MPE – Capítulo 47

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 47: Semente de Lótus Irritada

Tradutor: Asu | Editor: Asu

 

Munch, crunch –

Era como se o camaleão estivesse mastigando vegetais em conserva; crocante e delicioso.

O jovem grunhiu. Seu Familiar acabara de ser comido, causando danos a sua alma.

Um camaleão gigante e semitransparente apareceu na parede. Estava olhando para eles enquanto balançava para a frente, para trás, para a esquerda, para a direita …

De certa forma, todos esses monstros tinham um senso de humor distorcido, alguns dos quais eles herdaram.

Sem hesitar, o jovem de cabelos verdes plantou o pé esquerdo solidamente no chão, virou a adaga na mão e empurrou violentamente para o Tio Liu.

Tio Liu calmamente recuou um passo, deslizando o pé esquerdo para trás. Em seguida, ele pegou com a mão direita como uma píton atacando sua presa. Parecia que uma píton tinha se enrolado em torno do braço direito com tanta força que o braço dele estava a beira de quebrar. Ele soltou um grito de dor e soltou a adaga quando caiu de joelhos.

Ao mesmo tempo, a língua do camaleão disparou novamente. Desta vez, um Familiar parecido com um porco-espinho foi engolido. O terceiro irmão chorou de dor, sofrendo danos severos pela morte de seu Familiar.

“Rato Bala, mate-o!” Gritou o jovem de cabelos verdes violentamente, com lágrimas e muco fluindo de seus olhos e nariz.

No chão ao lado deles havia um rato cinza do tamanho de uma bola de futebol. Seus olhos ficaram vermelhos quando chiou e a fileira de densos pelos de rato em suas costas se juntou, formando uma agulha afiada!

Zeng ~!

Tudo o que podia ser visto era um borrão cinzento que percorria a sala enquanto o pelo na parte de trás do rato se soltava e voava para a frente. A agulha grisalha do rato pousou no ombro do Tio Liu, abrindo um buraco na camisa dele.

Uma pequena ondulação apareceu na parte de trás do camaleão que estava silenciosamente empoleirado na parede. Um dente apareceu na superfície da pele. Mas em um piscar de olhos, sua pele foi restaurada de volta ao normal.

Tio Liu encolheu os ombros. Algumas mechas de pelo de rato foram sacudidas.

“Esse seu rato careca foi sorrateiro”, O Tio Liu riu enquanto balançava a cabeça.

As costas do Rato Bala tinham partes calvas. Realizar tal habilidade, evidentemente, era prejudicial para os pelos, já que a abundância já havia se dissipado. Embora tenha sofrido uma mutação para voltar a crescer rapidamente, a taxa de crescimento natural não conseguia acompanhar o ritmo de uma batalha.

“Como você não está ferido?” O jovem de cabelos verdes não podia acreditar em seus olhos quando ele olhou para os pelos do rato que o Tio Liu tirou de seus ombros.

Ele testou essa habilidade antes. Os pelos de rato podiam penetrar uma madeira maciça com pelo menos um centímetro de espessura, não havia como a pele desse cara ser mais resistente do que uma tábua de madeira!

A menos que ele estivesse usando um colete à prova de balas?

Isso seria uma loucura! Quem estaria vestindo um colete à prova de balas no meio da noite?!

“Tudo bem, tudo bem”, Tio Liu acenou com a mão e disse: “Depois de ir para o inferno, por favor, me ajude a manter este segredo. Você não deve dizer a ninguém que eu matei vocês, ok?”

No momento em que ele terminou de falar, o camaleão quieto e imóvel na parede de repente saltou como um dragão verde vicioso da floresta indo atrás de sua presa.

―◊◊◊―

Na noite anterior, depois de recolher as agulhas de Cedro Yin, Gao Peng as colocou em segredo na gaveta da geladeira, sem que Dumby notasse.

Dumby habitualmente abriu a gaveta da geladeira. No momento em que Dumby abriu, Dumby viu fileiras e fileiras de agulhas de Cedro Yin bem embaladas…

A geladeira realmente produzia comida!

Dumby estava extremamente animado.

Ele colocou as agulhas de Cedro Yin em uma tigela de metal, depois posicionou uma lixeira sob o queixo e começou a comer alegremente, como se estivesse mastigando cana-de-açúcar. Os resíduos saíram dos buracos no queixo de Dumby e caíram bem na lixeira.

Durante as aulas de treinamento prático à tarde, o instrutor Zhang Renbai apontou calmamente para um pequeno monstro na gaiola. “Este será o monstro que todos vocês estarão desafiando hoje.”.

[Nome do Monstro]: Urso D’água Mutante

[Nível do Monstro]: 12 (Nível de Elite)

[Classificação do Monstro]: Normal

[Condição do Monstro]: Saudável (Preguiçoso)

[Característica Especial]:

  • Criptobiose (Após entrar no estado criptobiótico, o Urso D’água Mutante se enrolará no local, permanecendo imóvel, assim fazendo a sua taxa metabólica cair para níveis extremamente baixos,. Ao mesmo tempo, todas as resistências aumentarão muito)

[Fraqueza do monstro]:

  1. Fogo;
  2. A rápida perda de água levará à morte via desidratação;
  3. Ser cortado em pedaços resultará em morte.

Tranquilamente deitado na gaiola havia um monstro marrom acinzentado que parecia extremamente estranho. Parecia que estava coberto por um traje de couro, e não tinha olhos na cabeça, apenas um bocal longo e fino. Estava rolando alegremente no centro da jaula.

Esta foi a primeira vez que Gao Peng viu um monstro com uma “Característica Especial”.

Parece que nem todas as formas de vida tinham características especiais; Apenas monstros especiais raros as possuíam.

Gao Peng ouvira falar dos Ursos D’água[1] antes. Eles já existiam antes do cataclismo e era conhecido por ser a forma de vida mais resiliente do mundo. Mesmo a força vital de uma barata não podia ser comparada à de um Urso D’água.

Afinal de contas, os Ursos D’água eram extremamente resiliente e eram conhecidos por sobreviverem ao espaço exterior, radiação, temperaturas abaixo de 200 graus Celsius, microondas e todos os tipos de condições extremas[2].

Depois do cataclismo, a resiliência de sua força vital subiu para outro nível.

Gao Peng foi ligeiramente tentado pela resiliência da força vital do Urso D’água Mutante. Ele até possuía resistência extremamente alta a vários tipos de atributos raros.

Mas essa característica especial também teve uma grande desvantagem, porque ficou imóvel após a ativação da Criptobiose. Isso era algo que poderia ser facilmente explorado pelos inimigos.

Durante a sessão de treinamento, os cinco Familiares se revezaram atacando o Urso D’água Mutante. Mas não importava o que fizessem, ainda permanecia incólume. Era praticamente imune ao veneno de Da Zi e seu revestimento espesso e pesado era altamente resistente a qualquer tipo de dano físico.

Gao Peng se perguntou se deveria tentar conseguir um Urso D’água Mutante.

Mas depois de pensar um pouco, ele decidiu que não. Se um Urso D’água Mutante encontrasse um tipo de ataque específico à sua fraqueza, ele ficaria subitamente extremamente fraco. Gao Peng teve que, lamentavelmente, rejeitar a noção de ter um Urso D’água Mutante como Familiar.

Gao Peng já tinha uma ideia aproximada do que ele queria para o seu terceiro familiar. Ele escolheria um familiar capaz de ataques de longo alcance para compensar o que sua equipe existente não tinha; Familiares com altas capacidades defensivas; ou um Familiar voador. Se ele pudesse encontrar um Familiar de cura adequado, isso também não seria uma má escolha.

Nos dias seguintes, o instrutor encontrou todos os tipos de monstros diferentes para combater, mas todos tinham uma coisa em comum: alta resistência a veneno.

Gao Peng não sabia o que dizer. Você está realmente se esforçando muito para treinar as capacidades de combate próximo do meu Da Zi…

O treinamento prático que acontecia todas as tardes era muito mais enriquecedor do que simplesmente treinar por conta própria. Também não havia praticamente nenhuma chance de ocorrer uma lesão fatal, porque o instrutor sempre levava seu Lobo da Lua Prateada e mantinha um olhar atento sobre todo o processo.

Naquele dia, depois de terminar o treinamento de Da Zi, um baixo rugido de raiva ecoou por todo o campo de treinamento. O rugido estava cheio de raiva sem precedentes.

Soava como a Semente de Lótus.

Gao Peng se levantou e olhou. Já havia os sons surpresos de estudantes gritando vindos daquela direção.

Muitas pessoas se reuniram para ver.

Boom –

Boom –

A gaiola de metal soltou um som surdo e parecia estar balançando a cada acerto.

Uma Hiena de Sangue Sem Pelos de dois metros de comprimento estava sendo presa na borda superior da gaiola pela Semente de Lótus. Seu único e afiado chifre era como uma longa lança atravessando o interior da hiena.

Dong, dong, dong, dong.

Os ossos da Hiena do Sangue Sem Pelos estavam praticamente sendo destruídos.

Sua carne estava sendo arrancada. Sangue e pedaços de carne estavam voando.

Ele mordeu desesperadamente o rosto da Sementes de Lótus, deixando feridas de sangue.

Os rugidos da Semente de Lótus estavam ficando cada vez mais altos.

Com uma batida final, um som enorme irrompeu quando um lado da gaiola foi violentamente derrubado!

A Semente de Lótus jogou a cabeça para cima, arremessando a Hiena de Sangue Sem Pelos no ar como uma boneca de pano.

Semente de Lótus levantou seus dois cascos dianteiros, que eram tão grandes quanto dois pilares, e os derrubou!

Foi como um deslizamento de terra.

Boom!

A Hiena de Sangue Sem Pelos foi pisoteada, explodindo em pedaços!

Nos campos de treinamento, tudo o que podia ser ouvido era o som da respiração pesada da Semente de Lótus. Era como se um motor poderoso tivesse sido desligado, liberando ondas de calor para fora…


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Nota:

[1] Uma foto de um Urso D’água (Só um detalhe, o Urso D’água real é um ser microscópico, medindo cerca de 0,05 milímetros para 1,2 milímetros de comprimento):

 

[2] Esses dados são todos reais ^^ Para ser mais exato, os ursos d’água podem sobreviver a temperaturas variando desde pouco mais do que o zero absoluto (-273,15 °C) até os 150 °C, a pressões de 6 mil atmosferas e 5 000 Gy de radiação, cerca de 1000 vezes mais que um ser humano pode suportar.

Em 2007, vários exemplares de duas espécies de ursos d’água foram enviados ao espaço por cientistas, e foram expostos não apenas ao vácuo do espaço, onde é impossível respirar, mas também a níveis de radiação capazes de incinerar um ser humano. De volta ao planeta Terra, um terço deles ainda estava vivo, mostrando-se assim os únicos animais nativos do planeta Terra de que se tem conhecimento capazes de sobreviver às condições do espaço extraterrestre sem a ajuda de equipamentos. Além do mais, 10 % dos sobreviventes foram capazes de reproduzir-se com sucesso, produzindo ovos que eclodiram normalmente. Em maio de 2011, estudos sobre os ursos d’água foram incluídos na missão STS-134 do ônibus espacial Endeavour, em seu último voo ao espaço.

Rolar para o topo