Supreme Magus – Capítulo 82

Capítulo 82
Interlúdio
Tradutor: Eduard0|| Revisor: Eduard0

Após o almoço, o grupo adormeceu. O estresse e a fadiga dos últimos dois dias pesaram pesadamente sobre todos, mas Lith e Phloria foram os mais afetados.
Eles estavam na ponta dos pés desde que chegaram à floresta, os únicos momentos de descanso foram aqueles que passaram na caverna. Lith tinha empurrado seu corpo com tanta força durante aqueles dias que ele estava doendo todo.
Ele usou o Revigoramento o máximo que pôde, e isso significava muito pouco. De seus experimentos com as poções, Lith sabia que os aprimoradores físicos tinham efeitos colaterais, assim como a magia da fusão, que apenas o descanso adequado poderia remover.
O revigoramento poderia compensá-los, mas como ele poderia justificar sua ridícula velocidade de recuperação? Sua mente continuava procurando uma solução, mas sem sucesso. Inquieto, ele começou a reconsiderar a situação e as chances de sucesso de seu grupo.
Quanto mais ele pensava, mais o exercício não fazia sentido.
– “Como diabos um grupo de adolescentes deveria durar uma semana inteira? Sem aviso prévio nem alguém capaz de caçar, não consigo ver nem mesmo um gênio passar no terceiro dia.
Os animais mágicos do diretor atacavam uma vez por dia, e cada vez era muito pior. Se amanhã eles ficarem sérios, será o nosso fim. E isso é apenas a cereja do bolo, também há o medo, a necessidade de procurar comida e abrigo.
Sem mencionar coisas como aquelas aranhas que só querem te comer.
Claro, poderíamos apenas nos perfurar na caverna, mas se Solus estiver certo, correríamos apenas o risco de danificar nossas notas. Não sei quanto tempo ainda aguento. A coabitação forçada está me levando à beira da insanidade.
Meu ódio e raiva estão me devorando por dentro, é só uma questão de tempo antes que eu surja. “-
O grupo de Phloria acordou apenas para um jantar econômico, às custas do estoque de alimentos de Lith, antes de voltar a dormir.
A lua estava brilhando no céu e, de seu lugar favorito, Scarlett estava contemplando a última peça do quebra-cabeça que caíra em seu colo.
O Scorpicore estava no topo da colina mais alta da floresta, o único lugar de onde algo do seu tamanho podia sentar-se confortavelmente enquanto observava seu domínio.
– “Primeiro, um grupo de cinco filhotes de homem com seis núcleos de mana. Isso por si só era mais do que estranho, mas com os Clackers devastando a floresta, eu quase me esqueci. Mas, de alguma forma, um desses filhotes de homem consegue remover do corpo o veneno do Clacker sem perder muito de sua potência.
Eu sei que não é grande coisa desintoxicá-lo com mágica ou antídoto, mas extraí-lo de uma vítima? Nem mesmo uma besta mágica capaz de usar magia de luz seria capaz de realizar tal feito. Muito menos um humano, com sua imitação boba de magia.
Seria necessário localizar e manipular o veneno que corre pelo corpo com precisão cirúrgica. Isso é algo que apenas um Desperto como eu seria capaz de fazer. Eu preciso conversar com esse filhote, antes que essa charada chegue ao fim. “- O esquadrão de elite de Scarlett dormia profundamente, descansando para se recuperar das muitas feridas recebidas naquele dia. O Scorpicore estabeleceu uma barreira poderosa em torno de seus amados servos , para que ninguém pudesse incomodá-los sem sofrer uma morte súbita.
Então, com um poderoso bater de asas, Scarlett decolou, usando seu óculos encantado com aros de ouro para descobrir onde a anomalia estava escondida. Havia apenas algumas dezenas de grupos restantes, entre isso e sua velocidade, encontrar a caverna era uma tarefa simples.
Uma vez lá fora, de repente percebeu que havia esquecido um grande problema.
– “Droga, como diabos eu começo uma conversa sem assustá-lo?” Scarlett coçou a orelha direita com a perna de trás, procurando uma solução.
“Eu me acostumei a conversar com Linjos e seus subordinados, que eu quase esqueci que minha aparência pode ser bastante intimidadora. Sequestro não é um bom quebra-gelo. Eu poderia entrar depois de me voltar para um gato, mas por que ele deveria falar comigo? ?
Porra, isso vai ser mais difícil do que eu esperava. “-
Depois de andar um pouco, esperando que Lith notasse sua presença e acordasse, Scarlett decidiu mudar sua abordagem. Graças ao óculos, pôde ver que a anomalia era um anel.
O artefato era diferente de tudo o que Scarlett já havia encontrado. Sua curiosidade foi mais aguçada a cada segundo. Scarlett decidiu que, se o proprietário não estivesse disponível, ele sempre poderia tentar com o artefato.
Scarlett enviou um fio de mana, fina como um fio de seda, para conectar seu núcleo de mana ao de Solus, estabelecendo um elo telepático.
– “Seja o que for, exijo uma explicação. O que você está tentando realizar no meu domínio? Por que você está sugando a energia de um filhote indefeso? Fale, ou vou esmagá-lo entre minhas presas!” –
Scarlett não gostava muito de humanos, mas ainda era educada com eles, na esperança de evitar conflitos inúteis. Mas ao encarar objetos amaldiçoados, não mostraria piedade, curvando-se ao nível deles e falando a única língua que eles conheciam: violência.
Ao ouvir aquela voz estranha ecoando em sua mente, Solus ficou aterrorizado, acordando instantaneamente. Foi uma intrusão tão violenta que até Lith recuperou seus sentidos, sua consciência se arrastou junto com a dela.
– “O que está acontecendo?” Ele perguntou.
“Eu não sei, há uma voz na minha cabeça e um monstro gigante lá fora.” –
Usando visão da vida, Lith podia ver através das paredes da caverna a silhueta e a assinatura de energia de Scarlett. Sua boca ficou aberta diante da maior e mais forte criatura mágica que ele já tinha visto.
– “Solus, qual é o seu núcleo de mana?” Sua boca ficou seca, Lith precisava se encostar na parede para não cair de joelhos pelo choque.
“Azul brilhante, mas há algo estranho. A quantidade de mana que mantém além das palavras. É como se a energia do mundo estivesse escorrendo de bom grado em seu corpo. É semelhante à sua técnica de respiração, mas incrivelmente mais forte. Lith, estou com medo.”
“O mesmo. Onde diabos estão os professores? Sem eles, estamos mortos!” –
Sabendo que não havia muito que ele pudesse fazer, Lith ativou o Revigoramento, rapidamente reabastecendo todas as suas reservas de mana e restaurando sua força física. Se ele tivesse que morrer, morreria lutando sem se conter.
Observando a energia mundial fluir dentro do filhote através de seu óculos, Scarlett estremeceu de alegria. Uma de suas perguntas já foi respondida. Ele também era claramente um Desperto, agora o problema era verificar a profundidade da corrupção.
Usando outro fio de mana, Scarlett criou um vínculo mental separado com Lith.
– “Não tema, quero dizer nenhum dano, caso contrário eu teria acabado de fazer a colina desmoronar, enterrando todos vocês vivos. Eu só quero entender o objetivo do objeto amaldiçoado. Eu não quero te matar, mas se você tentar defender esse parasita, você não me deixará escolha. ” –
Lith ficou tão chocado ao ouvir outra voz em sua cabeça que começou a acreditar que estava ficando louco. Tudo estava acontecendo rápido demais, e ele não conseguia entender a cabeça ou o rabo dessas palavras.
– “Que objeto amaldiçoado? Quem é você e o que você quer de mim?”
Felizmente, ao contrário de sua ligação mental com Solus, este era ativo, não passivo. Exigia a vontade de Lith de passar informações ou pensamentos, para que ele pudesse canalizar sua raiva e esconder seu medo.
“Você nega ter um ser vivo no seu dedo?”
Desde que o monstro sabia tanto, Lith percebeu que mentir seria inútil, o melhor que ele podia fazer era esconder parte da verdade.
“Não. Mas é apenas um anel dimensional, não faz mal.” A natureza real de Solus tinha que ser mantida escondida, caso contrário a criatura poderia levá-la para si.
“Seu idiota!” Scarlett zombou. “Quem daria vida a um objeto tão trivial? Você não percebe quão profundo é seu engano? Não posso acreditar que, apesar de ter sido acordado, você é tão estúpido. É claramente uma mentira, e você sabe disso!”
“Eu sou o quê ?!” Perguntou Lith. Essa conversa estava fazendo cada vez menos sentido.
Scarlett bufou, amaldiçoando humanos e sua incapacidade de cuidar de seus próprios.
“Outro autodidata? Nada mal, filhote. Um Desperto é alguém que aprendeu a manipular seu próprio núcleo de mana. Não apenas permite que ele use a magia da mesma forma que os animais mágicos, guiando-a com a mente em vez do corpo.
Mas também possibilita refinar o núcleo de mana, atraindo a energia mundial e acrescentando-a permanentemente à sua. É o que você acabou de fazer, filhote.
Agora me diga, como você chama seu talento? Cada um de vocês que conheci dá a ele um nome diferente: primeira mágica, a arte suprema, mágica original, seja qual for. “
“Verdadeira mágica.” – A mente falava sem pensar duas vezes. Ele finalmente conheceu alguém que poderia lhe explicar a verdadeira magia.


Capítulo Anterior|| Índice|| Próximo capítulo

Rolar para o topo