Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Depois que Theo desceu para o 38º Andar, Sejun e os coelhos terminaram o trabalho da manhã e almoçaram.

O casal de coelhos comeu na caverna por causa dos coelhinhos, e apenas Sejun e os coelhos adultos comeram na superfície com o ursinho.

Growl!

O ursinho comeu 30 piranhas e rosnou, olhando com pesar para o peixe grelhado de Sejun. Queria comer mais!

Como seu crescimento foi rápido, seu apetite também aumentou.

“Aqui.”

Sejun cortou seu peixe grelhado ao meio e entregou ao ursinho.

Growl!

O ursinho baixou a cabeça e aceitou o peixe grelhado. Ele comeria com muita alegria!

Chomp. Chomp.

O ursinho colocou o peixe grelhado na boca, mastigou algumas vezes e engoliu inteiro, com ossos e tudo.

Então,

Growl.

Desta vez, o ursinho rosnou enquanto olhava para a cenoura que o coelho preto estava comendo. Queria isso também.

No entanto,

Squeak!

O coelho preto recusou firmemente. Não poderia desistir de sua cenoura!

Growl…

O ursinho rejeitado se afastou do coelho preto. Ficou chateado…

Depois do almoço,

Slurp.

Sejun caminhou pelo campo em ruínas enquanto tomava café.

Embora estivesse muito desanimado para inspecioná-lo quando o campo que havia criado diligentemente foi destruído ontem, não poderia ficar assim para sempre. Ele precisava cultivar o campo em ruínas novamente.

“Felizmente, nem tudo foi destruído.”

Embora inicialmente pensasse que a destruição do campo havia arruinado completamente seu trabalho, havia algumas colheitas sobreviventes.

Enquanto Sejun olhava ao redor do campo,

“Huh?!”

Ele viu vários montes de terra com cerca de 7 metros de altura, a cerca de 1 km de distância da caverna. Como isso rolou? Não estava assim antes. Sejun se aproximou dos montes de terra por curiosidade.

“O quê?!”

Havia buracos quadrados com cerca de 7 metros de profundidade próximos aos montes de terra. A julgar pelas duas marcas redondas no início do buraco, parecia que um monstro com chifres havia perfurado o chão com força e cavado.

“Quão forte deve ser…”

Sejun ficou chocado com a força do monstro e olhou para a parte mais alta do monte de terra. Apenas o final era de uma cor diferente. Era preto.

Thud. Thud.

Sejun escalou cautelosamente o monte de terra, esfaqueando-o com sua adaga e examinou a terra preta. A textura era diferente do solo árido na superfície. Não estava seco, mas macio e tinha um teor de umidade adequado.

À primeira vista, era um solo cheio de nutrientes. Esse solo estava abaixo da terra árida. Se ao menos ele pudesse virar a terra e misturá-la…

Mas na situação atual, sem equipamentos agrícolas como escavadeiras ou tratores, cavar 7 metros de profundidade no solo era uma tarefa inimaginável.

Poderia ser possível fazer um pouco todos os dias se ele pedisse à Mamãe Urso, mas recentemente devido à Lua Azul, os territórios dos monstros estavam uma zona, deixando a ocupada patrulhando.

Sejun decidiu ficar satisfeito com o fato de agora saber que havia solo de alta qualidade no subsolo.

Depois de olhar ao redor do campo e voltar para onde almoçou,

Squeak.

Growl.

O coelho preto e o ursinho que estavam esperando por Sejun estavam abraçados e dormindo, aparentemente tendo se reconciliado em algum momento.

“Ei acordem.”

Sejun os acordou do sono dando tapinhas em suas nádegas fofas.

Squeak…

Growl…

O coelho preto e o ursinho abriram ligeiramente os olhos enquanto permaneciam sonolentos.

“Gente, o que vocês acham que é isso?”

Quando Sejun trouxe batata-doce seca e mel,

Squeak!

Growl!

Ambos mal abriram os olhos e pediram comida a Sejun.

Munch, munch.

Lick, lick.

O coelho preto e o ursinho acordaram enquanto comiam os lanches que Sejun lhes deu.

“Pessoal, vamos trabalhar.”

Os lanches não eram dados à toa.

Growl!

O ursinho, acordado do sono, cravou as patas dianteiras no chão e, como um arado, revirou o solo dando pequenos passos para trás,

Squeak, squeak!

O coelho preto aplainou o chão com um martelo.

E então,

Thud. Thud.

Os coelhos escavaram a terra e fizeram um sulco.

Finalmente, quando o pequeno campo foi concluído, Sejun plantou caules de batata-doce que havia cortado das batatas-doces que plantou na caverna.


[Você criou um campo de batatas-doces de 10 metros quadrados.]

[Você ganhou 20 pontos de experiência.]


Depois de plantar todos os caules de batata-doce, Sejun deixou o ursinho e os coelhos fazendo o campo e desceu para a caverna.

Era hora de colher o milho para valer. Sejun começou a colher milho no campo.

Snap.

Quando quebrou o milho,


[Você colheu Milho Vigoroso Bem Amadurecido.]

[Sua experiência de trabalho aumentou um pouco.]

[Sua proficiência com Colheita Nv. 4 aumentou um pouco.]

[Devido ao efeito do Aumento de Proficiência Nv. 1, sua proficiência com Colheita Nv. 4 aumentou em mais 5%.]

[Você ganhou 20 pontos de experiência.]


“Eu me pergunto que efeito o milho tem?”

Sejun olhou as opções do milho.


[Milho Vigoroso]

Esse é um milho cultivado dentro da torre, cheio de nutrientes e delicioso.

Quando consumido, queima 20g de gordura corporal e aumenta o vigor em 0,2 por 10 minutos.

O efeito pode ser aplicado até 10 vezes em uma hora.

Quando consumido por um Não Desperto, queima 20g de gordura e melhora a elasticidade da pele.

Cultivador: Fazendeiro da Torre Park Sejun

Validade: 60 Dias

Grau: D


“Elasticidade da pele?”

Foi vago, mas achou que seria bom já que o conteúdo escrito no item garantia 100% de efeito.

“Mamãe adoraria.”

Sejun pensou que em breve deveria transmitir uma notícia para sua família novamente, e desta vez ele também entregaria suas colheitas.

Poderia ser decepcionante que suas colheitas estivessem sendo vendidas com seu nome, mas sua família de sangue ainda não as tivesse comido.

Snap. Snap.

Sejun colheu o milho novamente.

***

38º Andar da Torre.

“Por que aquele mercador viajante não veio ainda?”

“Theo já deveria ter chegado…”

Os caçadores aguardavam ansiosamente Theo. Eles receberam inúmeros pedidos para adquirir Tomates-Cereja Mágicos desta vez.

Desta vez, os pedidos não vieram de conhecidos, mas de magnatas cuja riqueza ultrapassava facilmente dezenas de bilhões de wons.

Do lado de fora da torre, rumores sobre os tomates-cereja mágicos se espalharam entre os ricos, e começaram a comer os tomates-cereja mágicos como remédio todas as manhãs.

Eram pessoas transbordando de dinheiro. Produtos bons e escassos atraíram sua atenção e, atualmente, o preço de um Tomate-Cereja Mágico na Terra subiu para cerca de 500.000 wons.

Ainda havia muitas pessoas ricas dispostas a pagar mais, mas o preço não tinha subido porque não havia vendedores e, portanto, não havia transações.

Se você acabasse de comprar um Tomate-Cereja Mágico, havia muitas pessoas interessadas.

Portanto, os caçadores estavam prontos para gastar dinheiro assim que Theo chegasse. Mas Theo não veio.

Será que compramos muito barato na última transação e ele foi para outro andar?

Os caçadores começaram a ficar cada vez mais ansiosos. E pensaram que deveriam gastar dinheiro suficiente desta vez.

Eles não haviam pensado que Theo poderia se atrasar porque estava ocupado colhendo tomates-cereja e cortando folhas de cebolinha na caverna.

***

“Grr. Hmmm… Perdi a consciência de novo?”

Aileen ocasionalmente perdia a consciência devido à falta de mana. Ela achava que as coisas estavam bem ultimamente, já que não houve nenhum incidente ou convulsão…

Aileen levantou-se do seu lugar com uma expressão amarga.

Swoosh.

“Huh?!”

Aileen ficou surpresa com o estado incomum de seu corpo.

Normalmente, quando Aileen perdia a consciência, parecia que seu corpo estava sendo desligado à força para sobreviver e, quando ela acordava, seu corpo parecia extremamente pesado.

Mas agora seu corpo parecia tão leve que parecia que ela poderia voar.

“Por que meu corpo está tão leve? Ah! Os tomates-cereja!”

Só então Aileen se lembrou do que aconteceu antes de perder a consciência.

Os Tomates-Cereja Mágicos imbuídos da energia da Lua Azul!

Assim que recebeu os cinco tomates-cereja mágicos azuis de Sejun, Aileen imediatamente os colocou na boca e mastigou. Eles eram tão deliciosos com seu sabor agridoce.

Enquanto ela saboreava o sabor,

Thump. Bang. Thump. Bang.

Embora fosse fraco e lento, ela sentiu seu coração de dragão começar a bater em sucessão, depois perdeu a consciência e agora acordou.

“Então, e meu Coração de Dragão?”

Aileen concentrou-se apressadamente em seu Coração de Dragão.

“……”

O Coração de Dragão estava tão quieto que era difícil acreditar que estivesse batendo. E ela não sentiu nenhuma mana.

“Eu apenas me iludi?”

Sentindo-se desapontada, Aileen se aproximou da bola de cristal para observar o humano. Ela tinha certeza de que deviam estar saboreando uma comida deliciosa enquanto ela estava fora.

Então

Thud!

“Ai!”

A cabeça de Aileen bateu em algo quando ela entrou na sala onde estava a bola de cristal.

“Ugh! O que foi isso?”

Aileen se encolheu e olhou para o que a machucara. Era o batente da porta.

“Por que isso está aí?”

O batente da porta estava a aproximadamente 10 metros de distância de sua altura, então, a menos que ela estivesse voando, sua cabeça não poderia tocar o batente da porta.

“O que está acontecendo?”

Sentindo-se estranha, Aileen foi até o lago onde se banhou para olhar seu reflexo. A dragonesa negra refletido na água era maior do que aquela que Aileen se lembrava.

“Huh?! Eu cresci? Grr.”

Aileen fez um barulho de satisfação e ficou admirando sua aparência por um tempo quando…

“Huh?! O que eu ia fazer mesmo?”

De repente, ela sentiu como se estivesse esquecendo algo importante.

Oh não!

Agora não era hora. Aileen correu para a bola de cristal.

“Exatamente como eu pensei! Aquele humano está tentando comer algo delicioso sem mim!”

Nesse momento, Sejun estava tirando milho cozido no vapor da panela na bola de cristal. Foi um momento perfeito. Aileen, que sempre teve sorte com a comida, sentiu-se com sorte mais uma vez.

***

O jantar desta noite foram pratos feitos com milho – milho cozido no vapor e milho grelhado.

“Está feito.”

Sejun começou a tirar o milho cozido no vapor, um por um, da panela que estava no fogo.

Só então,


[A Administradora da Torre diz que também quer provar milho.]

[A Administradora da Torre diz que ficaria feliz com apenas um.]



[Uma missão foi gerada.]

[Missão: Dê pratos de milho a faminta Administradora da Torre.]

Recompensa: Muito Gratidão

Em Caso de Recusa: Decepção Até a Morte.


“Espera um pouco. Ainda não está pronto.”


[A Administradora da Torre acena com a cabeça, mostrando que pode esperar.]


Enquanto o milho cozido no vapor esfriava, Sejun foi até a fogueira onde o milho grelhado estava sendo preparado.

Os coelhos giravam lentamente o milho num palito, enfiado num pé de milho, sobre o carvão feito com a madeira que ursinho trouxera. O milho estava ficando bem grelhado no calor.

Ao lado dos coelhos, havia uma pilha alta de milho já grelhado, cerca de 30 pedaços.

“Você pode parar de grelhar agora.”

Squeak!

Bleaak!

Bling!

Ao ouvir as palavras de Sejun, os coelhos começaram a tirar um milho cozido no vapor e um milho grelhado de seus lugares.

E então, Sejun pegou cinco pedaços de milho cozido no vapor e cinco pedaços de milho grelhado.

“Aileen, aproveite sua refeição.”


[Você completou a missão.]

[Como recompensa por completar a missão, a Administradora da Torre está muito grata.]


“Tudo bem.”

Sejun deu o milho para Aileen e começou a comer o milho junto com os coelhos.

Os coelhinhos comeram o milho ao lado de Sejun sem Theo por perto.

Bleap!

Bling!

Os coelhinhos tentaram comer o milho, mas ainda era muito grande e difícil para eles comerem.

“Vamos comer assim.”

Drruk.

Sejun pegou o milho que o coelhinho estava comendo, raspou os grãos com uma colher, colocou-os em uma tigela e deu aos coelhinhos.

Nom, Nom

Os coelhinhos começaram a comer os grãos da tigela com as patas dianteiras.

Depois de um tempo,

Bleaa!

Bleam!

Bleat!

Os coelhinhos mostraram suas tigelas vazias e gritaram para Sejun pedindo mais milho. Eles já haviam comido bastante.

“Esperem um pouco.”

Quando Sejun pegou outro milho e virou a cabeça para pegar a tigela,

“Pff! O que aconteceu aqui?”

Ele não conseguiu evitar em gargalhar ao ver os coelhinhos. Os coelhinhos estavam cobertos de grãos de milho.

Cerca de metade dos grãos foram comidos pelos coelhinhos. O resto ficou preso em seus pelos.

Bleea!

Bleam!

Bleat!

Os coelhinhos tinham grãos por todo o corpo e gritavam por mais.

“Deixa eu ajudar vocês.”

Sejun retirou os grãos de milho presos no corpo dos coelhinhos, um por um, e os colocou na boca dos coelhinhos.

Blee!

Blee!

Blee!

Os coelhinhos esticavam suas boquinhas como passarinhos e brigavam entre si para comer.

“Ei! Esperem! Não consigo os alimentar se ficarem se mexendo.”

Sejun segurou severamente um coelhinho e retirou os grãos presos em seu corpo, um por um, e os deu aos coelhinhos.

“Era mais fácil quando Theo estava aqui…”

Pela primeira vez, Sejun sentiu falta de Theo. Ele sentiu saudades do Representante Theo.

Picture of Olá, eu sou Crimson!

Olá, eu sou Crimson!

Comentem e avaliem o capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥