Selecione o tipo de erro abaixo

Capítulo 94: Barraca de Mascaras

Tradutor: FireFox l Revisor: —

Depois que o professor concordou com a sugestão de Gustav, uma aluna da Academia Cheryl e um homem da Academia Echelon foram escolhidos para liderar as outras duas equipes.

Eles receberam um mapa digital do mercado em forma de pulseira.

Os quatro grupos se separaram em quatro direções diferentes depois disso.

Gustav foi colocado no grupo com a liderança feminina.

Gustav os seguiu enquanto caminhavam em direção ao sudoeste do antigo mercado.

Eles decidiram que em uma hora, eles estariam se encontrando aqui.

As ruas dentro do mercado estavam lotadas, já que as pessoas vinham muito aqui.

Maltida acabou de ser colocada no mesmo grupo de Gustav e, como esperado, ela não parou de importuná-lo.

“Você não vai comprar nada?” Ela perguntou enquanto caminhava ao lado de Gustav.

“Nada me chamou a atenção ainda,” Gustav respondeu enquanto olhava ao redor.

Ele vinha ignorando suas declarações e perguntas desde então, mas decidiu responder a ela desta vez, já que eles estavam no mesmo grupo. Ele não poderia se livrar dela tão cedo.

“Todos os lugares estão cheios de itens que eu nunca vi antes”, disse Maltida com um olhar de espanto enquanto seus olhos viajavam de loja em loja

“Gosto dessa caixa preta, quero compra-la”

“Você quer dizer o rádio, senhor?”

“Ah, é assim que se chama?”

“Sim, foi usado no passado para comunicar mensagens às massas”,

“Quanto custa esta cabaça?”

“Isto não é cabaça senhor, é … Foi usado por um antigo continente conhecido como África para buscar água e guardar vinhos de palma,”

“Nossa que legal, vai ser um ótimo complemento para minha coleção de antiguidades… quanto custa então?”

“O que é essa estátua?”

“É um antigo ofício de deuses gregos feito com argila e outros materiais tradicionais,”

….

Os clientes interessados ​​em diferentes tipos de antiguidades conversavam com os donos das lojas e compravam o que desejavam.

Os alunos ocasionalmente se separavam para comprar coisas nas lojas ao redor antes de convergir para um ponto para continuar sua jornada.

Maltida notou uma barraca à frente onde podiam ser vistos alguns trajes tradicionais. Eles tinham padrões tradicionais que não eram usados ​​nesta época.

“Eu quero checar aquele lugar…” Ela apontou para a loja enquanto se virava para o lado para encarar Gustav.

“Hum?” Ela notou que ele não estava mais ao seu lado.

Ela parou seu movimento e se virou para olhar ao seu redor.

Gustav estava longe de ser encontrado nos arredores.

‘Uh? Como ele saiu do meu lado sem que eu percebesse?’

—-

Nessa hora Gustav já estava do outro lado da rua.

Ele havia feito uso do avanço silencioso e do sprint para deixar o grupo sem que nenhum deles percebesse.

Outra coisa que facilitou foi que ele não estava vestindo um uniforme escolar como o resto para que pudesse se misturar facilmente na multidão. Devido ao acidente ocorrido na espaçonave, ele agora estava vestido com um moletom azul e calça preta.

Ele não precisava usar metamorfose para desaparecer do meio deles sem o conhecimento deles, embora pudesse usá-lo como quisesse no momento.

Manter a metamorfose exigia muitos pontos de energia e Gustav tinha muito disso no momento, mas também sabia que seria estúpido mudar de forma em um local aberto.

Swoooshhh!

Gustav atravessou a rua correndo verificando diferentes lojas no processo.

Depois de mais alguns segundos, ele parou em frente a uma baia específica.

‘Hmm, eu posso precisar de um desses no futuro,’ Gustav disse internamente enquanto caminhava em direção ao balcão.

“Bem-vindo, jovem rapaz”, cumprimentou o proprietário.

O dono da barraca era um velho de barbas brancas.

“Em qual deles você está interessado?” O velho perguntou.

Gustav olhou em volta, verificando as mercadorias uma após a outra.

Esta era uma barraca de máscaras. Havia diferentes tipos de máscaras coloridas de plástico e madeira expostas.

Algumas delas foram colocadas em estandes posicionados nas laterais direita e esquerda da loja.

Gustav já estava interessado em algumas que ele notou, mas ainda estava tendo dificuldade em escolher uma.

“Jovem, se você está tendo dificuldade em decidir, pode me dizer quais chamaram sua atenção. Vou me certificar de lhe dar um conto ligeiramente descritivo sobre o simbolismo de cada máscara”, disse o velho com um sorriso.

Gustav sentiu que sua expressão devia ter deixado óbvio para o velho que ele estava tendo dificuldade para decidir.

Gustav moveu-se para o suporte direito e esticou o braço para pegar duas máscaras. Ele as colocou na mesa em frente, em seguida, caminhou em direção ao suporte esquerdo para pegar outra máscara antes de realizar a mesma ação.

Três máscaras foram colocadas na mesa semelhante a um balcão neste momento.

Gustav olhou para o velho esperando que ele falasse.

O velho olhou para as três máscaras por alguns segundos com um sorriso profundo no rosto.

“Jovem, você realmente tem bons olhos.” O velho complementa enquanto estende a mão para pegar a primeira máscara.

“Deixe-me começar com essa.” Ele ergueu a máscara.

A máscara foi moldada para se parecer com um demônio com dois longos chifres no topo. A cor vermelha tornava-a ainda mais ameaçadora.

“Esta é uma máscara antiga que simboliza a espiritualidade e protege contra seres demoníacos e monstros… Também no passado, dizia-se que as pessoas que usavam esse tipo de máscara lutavam contra esse tipo de monstro para proteger as pessoas”, explicou o velho.

Gustav olhou para a máscara de aparência ameaçadora com um olhar contemplativo.

‘Então as pessoas que usavam isso no passado eram uma espécie de salvadores.’ Esse foi o processo de pensamento de Gustav.

O velho largou a primeira máscara e pegou a segunda.

A segunda máscara parecia o rosto de um gorila esbranquiçado.

“Este também é um tipo antigo de máscara que simboliza força, brutalidade e crueldade … Os senhores da guerra antigamente usavam esse tipo de máscara, pois eram do tipo sedento de sangue que matavam os outros sem um pingo de misericórdia!” O velho disse e começou a colocar a segunda máscara.

Gustav ainda tinha um olhar de contemplação. Ele ainda não havia feito sua escolha.

O velho pegou a terceira máscara que também era a mais bonita das três.

A terceira máscara foi moldada para se parecer com o rosto de uma raposa branca e vermelha. Era quase todo branco, mas havia partes com desenhos avermelhados.

A maioria dos desenhos avermelhados eram em forma de losango.

Picture of Olá, eu sou o Firefox!

Olá, eu sou o Firefox!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥