MPE – Capítulo 46

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 46: Senhor, Você Pode nos dar um Copo de Água, Por Favor?

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Depois da escola, Gao Peng voltou para casa e preparou o jantar. Após a refeição, ele recebeu um telefonema da Associação de Caça aos Monstros. O número de telefone era 010101.

Ele atendeu a ligação. “Caro utilizador, a sua missão na Associação de Caça aos Monstros de nº 001348721 foi cumprida. Por favor, verifique a sua recompensa na Associação de Caça aos Monstros antes da aceitação.” Uma voz mecânica feminina veio do outro lado do telefone, repetido três vezes e, em seguida, desligou automaticamente.

Finalmente, alguém completou a missão. Gao Peng ficou aliviado. Se a missão permanecesse inacabada, ele mudaria os métodos de evolução para Da Zi.

A recompensa da missão para o Caçador de Monstro, na forma de créditos, foi dada à Associação de Monstros antecipadamente. Então, depois que um mercenário Caçador de Monstro completasse uma missão, ele daria o item da missão diretamente para a Associação de Caça aos Monstros, e a Associação dava a comissão ao mercenário.

Durante este processo, a Associação de Caça aos Monstros atuou como um agente.

Antes de sair de casa, Gao Peng olhou para Dumby na sala de estar, que estava parado em frente à geladeira. Ele abriu a porta desajeitadamente, procurando comida e, quando percebeu que não havia nada na geladeira, fechou a porta. Esperando por um tempo, ele abriu a porta novamente…

Como se, ao fechar e abrir, a comida saltasse magicamente. Que Dumby estúpido e fofo.

Gao Peng desceu e dirigiu-se diretamente à Associação de Caça aos Monstros para pegar seus itens.

Ele não percebeu que a 500 metros de distância do outro lado da rua, havia três pessoas observando cada indivíduo saindo da Associação de Caça aos Monstros. Entre eles estava um esbelto Dachshund[1] Ouro Negro, que estreitava os olhos, farejando alguma coisa.

O homem mais novo da equipe perguntou nervosamente: “Irmão, seremos pegos?”.

O medo brilhou nos olhos do homem mais velho. Mas ele imediatamente pensou em alguma coisa, cerrou os dentes com força e disse: “A doença rara do pai só pode ser curada pela Sanguessuga da Medula Sanguínea. Se continuássemos sendo mercenários da Caça de Monstros, quanto tempo levaria para comprar uma sanguessuga? Você não quer que o papai se recupere?”

Ao lado deles, um jovem de cabelo verde bufou: “Não se preocupe, os peixes grandes comem os pequenos. Enquanto formos cuidadosos o suficiente para não deixar nenhuma evidência, ficaremos bem. Meu irmãozinho, você está muito nervoso”.

“Claro que eu quero que meu pai se recupere. Mas, mano, você sabe, famílias normais não podem pagar por agulhas de Cedro Yin. Como vamos fazer isso?” O menino mais novo esfregou as mãos preocupado.

“Seu idiota. Nós não temos que fazer isso agora. Vamos apenas completar o roubo, ok? Se não pudermos pegar o dinheiro, podemos redefinir nosso objetivo.” O jovem olhou enquanto as pessoas da Associação de Caça aos Monstros entravam e saíam com emoções agitadas. Ele estava nervoso também. Mesmo que ele tivesse ficado dois anos preso antes do cataclismo, ele estava lá por furto. Roubo foi mais dramático do que furto[2].

“OK, ei, o Ouro Negro está se movendo.” O Dachshund Ouro Negro, que estava deitado em silêncio, subitamente saltou, olhando para algum lugar com um olho radiante, prestes a latir.

O jovem imediatamente apertou a boca do Ouro Negro e se agachou para consola-lo.

Ao mesmo tempo, ele ordenou que o Dachshund Ouro Negro seguisse o cheiro, e eles seguiram em silêncio.

Eles seguiram Gao Peng por todo o caminho de volta a uma comunidade. Vendo os edifícios antiquados, os três ficaram atordoados. Uma comunidade tão “distinta”…

Não era melhor do que o lugar onde moravam!

Uma pessoa que viveu neste lugar poderia pagar materiais caros como o cedro Yin? Eles sentiram que isso era incrível, como se eles apenas encontrassem uma pessoa que comesse em restaurantes ocidentais de ponta todos os dias, mas vivesse em uma casa de tijolos de um andar.

A única razão para as agulhas de Cedro Yin serem vendidas nos mercados era que o Cedro Yin era um alimento altamente nutritivo para alguns Familiares específicos. Portanto, as pessoas que compraram este material eram ricas ou dignatárias, pois esse material não podia fazer nada além de oferecer nutrição.

“Mano?” O jovem de cabelo verde perguntou ao irmão mais velho; aparentemente ele estava perguntando se eles deveriam agir agora ou não.

O jovem considerou em silêncio por um tempo, e depois acenou com a mão. “Espere, vamos esperar até a noite.”

“Uh, mano, estamos mesmo…” O irmão mais novo estava ansioso e receoso. Foi a primeira vez dele fazendo isso. Sem dúvida ele estava nervoso.

“Esse garoto pode ter acabado de ganhar na loteria. Acalme-se.” O irmão mais velho tentou mostrar uma expressão malévola.

“Venha, está tudo bem. Você vai dar uma de covarde neste momento? Não me desaponte.” O jovem de cabelo verde colocou o braço direito no ombro do irmão mais novo.

À meia-noite, três pessoas, junto com três Familiares, começaram a subir a escada cautelosamente.

A escadaria escura parecia um monstro gigante feroz, com a boca aberta, como se fosse engolir todo mundo no próximo segundo.

“Silêncio.” O jovem tirou dois grampos, formou uma cruz e depois colocou pelo buraco da fechadura.

Na sala, Da Zi foi subitamente acordado de um sonho, suas antenas erguidas.

Dumby estava de pé na sala de estar dormindo, mas agora seus olhos explodiram com a chama da alma novamente, silenciosamente. Virou para a porta…

Click. O som de destravamento soou na escada silenciosa.

“Ei mano, bom trabalho! Não admira que você seja o Rei das Fechaduras no distrito de Baqiao”, O jovem de cabelo verde elogiou.

O irmão mais velho estava congelado. O suor descia por sua testa. “Não, não eu, ainda não destranquei a porta.”

Então, de onde veio o som?

“Vocês, é hora de dormir, o que você está fazendo aqui?” Tio Liu, de pijama, olhava pela porta atrás deles. Ele estava esfregando os olhos.

O que? Por quê? Como? O irmão mais novo ficou atordoado lá, totalmente perdido.

Um brilho assassino brilhou nos olhos do jovem de cabelo verde. Ele secretamente esticou a mão direita até a barriga, onde um punhal estava escondido atrás do casaco.

O jovem retardou suas ações, limpou a garganta e respondeu embaraçosamente. “Desculpe incomodá-lo, acabamos de perceber que estamos no apartamento errado.”

“Eu vejo. Você está no lugar errado”, Tio Liu assentiu, e estava prestes a fechar a porta.

De repente, uma mão saiu do escuro, parando a porta.

Um estranho olhar apareceu no rosto do jovem. Ele perguntou em voz baixa: “Senhor, estamos com sede, seria possível nos dar algo para beber?”.

“Claro. Entre.” Tio Liu olhou profundamente para as três pessoas e as convidou, assim como seus Familiares, para o seu apartamento.

O jovem de cabelo verde foi o último a entrar. Ele fechou a porta e a trancou.

“Jovem, por que você trancou a porta?” Tio Liu estava confuso.

“Ha-ha” O jovem de cabelo verde mostrava um sorriso malicioso. “Não queremos incomodar nenhum outro vizinho.”

“Tudo bem, não se preocupe. Minhas paredes são feitas com um isolamento especial, os vizinhos não seriam incomodados mesmo se eu fizesse Raves em casa”. Tio Liu mostrou um sorriso significativo.

“Sério?” o rosto de cabelo verde mudou para um olhar feroz. “Isso seria bom.”

O irmão mais velho sentiu algo incomum. Ele estava prestes a dizer alguma coisa, mas já era tarde demais.

Uma língua semitransparente se estendeu da parede atrás deles e desceu. O Dachshund Ouro Negro foi varrido de uma só vez.


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Nota:

[1] Dachshund é uma raça de cachorro, semelhante a um Basset( ou Bacê).

[2] Para quem não sabe, Furto = Sem Contato com o proprietário do item furtado. Roubo = Com contato, violência ou ameaça. Assalto = Roubo.

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo