Capítulo 542: Fuga do Palácio Principal [2/2]

Reino de Mitos e Lendas

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Capítulo 542: Fuga do Palácio Principal [2/2]

Tradutor: Asu | Editor: Asu

“Eu vou explorar à frente. Fique aqui.” Nixere disse ao verificar os arredores. Desta vez, ela queria ter certeza de que todo o corredor e a próxima curva estavam limpos antes de seguir em frente.

Não encontrando ninguém presente, Nixere retornou ao lado de Nixpera alguns momentos depois, e as duas começaram a ir em direção ao jardim dos fundos do palácio.

Nixpera não pôde deixar de soltar um suspiro fraco enquanto seguia atrás de Nixere. Nenhuma arma, nenhum poder, um corpo fraco – por que ela foi amaldiçoada com um papel tão inútil? Não havia nada que ela pudesse fazer a não ser bancar a donzela em perigo esperando para ser resgatada?

Se este fosse um conto de fadas, talvez fosse uma experiência divertida; no entanto, este Mundo dos Sonhos era um lugar cheio de tragédias. Um erro tinha o potencial de mudar tudo!

Embora tenha demorado quase trinta minutos, com a orientação e as precauções de segurança de Nixere, ela e Nixpera finalmente chegaram ao jardim dos fundos do palácio sem mais obstruções.

O jardim ficou em silêncio, com apenas o som do chilrear de insetos ecoando na noite. Além do luar e das estrelas acima, não havia outras fontes de luz, tornando bastante difícil ver partes específicas do jardim dos fundos.

“Este lugar parece completamente diferente à noite.” Nixpera murmurou para si mesma enquanto olhava para a lua. Mas, o que ela não esperava ver era o estranho estado do céu.

Se ela tivesse que usar uma palavra para descrevê-lo, a primeira coisa que lhe veio à mente foi ‘fragmentada’. O céu era como vidro que alguém tinha golpeado em seu centro, fazendo com que ele se fragmente e se quebrasse. No momento, a atmosfera superior do Mundo dos Sonhos se assemelhava a este fenômeno exato.

Tenho certeza que não era assim antes… Essa é uma ocorrência natural no Mundo dos Sonhos? Não, mais do que tudo, isso parece um mundo que está desmoronando.’ Nixpera pensou consigo mesma.

No entanto, o bizarro foi que Nixere, uma habitante do Mundo dos Sonhos, não teve qualquer tipo de reação ao céu literalmente se separando. Isso fez Nixpera duvidar de si mesma.

“Nixere, o céu noturno normalmente é assim?” Nixpera questionou enquanto apontava para cima.

“Hm? Assim como?” Nixere respondeu com uma expressão ligeiramente confusa depois que ela olhou para o céu.

“As rachaduras, os pedaços perdidos do céu, é assim?” Nixpera perguntou.

Nixere franziu a testa: “Acho que ficar naquele palácio por tanto tempo fez você começar a ver coisas, querida irmã. O céu está inteiro como sempre foi.”

Ela então continuou: “Temos que continuar andando. Os guardas logo perceberão que você está desaparecida. Antes que isso aconteça, temos que, pelo menos, chegar ao ponto de encontro para

De repente, Nixere ficou quieta quando ela rapidamente pisou na frente de Nixpera com uma de suas adagas empunhadas. Ela olhou para uma das cercas localizadas a poucos metros delas enquanto tremia com sinais de movimento vindos de dentro.

“Nixpera?” Uma voz soou de dentro das cercas quando uma figura saiu.

Nixpera imediatamente reconheceu esta voz quando ela colocou a mão no ombro de Nixere e disse: “Está tudo bem. Ele está do nosso lado.”

Quando a figura emergiu da escuridão, Nixere relaxou sua guarda e devolveu sua adaga para sua bainha. Ela, também, reconheceu este indivíduo por sua aparência quando ele saiu da escuridão.

“Cunhado? Meu primo não está com você?” Nixere questionou.

“Ele está trabalhando na coleta de algum seguro extra. Mas não temos tempo para uma conversa ociosa. Vamos conversar ao longo do caminho, já que já estamos contra o tempo.” Venare afirmou enquanto ele separava as cercas, abrindo um caminho estreito.

Nixere acenou com a cabeça: “Eu vou proteger a parte de trás. Vamos contar com você para liderar o caminho, cunhado.”

“Deixe comigo. Não se afaste muito. A passagem é estreita, e se você se perder fora do caminho original, não será fácil encontrá-la.” Venare avisou quando ele entrou nas cercas. Nixpera seguiu-o e, em seguida, Nixere como as cercas lentamente se fechando após os três passarem.

—⟢⟡⟣—

Alguns minutos depois…

Nixpera, Venare e Nixere conseguiram sair do jardim dos fundos do palácio.

Em um dos cantos do jardim dos fundos escondidos dos olhos dos outros estava uma pedra plana. Esta pedra plana cobriu a entrada de uma passagem secreta que viajava através de alguns túneis abandonados. Eram esses túneis que Venare usou para se infiltrar no palácio sem ser pego. No entanto, não havia luz presente nos túneis, o que tornou complicado navegar no layout do labirinto. Felizmente, Venare tomou os devidos arranjos de antemão.

Encostado na parede perto da entrada da passagem secreta havia um saco de couro.

Venare abriu o saco de couro, tirou um galho verde, um pedaço de pano, um frasco de líquido preto, e uma pedra de aparência estranha.

Venare enrolou o pano firmemente ao redor do topo do galho verde antes de derramar o líquido preto sobre o pano. Ele então pressionou o galho verde na parede e removeu uma das facas de arremesso de seu coldre.

Venare segurou a pedra estranha ao lado do pano e raspou contra ela com sua faca, causando faíscas

Shhieck, shhieck! Shhieck, shhieck!

Num piscar de olhos, o pano se encheu de chamas, trazendo luz para o subterrâneo devorada pela escuridão.

“Vamos lá.” Venare pegou a tocha improvisada e caminhou em direção ao túnel localizado no lado esquerdo do subterrâneo.

Quando os três entraram no primeiro túnel, eles logo foram recebidos por outros quatro caminhos para escolher. Isso se repetiu várias vezes à medida que o grupo se aprofundava na estrutura subterrânea.

“Eu posso ver por que você disse para ficar perto. Este lugar é realmente um enorme labirinto. Se alguém se perder aqui, eles podem nunca mais ver a luz do dia novamente.” Nixere suspirou.

“Como você descobriu esta passagem para o palácio?” Nixpera perguntou.

“Eu consegui um pouco de orientação útil.” Respondeu Venare.

Depois de passar pelos túneis por quase quinze minutos, Venare disse: “Peço desculpas por arrastá-la para esta confusão contra sua vontade. A situação pode ter me deixado sem escolha, mas isso não justifica minhas ações. Não pedirei que não guarde rancor de mim. No entanto, peço que você espere até deixarmos este lugar em segurança.”

Izroth disse que Nixpera era confiável, mas como ela não mencionou a ‘primeira regra’ que apenas aqueles da 2ª unidade tinham conhecimento, isso significava que Nixpera tinha que ser a Tenente Maeva da Unidade de Apoio Geral.

Quando ela se deparou com Zarolas, a única coisa na mente de Aurie era manter o Lorde da Noite contido o maior tempo possível e esperar que alguém do lado de fora notasse a situação bizarra e pedisse reforços.

“Eu tenho que admitir que no início, eu fiquei chocada. Mas não te culpo. Nem guardo rancor contra você. Se eu estivesse na sua posição, eu provavelmente teria feito o mesmo.” Nixpera declarou.

“Suas palavras deixaram meu coração à vontade.” Disse Venare enquanto olhava para trás com um sorriso leve no rosto.

—⟢⟡⟣—

Em algum lugar fora das muralhas internas do palácio…

Uma pedra plana perto da área onde os homens de Fraun tentaram capturar Venare moveu-se ligeiramente. Alguns segundos depois, ela deslizou para o lado quando Venare saiu do buraco. Ele ajudou Nixpera e Nixere também, no entanto, as duas mulheres estavam agora usando mantos encapuzados que foram mantidos na bolsa de couro de Venare. Afinal, mesmo que fosse noite, era muito arriscado e fácil para elas serem vistas andando por aí com suas roupas formais.

Boom! Boom! Boom!

Do nada, o som alto de um sino sendo tocado repetidamente reverberou não apenas pela cidade interior, mas pela cidade exterior também! Este foi o som produzido quando um intruso se infiltrou no palácio.

“Espalhe- se! Você! Comece a procurar na área ali!” Uma voz soou de longe. Os cavaleiros já tinham começado a se mover.

“Eles sabem que minha irmã está desaparecida. Temos que chegar ao ponto de encontro antes que eles comecem a vasculhar a área.” Nixere avisou.

“Lidere o caminho. Vou cobrir nossos rastros.” Disse Venare à Nixere quando o grupo saiu rapidamente do local.

Não muito tempo depois de sua partida, um grupo de cavaleiros chegou e investigou a área.

“Nada aqui. Vamos continuar em movimento!” O líder do grupo de cavaleiros ordenou enquanto continuavam sua busca.

—⟢⟡⟣—

Enquanto isso, no esconderijo da Fraun…

‘Hm? Esse som é…’

Aviso do Tradutor:

Asu

Asu

Rolar para o topo