MPE – Capítulo 168

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 168: Uma Sombra no Centro de Treinamento

Tradutor:  Asu | Editor:  Asu

Gao Peng verificou os atributos de Flamy. Sem surpresa, tanto a habilidade quanto as características de Flamy foram alteradas. Seu verdadeiro potencial foi desbloqueado.

A primeira habilidade passiva foi fácil de entender, mas Gao Peng não tinha certeza sobre a habilidade ativa.

[Nome do Monstro]: Grou Vermelho Flamejante

[Nível do Monstro]: Nível 21

[Classificação do Monstro]: Perfeita

[Atributo do Monstro]: Fogo

[Característica Especial]: Penas de Fogo (Efeito Passivo: As penas aumentam a resistência ao fogo. Efeito Ativo: As penas podem deixar o corpo e voar em direção ao inimigo. As penas se inflamam depois de se combinar com os elementos do ar e causar uma explosão.)

[Requisitos para Promoção a Classificação Épica]: 500 Jin de Cristais de Céu Ardente, pelo menos três Frutos do mistério Primordial e uma Polpa de Medula de Fogo..

 

Dizia apenas que as penas explodiam, mas não dizia o quão poderosa era a explosão. A explosão não veio da própria pena, mas de combinar o que estava na pena e o que estava no ar. Isso deve significar que a explosão deve ser bem grande. No entanto, o centro de treinamento não era um local adequado para testá-la. Não seria bom começar um incêndio.

A única desvantagem era que essa habilidade usaria as penas no corpo de Flamy. Se essa habilidade fosse usada com muita frequência… Gao Peng não pôde deixar de sentir um tremor no coração quando imaginou um grou depenado voando.

Flamy estava voando de forma imprudente no ar, sentindo-se feliz, completamente inconsciente do que estava passando pela cabeça de seu mestre.

Gao Peng levantou a cabeça para olhar a figura de Flamy. Seus lábios franziram para o lado.

Quando Flamy chegou pela primeira vez a Gao Peng, ele tinha uma expressão de grande amargura. Como se o mundo o tivesse abandonado. Ele só pensava em se vingar. Embora a vingança fosse uma motivação, viver com ódio tornaria a vida um pouco difícil demais.

Por que não podia sorrir enquanto se vingava? Fazer-se chafurdar na miséria e no ódio significaria cair na armadilha do inimigo.

Gao Peng não queria que Flamy se livrasse de seu ódio pelos inimigos, mas também não queria que ele vivesse amargurado.

Flamy ser feliz todos os dias. Isso era algo que Gao Peng deveria garantir como um treinador de monstros.

“Flamy, você sabia que a forma em que você estava quando foi promovido será sua forma permanente?” Gao Peng disse em voz alta para Flamy.

Flamy, que estava voando alegremente, de repente ficou rígido. Foi uma sorte que ele não tenha atingido um dos postes. Um olhar de terror não pôde deixar de aparecer no rosto minúsculo de Flamy. Quanto mais ele pensava nisso, mais profundo ele caía em desespero.

Ele começou a choramingar em desespero.

“Hahaha, eu só estou brincando com você.” Gao Peng riu quando viu a reação de Flamy.

Flamy treinou por mais uns doze minutos para se familiarizar com sua nova forma. Ele foi então chamado para sair por Gao Peng. Ao mesmo tempo, Gao Peng também disse a Dumby, que estava treinando com pesos: “Vamos Dumby”.

Havia dezenas de sacos de areia de ferro amarrados ao corpo de Dumby. Ele segurava halteres gigantes em ambas as mãos esquerda e direita. Ele assentiu silenciosamente e jogou os halteres gigantes no chão. A terra soltou um estrondo surdo.

Dumby tirou o resto dos sacos de areia de ferro do corpo e seguiu seu mestre para fora do centro de treinamento.

O centro de treinamento ficou quieto novamente e o ar começou a ficar obsoleto.

O céu escureceu.

Um período de tempo passou e, em seguida, uma placa no canto do centro de treinamento começou a se mover. Foi então deixado de lado. O verso de uma cabeça pequena podia ser visto.

Havia paredes nos três lados do centro de treinamento. A única saída levava aos alojamentos dos funcionários e ao depósito dessa filial. Indo mais para frente estavam algumas das fábricas da empresa. A localização do centro de treinamento era muito remota, então muito poucas pessoas vieram para cá.

Então, por que o equipamento no centro de treinamento parecia tão desgastado?

Gao Peng ficou quieto atrás de um monte de árvores densas. Ele olhou para o quadro que foi deixado de lado. Daí veio um rato cor vermelho sangue. Ou pelo menos deveria estar vermelho sangue. Estava tão sujo que a cor se tornara marrom-avermelhada, e a pele de seus dedos estava grudada.

A primeira coisa que o rato fez foi farejar o ar. Em seguida, recuou o pescoço com medo. Seus olhos mostravam uma expressão muito humana de ansiedade. Então virou na direção de Gao Peng e fungou desconfiado. Não detectou nada.

Então soltou alguns guinchos em direção à parede.

Depois de um tempo, um garotinho saiu da parede.

O cabelo do garoto estava muito sujo e o rosto também. Suas roupas eram muito simples e havia alguns pequenos buracos nelas. O que foi surpreendente sobre ele eram seus olhos extremamente brilhantes.

Depois de sair, o garoto olhou na direção dos aposentos dos funcionários. Ele soltou um suspiro de alívio depois de confirmar que não havia ninguém lá.

Ele então correu até o canto do centro de treinamento e equipou o rato com algum equipamento de treinamento. O rato então começou a correr com agilidade pelo centro de treinamento. A partir de sua familiaridade com o centro de treinamento, pode-se dizer que ele vinha treinando aqui há muito tempo.

Seja do esforço do poder de seus movimentos ou de seu corpo saudável, toda vez que se movia, seus músculos começavam a se flexionar.

O menino treinou por uma hora direto. Não foi um longo período de tempo, mas talvez por causa da falta de nutrientes, os movimentos do rato vermelho começaram a diminuir. Ele ofegou quando lentamente parou.

O menino caminhou em direção ao rato vermelho sangue e tirou o equipamento de treinamento. Ele então colocou o equipamento de volta em seus locais originais. Ele foi até o canto do centro, pegou uma vassoura e uma pá e começou a limpar o centro de treinamento. Finalmente, ele pegou um esfregão e limpou todo o lugar.

Para um garoto, esse tipo de trabalho era bem cansativo. Ele estava coberto de suor quando terminou de limpar. O garotinho fez uma reverência três vezes na direção dos aposentos dos funcionários, pegou o rato e correu pelo buraco no canto das paredes.

Gao Peng de repente se lembrou do que Wang Liang disse a ele. As pessoas que estavam insatisfeitas com sua condição em Baiye já haviam trabalhado arduamente e saíram do distrito de Baiye. Os que sobraram estavam apenas se atrapalhando com a vida sem nenhuma expectativa em relação à vida.

Parecia que isso não era verdade para todos eles…

Sempre haveria aqueles que nasceram no inferno, mas queriam se mover em direção à luz.

Eles estariam cheios de vida mesmo quando viviam em uma situação difícil.

O garotinho se arrastou através da parede e colocou a tábua novamente. Ele quase bateu em algo quando se levantou. Ele se moveu para trás e quase caiu no chão.

Quando ele olhou para cima, viu uma figura enorme bloqueando seu caminho.

Uma chama fraca podia ser vista claramente no escuro.

Os olhos do menino se arregalaram. O rato vermelho sangue que estava de pé atrás dele de repente avançou para frente e mostrou suas presas para Dumby.

“Há quanto tempo você vem aqui?” Gao Peng perguntou ao garotinho, ao sair de atrás de Dumby.

O garotinho endureceu em um instante. Seu corpo inteiro congelou. Ele abaixou a cabeça e não ousou olhar para Gao Peng. Ele murmurou: “Eu… eu… venho aqui há meio ano.”

“Vamos esquecer isso. Não passe pelo buraco no futuro”, disse Gao Peng.

“Compreendo. Obrigado, irmão.” A voz do menininho era tão suave quanto um mosquito.

“Venha pela porta da frente na próxima vez. Vou pedir a alguém que faça para você um cartão de identidade.” Gao Peng se virou e saiu. “Venha no dia de amanhã. Diga que Gao Peng lhe disse para vir.”


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo