Selecione o tipo de erro abaixo

Depois de chegar à pequena colina próxima a Allyn através de um salto espacial, Lucien rapidamente pegou sua bola de cristal e lançou o feitiço Horóscopo sob o céu escuro da manhã.

A bola de cristal escureceu, na qual inúmeras estrelas se iluminaram. Quando viu que a Estrela do Destino de Natasha ainda estava brilhando intensamente, Lucien soltou um longo suspiro de alívio.

Lucien finalmente relaxou. Ele olhou para o leste e viu o sol alaranjado nascente, iluminando todo o céu.

Uma ideia de repente veio à mente de Lucien: o mundo material principal também era uma esfera, pois havia uma diferença de tempo entre a Cordilheira das Trevas e Allyn, além disso, também havia horizontes.

Depois de usar o pergaminho da última vez, Lucien confirmou com o Senhor da Tempestade que o salto espacial levaria apenas cerca de meia hora. Pelas diferentes posições da lua prateada que Lucien viu na Cordilheira das Trevas e em Allyn, foi fácil para ele perceber a existência de diferença de horário.

Por isso mesmo, os Arcanistas nunca duvidaram das teorias cosmológicas desenvolvidas por Douglas.

Lucien se perguntou por que, apesar das teorias, os Arcanistas não conseguiam ver o mundo ou encontrar planetas quando conseguiam voar para o espaço.

Ele balançou a cabeça, sabendo que não era um bom momento para contemplar tal questão que vinha incomodando o Congresso de Magia há muitos anos. Lucien subiu no céu e voou em direção a Allyn.

Aterrissando na beira de Allyn, Lucien não perdeu tempo voltando para casa primeiro. Em vez disso, lançou Velocidade ​​em si mesmo e correu para a torre mágica do Congresso da Magia o mais rápido que pôde.

Saindo correndo do elevador e entrando na sala do professor, Lucien finalmente viu Fernando. Vestindo o mesmo manto mágico escarlate e segurando um livro mágico em sua mão, Fernando estava ensinando Alferris, que segurava uma caneta de pena grossa e grande tentando entender uma questão mágica difícil.

Alferris tinha encolhido para o tamanho adequado para a mesa. Agora mesmo, estava ouvindo Fernando com tanta atenção que sua atitude surpreendeu Lucien.

“Aqui está você… Então as coisas antes do amanhecer tiveram algo a ver com você?”

Fernando soube da chegada de Lucien assim que seu aluno entrou na torre mágica. Menos de uma hora atrás, a lua escarlate surgiu. Então, Lucien voltou ao Congresso de Magia. Era óbvio que ele tinha algo a ver com isso.

Lucien assentiu. “Convoquei o Deus da Lua Prateada, Alterna, para ajudar um amigo a sair de uma armadilha. Mas o que estava fora de minha expectativa era que Drácula, o Príncipe Vampiro, aparecesse. Não faço ideia do que aconteceu no final.”

Lucien estava sendo bastante honesto; só não mencionou o Mundo das Almas.

Pela história de Lucien, parecia que havia um vampiro de primeira geração que foi preso pelo Príncipe Vampiro, e Lucien foi contratado para quebrar a armadilha convocando o Deus da Lua Prateada. Então, alguma existência misteriosa que estava por trás de Drácula apareceu e levou tudo a uma direção desconhecida.

Para ser honesto, Lucien não tinha ideia do que aconteceu exatamente. Ele só tinha alguns palpites vagos com base no que sabia sobre o Mundo das Almas.

Claro, Lucien estava se arriscando um pouco aqui. Se nada tão inconcebível assim tivesse acontecido, se o espaço não fisse distorcido pelo poder da lua escarlate, e se Lucien não tivesse que usar o pergaminho Salto Espacial que estava conectado ao semiplano de Fernando e assim permitindo que Fernando deduzisse do resultados que Lucien tinha ido para a Cordilheira das Trevas, Lucien poderia ter economizado seus esforços inventando todas as desculpas, pois Fernando teria visto uma história diferente. Afinal, Lucien tinha uma Estrela do Destino especial.

No entanto, depois de passar por todas as coisas que aconteceram antes, Lucien acreditava que seu próprio professor era bastante confiável. Mesmo que Fernando descobrisse o segredo do Mundo das Almas, Lucien ainda estaria seguro.

Quando se tratava de algo sério, Fernando era sempre irascível, mas sério. Batendo levemente na mesa, ele disse:

“Foi o Observador que estava preso, certo? Ele é o único que pode invocar o Deus da Lua Prateada. Na verdade, foi uma boa oportunidade para você. Quando Alterna desceu, você foi temporariamente afetado por Alterna e viu o mundo da perspectiva dela1, uma perspectiva que só ela pode lhe fornecer. Afinal, Alterna é a existência mais próxima da verdade do mundo, que é o objetivo final da pesquisa de todo Arcanista. Você pode não ser capaz de sentir isso agora, mas entenderá seu valor quando entrar no reino lendário um dia.”

Comparado a questões como que tipo de poder estava por trás de Drácula, quais eram as cores solidificadas de preto, branco e cinza, ou onde estavam as outras dimensões, a questão que mais preocupava Fernando era o que Lucien viu quando o Deus da Lua Prateada2 chegado.

Lucien não tentou esconder essa parte, pois também não fazia ideia do que tinha visto. “Eu senti que estava no ar, olhando para tudo. Houve… coisas que não tenho ideia de como descrever. Eram… possibilidades… do mundo.”

O que ele viu estava muito além de suas palavras.

“No ar, olhar para baixo… Possibilidades…” Fernando franziu ligeiramente a testa. “Diz-se que quando alguém se aproxima da verdade do mundo ou — como outros chamam — deus, a pessoa muda essencialmente, no bom sentido. Ele ou ela seria capaz de ver a trilha do destino de outra perspectiva, mas não é como você disse… na verdade, não. De qualquer forma, Lucien, você é quem viu. Quando você se tornar um Lendário e experimentar algo semelhante um dia, as imagens borradas terão significados mais específicos.”

Obviamente, Fernando também não encontrou nada realmente valioso.

Antes que Lucien respondesse, Fernando deu um sorriso malicioso. “Falando nisso, tenho que agradecer. Sua intervenção causou o ferimento e a queda do Deus da Lua Prateada e a misteriosa existência. Se pudermos encontrar a dimensão onde eles caíram antes de acordarem, muito provavelmente conseguiremos coletar alguns materiais valiosos para preencher o espaço em branco de nossa pesquisa. Você é uma estrela da sorte para o Congresso!”

Sim, todo Arcanista de alto escalão era um lunático quando se tratava de conduzir pesquisas, e os Grandes Arcanistas eram os maiores representantes. Lucien percebeu que sua visão ainda estava muito distante da de seu professor, pois não havia pensado nessa perspectiva.

“Então, quanto tempo vamos levar para localizar a dimensão?” perguntou Lucien, que também foi inconscientemente afetado pela paixão.

“Cerca de três a dez anos. Usaremos a astrologia, com a premissa de que sabemos com certeza sua existência e temos memórias de imagens borradas para orientação”. Fernando respondeu.

“O Congresso fará o seu melhor. Além de nós, a Igreja do Sul, a Igreja do Norte e o Conselho das Trevas também deveriam ter visto o que aconteceu. Como está relacionado aos segredos além do nível lendário, todos ficarão loucos. Quem encontrar primeiro fica com a melhor parte.”

Depois de explicar brevemente a Lucien, Fernando disse: “Até agora, não se preocupe mais com isso. Sua astrologia está muito longe de se intrometer na verdade. Quando a dimensão for encontrada, solicitarei uma exploração ao Conselho Supremo. Se você e os outros alunos quiserem ir, vocês podem ir comigo.”

Direto. Isso era muito típico de Fernando.

“Então porque você está aqui? Com tanta pressa…”, perguntou Fernando ao terminar seu discurso.

Lucien se lembrou de seu propósito. Com um sorriso lisonjeiro, Lucien disse: “Professor, gostaria de saber se posso usar seu semiplano para ir ao Ducado Violeta.”

“Mas você acabou de voltar.” Fernando sentiu-se um pouco confuso, o que era muito raro para ele.

Lucien explicou apressadamente: “Desta vez, consegui uma amiga para me ajudar a distrair o Príncipe Drácula. Embora Horóscopo tenha me dito que ela está segura, eu acho… é melhor conversarmos cara a cara. Afinal, o poder do Príncipe Drácula de amaldiçoar e lançar pesadelos também é bem conhecido.”

“Ela? A garotinha da família de Hathaway?” Fernando assentiu levemente, sabendo que Lucien e Natasha eram bons amigos. “Você precisa que eu te traga de volta?”

“Sim, por favor.” Lucien de repente sentiu que Fernando era como seu guardião e de alguma forma se divertiu.

Quando Fernando se levantou e estava prestes a levar Lucien para seu semiplano, Lucien notou que Alferris ainda estava concentrado em seu próprio estudo, sem poupar tempo para cumprimentá-lo. Impulsionado pela curiosidade, Lucien perguntou: “Ei, no que você está ocupado estudando, Alferris?”

“Alquimia, Criação de Golem,” respondeu Alferris sem erguer os olhos.

“Pelo que? Você precisa de golens?” Lucien sentiu que era ainda mais estranho, já que Alferris sempre destruiu os golens por suas peças brilhantes.

Alferris respondeu fingindo que não era grande coisa. “O Congresso tem encorajado Feiticeiros de nível sênior a desenvolver novos modelos de golem. Um Feiticeiro do sétimo círculo como eu pode receber alguns materiais preciosos do Congresso gratuitamente duas vezes, desde que minhas habilidades de criação de golem atinjam um certo nível.”

Quando mencionou os materiais preciosos gratuitos, seus olhos cor de âmbar brilharam de excitação.

Não é de admirar… Isso era muito típico do pequeno Dragão de Cristal.

“A propósito, chefe. Recentemente li uma história sobre o guerreiro e o dragão.” Alferris pareceu se lembrar de algo e finalmente olhou para Lucien e sorriu.

“Então… o que você quer dizer… Você quer derrotar os guerreiros?” Lucien se sentiu um pouco desconfiado.

“Não, não, não… chefe, quero dizer… Aqui está o meu plano. Posso fazer o papel do terrível dragão. Raptamos uma princesa e vou exigir tesouros. Então você será o guerreiro corajoso e me derrotará para ganhar a recompensa abundante. Então dividimos meio a meio…” Antes que Alferris pudesse terminar sua proposta, ele foi dissuadido a voltar ao seu próprio livro por um único olhar de Fernando.

……

Após alguns minutos de salto espacial, Lucien foi levado ao semiplano de Fernando. Ele finalmente pôde ver claramente este lugar: era um espaço cheio de trovões e relâmpagos. A torre de magia de Fernando era como um enorme pára-raios, conduzindo a energia elétrica até o chão com brilhantes flashes branco-prateados.

Fernando perguntou de repente: “O Conde de Olhos Prateados está seguro agora?”

“…?”

Estando ocupado correndo por sua vida, encontrando desculpas e se preocupando com Natasha, Lucien finalmente percebeu agora que ainda não tinha ideia se Rhine havia sido resgatado da armadilha no Mundo das Almas.

Vendo a expressão confusa de Lucien, Fernando o provocou.

“Hmm… Obviamente, você está com tanta pressa que nem se lembra para que fez todas essas coisas.”

Mas na cabeça de Fernando, ele realmente entendia Lucien. Afinal, esse jovem acabou de passar por uma série de grandes desafios. Fernando, sorrindo, balançou levemente a cabeça. De seu próprio semiplano, Fernando levou Lucien consigo em outro salto espacial.

Finalmente, eles chegaram a Floresta Negra de Melzer fora de Aalto.

  1. lembra o que rhine disse, nao ha generos “ele ou ela” para essa divindade, apenas que as historias costumam retratá-la como uma mulher
  2. viu? nao tem genero certo
Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥