Selecione o tipo de erro abaixo

A aparência dos recrutas sobreviventes imediatamente ficou pálida de terror, percebendo que seu regimento dizimado havia servido apenas como combustível para as Auras Lumyst desses esquecidos Guerreiros da Luz. Esses bastardos começaram com uma vantagem física, material e técnica, e agora essa lacuna havia aumentado como um abismo.

‘A julgar por suas auras, esses chamados Brilhantes tiveram apenas 3 a 20 mortes antes deste confronto’, avaliou Jake rapidamente, comparando a intensidade de suas Auras Lumyst com as suas. ‘Agora são mais de 11 a 30. Inferno, alguns desses escudeiros e arqueiros acumularam mais de 50. Quanto aos… Pulsares? Estão em outro nível.’

Estávamos falando sobre um aumento nas estatísticas físicas variando de 10 a 50%, mais ou menos, com base em seus atributos básicos.

Para Jake e Hephais isso não fazia diferença, mas para os recrutas que dependiam deles era uma questão de vida ou morte. Graças às sobras, esses novatos conseguiram uma ou duas mortes, mas o aumento de estatísticas resultante foi ridículo em comparação. Eles precisariam devorar muito mais almas para transformar suas Auras Lumyst em nível semelhante.

Não que eles tivessem chance se as coisas continuassem indo mal. Nem Jake, nem Hephais se importavam com esses recrutas, mas precisavam deles como cortina de fumaça.

A lacuna entre demonstrar habilidades de combate monstruosas e destruir sozinho um exército de Brilhantes e Pulsares bem treinados e equipados era enorme. No primeiro caso, os superiores veriam o seu potencial; neste último, eles seriam excluídos mais rápido do que um speedrunner falhando em um jogo.

‘O problema são esses Pulsares,’ supôs Jake, com o rosto sombrio ao sentir 11 forças vitais comparáveis ​​ao bruto que acabara de rasgar seu camarada ao meio.

[Além de suas Auras Lumyst, esses Brilhantes são duas a três vezes mais fortes que nossos Bárbaros do Sub-Mundo, graças à atmosfera nutritiva da Planície Lustra. Podemos lidar com isso com uma boa esgrima e movimentação], 

Xi recapitulou seriamente e acrescentou: 

[Mas esses Pulsares são uma fera totalmente diferente. A julgar pela força vital em sua aura, eles cometeram pelo menos de cem a quinhentos assassinatos cada. No mínimo, eles são oito a quinze vezes mais fortes que os nossos e três vezes mais rápidos, sem mencionar sua maior durabilidade. Não importa quão perfeita sua técnica possa parecer, derrotar tais adversários causaria espanto. A menos que…]

‘A menos que acumulemos mortes suficientes para tornar tal vitória crível’, concluiu Jake. ‘Entendi. Vou continuar matando, me afastando daqueles grandões e deixando migalhas para o resto.’

Girando o pulso habilmente, Jake decapitou outro Guerreiro da Luz em seu caminho. Com uma rápida bicuda, ele chutou o cadáver ainda de pé e gritou para os outros recrutas: “Se vocês querem viver, grudem em mim como cola!”

Sem maiores explicações, ele disparou e se chocou contra o Brilhante à sua frente, cravando a lâmina profundamente no plexo do soldado, até o cabo. Os pés do soldado inimigo levantaram-se momentaneamente do chão devido à força do golpe, mas Jake continuou seu ataque, usando seu novo amigo como escudo humano.

Percebendo as intenções de Jake, seu companheiro temível moveu-se em perfeita sincronia. Hephais avançou logo atrás dele, cortando e incapacitando os inimigos em seu caminho com precisão cirúrgica, nunca diminuindo o passo.

Os recrutas, já cansados da ameaça iminente dos Pulsares, ficaram paralisados apenas por um nanossegundo antes de seus cérebros processarem a ordem de Jake. Seus olhos se arregalaram, alimentados por uma onda de adrenalina. Com apenas um momento de hesitação, eles correram atrás de seus dois salvadores.

Ekho, já em seu encalço, foi o primeiro a sair de seu estupor. Conhecendo muito bem as capacidades letais de Jake e Hephais, ele entendeu que esses dois gigantes não se importavam se ele vivesse ou morresse. Sobreviver significava seguir suas regras implacáveis e aproveitar todas as oportunidades que elas ofereciam.

Dois passos atrás de Hephais, o sangue de Ekho bombeava através de seus músculos como combustível de foguete quando um Guerreiro da Luz, golpeado superficialmente pelo assassino, começou a ter convulsões em seu caminho.

“AAARRRH! Morra!”

Em vez de se esquivar, Ekho acelerou, empalando o soldado moribundo no coração com um único golpe, assim como Jake havia feito um momento antes.

‘Quatro mortes’ Ekho registrou mentalmente, girando para libertar a lâmina sem perder o ritmo.

O alcoólatra em recuperação não era o único apegado à vida. Logo atrás dele, vários outros bárbaros tentavam acompanhá-lo. Entre eles estavam o soldado envolto em múmia e o recruta de sangue azul lutando com um machado encantado.

Além desses dois, havia vários outros guerreiros e guerreiras agarrados à vida, com suas lâminas também encharcadas de sangue. Nas Terras do Crepúsculo, a escassez de recursos e o sistema tribal erradicaram qualquer discriminação de gênero no que diz respeito ao porte de armas. Embora as mulheres não fossem recrutadas, elas eram livres para se alistar.

Isso explicava parcialmente por que as três mulheres restantes estavam tão calmas e determinadas. Ao contrário de muitos outros recrutas, elas escolheram estar aqui. Ninguém as forçou a arriscar suas vidas.

Ainda assim, elas eram Bárbaros do Sub-Mundo como o resto. Um terráqueo precisaria ter gostos particulares para apreciar suas curvas masculinas. Apenas uma delas poderia ser considerada bonita pelos padrões terráqueos, mas isso presumindo que gostassem de mulheres com mais de dois metros de altura e com constituição crossfit.

Infelizmente, apesar de sua reação rápida ao comando de Jake e de sua forte vontade de viver, seu pequeno grupo logo foi ultrapassado por um Pulsar. Eles esperavam desacelerá-lo usando os outros Brilhantes como uma barreira natural, mas subestimaram sua liderança astuta.

“Movam-se, seus vermes, a menos que queiram morrer!” O gigante, banhado no sangue de sua última morte, rugiu com um brilho sinistro em seus pequenos olhos vermelhos, parecendo um vampiro tomando esteróides.

Ao ouvir seu comando, os Brilhantes em seu caminho instantaneamente se afastaram como se tivessem acabado de ser picados.

Uma premonição arrepiante logo tomou conta dos recrutas atrasados, com os cabelos em pé diante do rugido diabólico do monstro que temiam encontrar novamente. Um recruta arriscou um olhar para trás e ao ver a cena que se desenrolava, seus olhos se arregalaram até o limite. Sem explicar nada aos seus colegas que estavam à frente, ele reuniu toda a força em suas pernas e avançou com um uivo desesperado.

“Que porr-”

Antes que seus camaradas empurrados pudessem questioná-lo, as mãos enormes do gigante fecharam-se ameaçadoramente em torno dos crânios de dois deles. Seus rostos ficaram pálidos como um fantasma quando entenderam de quem eram essas mãos, pouco antes de elas se torcerem violentamente, como se abrissem uma tampa de garrafa teimosa.

Crack!

O barulho audível que ressoou quando seus pescoços quebraram foi inconfundivelmente o mesmo. Num piscar de olhos, enquanto as mãos do gigante ainda estavam presas em seus crânios, seus corpos murcharam como se toda a água tivesse sido drenada deles.

O cara que acabara de passar por eles há pouco quase cagou nas calças ao ver seus camaradas morrendo de uma forma que ele não desejaria ao seu pior inimigo.

“Porra! Maldito monstro!” Ele praguejou, correndo ainda mais rápido, ultrapassando um recruta e depois outro.

Infelizmente, depois de ultrapassar mais sete ou oito camaradas, seu modo turbo alimentado pelo desespero bruto não conseguiu colocá-lo à frente do pelotão. Os outros recrutas que corriam à sua frente tinham a mesma urgência de vida ou morte. Enquanto ele esperava por um gatilho mortal para ir com tudo, os outros estavam dando 120% de si antes do retorno do Pulsar.

Menos de quinze segundos depois, apesar dos esforços determinados de Jake e Hephais para abrir caminho no meio da multidão, o recruta finalmente cagou nas calças de verdade quando a mão nodosa do Pulsar finalmente se fechou em torno de seu crânio…

Picture of Olá, eu sou Vento_Leste!

Olá, eu sou Vento_Leste!

Comentem e avaliem o capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥