Capítulo 49. Insegurança

O Sistema Incubo

Capítulo 49. Insegurança

Tradutor: ♦ AJ ♦   |   Revisor: ♦ AJ ♦

 

 

Larry e eu caminhamos até as mesas vazias com a comida nas mãos.

“Acredite em mim, a tortilha de frango é tão boa”, disse Larry, colocando a bandeja sobre a mesa e sentando-se.

“Eu pensei que você só comia besteira.” Eu também coloquei minha bandeja ao lado e me sentei diante dele.

“Não sou que nem você. Faz muito tempo que eu parei de comer besteira”, ele retrucou.

“Ei, eu já comecei a colocar mais verduras no meu sanduíche. Esta mais saudável agora”, eu me defendi.

“Ainda não é saudável. Você deveria comer mais alimentos saudáveis ​​como este.” Ele ergueu a tortilha de frango e deu uma grande mordida.  (Nt: To com fome agora ._.)

“Hmm, Delicia!” ele disse de boca cheia.

Eu dei uma mordida no meu sanduiche de frango. O sabor crocante dos vegetais frescos e do tomate encheu minha boca, misturado com o sabor cremoso, picante e azedo do molho da fazenda e o sabor deliçioso dos pedaços de frango assado.

“Vocme está —- certo isso é bmom.” Minha boca estava ocupada mastigando. Parecia que toda a comida tinha um gosto bom para mim, porque eu comi sanduíches de geleia por quase um ano. Bem, eu não tinha outra escolha porque minhas finanças estavam muito apertadas.

“Ah, quase esqueci. Não se esqueça de fazer sua tarefa na próxima segunda-feira”, eu o lembrei.

Ele ficou petrificado em estado de choque.

“Temos uma tarefa para entregar na próxima segunda-feira?”

Eu bufei irritado. Eu estava esperando por isso, então o lembrei de propósito.

“Essa é uma tarefa final, se você não enviar você vai reprovar”, eu o avisei.

Ele ficou em silêncio por um momento antes de encolher os ombros com indiferença.

“Vou fazer isso na segunda de manhã.”

Então ele deu outra mordida com indiferença.

“Não tenho certeza se você pode terminar um artigo de pesquisa de 50 páginas tão rápido.”

Depois de ouvir minhas palavras, seu queixo caiu em choque enquanto eu podia ver um pouco da comida cair de sua boca.

“Isso é nojento!” Eu reclamei.

“O que você disse?”

“Isso é nojento”, eu repeti.

“Não, antes.”

“Artigo de pesquisa de 50 páginas?” Imaginei.

“Artigo de pesquisa de 50 páginas?! Aquele palestrante louco está tentando nos matar?” ele resmungou.

“Ele já deu a tarefa desde o início do semestre”, expliquei.

“Ethan …”

“Hm?” Eu respondi sobriamente enquanto dava outra mordida.

Ele olhou para mim com o olhar de ‘olhos de cachorrinho’.

“Meu salvador … Por favor, salve a nota deste humilde camponês.”

‘Um caçador de demônios pede para ser salvo por um demônio … O mundo já não mais o mesmo… ‘

“Tenta fazer o que puder. Eu vou na tua casa amanhã.”

Larry largou rapidamente a comida, agarrou minha mão e me olhou profundamente.

“O que eu seria sem você!?” Um sorriso feliz se espalhou no seu rosto.

*Tak!*

Uma bandeja colocada ruidosamente em nossa mesa nos assustou, viramos nossa cabeça em sua direção por reflexo. Olivia estava do lado da nossa mesa e olhou para Larry.

“Eu posso me juntar a vocês?” Olivia disse secamente.

Larry rapidamente tirou suas mãos de mim antes que Olivia quebrasse suas mãos ao meio.

“Claro”, respondi, convidando-a a se sentar.

Olivia se sentou ao meu lado enquanto seus olhos permaneceram fixos em Larry, que estava mordendo a comida sem jeito.

“Ele só estava muito feliz porque vou ajudar ele em uma tarefa”, expliquei. A atitude de Larry é um pouco dramática, é isso que faz com que as outras pessoas o entendam mal.

“Ele está certo!” disse Larry, erguendo a cabeça para encará-la.

“Oh, é mesmo,” ela respondeu simplesmente.

“Mas eu acho que é desnecessário segurar as mãos dele assim não acha?.” Seu tom ainda soava desagradável.

“Foi apenas um reflexo porque estou muito feliz”, defendeu-se. Seu rosto ficou azedo.

“Mas você não deveria agir assim”, disse Olivia, dando a Larry um olhar de ‘Não toque no meu Ethan’.

“Por que não? Ele com certeza não se importa com isso”, Larry respondeu com um ‘Você está brincando comigo? Desde quando Ethan é seu? ‘ Veja. Parecia que ele já estava irritado porque Olivia estava tentando me esquecer.

“Ele pode não se importar, mas eu sim”, ela não queria perder.

“Ethan pertence a todos, você não deve monopolizá-lo!” Larry respondeu.

Enquanto eles discutiam, vários outros alunos que passaram e ouviram nossa conversa começaram a sussurrar uns para os outros enquanto seus olhos ainda estavam fixos em nós. Até minhas costas estavam quentes com o olhar das pessoas que me olhavam por trás. Eu já conseguia imaginar do que eles estavam falando, ‘Olivia e Larry estão brigando por Ethan’.

“Não acho que você precise brigar por uma coisa trivial como essa”, tentei acalmá-los. Eu não entendi por que minha hora tranquila do café da manhã de repente se transformou em uma discussão.

Os dois se viraram para mim ao mesmo tempo.

“Coisa trivial ?!” eles disseram com rostos irritados.

Fiquei bastante chocado com a reação deles.

“É sobre o meu orgulho!” Larry começou a balbuciar coisas sem sentido.

“Sério? O que isso tem a ver com isso?” Eu fiz uma careta em confusão.

“Claro que existe.” Olivia voltou seu olhar para Larry.
“E eu não vou perder!”

“O que você quer dizer?!” disse Larry secamente.

“Eu desafio você para um duelo!” Olivia disse com firmeza.

“O que ?!” Eu disse enquanto virei minha cabeça para Olivia em estado de choque.
Eles acham que ainda estamos na era medieval, então eles têm que resolver as coisas por meio de um duelo?! Espere, isso é ainda pior! Eles me trataram como uma princesa medieval?! Isso é algum tipo de brincadeira?! ‘

Ao ouvir as palavras ‘duelo’, os outros alunos pararam de andar e nos olharam como um espetáculo de circo gratuito.

“Você acha que estou com medo?” desafiou Larry. Eu sabia que ele não poderia perder para uma pessoa comum como Olivia, até agora ele só tinha escondido sua força devido às regras de associação do caçador de demônios.

“Deixar—”

*Bang!*

Eu bati na mesa com a palma da minha mão e me levantei da cadeira, meu aborrecimento claramente visível no meu rosto. O ato deles havia ultrapassado meus limites, eu nem mesmo entendia o que havia de errado com eles. Todos chocados, foi a primeira vez que perdi a calma em público.

“Eu não pertenço a ninguém”, esclareci.

“Você ouviu isso? Eu disse que ele pertence a todos!” brincou Larry. Enquanto isso, Olivia olhou para baixo sobre sua decepção com minhas palavras

“Eu também não pertenço a todos”, esclareci mais uma vez. Meus olhos fitaram Larry. Meu instinto demoníaco rejeitou essas palavras porque era o mesmo que diminuir meu orgulho, como se todos pudessem me ter facilmente.

Larry imediatamente apertou os lábios.

“Nos falamos depois”, disse a Larry. Peguei minha bolsa.

“Olivia, podemos conversar um pouco?”

Olivia hesitou e olhou para o outro lado, mas eu agarrei sua mão e a encarei.

“Podemos conversar um pouco?” Eu repeti. Eu não estava com raiva dela, mas precisava endireitar nosso relacionamento. Eu sabia que era porque não contei a ela meus sentimentos, então ela se sentiu insegura porque poderia me perder a qualquer momento. Achei que isso devia estar relacionado ao divórcio dos pais. Mesmo que eu não soubesse disso com clareza, a julgar pelo estado de Camila ontem, deve ser difícil para Olivia.

“Tudo bem,” Olivia respondeu relutantemente enquanto se levantava de sua cadeira.

 

«◊◊◊◊»

 

“Você me ama?” Fui direto ao assunto assim que chegamos ao canto oeste do pátio.

O rosto de Olivia ficou vermelho e ela rapidamente virou o rosto de um lado para o outro, nervosa.

“EU—”

Aproximei-me dela lentamente, olhando profundamente nos olhos dela.

“Você pode me aceitar como eu sou?” Perguntei de novo.

Enquanto ela recuava lentamente em intimidação.

“Claro—”

“Não é sobre minhas finanças ou meu status”, interrompi mais uma vez. Mesmo que eu não pudesse dizer minha verdadeira identidade como demônio, eu não queria enganá-la sobre meu relacionamento com outras mulheres. Me querer sendo só dela era impossível. (NT: Dps de pegar a mãe da mina n tem como né skssksks)

“Então, o que é?” ela perguntou. Suas costas tocaram a parede. Agora ela não conseguia fugir de mim.

“Como você ouviu antes, eu não pertenço a ninguém. Isso também se aplica no futuro.” Parei bem na frente dela.

Ela fez uma pausa em choque quando começou a entender o que eu quis dizer.

“Você não pode me monopolizar”, esclareci mais uma vez. Eu sabia que ela e Camila precisam de mim, ambas me queriam e ambas queriam me amarrar porque tinham medo de me perder. O problema era que eles estavam dispostos a compartilhar um com o outro? Elas eram mãe e filha, mais cedo ou mais tarde descobririam que Damian e Ethan eram a mesma pessoa.

Ela permaneceu em silêncio, hesitando.

Eu coloquei uma das minhas mãos ao lado de sua cabeça, trouxe meu rosto para mais perto e parei bem na frente dela, meus lábios quase tocando os dela.

“Se você não quiser, eu vou embora.”

Nossos olhos se encontraram e se entreolharam profundamente, seus olhos ainda cheios de hesitação, mas eu sabia que ela não estava disposta a me liberar também. Logo, ela desviou o rosto de mim.

“Vou tomar isso como um não.” Embora eu tenha ficado desapontado com sua resposta, respeitei sua decisão.

Como eu queria puxar minha cabeça para longe dela, suas mãos se abraçaram e puxaram minha cabeça para mais perto dela. Meus lábios colidiram com os dela enquanto eu podia ver seu rosto corando claramente. Mas apenas brevemente, ela o soltou envergonhada e abaixou a cabeça, escondendo o rosto corado.

“Eu … eu não vou monopolizar você … Contanto que você não me deixe …” ela disse em uma voz gaguejante.

“Você está falando sério?” Eu confirmei mais uma vez.

“Estou falando sério”, ela respondeu sem hesitação.

Depois de ouvir sua resposta, aproximei meus lábios querendo beijá-la. Mas ela apertou os lábios e fechou os olhos nervosamente.

Vendo sua reação, pude concluir que ela nunca tinha realmente beijado antes porque todo esse tempo ela só tinha me dado beijos leves. De alguma forma, isso me fez querer provocá-la.

Lambi seus lábios, inclinei minha cabeça em sua orelha e sussurrei.

“Mesmo que você não possa me ter, mas eu quero que você seja minha.” Essas foram as palavras mais egoístas que já disse na minha vida.

Ela abriu os olhos e a boca, mas antes que pudesse dizer qualquer coisa, meus lábios agarraram os dela, minha língua escorregou e nadou descontroladamente em sua boca. Ela ficou chocada com meus movimentos repentinos, mas não me afastou.

Depois de um tempo, afastei meu rosto, olhei para seu rosto chocado. Um sorriso floresceu em meus lábios, vendo sua reação inocente. Mas depois que um tapa voou para mim, eu o peguei antes que sua mão pousasse no meu rosto. Eu sabia que era apenas sua reação nervosa, já que não percebi o menor traço de raiva em seu rosto. Lentamente eu trouxe sua mão aos meus lábios e a beijei, meus olhos ainda fixos nela com o olhar sedutor.

“Você ainda quer me bater?” Eu disse em uma voz suave.

“Não …” Seus olhos também não escaparam dos meus e suavizaram. Ela tirou a mão de mim e esfregou minha bochecha suavemente.

“Eu não entendo … Depois do que você disse, mas meus sentimentos não mudaram …” Sua mão desceu, pegou a minha e a colocou em seu peito. Eu podia sentir seu batimento cardíaco na palma da minha mão.

“Eu quero ficar com você …” ela sussurrou novamente.

“Olivia …” Eu chamei seu nome em uma voz suave enquanto meu coração também pulou uma batida.

Minhas mãos rastejaram atrás de seu pescoço e a puxaram para mais perto. Nossos lábios se encontraram mais uma vez, mas diferente de antes, ela abriu os lábios para deixar minha língua entrar e explorar sua boca enquanto suas mãos abraçavam minha cintura. Mas, sua língua não estava se movendo.

“Mova sua língua”, eu exigi sem liberar meu beijo e sua língua começou a se mover desajeitadamente comigo.

Alguns momentos depois, sua mão moveu-se lentamente para minha virilha e esfregou meu pau. Eu vacilei em choque com sua ousadia e deixei meu beijo de lado enquanto a olhava confuso. Honestamente, embora eu quisesse fazer isso, tratei Olivia com cuidado, pois sabia que ela tinha traumas com homens e não queria piorar as coisas

“Você não gostou?” Seu constrangimento era evidente em seu rosto.

“Estou um pouco chocado.” Mesmo que eu realmente quisesse saber por que ela fez isso de repente, eu segurei minha pergunta depois de ver sua expressão.

Depois que as palavras deixaram minha boca, um anúncio apareceu diante dos meus olhos.

[Você quer aceitar uma missão diária?] 

[Conseguir um parceiro.] 

[Alvo: Olivia Creststream.] 

[Recompensa: Título e EXP.] 

[Sim ou não]

‘Sim.’ Eu escolhi sem hesitação. Já que ela disse isso, eu a faria minha parceira.

 


Nota do Autor: A missão diária mudou devido ao acesso e seu status que mudou para um alto incubus.

 

Rolar para o topo