TLM – Capítulo 16

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo

⇐ Capítulo Anterior | Índice | Próximo Capítulo ⇒


Capítulo 16: Infortúnio

Tradutor: Asu | Editor: Asu

Han Xiao acordou na manhã seguinte totalmente recuperado.

“Irmão Han, você está acordado”, Cumprimentou Hu Xuan Jun, que estava fazendo seus exercícios matinais do lado de fora da tenda.

Embora Han Xiao não estivesse disposto a se despedir do casal de bom coração, ele sabia que precisava sair.

“Estou em dívida com você. Infelizmente, preciso sair agora. Vou recompensá-lo no futuro.”

“Eu fiz algumas panquecas; você pode comê-las enquanto viaja”, disse An quando ela entregou um pequeno pacote para Han Xiao.

O calor das panquecas fluía nas mãos de Han Xiao, ressoando em seu coração.

“Eu dormi bem na noite passada. Obrigado por tudo.”

“Ha ha. Não mencione isso. Apenas ajudando um irmão em necessidade”, respondeu Hu Xuan Jun sinceramente.

Han Xiao foi reunir seus pertences. Quando ele foi buscar o pacote de armas, notou que a folha que ele colocara na noite anterior tinha caído.

“Alguém tocou minhas coisas.”

“Isso não é possível!” Hu Xuan Jun ficou alarmado. “An e eu não ― espere! Hu Fei! Coloque sua bunda aqui agora!”

Hu Fei, que estava espionando atrás da tenda, saiu.

“Você novamente?”

Hu Fei desviou os olhos para o chão.

Hu Xuan Jun chutou seu sobrinho na bunda.

“Você roubou de novo? Entregue de volta agora!”

Hu Fei mordeu os lábios e de má vontade tirou uma pistola 73-WASP de suas roupas.

“Irmão Han, faça o que achar melhor! Esse garoto merece uma surra.”

“Tudo bem. Tudo está bem, desde que eu pegue a arma de volta. Minhas armas vão lhe trazer infelicidade,” Han Xiao suspirou aliviado.

“Podemos estar fadados a nos encontrar novamente. Adeus”, disse Han Xiao.

“Tome cuidado”, assentiu Hu Xuan Jun.

Han Xiao pegou sua mochila e partiu.

“Eu nunca vou esquecer essa gentileza”, ele pensou.

“O desgraçado finalmente se foi”, exultou Hu Fei. “Hehe, ele não percebeu que eu roubei duas armas.”

Ele escorregou para a parte de trás da tenda, onde havia escondido a outra arma em uma caixa.

“Mesmo que ele volte, eu só tenho que negar que eu tenho isso.”

“Mas… por que essa arma não tem gatilho?”

―◊◊◊―

O mapa que Han Xiao obtivera fora grosseiramente desenhado. No entanto, Han Xiao foi capaz de aprender sua posição atual com isso e isso foi suficiente.

Ele estava atualmente no país Dragão Estelar, e por suas estimativas, levaria apenas mais três dias para chegar à estrada principal. Lá, ele poderia pegar uma carona para a cidade.

Na parte da tarde, Han Xiao encontrou um lugar para comer e reabastecer sua resistência.

Quando ele desempacotou suas armas para devolvê-las à sua mochila, de repente ele descobriu que algo estava errado.

Parece haver uma arma perdida.

Han Xiao contou para confirmar suas suspeitas. Ele imediatamente dissipou qualquer pensamento de almoço e apressadamente empacotou para busca-la

―◊◊◊―

Nº 1 e seus homens chegaram ao acampamento logo após Han Xiao ter saído. Eles contornaram os andarilhos e os manteve sob a mira de uma arma.

“Alguém viu esse homem?”

O Nº 1 projetou um rosto holográfico no ar usando um dispositivo em seu pulso.

Não era outro senão Han Xiao.

“Não.”

“Nunca o vi antes.”

Todos negaram vê-lo.

Eles sabiam que a Organização Germinal não se atreveria a fazer nada para eles.

Os Andarilhos eram uma facção neutra, e tanto as Seis Nações quanto a Organização Germinal estavam sempre tentando ganhar seu apoio.

Apenas um andarilho tremia incontrolavelmente por algum motivo.

Nº 1 estava de mau humor, tendo perseguido Han Xiao durante 7 dias antes de chegar a este acampamento. Se as pessoas aqui não tivessem visto Han Xiao, isso significaria que ele tinha ido na direção completamente errada.

“Vamos embora!” Ordenou o Nº 1. No entanto, assim como ele estava prestes a embarcar no carro, ele notou a agitação Hu Fei.

“Traga aquele garoto aqui!”

Hu Fei foi arrastado para o Nº 1.

Nº 1 olhou para ele e perguntou: “Você conhece essa pessoa?”

“Não, eu não conheço.” Hu Fei balançou a cabeça repetidamente.

O Nº 1 notou um contorno fora do lugar em suas roupas e ordenou: “Reviste o corpo dele!”

Hu Fei foi pressionado no chão e assistiu com horror quando o 73-WASP foi tirada dele.

“Esta é uma das nossas armas!” Exclamou Nº 1. Ele segurou a arma para a multidão e gritou: “Zero, obviamente, esteve aqui. Como todos vocês se atrevem a tentar mentir! Você quer morrer?”

“Fala! Onde ele foi?”

Os andarilhos aterrorizados começaram a voltar os olhos para a pessoa que falara pela primeira vez com Han Xiao, Kai Luo.

Kai Luo estava agachado no canto como um avestruz.

“O que vocês estão olhando para mim? Tudo o que fiz foi vender algumas coisas para ele. Pergunte a Hu Xuan Jun! Ele definitivamente sabe!”

Hu Xuan Jun levantou-se lentamente na multidão.

“Eu não sei”, declarou ele.

Kai Luo, querendo rejeitar a suspeita, respondeu: “Como você pode não saber? Você deixo ele passar a noite em sua casa!”

O rosto do Nº 1 escureceu.

Os outros andarilhos começaram a pedir a Hu Xuan Jun que dissesse a verdade.

“Apresse-se e diga o que você sabe!”

“Você quer que a gente morra por causa de algum estranho?”

Hu Xuan Jun amaldiçoou Kai Luo em voz baixa antes de respirar fundo para se recompor.

“Essa pessoa foi nessa direção”, disse ele, apontando para o lado oposto de onde Han Xiao se dirigira.

“Você é muito bom, você.”

Bang!

Um buraco apareceu na testa de Hu Xuan Jun. Ele tombou para trás e caiu no chão com um baque alto.

Hu Fei gritou ao ver seu corpo sem vida.

Apenas… apenas por que isso aconteceu‽

Nº 1 olhou para o corpo de Hu Xuan Jun. Ele não hesitaria em matar quem ajudou Han Xiao.

“Velho Hu?” An não podia ver, mas ela podia ouvir exatamente o que havia acontecido. Ela se levantou da multidão e tentou localizar o marido.

Bang!

Sua cabeça explodiu.

O corpo de An caiu no chão, aterrissando a um braço de distância do marido.

Nº 1 zombou.

“Pediu por isso.”

Hu Fei estava dividido de arrependimento.

Seu único momento de ganância causou tudo isso.

Todos os andarilhos ficaram aturdidos, incapazes de compreender o que acabara de acontecer.

De repente, o transmissor do Nº 1 se acendeu, projetando uma holografia do rosto do chefe.

“O que diabos você está fazendo? Quem lhe deu permissão para matar?”

Nº 1 instantaneamente encolheu de medo. Ele rapidamente começou a explicar: “Esses andarilhos mentiram para nós, então eu estava apenas tentando ensinar-lhes uma lição. Vamos partir agora”.

“Esqueça isso. Já que você já começou, termine-o corretamente. Não deixe que as notícias saiam.”

Nº 1 assentiu e deu um sinal.

―◊◊◊―

O crepúsculo havia caído.

Han Xiao finalmente chegou ao acampamento. De repente, o cheiro de sangue encheu seu nariz, fazendo com que seu coração afundasse.

“Estou atrasado.”

Han Xiao entrou no acampamento para uma visão horrível. Foi o resultado de um banho de sangue.

Ele viu os corpos de Hu Xuan Jun e An sem vida, fazendo-o tremer de raiva.

De repente, uma figura começou a se levantar do chão. Foi o grande comerciante barbado que tentou enganar Han Xiao.

Kai Luo desmaiou no início do massacre e acabou salvando sua vida. Antes que ele pudesse se alegrar, no entanto, ele percebeu que havia alguém olhando para ele. Quando ele viu que era Han Xiao, ele começou a tremer de medo.

Han Xiao se aproximou dele e agarrou o colarinho dele.

“Diga-me o que aconteceu aqui!”

“Foi a Organização Germinal! A Organização Germinal! Eles nos mataram porque não dissemos para onde você foi! Ah! Eles nos massacraram! Você deve se vingar por nós, por Hu Xuan Jun!”


⇐ Capítulo Anterior | Índice | Próximo Capítulo ⇒

Capítulo Anterior
Próximo Capítulo