Selecione o tipo de erro abaixo

Quando Jake e Lúcia voltaram ao acampamento dos Nerds Myrtharianos, ele estava com um humor muito melhor. Ainda não tinha conseguido aquela conversa franca com Will, mas pelo menos ele não parecia um traidor.

Na verdade, quaisquer rancores que Jake guardasse pelo empresário há muito perderam o significado. Da mesma forma, experiência provou que Wyatt não era um cara mau.

Para ser bem franco, este Vampiro Progenitor era gentil, mas com uma falha e sua benevolência às vezes o impedia de cometer um mal menor para o bem maior. Sua recusa em beber sangue humano era o exemplo mais óbvio.

De volta à base, Lúcia se despediu dele e decidiu treinar suas tropas para prepará-las para a batalha que estava por vir. Hephais, que era um Assassino das Sombras, decidiu reunir informações em Laudarkvik sob o radar, com o endosso de Aisling, Haynt e Kevin.

Falando de seu primo Kevin, ele recentemente os contatou e disse que os Bestiais Leões, Ursos e Pássaros da cidade permaneceriam neutros. Depois de muito esforço, ele conseguiu ganhar a confiança de sua princesa Qewie. Ele estava confiante de que com mais alguns dias seria capaz de convencer quem estava em cima do muro.

Lysander, o Alfa Leão Bestial era leal a ela, enquanto seu irmão mais velho Kenway, com fama de ser tão poderoso quanto Haynt, era um solitário ao longo da vida. Enquanto sua família não estivesse ameaçada de extinção, ele não interferiria.

Infelizmente, neste ponto, nem Jake, nem Kevin podiam prever que o contra-ataque das Divindades Perdidas viria muito mais cedo e de uma maneira muito mais inesperada do que o previsto.

Quando a noite caiu e Jake começou a tarefa de produzir os metais necessários para obter sua própria fortaleza portátil, um grupo de indivíduos encapuzados apareceu furtivamente no Distrito dos Bestiais.

Uma dessas figuras tinha cerca de 4,5 metros de altura e dois chifres longos e ligeiramente curvados podiam ser vistos saindo de seu capuz, assim como seu nariz grande. Igualmente impressionantes eram os dois cascos pretos tão largos quanto um medalhão terminando suas pernas revestidas de marrom-preto.

Um Minotauro.

Quando ele entrou nas sombras, as outras figuras o seguiram e por uma fração de segundo um raio de lua iluminou seus rostos, revelando rostos bestiais e desumanos. Um deles parecia um leão humanoide, outro como uma águia, outros como ursos ou lobos.

Outros eram Demônios e Bestiais.

Se alguém os olhasse com cuidado, poderia ter notado que as espécies animais com as quais se relacionavam correspondiam às dos diferentes clãs de Bestiais de Laudarkvik. Vendo todas essas encapuzadas criaturas diferentes reunidas ao entardecer, apenas um tolo não suspeitaria que algo sinistro estava acontecendo.

Andando atrás do Minotauro estavam duas figuras menores com diferentes expressões em seus rostos.

A primeira, com cerca de 3 metros de altura, era o epítome do bárbaro supremo, uma montanha de músculos desgrenhados, torso nu, barbudo e tatuado com listras vermelhas. Em seus olhos, cobras-relâmpago carmesim dançavam constantemente, enquanto seu rosto másculo estava perpetuamente franzido em uma expressão que gritava alto ‘Não me incomode’. A impressão que o homem dava era que não estava feliz por estar aqui.

A segunda era do tamanho de um humano normal e significativamente mais velho. Sua pele era significativamente mais escura e seu cabelo e cavanhaque preto estavam meticulosamente aparados. Seus olhos alaranjados brilhavam na escuridão, um mau presságio para os inocentes Bestiais.

Esses dois Jogadores eram, claro, Azeus e Shamash, dois membros da Divindades Perdidas. O primeiro estava em liberdade condicional, enquanto o segundo era um oficial conhecido por sua crueldade e eficiência em seguir ordens.

“Nós realmente temos que fazer isso?” Azeus rosnou com desgosto. “Eu pensei que a Divindades Perdidas era uma facção invencível. Não foi isso que você me disse quando veio me recrutar? Se somos os mais fortes, por que não os combatemos de forma justa?”

Shamash riu suavemente, ignorando seu discurso.

“A Divindades Perdidas é invencível porque sabe colocar água em seu vinho. Podemos ser Deuses, mas somos divindades menores. O Universo Espelhado é vasto. Só um tolo agiria abertamente acreditando ser invencível. Você viu o que aconteceu com Jake quando nos atacou sozinho. Ele era forte, sem dúvida, mas diante de nossos números ele foi forçado a fugir com o rabo entre as pernas. Nossa facção tem muitos inimigos, e quanto mais cedo terminarmos aqui, mais cedo podemos passar para a próxima etapa do plano.”

“O que você disser…” O bárbaro resmungou, desistindo completamente de convencê-lo.

Shamash zombou por dentro, sentindo nada além de desprezo por este novato que vivia apenas para o combate, mas isso não o impediu de continuar a missão que Deimos lhe deu. Seu rosto ficou frio como um iceberg quando ordenou severamente,

“Comece a missão.”

“Sim, senhor.” As figuras encapuzadas responderam em uníssono, colocando seus punhos sobre seus corações.

No momento seguinte, esses subordinados se dispersaram como sombras borradas nos becos do distrito, cada um indo para seu futuro alvo.

Alguns minutos depois em uma mansão pertencente ao patriarca dos Bestiais Ovelhas.

Um Bestial Leão encapuzado retirou sua lança ensanguentada da garganta de uma jovem que ainda carregava seu bebê nos braços. A arma havia perfurado a mãe e a criança. O choro do bebê acordou as pessoas adormecidas na mansão e segundos depois vários guardas e um velho com ar branco e fofo ainda de pijama entraram na sala do crime.

Vendo a jovem assassinada e o bebê deitado em seu próprio sangue, o velho caiu de joelhos, um rio de lágrimas escorrendo pelo rosto.

“Eleanor! Pequena Judy…”

Este velho não era outro senão o patriarca dos Bestiais Ovelhas e seu Alfa mais antigo. Nesse momento, outro homem mais jovem que se parecia vagamente com ele surgiu no quarto e também viu os dois cadáveres. Uma dor intolerável apertou seu peito e ele teve que apertar o coração com a mão para não desmaiar.

Após o choque, o homem, que era o atual líder e Alfa dessa tribo, entrou em modo frenético e a próxima coisa que ele sabia é que uma bola de lã com várias dezenas de metros de diâmetro de repente se expandiu, explodindo a mansão. Imediatamente depois, começou a encolher, tornando-se um pouco mais largo que uma bola de tênis.

“MORRA!”

O homem jogou a bola de lã comprimida e o Bestial Leão encapuzado esboçou um sorriso zombeteiro. Em vez de se esquivar, a desviou com sua lança, mas fez com que ela roçasse seu capuz para revelar sua aparência. Ele fez uma expressão de arrependimento e nervosismo, como se estivesse com medo de ser descoberto, então…

BUM!

A bola de lã se expandiu novamente e ele se deixou ejetar ao longe, um sorriso vitorioso reapareceu em seu rosto.

‘Missão cumprida. De volta à base.’

Em outra mansão ainda maior, o Minotauro da Divindades Perdidas esmagou todos os descendentes do clã Bestial Urso com seus punhos e cascos. Este clã tinha sido totalmente neutro até então, mas depois deste incidente certamente mudariam de lado.

Os clãs Bestiais Jabali e Corvos eram aliados e subordinados notórios dos Bestiais Leões e com sua aparência este Minotauro facilmente conseguiu se passar por um deles. Se o Javali Alfa não fosse tão estúpido, ele saberia o que fazer.

Esse tipo de cena se repetiu em todo o distrito. Um homem-urso matou as esposas e filhos dos Bestiais Tigres mais influentes. Um Lobisomem cortou até a morte o filho mais velho do Alfa Ave Bestial, um dos clãs neutros conhecidos por serem os mais vingativos e violentos quando sua fúria foi provocada.

Ao mesmo tempo, tragédias semelhantes ocorreram do lado dos clãs que Kevin havia convencido a não participar da guerra. Um Bestial que deveria ser seu aliado decapitou a esposa de Lysander, enquanto outro assassinou a amiga de infância de Kenway, uma mulher casada há muito tempo com outra que ele nunca deixou de amar.

No palácio dos Bestiais Ursos, o velho patriarca desmaiou, sufocando em seu próprio sangue, mordido várias dezenas de vezes por uma Bestial Cobra. Apesar de seu poder e sentidos aguçados, ele não sentiu o inimigo se aproximando enquanto dormia, e os guardas também não foram alertados.

“Hum?” Kevin, que estava meditando logo abaixo, abriu os olhos sobressaltado.

Com um mau pressentimento, correu para o quarto do velho Alfa e chegou bem a tempo de ver a cobra retirar suas presas da nuca de sua vítima. Vendo suas capas com capuz, Kevin soube imediatamente que eles eram vítimas de um complô, mas era tarde demais.

O atual líder do clã e filho do Alfa Bestial Urso irrompeu na sala e também viu o rosto inesquecível do assassino.

“SEU BASTARDO! EU VOU RASGAR VOCÊ EM PEDAÇOS COM MEUS PRÓPRIOS DENTES!”

O homem, louco de raiva, de repente se alargou, dando lugar a um enorme urso pardo de mais de 12 metros de altura e sem olhar para os prédios ao redor sua enorme pata caiu pesadamente no local onde estava a cobra. Ela piscou para eles, então seu corpo evaporou em fumaça pouco antes da pata gigante reduzi-la a mingau.

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥