Capítulo 452 – Efrana

Nascimento da Espada Demoníaca

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Efrana


Tradutor: Vento Leste | Revisor: Ruby

Noah tinha certeza de uma coisa: uma vontade forte só poderia nascer e moldada através de situações difíceis!

A vontade de um cultivador era o ingrediente mais importante no método de [Forjamento Elementar], o que significava que a vontade de Noah era mais fraca que a de Ivor.

Ele poderia aceitar isso, Ivor estava disposto a jogar fora sua vida em troca de uma maneira de recuperar seu amante enquanto Noah não estava disposto a ir tão longe.

Ele faria qualquer coisa pelo poder, mas não estava disposto a sacrificar sua vida por isso, o poder era inútil se ele não estivesse vivo, afinal.

‘Eu posso esperar minha mente chegar ao quarto rank ou ativamente buscar mais experiência. Bem, eu posso fazer os dois ao mesmo tempo.’

Esses eram seus pensamentos quando ele pediu a Anciã Iris as missões disponíveis.

Reunir experiência e ponto de mérito beneficiaria tanto ele quanto a Colmeia, que parecia ser a melhor opção, já que ele não parecia ser capaz de melhorar sua velocidade de treinamento mais do que isso.

Não foi preciso muito para Anciã Iris completar sua tarefa, ela rapidamente reuniu informações através de seus métodos e entregou uma pequena esfera brilhante para Noah.

Noah pegou e inspecionou seu conteúdo com sua energia mental, uma série de informações apareceu em sua mente que listava todas as missões disponíveis que a Colmeia havia emitido.

As menos importantes diziam respeito às caçadas nas ilhas periféricas, enquanto as mais importantes implicavam principalmente o continente de alguma forma.

‘Escoltar valiosos carregamentos para o continente, tornar-se representantes para estabelecer conexões comerciais favoráveis, se infiltrar em nações específicas para definir caminhos de fuga para seus rebeldes, as missões mais gratificantes também foram as mais perigosas, é claro.’

Foi nesse momento que Noah notou um nome familiar que ele tinha parado de pensar por um longo tempo.

‘Criar uma tribo na nação Efrana para usar como base no continente… Isso é uma coincidência?’

A nação Efrana tinha sido o alvo de Noah depois que ele escapou da nação Utra.

Então, o assunto com a nação Odrea o forçou a viajar para o arquipélago coral onde ele se juntou à seita Demônio Perseguidor e, finalmente, lutou com ela pela independência das ilhas.

Ele era apenas um cultivador solitário na época e ele só queria um lugar seguro onde cultivar, ele se sentiu um pouco estranho quando percebeu que queria abandonar o que ele tinha procurado por tanto tempo.

‘Pensar que a paz pode ser a razão pela qual eu sou incapaz de dar este último passo… Eu acho que eu não vou ter mais ninguém para culpar pelos meus problemas desta vez.’

Noah suspirou internamente quando pensou nesses assuntos.

A verdade é que ele não estava disposto a sacrificar sua vida para obter uma vontade mais forte, mas ele estava mais do que disposto a arriscar por isso.

Se a paz o enfraquecesse, ele simplesmente fugiria dela.

Se dificuldades fosse o método para se tornar mais forte, ele simplesmente saltaria em direção a elas.

“Eu desejo me juntar à missão na nação Efrana, acredito que não há ninguém mais apto do que eu para liderar a criação de uma tribo.”

Noah falou enquanto ele entregava a esfera brilhante de volta para a Anciã Iris, ela, por outro lado, parecia bastante conflitante sobre seu pedido.

“Não podemos protegê-lo no continente, não tão bem quanto aqui, pelo menos.”

Ela deu voz às suas queixas enquanto armazenava a esfera de volta em seu anel.

“Os nobres da nação Utra seriam os mais fortes cultivadores do continente se o poder pudesse nascer em uma prisão. Em vez disso, uma nação em guerra leva duas grandes nações para serem contidas. Proteção pode ser o que está me atrasando.”

Noah respondeu a ela, ele falou sem se importar em colocar-se em perigo de propósito.

Noah sabia que se tornaria forte mesmo que decidisse ficar no arquipélago.

No entanto, ele estava tentando criar seu próprio caminho, algo que até mesmo cultivadores heroicos acharam difícil.

Ele não podia tomar o caminho seguro ao tentar fazer algo tão difícil, ele precisava forjar ainda mais sua vontade sob obstáculos que o mundo colocou em seu caminho.

Foi quando ela percebeu o quão determinado Noah estava em seguir aquele caminho que a Anciã Iris desistiu de fazê-lo mudar de ideia.

“Eu vou organizar tudo então. Lembre-se, o foco principal da missão é criar uma base estável e não participar das batalhas nessa frente. Este é um plano de longo prazo que eventualmente nos levaria de volta à nação Papral, mas não podemos apressar esse tipo de coisas muito, devemos parecer inofensivos ou os acordos alcançados quando ganhamos a guerra não oferecerão muita proteção. Um ancião supervisionará seu grupo, será sua conexão com o arquipélago para que você não tenha seu fluxo habitual de recursos.”

“E minha mansão?”

Noah perguntou depois de ouvir os arranjos de Elder Iris.

“Podemos lidar com seu transporte ou você pode fazer o mesmo se tiver espaço suficiente em seu dispositivo de armazenamento. Foi construído para você, afinal, você pode fazer o que quiser com ele.”

Noah acenou com a cabeça, ele não estava disposto a abandonar uma área de treinamento tão boa por causa de suas intenções imprudentes.

Ele então deixou Anciã Iris para seus assuntos, ela teve que organizar o grupo e escolher um ancião para a missão, Noah pensou que era melhor deixá-la em paz naquele momento.

Alguns dias tiveram que passar antes de ser contatado, o grupo havia sido formado e o ancião nomeado para supervisionar a missão era um cultivador heroico que pertencia ao ramo da Colmeia uma vez chamado “Resistência”.

Aparentemente, o ancião se voluntariou quando soube que um cultivador heroico tinha que ser enviado para o continente.

Os membros da Resistência tinham laços com o Império Shandal, este ancião queria usar a missão para recrutar mais rebeldes e enviá-los para o arquipélago.

Claro, Noah sabia disso apenas porque seu status era bastante peculiar e poderia se dizer que ele concordava com esse comportamento.

O arquipélago dos Corais tornou-se a terra perfeita onde cultivadores solitários, criminosos e rebeldes podiam escapar, o único problema era que era difícil de alcançar, especialmente em segredo.

Estabelecer áreas específicas de transporte para esses tipos de cultivadores seria benéfico para os ativos humanos da Colmeia, a ideia do ancião foi rapidamente aceita e autorizada pelo poder central do arquipélago.

Assim, um grupo de menos de cem cultivadores navegou das ilhas periféricas do arquipélago, seu destino era o continente!


 

Aviso do Tradutor:

Vento_Leste

Vento_Leste

Chave Pix copiada!
Rolar para o topo