Selecione o tipo de erro abaixo

O Kyapen Futomo entra em cena!

— Não se intrometa, velho. — reclama o líder dos ladinos — Ou você vai acabar se machucando.

— Exatamente. Só porque é conhecido por essas bandas, não significa que sairá ileso se nos atrapalhar!

— … Ileso? Do que estão falando? O que está acontecendo aqui?

Futomo observa os ladinos cercando os dois mosqueteiros e compreende rapidamente a situação. Ele aperta alguns botões em uma de suas luvas, e um sorriso malicioso se desenha em seu rosto.

— Ah, já entendi… Vocês caíram em uma armadilha. Típico dos ladinos, especialmente dos mais fracos. Sempre procuram presas fáceis, mas acho que esses mosqueteiros não se encaixam nessa categoria. Além disso, ladrõezinhos como vocês possuem a fama de falar de mais e agir de menos.

Os ladinhos se viram para Futomo, com olhares ameaçadores.

— Que foi, pessoal? — ironiza Futomo — Falei algo errado? Gente como vocês só atacam em grupo, pois não se garantem no soco! E mais: quantidade não é qualidade.

— Espera… — diz um dos ladinos — O que esse velho disse?!

— Tá se achando, só porque é um lutador famoso. Mas no fim, todos sangram.

— Bem, grupo. Acho que esses dois soldadinhos podem esperar… — ressalta o líder, com um olhar de raiva — Vamos dar uma lição a esse louco.

Os cinco ladinos avançam na direção de Futomo, armados com adagas e flechas que começam a brilhar em um tom verde, indicando a presença de magia envenenada.

Os mosqueteiros começam a conversar entre si:

— Você acha que ele consegue fazer isso sem um Mecha, Telly? Futomo não é muito bom em combate corpo a corpo. Pelo menos, eu nunca o vi lutar assim.

— Mesmo não sendo fã dele, Futomo sempre tem um truque na manga. Seu talento não se limita aos mechas ou engenhocas. Ele se destaca por sua inteligência e habilidade de usar recursos inesperados.

O grupo de ladinos começa a cercar o cientista.

— Olha velho — fala o líder, se aproximando de Futomo — Vou fazer um favor a você e cortar essa coisa que você chama de cabelo. Pode ser que goste de um visual mais curto.

Futomo desliza seus dedos, de maneira determinada, pela perna de seus óculos. Subitamente, o ladino é puxado para o alto pelos cabelos, mas não parece haver nada o sustentando. Os outros ladinos observam seu companheiro com surpresa.

— Parece que você cuida bem do seu cabelo, senão não esticaria tanto. — zomba o cientista — Qual xampu você usa? Gostaria de comprar um igual! Hahaha!

— Que tipo de magia é essa? Eu não vi você conjurar nada! Me solta, seu maluco!

Futomo solta um suspiro:

— Sinto muito, mas você escolheu as palavras erradas, ladrão.

O ladino é então arremessado a uma grande distância, por algo invisível, e desaparece no horizonte. Os outros ladinos olham para Futomo com medo e começam a se afastar. Os dois mosqueteiros também observam o cientista com surpresa.

— Esse velho é um mago? Mas os magos costumam usar palavras de conjuração!

— Não deixem que ele os assuste! Vamos atacar todos juntos. Duvido que essa magia obscura consiga acertar todos de uma vez!

Os quatro ladinos restantes começam a lançar flechas e facas em direção a Futomo. Ele ajusta os óculos no nariz para cima, e todos os projéteis lançados em sua direção batem em algo invisível e caem no chão.

— Covardes. Eu também sei atacar à distância. Vejam!

Futomo então começa a desferir uma série de socos no ar, e os ladinos parecem ser atingidos como se fossem uma única pessoa. Todos recebem danos nas mesmas partes do corpo ao mesmo tempo, até que Futomo executa um poderoso golpe martelo: ele junta seus dois punhos acima de sua cabeça e os move rapidamente de cima para baixo, simulando o impacto, fazendo com que todos os ladinos recebam um golpe na nuca e caiam desmaiados imediatamente.

— Bem… Esse foi um belo teste — conclui Futomo, de maneira ofegante — Obrigado, mosqueteiros!

Os mosqueteiros o escutam, ainda confusos com o que aconteceu ali

— Ehr… não foi nada, mestre Futomo.

— Como o senhor fez isso? Telecinese? Telepatia?

Futomo solta uma gargalhada:

— Vamos dizer que é uma surpresa para o torneio, garotos. Não quero estragar a experiência que vocês terão.

Futomo tira uma corda de sua mochila e a joga no meio dos ladinos. A corda atrai todos os ladinos como um ímã, reunindo-os em um único ponto, onde são automaticamente amarrados. Então ele complementa:

— E vocês me devem uma por isso. Podem quitar a dívida com a seguinte condição: Mantenham segredo sobre o que aconteceu aqui. Entendido?

— Claro, senhor!

— Certo… Para onde os levará?

— Para a capital. Tenho certeza de que não receberão um tratamento leve, já que atacaram mosqueteiros do reino. Boa sorte em sua jornada!

— Obrigado pela ajuda, mestre Futomo.

— Espero que nos represente bem no torneio. Adeus!

Futomo dá um breve sorriso e segue na direção oposta à dos mosqueteiros. Eles continuam seu caminho, questionando o que acabaram de testemunhar.

— Ainda acho que é telecinese, guri. Nenhum mago ou feiticeiro consegue fazer aquilo sem falar nada!

— Deixemos isso para depois, Lup. Agora, vamos depressa antes que mais surpresas desagradáveis apareçam.

Enquanto caminham em direções opostas, algumas luzes verdes surgem ao redor de Futomo, como pontos fluorescentes, e o seguem à medida que ele avança.

— Futomo, seu mentiroso — murmura o lutador para si — Disse a eles que teriam uma surpresa? Na verdade, eu quis dizer surpresas… hehehehehehe.

Os segredos do misterioso Kyapen… O que o destino nos trará de Kimaran?

Olá, eu sou o Silas Santos!

Olá, eu sou o Silas Santos!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥