Selecione o tipo de erro abaixo

Plague Doctor – Volume 1 – Capítulo: 93 – Laje de Pedra Acima


>> Tradutor: Metal_Oppa <<


Os Caça-Demônios avançaram pela escada em espiral nas últimas vinte e quatro horas com intervalos ocasionais. Eles se revezaram para descansar enquanto se aproximavam lentamente da superfície. Ainda havia muitos alimentos compressados, mas a água limpa havia acabado há cerca de onze horas. A equipe passou a recorrer à água que os médicos usavam para limpar as mãos nas cirurgias anteriores. Naturalmente, isso trazia um grande risco, mas o único consolo era que, se a água estivesse de alguma forma contaminada, já estariam infectados sem a necessidade de ingeri-la. A equipe se revezava carregando Lin Mo na maca, Lou Xiaoning insistiu em andar sozinha, embora ainda não tivesse permissão para manusear armas ou outros equipamentos.

Quanto mais perto da superfície, mais estreito se tornava o espaço ao seu redor. Eventualmente, o espaço entre a parede e a escada tinha menos de um metro de largura. Parecia que eles estavam se espremendo no intestino delgado de um animal. Uma sensação insidiosa de vertigem os dominou também. Parecia que as escadas estavam tremendo sob seus pés. Todos podiam até ouvir um som semelhante ao rangido de uma escada de madeira velha. Isso não parecia estar totalmente decidido em suas mentes porque o padrão vermelho escuro nos degraus de pedra e na parede estava diminuindo. Em seu lugar, havia rachaduras como aranhas. Obviamente, a energia da vida na pedra estava murchando enquanto o lugar parecia que poderia desmoronar a qualquer momento.

‘E com eras estranhas, até a morte pode morrer.’ – Gu-Jun lembrou-se do poema do Árabe Louco. Essas pedras estavam morrendo, perecendo. Quando ainda estavam a cerca de cem metros da superfície, a moral da equipe estava mais baixa do que nunca. Isso porque a resistência e a energia de todos estavam quase completamente exauridas. Seus músculos doíam, suas línguas estavam secas e seus lábios estavam rachados. E os malditos degraus sob seus pés ainda subiam em espiral interminavelmente. Foi uma agitação causada por desconforto biológico. Não importa o quão forte seja a determinação, a mente teve que sucumbir ao corpo. O Caça-Demônios era uma Força-Tarefa especial da Phecda, mas esta era a primeira vez que encontravam um espaço anormal como este, um obstáculo que testava muito a força mental de alguém. Quanto mais alto eles iam, mais perdidos se sentiam.

Bem naquele momento, foi feita uma outra descoberta de partir o coração. Através dos binóculos de visão noturna, Xue Ba viu que o caminho para cima estava bloqueado. Algo havia cortado os degraus, mas…

“Ei, Jun, dê uma olhada nisso.” – Xue Ba o estudou por um tempo antes de entregar o binóculo para Gu-Jun ao seu lado. Gu-Jun os aceitou e fixou os olhos atrás do binóculo. No final da escada em espiral havia uma plataforma estreita. Não havia mais degraus subindo. A menos de um metro do chão da plataforma havia um teto de pedra, mas no meio do teto, logo acima da plataforma, uma placa de pedra imperceptível estava embutida. A parte inferior da laje de pedra estava coberta por padrões estranhos. Pareciam esculturas feitas à mão, com desenhos de flores em espiral.

Gu-Jun de repente se lembrou da cidade natal de Petra descrita na página do diário – Sar, a casa das flores. A laje de pedra provavelmente retratava a vista cotidiana em Sar. Mas quanto mais ele olhava para ele, mais seu coração batia fora do ritmo. Visões semi-translucidas apareceram no canto de seus olhos.

‘Há algo aqui que pode desencadear minhas visões?’

Gu-Jun se concentrou mais, mas o sentimento não se aprofundou. No mínimo, a confusão em sua mente só aumentou. Não havia língua estrangeira, nem fechadura, nada mais na base da laje de pedra. No entanto, havia uma lacuna extremamente pequena entre ele e o teto ao qual estava preso nos quatro lados. Parecia que havia sido projetado para que pudesse ser puxado ou empurrado para abrir. Talvez eles pudessem empurrá-lo por baixo e alcançar a superfície.

“Capitão Xue, não descobri nada muito fora do lugar.” – Gu-Jun devolveu o binóculo a Xue Ba. “Mas tenho a sensação de que essa é a saída.”

Xue Ba acenou com a cabeça e passou os binóculos para os outros. Logo, todos entenderam o que estava acontecendo. Se eles quisessem sair, eles precisavam se livrar da laje de pedra. Talvez eles pudessem explodi-lo com o C4 ou o míssil foguete?

“Isso não vai funcionar.” – Assim que Lin Mo ouviu isso, ele rejeitou imediatamente. O homem estava se sentindo muito melhor, não mostrando nenhum sinal da infecção do parasita. “Está muito perto das escadas! Não importa o quão contida a explosão seja, o tremor afetará as escadas e as pedras irão deslizar. Se a escada de pedra desmoronar, nós cairemos vários milhares de metros.”

“Eu concordo com Lin Mo.” – Os outros puderam ver a fragilidade da pedra ao redor deles. Elas eram mais fracas do que galhos secos.

“Então devemos subir para dar uma olhada.” – Xue Ba liderou a equipe de assalto e alcançou os degraus logo abaixo da plataforma. A essa altura, eles poderiam alcançar a laje de pedra com as mãos. Nesse local, a sensação de vertigem se intensificou e as rachaduras na pedra tornaram-se mais aparentes. No entanto, nenhuma luz conseguiu passar pelas rachaduras.

Eles usaram os canos das armas para cutucar a plataforma e empurraram com força a laje de pedra acima deles. Não se moveu. Eles tentaram diferentes pontos de pressão. O lado esquerdo foi o que mais se deslocou. Parecia que a laje de pedra só poderia ser aberta do lado esquerdo.

“Que tal usarmos nossas mãos para empurrar contra ele?” – sugeriu Xue Ba. Eles seriam capazes de aplicar mais força dessa forma. Atualmente, a equipe basicamente não tinha mais nada além de algumas armas, munições, água, comida e equipamentos médicos. Não havia outro dispositivo para ajudar nesta situação. A maneira mais banal também era a mais eficaz nessa situação. Dois dos membros da equipe de assalto foram deixados para trás para ficar em guarda, enquanto os outros cinco encaravam o lado esquerdo da plataforma e estendiam a mão para encontrar apoio na base da laje de pedra.

“Três, dois, um, empurre!”

Enquanto empurravam com toda a força, os rostos dos cinco homens estavam vermelhos de tanto esforço.

“Ah…”

O lado esquerdo da laje de pedra moveu-se ligeiramente. Alguma luz de fora vazou pela abertura. No entanto, eles tiveram que soltá-lo após mantê-lo aberto por cerca de vinte segundos. A laje de pedra instantaneamente bateu de volta no lugar com um baque assustador, e as rachaduras ao redor ficaram maiores.

Os poucos homens estavam sem fôlego.

Numa tentativa de animar o clima, Xue Ba disse: “Isso era luz. Esta é definitivamente a saída!”

Porém, ele não mencionou que não seria capaz de empurrar a laje de pedra nem um pouco quando estivesse totalmente energizado, muito menos quando já estava tão exausto. De sua tentativa anterior, Xue Ba entendeu que se fossem apenas alguns deles empurrando, seria um puro desperdício de energia. Além disso, cada gota de energia que restava era crucial. Com a água acabando, sua resistência só continuaria a cair com o passar do tempo. Xue Ba disse à equipe para descansar enquanto pedia a Gu-Jun para chegar mais perto para dar uma olhada. Mas além do sentimento de ansiedade em seu coração, Gu-Jun não sentia mais nada.

Xue Ba não teve escolha a não ser convocar todos para meter a mão na massa. Ele disse num tom sério: “Nós abrimos ela um pouco antes. Há luz por trás disso! Com força suficiente, seremos capazes de empurrar a pedra para abrir! Vamos empurrar juntos de uma vez, usando tudo o que nós temos. Temos que ter sucesso de uma vez!”

O resto não tinha objeções. Todos eles se deitaram na plataforma. A cabeça de Xue Ba já estava tocando a laje de pedra. Para reunir a força máxima, até mesmo Lin Mo, que estava sem uma perna, assumiu sua posição na plataforma. Afinal, ele ainda tinha forças para contribuir, e essa era a única chance que eles tinham. Eles precisavam de toda a ajuda possível nessa situação.

Todos se espremeram no lugar. Eles levantaram as mãos para pressionar a base da laje e se prepararam para empurrar ao mesmo tempo.

Naquele momento, um pensamento assustador surgiu na mente de Gu-Jun. Havia dezesseis impressões de mãos diferentes na grande Figueira-de-Gralha, pertencentes a dezesseis pessoas. As impressões das mãos tinham formas estranhas. Eles sugeriram sinais de luta. Pressionar o padrão irregular na laje de pedra tornaria suas marcas de mãos irreconhecíveis de suas marcas de mãos habituais.

Era como se tudo já tivesse sido decidido. Ele iria acabar lá, sozinho ou com o resto da equipe. O pensamento viajou como um vírus da mente de Gu-Jun para o tio Dan, Lin Mo e o resto. Eles começaram a franzir a testa.

“Pare com isso!” – Xue Ba percebeu isso porque o pensamento já havia ocorrido a ele antes. Ele rugiu: “Ignore o pensamento em sua mente. Isso é apenas um truque do inimigo. É porque não morremos lá que o inimigo está usando isso para nos confundir. Eles querem que fiquemos presos aqui. Basta limpar sua mente e concentre-se em empurrar!”

Xue Ba não deu tempo para que as mentes dos outros vagassem porque o medo enfraqueceria o corpo.

“Três ― dois  ― um!” Xue Ba gritou quando seu corpo explodiu com força. “Empurrem!”

Os dezesseis membros empurraram com toda a força que tinham. Eles cerraram os dentes e rugiram enquanto suas mãos empurravam a laje de pedra!

Isso fez com que seus rostos se contorcessem pelo esforço. Seus olhos se arregalaram. A bandagem em volta do olho direito de Lou Xiaoning, ainda em recuperação, vazava sangue. O brilho acinzentado de fora caiu pelas frestas da lage novamente. As mãos que seguravam a laje de pedra já tremiam.

Gu-Jun também estava empurrando com todas as suas forças, mas os desenhos ilusórios que estava parados antes de repente vieram para atordoa-lo. As sombras pararam de ficar no silêncio. Elas dançaram e gritaram loucamente diante de seus olhos.

Olá, eu sou o Urso!

Olá, eu sou o Urso!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥