MPE – Capítulo 29

Monster Pet Evolution

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 29: Figo de Trovão

Tradutor: Asu |  Editor: Asu

Quando Gao Peng voltou para casa, ele descobriu que as chamas da alma de Dumby pareciam estar queimando mais fortes depois de comer agulhas de Cedro Yin nos últimos dois dias.

Ele abriu a gaveta da geladeira. Eh?

Onde estão todas as agulhas de Cedro Yin?

A gaveta do refrigerador que originalmente estava cheia de agulhas de Cedro Yin estava vazia.

Gao Peng virou a gaveta do refrigerador do avesso para procurar as agulhas de Cedro Yin. No final, tudo o que ele encontrou foi meia agulha presa ao lado da gaveta.

O que estava acontecendo?

Gao Peng franziu a testa. Poderia haver um ladrão? Foi sua primeira reação.

Olhando para o Macaco Carniçal Esquelético inocentemente parado em um canto e a Centopéia Trovão de Dorso Roxo calmamente deitada sob o sofá, não parecia que um ladrão havia entrado.

A única conclusão foi que este era um trabalho interno.

“Dumby, venha até aqui.”

Dumby virou a cabeça e caminhou rigidamente.

“Você comeu tudo?” Gao Peng apontou para a gaveta vazia.

Dumby baixou a cabeça, viu a meia agulha presa ao lado da gaveta, aproximou-se e colocou-a na boca.

Enquanto mastigava, caminhou até a lixeira e esticou a cabeça, posicionando as cavidades da mandíbula logo acima da lata do lixo. Os restos mastigados das agulhas de Cedro Yin caíram bem na lata. Depois de comer, voltou a olhar fixamente para nada, mantendo sua posição com a cabeça para fora.

Gao Peng foi até lá para olhar. A lata de lixo estava cheia de restos de Cedro Yin.

O culpado foi apanhado. Dumby começou a entrar em pânico sob o olhar feroz de Gao Peng. Com passos rígidos, recuou lentamente até chegar a uma parede e, finalmente, virou-se para encarar a parede como se refletisse sobre seus erros.

Da Zi viu uma oportunidade e saiu de debaixo do sofá. Subiu na perna de Gao Peng e ergueu a cabeça para o alto.

“Ele comeu! Ele comeu!” A voz de Da Zi soou na cabeça de Gao Peng.

“Sim, sim, eu sei disso.” Gao Peng deu um tapinha na cabeça de Da Zi.

“Ele não me deixou comer!” Da Zi aproveitou a chance para falar.

“???”

Você ficou chateado por causa disso? Gao Peng pensou.

Gao Peng não estava realmente zangado com Dumby comendo todas as agulhas de Cedro Yin, já que elas estavam destinadas a serem comidas por ele de qualquer maneira. Era só que comer sem permissão era um mau hábito, então Gao Peng decidiu que ele tinha que educar adequadamente esse cara.

“Da próxima vez que você quiser comer mais, apenas me diga, você entendeu?” Gao Peng disse enquanto acariciava o crânio do Dumby.

Não havia indicação de que Dumby realmente entendeu alguma coisa. Ele apenas continuou olhando fixamente para a parede.

O céu ainda não estava escuro, então Gao Peng decidiu fazer uma ligação. O chefe da loja que lhe vendeu todos os materiais da última vez lhe dera o número. Ele havia prometido que qualquer coisa que Gao Peng comprasse deles seria entregue diretamente à sua porta.

Por telefone, quando o chefe ouviu que Gao Peng queria mais 18 quilos de agulhas de Cedro Yin e 6 de figo do trovão, ele imediatamente enviou um empregado para entregar a mercadoria a Gao Peng.

O entregador era um jovem alto e magro. Vendo que teria sido difícil para ele fazer uma viagem especializada aqui, Gao Peng serviu-lhe um copo de água. Depois de beber a água, o entregador assentiu em agradecimento: “Obrigado”.

“Não é nada. Tem sido difícil para você também”, Gao Peng respondeu com um sorriso.

Gao Peng recebeu os itens, pagou por eles e fechou a porta. Ele deu um tapinha nos ombros de Dumby e disse: “OK, esta será a sua comida pelos próximos dois dias”.

Dumby cheirou o aroma da comida e virou-se para olhar o saco plástico preto.

“Dois dias”, Gao Peng esticou dois dedos: “Coma metade em cada dia, entendeu?”

Dumby acenou com a cabeça, as chamas em seus olhos brilhando intensamente. Gao Peng não havia estabelecido um Contrato de Sangue com Dumby, então ele não podia se comunicar com ele através da alma.

Gao Peng não temia que não pudesse manter a dieta do Dumby. Ele ainda podia comprar essas agulhas de Cedro Yin que custavam 1000 Dólares da Aliança por 600 gramas. Dumby comia 9 quilos por dia, então seriam apenas 1,5 Créditos da Aliança. Ser capaz de comer mais era uma coisa boa de qualquer maneira. Quanto mais materiais nutricionais absorvidos, mais próximo ele chegaria de sua próxima evolução.

A partir da tabela de atributos do Dumby, Gao Peng pôde ver que precisava absorver aproximadamente 360 quilos de agulha de Cedro Yin para atender aos requisitos para o primeiro passo de sua evolução.

Evoluir para a Classificação Épica não foi uma tarefa fácil. Apenas os gastos com os materiais seriam de pelo menos alguns milhões de Dólares da Aliança. Essa era a quantia necessária para Dumby no Tier Elite. Em Tiers mais altos, os materiais necessários seriam mais preciosos e, naturalmente, custariam ainda mais dinheiro. Alguns desses materiais preciosos provavelmente também seriam escassos.

Não importava em qual Classificação um monstro estivesse, contanto que avançasse em qualquer Tier acima do Tier Elite, sua Classificação cairia em um.

Por exemplo, um monstro de Tier Elite Classificação Perfeita, depois de avançar para o Tier Comandante, se tornaria um monstro Tier Comandante Classificação Excelente;  monstro de Tier Elite Classificação Épica após avanço para o Tier Comandante se tornaria um monstro de Tier Comandante Classificação Perfeita.

Isso porque o processo evolucionário de um monstro era aquele que despendeu seu potencial. Era natural perder algo depois de ganhar alguma coisa.

Mas, é claro, desde que um Treinador fizesse o esforço para elevar o Familiar, não havia necessidade de temer cair de Classificação após avançar de Tier. A Classificação poderia ser lentamente levantada novamente através de esforço e cultivo.

Depois de conversar com Dumby, Gao Peng abriu outro saco plástico vermelho. Havia cerca de 6 quilos de figos roxos pálidos. Sua aparência externa parecia exatamente como figos, exceto que a cor foi alterada para roxo. Das rachaduras na fruta, as sementes roxas profundas podiam ser vistas vagamente.

Cheirando as frutas, Da Zi estava evidentemente animado, dizendo: “Eu quero comer! Eu quero comer!” Para promover Da Zi para a Classificação Perfeita, precisava de 120 quilos de figo de trovão para consolidar uma base sólida de energia interna. Os figos de trovão eram mais baratos que as agulhas de Cedro Yin e custavam apenas 200 Dólares da Aliança por quilo. Eles tinham um sabor nítido e entorpecente e eram frequentemente utilizados como acompanhamento de ingredientes alimentares de alta qualidade.

Gao Peng derramou os figos de trovão em uma bacia de metal. Olhando para os figos de trovão frescos, os olhos de Da Zi brilharam. Mas sem a palavra de seu mestre, Da Zi não se atreveu a começar a comer e apenas levantou a cabeça para olhar seu mestre. Depois que Gao Peng deu permissão, as duas mandíbulas de Da Zi se apoiaram nas bordas da bacia de metal enquanto mastigavam os figos de trovão em grandes bocadas. Da Zi comeu tudo, até a casca e as sementes.

Da Zi só comeu cerca de um terço da quantidade na bacia antes de parar, como se tivesse comido o suficiente. Ele deitou preguiçosamente no chão e se enrolou em uma bola.

Os figos de trovão tinham uma longa vida de conserva, por isso, até mesmo deixá-los expostos ao ar não deveria ter sido um problema. Gao Peng pegou a bacia de comida e a colocou ao lado do sofá.

―◊◊◊―

No dia seguinte, a pedido do novo instrutor, todos os alunos que haviam estabelecido Contratos de Sangue precisaram trazer seus Familiares para a escola. Gao Peng colocou uma coleira em Da Zi antes de levá-lo para fora da porta.

Quando ele entrou na escola, Da Zi quase pensou que tinha entrado em algum parque temático para animais de estimação. Todos os tipos de Familiares estavam em pé ou deitados sob o chão da escola. Todo o complexo escolar parecia estar cheio de Familiares.

Monstros rugiam e gritavam juntos em uma cacofonia de sons, tornando-se extremamente barulhento.

Havia Familiares realmente grandes e alguns muito pequenos, mas o mais ridículo de todos era um Familiar totalmente branco que tinha a aparência de um porco domesticado. Ele tinha uma altura de três metros e tinha cinco metros de comprimento, parecendo uma grande montanha carnuda. A cada passo, a gordura em seu corpo ondulava como ondas no mar.

Ao lado estava uma jovem delicada e bonita. Seu rosto estava vermelho e ardendo de vergonha.

As coisas não eram assim quando ela comprou seu Familiar no começo…

O que ela viu inicialmente na loja Familiar era um porquinho branco tão fofo, com uma fita rosa na cabeça. Ela se apaixonou por este leitão bonito à primeira vista. Mal sabia ela que se tornaria assim em apenas um ano. Seu tamanho corporal crescia cada vez maior a cada dia, junto com seu apetite.

Depois de dar uma olhada em seu mestre, o porco gigante branco preguiçosamente se deitou em frente ao portão da escola e começou a se bronzear. Não havia pretensão em sua expressão relaxada e satisfeita. Ele agia como se estivesse relaxando em seu próprio quintal.


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Nota:

Eu mudei a unidade de medida das coisas para quilo, estava em Cate(ou Catty, dependendo de onde você vê), já que essa medida de massa não é muito usada aqui.

1 Cate = 0,6 Quilos

Aviso do Tradutor:

Asu

Asu

×
Rolar para o topo