familiar com ele e educadamente bloqueou sua entrada.

“Eh? Então, por que tantas pessoas estão levando seus Familiares para dentro?” O garoto ficou um pouco irritado e apontou para outro ponto de acesso. Naquela área, um homem velho e um homem mais jovem levaram vários Familiares para o salão espaçoso.

“Essa é a área de pouso de jatos particulares. As Leis da Aliança não têm nenhum regulamento que restrinja o transporte de Familiares em aviões particulares no momento”, respondeu o segurança de forma indireta.

Basicamente, o que ele queria dizer era que aviões particulares eram propriedades pessoais de seus donos, e assim os donos podiam fazer o que quisessem. O que eles fizeram com sua propriedade não afetou mais ninguém.

Como tal, as leis para aviões particulares eram diferentes das dos aviões comerciais e as suas rotas de voo também eram diferenciadas.

A mudança de expressão no rosto do menino foi muito interessante. Depois de um tempo, ele abaixou a cabeça amargamente.

―◊◊◊―

“Eu já disse ao seu avô, e ele mandará alguém para transportar a aranha para Yuzhou”, disse Liu Shaotang a Gao Peng. “Aquela aranha é muito grande. Ele precisa de um avião especializado para transportá-la… Vou deixar o Abutre-Barbudo com Olhos de Sangue para trás para acompanhar aquele avião. Em caso de acidentes.”

Gao Peng acenou com a cabeça para indicar que entendia.

Depois de meia hora, eles entraram no avião. O avião gradualmente voou para o ar, separando-os mais e mais do solo.

No bagageiro, todos os Familiares estavam envoltos em correntes para evitar qualquer contratempo.

Claro, eles não temiam que os Familiares estivessem em perigo; eles tinham mais medo de que os Familiares fizessem um buraco na cabine do avião…

Através do vidro, a cena externa gradualmente se tornou monótona enquanto ondas de nuvens brancas bloqueavam a vista. Depois disso, o avião rompeu as nuvens e disparou para cima.

Gao Peng ajustou seu assento para um ângulo confortável e colocou sua máscara para que ele pudesse descansar.

Depois de três horas, o avião se preparou para pousar.

Os comissários de bordo caminharam para o lado de Gao Peng e gentilmente o lembraram de que estavam prestes a pousar em Yuzhou.

Chegamos?

Gao Peng removeu a máscara de olho e puxou a viseira. Através da janela, podia-se ver vagamente os picos de montanhas imponentes tocando as nuvens.

Olhando para baixo, podia-se ver camadas de montanhas conectadas umas às outras e o vasto rio Yangtze, que parecia avançar para sempre. Era como olhar para um enorme dragão voando entre as montanhas.

No meio das montanhas, uma cidade enorme se destacava. Ela se estendia desde o sopé da montanha até a encosta, apenas para ser separada pelo rio Yangtze. A superfície do rio tinha dez pontes que ligavam a cidade a ambos os lados.

Ao lado do rio havia uma fileira de altos aterros. Além disso, havia também grades de aço que protegiam a costa de ambos os lados. Ocasionalmente, carros blindados podiam ser vistos passando pela estrada costeira.

O avião passou voando pelo rio e continuou deslizando para a frente, e a cidade abaixo deles estava se aproximando.

Os edifícios de cimento e aço da cidade moderna tinham uma aura tecnológica, com suas paredes externas de vidro refratando as luzes. O avião sobrevoou a cidade e seguiu para o sul. Mais tarde, o avião deu a volta e pousou lentamente na pista.

Um espaçoso aeroporto apareceu pela janela. As luzes de sinalização no chão brilhavam e o avião voou para baixo. Seu senso de gravidade distorceu ligeiramente.

Finalmente, eles desembarcaram em paz.

Ao descer do avião, o tio Liu pegou o telefone e conversou por um tempo. Ele então rapidamente desligou o telefone. Ele se virou e disse para Gao Peng: “O velho Ji está preso com alguma coisa e não pode vir nos buscar. No entanto, ele já arrumou as coisas com a empresa. Nós podemos ir direto para lá.”

“OK. Vou apenas seguir seus preparativos, tio.” Gao Peng não tinha opinião.

―◊◊◊―

A montante do rio Yangtze.

Após o Cataclismo, os rios em todo o mundo tornaram-se mais largos e longos, como se o planeta estivesse constantemente “crescendo”. O rio Shanchuan a montante também cresceu gradualmente. Foi um fenômeno fantástico.

Rios trovejaram e ondas se enfureceram.

Uma barbatana afiada atravessou a superfície da água como uma espada, provocando ondas enormes.

Através da água límpida do rio, uma sombra escura era visível, circulando nas profundezas do rio. Da superfície, parecia que se movia aqui e ali sem qualquer propósito, mas com base nos cálculos dos militares, seu destino final era a jusante[1] do rio Yangtze, a cidade de Yuzhou!

“Esse amiguinho com certeza é desobediente.” Na região militar de Yuzhou, um oficial militar de alta patente barbado usava um único tapa-olho preto. Ele olhou para o vídeo gravado por um drone não tripulado e sorriu.

Baseado nas imagens dinâmicas feitas pelos satélites, o monstro nas profundezas do rio fazia círculos debaixo d’água, e às vezes até nadava rio acima. No entanto, quando se combinou todas as imagens de seu caminho de natação em uma imagem dinâmica em movimento, pode-se calcular com precisão seu destino final como a cidade de Yuzhou, localizada a jusante do rio Yangtze. O movimento aparentemente sem sentido em todo o lugar era apenas uma tentativa de diminuir a vigilância humana.

Infelizmente, sob a constante vigilância do drone não tripulado e dos satélites, seu plano oculto não estava escondido, então tudo parecia bastante hilário no final.

Era como um ladrão se comportando de maneira suspeita enquanto tentava se esgueirar em um castelo. Ele fingiria que ele era apenas um transeunte, mas na verdade, cada movimento que ele fazia era constantemente e claramente monitorado pela câmera de segurança pendurada na parede…

Um grupo de guardas de segurança sentava-se em silêncio diante da filmagem de segurança, observando os atos do ladrão idiota, conversando casualmente uns com os outros enquanto mastigava sementes de melão.

Nas profundezas do rio, os respingos furiosos produziram uma corrente forte. Bolhas apareceram dos movimentos da figura escura, mas foram imediatamente estouradas. As escamas cinza-escuras tinham um brilho escuro debaixo d’água.

Uma cobra d’água de cinco metros de comprimento foi sugada para a corrente oculta ridiculamente forte. A cobra d’água nem sequer teve tempo de reagir antes de ser puxada para dentro dela. A corrente golpeava a cobra enquanto a arrastava para dentro.

Demorou algum esforço para a cobra finalmente recuperar seus sentidos. A cobra d’água abriu os olhos e, de repente, uma luz amarela fraca e quente apareceu submersa e, em seguida, um tapete vermelho apareceu discretamente sob o corpo.

A cobra d’água olhou para o tapete vermelho, intrigada. Parece familiar…

E no momento seguinte, a água se enfureceu e o tapete vermelho virou de repente, e a cobra d’água perdeu a consciência.

―◊◊◊―

“Então, esse monstro trivial é aquele que interrompeu a minha reunião com o meu neto, hein?” Ji Hanwu estava no convés do barco. Ele olhou calmamente para a “ilha” na frente dele que estava gradualmente se aproximando.

No ponto mais alto da “ilha”, havia um chifre branco afiado que parecia uma lança apontada para o céu. Picos negros afiados espalhavam-se por toda parte sobre escamas cinzentas escuras. Seu corpo estava coberto.

A parte do monstro exposta acima da superfície da água tinha mais de dez metros quadrados, mas a maior parte estava escondida sob o rio. Como se tivesse notado o barco, a velocidade com que a “ilha” se aproximava do barco aumentava.

A expressão de Ji Hanwu não mudou quando ele olhou para o monstro que se aproximava.

O monstro subiu lentamente das profundezas do rio. Seu corpo grande criava ondas enormes e o barco tremia. Ji Hanwu colocou ambas as mãos atrás das costas. Ele parecia calmo. Ambos os pés foram firmemente plantados no convés do barco como se eles tivessem raízes. Se observássemos com mais cuidado, poderíamos ver que dois aros haviam sido usados ​​para fixar os pés de Ji Hanwu no convés do barco.


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


[1] Como apareceu o Jusante e o Montante juntos, eu explicarei sobre os dois:

Jusante e montante são direções por onde correm as águas de uma corrente fluvial. A jusante significa em direção à foz, ou seja, o fluxo normal da água. Enquanto isso, a montante significa em direção à nascente, ou seja, contra-corrente.

Rolar para o topo