Selecione o tipo de erro abaixo


O governo do Necromante começou há um ano.

Mas quem foi o primeiro a se rebelar contra seu governo? 

A maioria já havia sido derrotada por ele. E aqueles que tinham várias ideologias dissidentes uniram-se para estabelecer a organização, ‘Originais’.

— O Necromante tirou tudo de nós — disse um velho de cabelos grisalhos, refletindo sobre seu passado. Então, uma jovem que estava ao lado dele, com as mãos cruzadas, educadamente assentiu.

— Tudo que conquistei durante toda a minha vida…

A mulher assentiu novamente. Dado o seu consentimento unânime, parecia que ela não era apenas uma companheira para conversar.

— Então agora é hora de nos vingarmos dele e, pelo que eu sei, é assim que o mundo funciona.

Foi ninguém menos que Younghwan Lee, conhecido como Escavadeira, e chefe da Aliança da Reconstrução de Uijeongbu, quem deu vazão à sua frustração e raiva.

Certa vez, ele pretendeu dominar o servidor coreano, mas se escondeu depois de ser derrotado pelo Necromante na Caverna Imoogi no Monte Pukhan. Mas ele finalmente sobreviveu e se estabeleceu como um membro importante dos Originais.

Ele estava sentado em um banco, observando um fenômeno mágico que se desenrolava diante de seus olhos.

Uuuu…

— Se conseguirmos ter sucesso nesse experimento mágico, poderemos derrotar o Necromante.

— Claro. Acontecerá como o presidente desejar.

Centenas de bruxos estavam criando um feitiço. E para evitar que fossem descobertos,  lançaram meticulosamente um feitiço sobre toda a montanha nos últimos dias para não serem pegos pelo acampamento Árvore do Mundo.

Uuuuu…

O fenômeno mágico, que brilhou em vermelho, emitia uma energia estranha, porém misteriosa.

— Presidente, um convidado acaba de chegar — disse a mulher ao lado dele.

O velho assentiu e depois virou a cabeça para a esquerda.

— …

Dado que ele estava olhando à distância o ‘Estádio da Copa do Mundo de Suwon’, provavelmente estava em um templo na montanha, no sopé de uma montanha nos arredores de Suwon.

— Que a maldita Árvore do Mundo apodreça!

Ele podia ver a Árvore do Mundo sobre o Estádio da Copa do Mundo. A gigantesca árvore sagrada era tão grande que ele sentiu como se estivesse bem diante de seus olhos.

E sob sua sombra, ou mais precisamente sob os galhos que brilhavam com uma luz ofuscante, uma magnífica cidade chamada Asadal crescia em prosperidade dia após dia.

— Vou cortar aquela árvore com certeza…

Uuuuu…

Assim que disse isso, um certo fenômeno mágico que estava acontecendo diante de seus olhos chegou ao fim e uma luz ligeiramente estável transbordou, colorindo o seu rosto. Algo foi finalmente concluído.

— Presidente Lee, você está esperando por mim há muito tempo?

Uma voz profunda foi ouvida.

— Ah, Z, você chegou bem na hora.

— Estou aliviado em ouvir isso.

Tup… Tup… 

Ele avançou com passos pesados ​​em direção ao presidente.

— Z, você veio para este lugar. Você está bem?

— Bem, estou bem porque usei o Hiper Portal e você não terá outro dia como hoje.

O homem chamado Z era uma figura incomum. Ele parecia ter mais de dois metros de altura, usando uma armadura de escamas e uma máscara de ferro, ambas roxas. E carregava nas costas uma caixa de ferro tão grande quanto ele.

Bam!

Quando colocou a caixa de ferro no chão, a poeira do chão subiu.

— Esta é a magia definitiva?

— Sim.

— …

— Vou explodir aquela Árvore do Mundo e toda a cidade.

— É realmente possível?

Quando Z demonstrou uma reação cética, o Presidente Lee respirou fundo.

— Ei, Z, deixe-me garantir que, embora o Necromante tenha passado o último ano realizando muitas coisas, passei a mesma quantidade de tempo me preparando para destruí-lo. Não seria mais fácil destruir uma coisa do que construir? Nunca cometo erros quando lido com algo fácil. Esse é o básico dos negócios.

Z assentiu silenciosamente. Como estava usando uma máscara estranha, o Presidente Lee não conseguia ver sua expressão.

‘Simplesmente não consigo descobrir se ele concorda comigo.’

Mesmo provando os doces e amargores da vida, esse velho veterano não conseguia descobrir que tipo de expressão esse gigante fazia dentro daquela máscara bizarra.

— Parece que Adrian foi pego. Você vê alguma possível interrupção em nossa operação de convocação em larga escala?

— Oh, não há problema algum. Contanto que esses idiotas consigam chamar um pouco a atenção, eles terão cumprido seu dever fielmente.

— Entendo. Acho que você tem uma mentalidade diferente, como um empresário. É bom que você tenha vindo me ver.

— É um prazer. É bom que você me aceite assim. Obrigado por ajudar esse velho a prosseguir com meu último negócio sem me preocupar.

Z assentiu novamente, sem dizer uma palavra.

— …

Naquele momento, o presidente ficou angustiado pensando no que dizer. Já fazia muito tempo desde a última vez que sofreu com essa preocupação. Desde jovem, ninguém estava acima dele.

Então seus olhos pousaram na caixa de ferro preto no chão.

— Esta caixa… contém aquela espada? — ele perguntou.

Z lentamente virou a cabeça e olhou para ele. Ele parecia um pouco cauteloso.

— Exatamente.

— Este é exatamente Ex… Cali…

O Presidente Lee recitou essa palavra com muito cuidado. Ele não conseguia nem pronunciar a última sílaba. Ele agiu com extrema humildade, como se estivesse em apuros se mencionasse isso de forma imprudente, pensando que era como um nome real. Então ele verificou as expressões de Z.

— …

Mas Z virou a cabeça sem responder.

— Com esta espada e seu poder divino, você não acha que pode decapitar o Necromante? Acho que você pode, sem qualquer dificuldade, com base na minha observação real de suas capacidades.

Z olhou secretamente para o Presidente Lee e depois olhou para frente novamente.

Uma leve respiração saiu de dentro de sua máscara.

— Não sei. Não existe nada absoluto neste mundo.

O presidente Lee ficou nervoso com sua resposta cética. Ele ficou confuso e inquieto, tal como se sentia quando era um jovem empresário, quando um político do seu círculo eleitoral mostrou uma reação fria à sua lisonja.

Então Z disse novamente: — Mas depois de explodir aquela árvore, acho que posso construir um reino sobre suas ruínas.

Só então o Presidente Lee compreendeu o significado de sua resposta. Foi um pedido indireto de Z para que ele executasse perfeitamente a tarefa que lhe foi atribuída. E essa foi uma resposta positiva aos seus olhos.

— Vou estabelecer as bases para o seu objetivo — disse o presidente.

— …

— Z, você merece. O dono da voz que o Necromante supostamente ouviu, a voz da ajudante, não veio até você primeiro?

Z riu pela primeira vez.

— Isso é verdade. Mas eu a expulsei.


Nesse ínterim, a ducentésima décima terceira Força-Tarefa ocupou completamente a fábrica abandonada nos arredores de Suwon.

Ficava a cerca de cinco quilômetros de Asadal, sede do acampamento da Árvore do Mundo.

— Se você se mover, será morto. Se mover a mão ou abrir a boca, também será morto. E se levantar a cabeça, morrerá ainda mais rápido.

Os membros da força-tarefa alinharam os membros capturados dos Originais.

Eram quarenta e uma pessoas.

— São muitos. Eles fizeram um tipo de festival?

— Se somarmos os caras lá dentro, acho que serão mais de cem pessoas.

Dado que não foram completamente reprimidos, tinham uma grande quantidade de pessoas.


Olá, eu sou o Nimsay!

Olá, eu sou o Nimsay!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥