MPE – Capítulo 80

Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Capítulo 80: Estética da Violência

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Talvez tenha sido porque muitas pessoas entraram e saíram da floresta, ou porque a área ao redor da floresta não tinha muitos monstros, mas a floresta parecia muito serena.

Ao entrar na floresta, a visibilidade diminuiu instantaneamente. As árvores gigantescas e o verde exuberante bloqueavam a luz do sol.

O vento passou voando. Folhas e ramos serpenteavam. Gao Peng sentiu folhas secas suaves e lama sob seus pés a cada passo.

Seria melhor se ele reunisse todos os materiais hoje porque restavam apenas três dias de descanso, sendo hoje o último.

Se ele não conseguisse reunir todo o Coração Espacial de Madeira que ele precisava, ele teria que esperar até a próxima segunda-feira antes que ele tivesse tempo de sair novamente. Isso atrasaria muito as coisas, e Gao Peng não queria perder tempo.

Pouco depois de entrar na floresta, Gao Peng ouviu o farfalhar das folhas dos ramos acima de sua cabeça. Através dos galhos, ele vagamente identificou uma figura marrom acinzentada rastejando e se escondendo na copa das árvores acima dele.

[Nome do Monstro]: Lince-Pardo da Areia Cinza

[Nível do Monstro]: Nível 13

[Classificação do Monstro]: Normal

[Atributo do Monstro]: Madeira

 

Era um Lince-Pardo da Areia Cinza[1] de Tier Elite. O primeiro monstro que ele encontrou na periferia da floresta já era um monstro elite, o suficiente para mostrar o perigo da floresta.

Miau… A voz profunda e rouca do gato reverberou dentro da floresta. No momento seguinte, o Lince-Pardo da Areia Cinza de repente desapareceu de sua posição original.

Espere. O lince não desapareceu de sua posição; ele apenas se misturou naturalmente em seu ambiente!

O Lince-Pardo que se tinha camuflado com sucesso moveu-se e saltou rapidamente pelos galhos. Ele fez alguns saltos direcionais em galhos de árvores antes de explodir em seu movimento final.

O ataque foi acompanhado por um forte sentimento de intenção de matar. As pupilas de Gao Peng contraíram-se ao perceber que ele era o alvo do Lince-Pardo da Areia Cinza.

De repente, um punho apareceu do seu lado.

Dumby deu um soco a tempo de forçar o Lince-Pardo da Areia Cinza a recuar.

O Lince-Pardo da Areia Cinza cambaleou no ar e imediatamente se escondeu dentro de um matagal próximo, demonstrando sua agilidade felina.

Era como se o ataque furtivo tivesse irritado Dumby. Dumby colocou silenciosamente Da Zi no chão e depois virou-se para encarar o Lince-Pardo da Areia Cinza. Deu um passo gigante para a esquerda e silenciosamente colocou seu corpo entre seu mestre e o Lince-Pardo da Areia Cinza como se dissesse: “Eu sou seu inimigo”.

Foi só depois que Dumby percebeu que Gao Peng entendia o que poderia ser descrito como a estética da violência.

Coxas grossas e fortes pisavam no chão com grande força. A lama sob os pés de Dumby respingou por toda parte, e o manto negro tremulou quando o som do vento acompanhou as ações do Dumby.

Dumby se transformou em uma sombra escura e se lançou em direção ao Lince-Pardo da Areia Cinza. Embora o manto negro cobrisse a figura sombria, Gao Peng ainda podia sentir a força violenta sob o manto. Queimava loucamente, como um gerador incontrolável. Era o Coração de Fios de Sangue Um Coração de Fios de Sangue usado durante uma batalha poderia fornecer força explosiva para Dumby!

Ba-bump! Ba-bump! Ba-bump!

O som de um batimento cardíaco acelerado reverberou por toda a floresta.

A Lince-Pardo da Areia Cinza rosnou silenciosamente e saltou para a frente. No entanto, no momento em que saltou no ar, um punho desceu do céu e violentamente enviou-o de volta ao chão.

O soco atingiu o corpo do Lince-Pardo variante e um som explosivo ecoou do golpe como se um martelo de aço estivesse batendo em uma garrafa vazia. Ele explodiu instantaneamente.

Boom!

Todos os ossos do corpo se quebraram e os vasos sanguíneos explodiram. Várias rachaduras apareceram quando a pele cor taupe[2] se abriu. O sangue se espalhou por toda parte, inclusive no manto negro, cobrindo de vermelho carmesim.

O soco enviou o Lince-Pardo ao chão como se fosse uma boneca esfarrapada descartada casualmente na natureza. Seu corpo, irregular e retorcido, não mais se assemelhava a um felino. Sangue respingou no pelo e coagulou, ossos nus e brancos se projetaram das articulações, e sangue misturado com fluidos corporais fluiu para fora antes de penetrar no solo.

Uma rajada de vento quente soprou no rosto de Gao Peng enquanto seu cabelo tremulava com o vento.

Gao Peng fixou a visão na figura corpulenta de Dumby por trás. Ele sempre soube que Dumby seria forte, mas nunca imaginou que seria tão forte.

Dumby havia derrotado o inimigo, mas ainda parecia confuso. Não estava acostumado a possuir tanta força tão de repente. Tinha usado uma habilidade de batalha que era familiar, mas o resultado foi uma vitória completamente unilateral.

A coisa que mudara não era sua habilidade; foi a sua força. A força de Dumby aumentara desde seus dias como um Macaco do Rio Vermelho.

“Vamos”, gritou Gao Peng para Dumby.

Foi só então que Dumby retornou aos sentidos. Ele se virou e seguiu seu mestre.

Eles encontraram vários outros monstros ao longo do caminho. Afinal, era a floresta. Mesmo que o dia não fosse o período de atividade de pico para a maioria dos monstros, era fácil encontrar um.

Aqueles monstros estavam no Tier Comum abaixo do nível 10, então era fácil lidar com eles. Para treinar a força de batalha de Dumby, Gao Peng deixou Dumby lutar todas as vezes e Dumby melhorou seu controle corporal nas poucas batalhas.

―◊◊◊―

“Eu encontrei! Árvores-Garrafa crescem abundantemente nesta área”, disse Gao Peng ao dar um suspiro de alívio. Ele havia procurado por três horas inteiras, passando por várias áreas bem adequadas para o crescimento de Árvores-Garrafa.

Havia várias centenas de Árvores-Garrafa na área, então coletar três libras de Coração Espacial de Madeira não seria um problema.

Sssssst! Uma Cobra da Árvore Verde que estava serpenteando entre os ramos de árvore silvou para Gao Peng. Então uma mão branca totalmente composta de ossos apareceu do lado e agarrou a Cobra da Árvore Verde. Amassou em carne picada antes de jogá-la casualmente para o lado.

“Não podemos desperdiçar. Afinal, o cristal de núcleo ainda pode nos trazer algum dinheiro. Até mesmo as pernas dos mosquitos têm carne. Certamente não é fácil cuidar de um bando de gulosos como vocês”, disse Gao Peng. . Ele se agachou e tirou um cristal cinza-esverdeado colorido do tamanho de um feijão amarelo da carcaça com um par de luvas.

Dumby seguiu de perto por trás de Gao Peng. Enquanto qualquer ser vivo fosse corajoso o suficiente para mostrar até mesmo o menor grau de agressão contra Gao Peng, ele não mostraria nenhuma piedade.

Ninguém sabia o quão desesperado ele estava quando era um Macaco do Rio Vermelho doente. Quase caiu em um inferno eterno, colocado dentro de uma gaiola de aço gelado, deixado para esperar até o encontro com o Ceifador.

Assim quando estava em completo desespero, um mestre estendeu a mão do céu para salvá-lo do inferno e dar-lhe a redenção.

Nunca se esqueceria daquele dia. O jovem, um tanto inexperiente, pôs a mão na testa de uma maneira ingênua e disse algo que não compreendia.

Sim. Certamente não conseguia entender. No entanto, sabia que o menino daria seu tudo, e isso era o suficiente.


Capítulo Anterior || Índice || Próximo Capítulo


Nota:

[1] Esse Lince (bobcat) é diferente do Lince(Lynx) mais conhecido, eu não sei como explicar isso, basicamente um Lince-Pardo (bobcat) se parece bastante com um gato, por isso é citado como gato na frase abaixo.

[2] Cor taupe é um marrom acinzentado, ou um cinza amarronzado.

Rolar para o topo