Selecione o tipo de erro abaixo

Jake parou de convulsionar e lentamente se levantou, sem vida. Seu olho ficou roxo ametista por um segundo fugaz antes de uma explosão de luz preta e prateada sair de sua pupila e devolvê-la à sua cor normal.

Xi repassou o filme de sua própria vida na mente de Jake como um mantra, gradualmente estabilizando sua sanidade. Quando ele voltou a si, ela parou, mas continuou a observá-lo com inquietação.

“Estou bem.” Jake a tranquilizou com uma voz rouca.

Não era mentira. Ele certamente estava diferente de antes de tantas maneiras que não era a mesma pessoa, mas não havia esquecido o que realmente importava para ele.

Como o único vencedor nesta batalha final, ele se sentiu maravilhoso. Vendo que não havia mais nada além do nada ao redor da Cidade Celestial – a única prova de que o planeta Quanoth já existiu – Jake sentiu uma satisfação culpada, perto da alegria, mas ele ainda podia dizer a diferença entre uma emoção anormal e o que a moralidade ditava que ele deveria fazer.

Ele estava com fome. Uma fome irresistível que era muito diferente da que ele podia sentir antes. Não que quisesse devorar tudo em seu caminho, mas sim que ele queria provar tudo. Ele tinha esse instinto de expandir um banco de dados genético e etérico ao qual ele inconscientemente obteve acesso. Foi um sentimento muito difícil de definir.

Quando estava prestes a voltar sua atenção para seu Status, ele lembrou que ainda não sabia para onde seu bracelete tinha ido. Os pensamentos de Xi continuaram surgindo em sua própria mente, como se suas mentes fossem uma e a mesma.

“Se nossas mentes não estivessem tão intimamente conectadas graças à ajuda do fragmento de vontade de Xion, não sei o que teria acontecido.” Ela admitiu com uma voz gentil. “Eu realmente pensei que iria desaparecer mais cedo, mas estranhamente não. Ainda sinto sua presença. Ainda sinto a presença do seu Dispositivo Oráculo, mas de uma forma mais difusa. Algo definitivamente mudou. Por exemplo…”

“Por exemplo?”

“Eu vou te mostrar mais tarde.” Ela murmurou, repentinamente silenciosa, sua atitude altamente suspeita.

Jake estava prestes a questioná-la com mais intensidade quando a Cidade Celestial começou a tremer, um som ensurdecedor de empurrão o fez esquecer sua intenção anterior. O escudo de energia que isolava o grandioso complexo de castelos, palácios e altas torres que compunham a Academia Divina se expandiu sem aviso prévio na velocidade do som.

Jake não teve medo e cruzou os braços com a firme intenção de não se mover, mas-

BANG!

Ele foi jogado para longe, jogado para trás como uma folha de árvore atingindo um trem de alta velocidade. Ele não sofreu nenhum dano, mas nesse ritmo, ele seria expulso da Cidade Celestial. Compreendendo a intenção de Aurae, ele se teletransportou para a frente de seu prédio designado e entrou calmamente.

Entre agora e a última vez que o visitou, o interior havia mudado drasticamente. A lava e a radiação desapareceram, as paredes estavam negras, rios de prata líquida escorriam pelas paredes. O interior da sala estava cheio de um líquido escuro no qual estranhas partículas de luz e relâmpagos preto-azulados coexistiam pacificamente.

Ao entrar em contato com o líquido, Jake imediatamente se sentiu incrivelmente bem, as escamas de quitina formando sua pele formigavam de felicidade. Ele queria estudar essa fonte de energia única com mais detalhes quando uma voz idosa ecoou alto por toda a Cidade Celestial como se fosse através de um alto-falante.

“Ahem… parabéns aos 578 vencedores finais desta Provação… Vocês… realmente não tiveram que lutar tanto. Vocês serão aliados da próxima Provação, então espero que possam deixar o passado para trás. Este é o meu humilde pedido…”

Os parabéns introdutórios desse orador desconhecido foram diferentes do que Jake imaginou. Havia um tom de reprovação e desgosto óbvio em sua voz. Ele quase podia adivinhar a quem essas críticas eram dirigidas. Ou seja, Psykow, Neri, Vhoskaud e a Ruby Digestora. Bem, apenas Psykow, Neri e Vhoskaud agora.

Ao mesmo tempo, Jake sentiu uma onda de informações em sua mente. Ele não conseguiu identificar sua origem, mas o pacote de dados foi facilmente interceptado por sua mente. De alguma forma, o Sistema Oráculo ainda conseguiu contatá-lo.

Missão Especial de Provação (concluída): Impeça que a metade Digestora de Ruby entre em seu prédio. A falha resultará em -1.000 pontos em sua classificação de provação final e um rebaixamento de 2 ranks Oráculo. Avaliação: ???

O olhar de Jake permaneceu no ??? da classificação e todos os tipos de pensamentos vieram à mente. Ele falhou na missão ou teve sucesso além de todas as expectativas? Ele só saberia ao certo quando voltasse da Provação.

Enquanto isso, o orador desconhecido continuou com seu discurso introdutório,

“Vocês são livres para encerrar a Provação e coletar suas recompensas a qualquer momento a partir de agora. Aqueles que desejarem ficar, podem visitar a Academia Divina e ficar para estudar com acesso gratuito a todas as nossas instalações por um ano. Os edifícios que vocês conquistaram tão bravamente pertencem a vocês e podem ser levados embora. Como diretor da Academia Divina, eu, Grigori Tyrastus, Supervisor Oráculo de Nível 4, Alto-Duque do Oráculo e Tenente General do Oráculo de Nível 20, encorajo fortemente vocês a comparecer ao interrogatório de amanhã na sala 207 do Academia Divina no segundo andar. Informações críticas para sua próxima Provação serão apresentadas. Para aqueles de vocês que estão com pressa para terminar a Provação, não se esqueçam de visitar a Estela de Aurae perto da fonte da Academia para selecionar uma nova Classe Espiritual. Depois de chegarem até aqui, vocês devem ter algumas novas opções… Também não se esqueçam de…”

Para alguém que queria abreviar seu discurso de boas-vindas, esse diretor era incomumente falador assim que começou. Parecia que alguém o estava ameaçando, e agora ele estava fazendo tudo o que podia para convencê-los a ficar em Quanoth um pouco mais, elogiando as qualidades e serviços da preciosa Academia Divina pela qual ele era responsável.

E, de fato, quando era gratuita, essa Academia Divina era de fato uma grande oportunidade para se fortalecer e enriquecer o conhecimento. Infelizmente, nem tudo era.

Jake já sabia o suficiente sobre esta Academia Divina graças ao “sortudo” Ulfar, que teve a coragem de aparecer logo no início da Provação. O Rei de Beskyr reclamou tantas vezes em seu Bate-Papo de Facção que todos os Nerds Myrtharianos ainda vivos poderiam passear de olhos fechados neste labirinto de torres.

Nesta Academia Divina, tudo, até comer, dormir e assistir às aulas exigia pontos de contribuição. Se a contagem de pontos de um aluno ou jogador caísse para zero, eles eram imediatamente expulsos da escola. No caso dos Jogadores que tiveram a sorte de aparecer lá sem passar por um rigoroso processo de seleção, a expulsão equivalia a falhar em sua Missão Principal.

O Oráculo era justo e não deixaria esses Jogadores sortudos escaparem. Em desespero, 100 milhões de pontos de Éter poderiam ser trocados por 1 ponto de contribuição.

Este Grigori Tyrastus estava claramente tentando extorquir seu Éter. Especialmente agora que os vencedores gastaram todos os seus pontos de Éter para sobreviver a todas aquelas batalhas ferozes.

“… Aurae terminou de dissipar a Tempestade de Mana e quaisquer companheiros que você possa ter escondido no espaço sideral estão livres para se juntar a você aqui e também podem acessar os serviços da minha academia, desde que pertençam à facção de um dos finalistas. Outra coisa… Por causa das ações de um certo Jogador, o sol deste sistema solar foi destruído. Ficará escuro durante a sua estada aqui até que Aurae se digne a fazer outro. Isso será tudo para hoje. Até mais…”

O silêncio voltou e Jake usava uma expressão indiferente, embora um sorriso ligeiramente orgulhoso se curvasse em seus lábios. Realmente acabou dessa vez. Aurae não tinha mais surpresas ruins reservadas para eles.

Jake ficou tentado a ficar em seu prédio por um ano, mas preocupado com seus companheiros ele saiu por vontade própria antes de ficar desmotivado. Ele podia sentir que seu senso de empatia não era exatamente o que costumava ser. Ele se preocupava com eles por um senso de responsabilidade e hábito, mas por dentro seu coração era um oceano tranquilo.

Quando ele deixou seu prédio, um céu escuro, felizmente iluminado por muitas estrelas, o saudou. Aurae de fato não havia substituído o sol que faltava. O escudo de energia da Academia Divina agora se estendia por toda a Cidade Celestial, mas com seu sentido mental, Jake descobriu que agora funcionava como um filtro. Pessoas autorizadas podiam entrar ou sair à vontade.

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥