Capítulo 596 – Sepulturas Não Marcadas

Reino de Mitos e Lendas

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Capítulo 596 – Sepulturas Não Marcadas

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Depois que algum tempo se passou, Izroth e Aurie finalmente chegaram ao fim do corredor espacial.

Inesperadamente, a primeira coisa que entrou em sua visão foi um cemitério que se estendeu mais longe do que os olhos podiam ver. Havia incontáveis túmulos não marcados, e cada um tinha uma poderosa energia de morte escorrendo deles. O ar no cemitério sem limites era incrivelmente denso, tornando difícil para alguém respirar. No entanto, não foi suficiente para deter Izroth e Aurie enquanto eles avançavam mais fundo no cemitério.

“Nem uma única dessas lápides tem um nome escrito nelas. O tamanho deste cemitério também é um pouco…” Aurie comentou quando ela franziu as sobrancelhas.

Embora ela não soubesse o número exato, Aurie conseguiu uma compreensão decente dele com uma habilidade do tipo de detecção semelhante ao Sentido de Visão de Energia de Izroth.

“Há milhões de túmulos não marcados. Eu pensei que era apenas o trabalho de uma ilusão poderosa, mas não há traços de mana sendo manipulada na atmosfera. A mana neste cemitério é quase inexistente. É como se a energia da morte que reside aqui substituísse a mana como fonte de energia natural. Há também algo mais que é um pouco preocupante.” Aurie explicou.

“É possível que um evento catastrófico tenha ocorrido neste Reino Menor. Mas, isso ainda não explicaria a abundância da vida.” Izroth respondeu enquanto ele, também, estudou os túmulos conforme eles passavam.

“É estranho. Mesmo que este lugar esteja cheio de energia da morte, tudo ainda parece vivo. É quase como se aqueles enterrados aqui estivessem em um estado de sono perpétuo.”

Os olhos de Aurie se abriram em, choque. Alguns segundos depois, um sorriso fraco apareceu em seu rosto enquanto ela balançava a cabeça e disse: “Você continua a me surpreender, Capitão. Nesse ritmo, eu receio que nada faça irá me chocar novamente.”

Claro, Aurie também notou a quantidade incomum de vida em um lugar tão cheio de morte. Ela estava preocupada que o que estava dormindo aqui fosse despertado pela presença deles. Mas, ela nunca esperava que Izroth percebesse isso já que a vida contida em cada túmulo era quase imperceptível.

Izroth deu um sorriso despreocupado em troca e respondeu: “Isso seria um problema, Comandante. Como posso ganhar Pontos de Contribuição suficientes se nada que eu fizer a surpreender?”

“Se você mantiver seu ritmo atual, temo que não haverá Pontos de Contribuição para os outros reivindicarem.” Disse Aurie.

“Há um limite?” Izroth perguntou, um pouco surpreso.

Aurie olhou para Izroth e respondeu: “Não, apenas minha tentativa de humor, Capitão,”

Ela, então, focou seu olhar para a frente enquanto mantinha seus olhos no cemitério sem limites.

Parece que ainda tenho problemas com o humor deste mundo. Eu vou ter que pedir para Zi Yi me ajudar sobre este assunto.’

Afinal, em sua experiência, Zi Yi contava as melhores piadas entre todos que conhecia. Quando se tratava disso, até ele teve que admitir derrota diante sua experiência.

⸻Ꝟ⸻

Aproximadamente 15 minutos depois…

Depois de não ver fim à vista e confirmar que não havia perigo imediato daqueles dentro dos túmulos não marcados, Aurie decidiu que era hora de aumentar seu ritmo de viagem.

Mas, apesar de se mover várias vezes mais rápido do que antes, ainda não havia sinais de saída.

Foi só quando chegaram diante de uma lápide incomum que eles pararam seus passos. Esta foi a primeira lápide que Izroth e Aurie se depararam que era diferente das outras.

Esta lápide em particular era escura como breu, no entanto, o que realmente a separou de outras sepulturas foi o texto roxo levemente iluminado esculpido em sua superfície. Era um túmulo nomeado!

“Este texto é escrito em uma língua antiga que se origina do Reino Inferior.” Disse Aurie ao analisar minuciosamente as palavras escritas na lápide negra.

“Você pode entender o que está escrito?” Izroth questionou.

“Pode ser uma língua antiga, mas ainda é uma língua. Eu posso não ser capaz de entender completamente o significado, mas lê-lo não deve ser problema.” Aurie declarou.

Ela até herdou essa característica da Raça Espiritual? Suas origens não são simples.’

Poucos jogadores estavam cientes disso, mas cada língua em RML originou-se da língua materna da Raça Espiritual já que a própria língua era um presente dos espíritos primordiais. A linguagem da Raça Espiritual não tinha um nome oficial, mas geralmente era referida em textos como ‘Língua da Origem’.

Todo membro da Raça Espiritual nascia com o conhecimento da Língua da Origem, e parecia que Aurie não era exceção, apesar de ser apenas meio-espírito.

Na maioria dos casos, o sistema traduziria automaticamente o idioma para o jogador entender seu significado. No entanto, houve certos casos raros em que, se um jogador quisesse compreender algo, tinha que fazer sua própria pesquisa sem a ajuda do sistema. Embora fosse um processo tedioso, o pagamento era geralmente enorme, pois os segredos descobertos não eram nada para se zombar. Por causa disso, não era incomum que as guildas de topo recrutassem a ajuda de poliglotas — mesmo que não soubessem jogar.

Aurie observou e leu o nome escrito na lápide em voz alta, “Nek… rosa… tor… as… Nekrosatoras? Onde eu—… O Imperador da Morte!?” Ela de repente exclamou.

Nekrosatoras… É definitivamente um nome que pertence a alguém do Reino Inferior. A julgar pela reação dela e pela quantidade de energia de morte que perdura ao redor desta sepultura, essa pessoa não era um personagem pequeno.’

“Como isso é possível? O Imperador da Morte deveria ter sido morto pelo atual governante do Reino Inferior há incontáveis ciclos atrás, quando sua autoridade foi usurpada. Como é que ele acabou neste Reino Menor?” Aurie murmurou para si mesma.

“Há algo especial sobre esse nome?” Izroth perguntou. Ele entendeu sua importância sem precisar perguntarm no entanto, quando Aurie falou baixinho, ele podia ouvir suas palavras claras como dia com seus sentidos aguçados, e o que ela disse imediatamente chamou sua atenção.

Aparentemente, este Imperador da Morte era o antigo governante do Reino Inferior! Uma entidade com esse título tinha que estar no verdadeiro pico do Reino Lendário durante o tempo de seu governo!

“Especial é um eufemismo. Uma única entidade nem sempre governou sobre o Reino Inferior. Na verdade, é uma das anomalias bizarras dos principais reinos. Mesmo aqui no Reino Mortal, há vários grupos de poder nas formas de reinos, organizações, sociedades — bem, tenho certeza que você entendeu.” Aurie revelou.

Ela então continuou: “Durante sua época, o Imperador da Morte era um indivíduo que controlava a força mais poderosa no Reino Inferior. Mas, um dia, um recém-chegado apareceu. Ninguém sabia seu nome ou de onde veio, mas ele rapidamente fez as outras forças se submeterem. Não demorou muito para que o Imperador da Morte também fosse derrotado, no entanto, ele se recusou a se render e acabou sendo morto. Após a morte do Imperador da Morte, o Reino Inferior tornou-se o primeiro grande Reino a ter uma única entidade como seu governante absoluto: o Monarca do Mundo Inferior.”

Izroth não ficou surpreso que o Imperador da Morte se recusou a se render. Já era difícil abrir mão do poder para alguém que você via como um igual, mas para entregá-lo a alguém que apareceu do nada — o orgulho do Imperador da Morte provavelmente nunca permitiria que ele cometesse um ato tão vergonhoso. Isso foi ainda mais, vendo como o Imperador da Morte estava no auge de seu grande reino.

‘O que é o Monarca do Mundo Inferior? De onde ele veio?’

Izroth havia cortado o braço do Enviado do Mundo Inferior e até recebeu uma maldição. Não havia possibilidade de ele ter um relacionamento amigável ou mesmo neutro com o Reino Inferior.

Se o Monarca do Mundo Inferior já foi capaz de derrubar alguém como o Imperador da Morte há muito tempo, que estava no auge do reino Lendário, as chances de ele ser um Ascendente de Plano era virtualmente garantida!

Se ele não descobrisse sobre o Ciclo da Linha de Divindade com Aurie, Izroth teria se perguntado por que alguém como o Monarca do Mundo Inferior ainda não havia ascendido ao Reino Divino.

“Embora eu ainda tenha algumas perguntas, não devemos arriscar perturbar este túmulo mais do que já fizemos. Vamos em frente.” Aurie disse enquanto se afastava da lápide preta.

“Partindo tão cedo? Já se passaram mais de dois mil anos desde a última vez que recebi um convidado.” Uma voz soou de repente. Veio da lápide preta!

“?!” Aurie ficou alarmada. Ela tinha certeza de que o Imperador da Morte ainda estava em um estado de sono perpétuo. Será que ele estava fingindo o tempo todo?! Se sim, isso era ruim! Se a conversa que ela teve com Izroth irritou o Imperador da Morte, neste cemitério cheio de energia da morte, não havia chance deles sobreviverem à sua ira!

Izroth, por outro lado, não levantou a guarda. Ele percebeu algo peculiar sobre o Imperador da Morte. Embora ele tenha sido afetado pela Maldição do Mundo Inferior, não havia nenhum traço de intenção de matar vindo do Imperador da Morte. Claro, Izroth tinha uma teoria sobre por que era assim.

“Ha, não há necessidade de se alarmar. Se eu quisesse matá-lo, você ainda estaria respirando? Além disso, aquele jovem lá é bastante lamentável. Marcado para a morte por tantas coisas — pirralho imprudente, parece que as pessoas que você ofendeu estão em excesso.” A voz do Imperador da Morte ecoou com uma risada divertida.

“Eu só ofenso aqueles que me ofendem. Isso é tudo.” Izroth respondeu sem pensar.

“Bom, muito bom. Sim, suponho que você vai servir muito bem. Afinal, compartilhamos um inimigo comum. Não é mesmo?” O Imperador da Morte comentou.

 

[Combo 06/10]

Aviso do Tradutor:

Asu

Asu

Rolar para o topo