Capítulo 141: Encontrando os pais (Parte 2)

Capítulo 141: Encontrando os pais (Parte 2)

Tradutor: ♦ Aj ♦   Revisor: ♦ Aj ♦

NT: È oficial estamos nos atuais, o que resta agora é so esperar, obg a todos que acompanharam desde o inicio é triste mas tudo acaba na vida então… tamo junto guys <3

PS: Quem ainda quiser acompanhar uma novel de p*taria , lutas e etc… eu apresento pra vcs OSi= O sistema Incubo vão la, deem uma chance tmj rapaziada

 

 

 

Por alguns segundos, eu apenas fico olhando para a Sra. Bailey em estado de choque. Não até que ela realmente comece a acariciar meu pau, eu percebo que tenho que fazer algo aqui.

“Ei! Que porra é essa !?” eu exclamo, dando um tapa em sua mão e me levantando com um empurrão.

Por alguma razão, há uma expressão de espanto no rosto da Sra. Bailey. Porém, quando ela percebe que estou olhando para ela, ela balança levemente a cabeça antes de sorrir novamente.

“Isso é o que eu quero em troca de minha ajuda, Jacob. Se você simplesmente concordar em fazer sexo comigo regularmente, vou garantir que meu marido não interfira no seu relacionamento com minha filha”, ela me diz.

“Você está escutando o que está falando!? Você é a mãe de Kate, pelo amor de Deus,” eu digo acusadoramente.

[Ah Merda. Agora não…] 

“Eu sei eu sei. Mas eu não posso ajudar. Desde jovem, sempre fui extremamente atraída por homens fortes. Na verdade, foi por isso que eu estou casada com o meu marido – o homem mais forte que conheci na minha vida!

“Mas isso foi apenas até hoje… até que eu vi você derrotar a princesa elfa. Você é muito mais forte do que meu marido, Jacob – e, portanto, muito mais atraente para mim. E não me entenda mal, eu honestamente acho que você é perfeito para minha filha. Estou disposto a ajudar vocês dois de qualquer maneira possível. É só que eu quero que você me satisfaça também”, diz ela, parecendo realmente apaixonada.

Então, ela tem um fetiche, hein?

Quer dizer, sou mais forte do que o Sr. Bailey – mas apenas magicamente. Ele provavelmente pode me esmagar com os dedos se usarmos apenas a força física.

Bem, acho que isso não importa para ela …

[E-ei amigo, apenas aceite a oferta dela, ok? E seja rápido. Você só precisa transar com ela. Isso é fácil.] 

O inferno!? Não acabamos de discutir isso!? Por mais gostosa que ela seja, não vou dormir com a mãe da minha namorada!

[Bem, nós fizemos. Mas não é como se você tivesse mais escolha. Afinal, em cerca de um minuto—] 

Espere, quem disse que não tenho escolha? Apenas me deixe cuidar dela.

[Mas-] 

“Eu não me importo com seus fetiches, Sra. Bailey. Se você acha que sou bom o suficiente para Kate, então, como mãe dela, você deveria apenas me ajudar sem pedir nada em troca.

“E mesmo se você não quiser ajudar – está tudo bem. Vou apenas pedir a Kate para morar comigo. Tenho certeza de que ela não se importaria quando eu dissesse a ela que sua mãe quer me foder,” digo a ela rudemente.

“… Essa é sua resposta final? Tem certeza que não quer meu corpo? ” A Sra. Bailey faz uma última tentativa, agindo da maneira mais sedutora que pode.

Uma de suas mãos se move até seus seios bem torneados – apertando-os com força. Enquanto o outro fica apenas alguns centímetros acima de sua virilha – esfregando sugestivamente esse ponto.

“Kate nunca vai saber disso, sabe? Você pode ter nós duas – mãe e filha – como seus parceiros sexuais. Apenas imagine como isso seria incrível”, ela continua lambendo os lábios.

*Gole*

Eu engulo a saliva em minha boca, meu rosto está quente. Sendo um grande pervertido, é muito difícil para mim resistir à tentação de uma mulher tão bonita. Mas bem, de alguma forma consigo fazer isso de qualquer maneira.

“É … Nem fudendo,” eu digo, desviando o olhar dela.

“Entendo…”

A expressão sedutora da Sra. Bailey desaparece de repente. Arrumando suas roupas, ela se levanta da cama enquanto me dá um sorriso caloroso. Por alguma razão, ela ainda parece muito feliz.

“Parabéns, Jacob. Tive minhas dúvidas, mas você realmente passou no meu teste!” Ela me diz animadamente.

“O que-”

[O Despertar da Besta]  

 

De repente, uma luz rosa pisca na frente dos meus olhos, me forçando a parar de falar. E eu vejo meu pior pesadelo pairando no ar – o [O Despertar da Besta] foi ativado.

No próximo segundo, meu coração começa a martelar forte dentro do meu peito e minha respiração fica aspera. Eu posso sentir a força explosiva fluindo dentro do meu corpo, junto com a luxúria incomensurável que é característica do meu Veneno.

E o mais importante, perdi o controle sobre meu corpo …

“O que aconteceu, Jacob?” Sra. Bailey pergunta preocupada, olhando para o meu rosto preocupado.

Ah Merda…

Meu olhar lascivo cai sobre a Sra. Bailey mais uma vez, mas desta vez, não estou me segurando em fantasiar sobre ela – bem, basicamente não posso.

Um desejo intenso e desenfreado aumenta constantemente dentro do meu corpo. Um desejo de foder essa mulher peituda… Para fazê-la implorar pelo meu pau … Para afogá-la de prazer… para devorá-la…

Porra…

Eu realmente não tive escolha, tive, Pink?

Antes que a Sra. Bailey pudesse me perguntar de novo, comecei a me mover em sua direção. Ela franze a testa um pouco, mas não recua também.

“Aquilo foi apenas um teste, Jacob. E você passou! Você não precisa parecer tão zangado”, diz ela.

Não estou com raiva, estou com tesão …

“Ok, eu deveria me desculpar – Kyaa!”

No instante seguinte, antes que a Sra. Bailey pudesse terminar de falar, pulo em cima dela – fazendo nós dois cairmos na cama atrás. Ela dá um pequeno grito, mas meus lábios batem em cima dos dela antes que pudesse ficar alto.

“Mhmh! Mmhm!”

Com os olhos bem abertos, ela bate nas minhas costas como se dissesse “tempo limite”. Mas bem, não há como eu fazer isso agora. Afinal, meu corpo está fora de meu controle.

Enquanto continuo a beijar a Sra. Bailey ferozmente, minha mão esquerda alcança sob sua saia, agarrando a base de sua calcinha.

* Riiip *

“Ammhm!”

Com um pequeno movimento da mão, sua calcinha é arrancada como se fosse feita de papel.

…?

Para minha surpresa, noto que essa calcinha está um pouco molhada e pegajosa.

Espere, ela está ficando excitada com isso?

Não, isso é impossível. Só se passaram alguns segundos, no máximo.

Mas então, ela já estava assim …?

Mesmo que eu esteja confuso, meu corpo não está. Uma vez que minha mão termina de remover a calcinha, ela começa a empurrar para baixo minha calça e calcinha também – tirando meu pau duro latejante de dentro.

Porra, eu preciso colocá-lo dentro de uma boceta …

Agindo de acordo com meus desejos sem demora, coloco meu pau contra a boceta(raspada) da Sra. Bailey antes de mover minha cintura.

“MHHMM!”

Quando meu pau separa os lábios de sua feminilidade e invade dentro, a Sra. Bailey solta um gemido semelhante a um grito. Embora, felizmente, seja abafado pela minha boca novamente.

Droga, por que ela está tão apertada!?

Não só a buceta da Sra. Bailey está realmente molhada, mas também é extremamente estreita. E embora seja muito prazeroso estar dentro dela, meu pau está tendo dificuldade em ir até as bolas.

Sério, ninguém esperaria que uma mãe (e a esposa daquele gorila) tivesse uma buceta tão apertada.

Mas bem, durante o [Despertar da Besta], meu pau não se importa se uma boceta está apertada ou solta – ele vai fodê-la como uma besta de qualquer maneira.

“Argh,” eu emito um grunhido baixo, empurrando meu pau ainda mais forte.

Embora, mesmo quando fica completamente enterrado dentro, eu não paro para desfrutar da sensação – eu imediatamente começo a socar em sua boceta. Sincronizada com minhas estocadas fortes, a Sra. Bailey também continua vazando gemidos abafados continuamente.

Ao mesmo tempo, acima, eu finalmente pareço ter preenchido os lábios carnudos da Sra. Bailey, movendo meu rosto em direção a seus seios enormes. Embora, ao contrário do que eu esperava, ela não comece a gritar imediatamente. Na verdade, ela até cobre a própria boca, não deixando escapar os gemidos.

Não tenho ideia de por que ela não está fazendo nada e, para ser honesto, não me importa no momento …

* Riiip *

Assim como sua calcinha, eu rasgo a parte do peito do vestido da Sra. Bailey junto com seu sutiã – fazendo seus lindo seios saltarem para fora. Então, enquanto amasso esses magníficos sacos de diversão com minhas mãos, coloco minha boca em seus mamilos ligeiramente escurecidos também.

Pelos próximos minutos, continuamos assim. A Sra. Bailey suga a vida do meu pau e eu faço o mesmo com seus seios. Embora, depois de uma série de estocadas impiedosas, meu prazer finalmente alcance seu pico e eu sinto o sêmen começando a subir em meu pau.

Mas, de repente, algo muito mais interessante do que minha primeira ejaculação acontece …

A Sra. Bailey envolve suas pernas sensuais em volta da minha cintura e coloca a mão na minha nuca.

“Eu estou … estou gozando … Vá mais forte …” ela sussurra em sua voz doce, seu corpo começando a convulsionar fortemente.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email