Selecione o tipo de erro abaixo

Capítulo 125: O Carisma de um Fantasma?

Tradutor – KILLANNO

Talvez não devesse ter dito isso. Reclamando de seus túneis. Porque agora, todos os Anões estão olhando para mim com olhos raivosos. Quer dizer, eu não disse que eles eram maus, eu só disse que nós estávamos totalmente perdidos dentro deles. Há uma grande diferença, eu acho. Não tenho um mapa, a única coisa que me guia é um deus que não sabe nada sobre este mundo, exceto o que os Agorianos sabiam. E eles não estavam particularmente interessados em explorar o mundo e suas maravilhas.

(Ei, não diga isso, a razão pela qual eles não estavam viajando foi por causa do ritual dos Djinns. Não pode culpá-los por isso, eles salvaram este mundo. Mostre um pouco mais de respeito.)

Oh, eu os respeito, muito na verdade. Acho a história deles verdadeiramente trágica e eles tomaram as melhores decisões que poderiam ter tomado em todos esses tempos sombrios. Mas, sua falta de exploração ainda é realmente desconcertante. Talvez não enviar uma grande força para explorar o mundo, mas pelo menos um ou dois exploradores. Assim, não estaríamos perdidos por quase quatro dias naquelas minas.

“Os túneis, você falou sobre nossos túneis. O que é que você fez? O que aconteceu com eles?”

Que? Do que ele está falando? Thongril está me perguntando algo, mas realmente não entendo. Eles ainda estão bem, por que ele… Oh, entendo. Eles acham que nós os destruímos para vir aqui. Bem, se ainda fosse meu antigo eu, sim, teria derretido todos aqueles túneis e criado uma passagem para os Anões. O que teria sido uma ideia muito estúpida. Mas, eu não fiz nada, como posso fazer eles confiarem em mim. Sim, eu sei.

Flutuo lentamente para a parede próxima e aceno para os Anões. Eles olham para mim com seus grandes olhos ardentes, ainda loucos. Então, coloquei minha mão na parede e a retrai. Faço isso três vezes, então, flutuo pelo teto e volto. Ordeno que o Número Um repita as mesmas ações, o que significa que não nos importamos com coisas como pedras ou rochas. Depois disso, nós dois voltamos às nossas posições, e eu expliquei ao Anão o que aconteceu.

“Acho que o que você queria perguntar era se abri uma passagem segura para os Homens-Rato que os levaram até aqui? A resposta é não, nós não destruímos nenhum dos seus túneis, nós não destruímos nenhuma das pedras e rochas que estavam selando aqueles túneis, sleek sleek. Viajamos dentro de três ou quatro túneis completamente obstruídos por obstáculos antes de chegar a uma caverna vazia. Lá, já que a caverna estava limpa, pensei que talvez alguém morasse perto. Encontrei você, seus belos explosivos enterrados atrás da parede do túnel, e a fortaleza, sleek sleek. Não querendo ser explodido, eu flutuei através das paredes de pedra e cheguei aqui, perto do comandante Bori. E é isso.”

Posso ver que consegui convencê-lo, mas toda vez que eu digo, sleek sleek, seu rosto reage. Preciso me livrar desse hábito, caso contrário, terei mais dificuldade. Quanto à minha forma, não consigo mudá-la, e um Homem-Rato ainda é pequeno, então. Se eu fosse um gigante mais alto que aqueles guerreiros Djinns, eu teria tentado qualquer coisa para me transformar em algo menor. Mas agora, tudo bem.

“Bom, bom. Se o que você está dizendo é verdade, isso significa que os engenheiros fizeram seus trabalhos e os Homens-Rato terão dificuldade em chegar a esta parte da Cúpula do Ouro. Quanto à sua história. Especialmente a parte com os Djinns, nunca vimos você perto deles. Como você explica isso?”

Bem, você provavelmente me viu, como o Homem-Rato deixando o ritual. Mas não posso explicar isso, e não vou deixar eles fazerem uma conexão entre aquele pequeno Homem-Rato e o Homem-Rato fantasma na frente deles. Primeiro, como eu poderia convencê-los que evoluí? Segundo, se fizer isso, isso significa que eles vão perceber que menti porque já ataquei Ronta antes. E minha história se tornará um monte de mentiras, que é sua verdadeira identidade. Pense, pense, o que fiz depois?

“Estava caçando um pequeno representante do Clã Decar, que estava lidando com os Djinns. Desde que ele estava ajudando os Djinns que atacaram meus irmãos e irmãs, os Reis da Tumba, ele merecia morrer, sleek sleek. No entanto, naquele momento, eu não tinha ideia de que os Homens-Rato estavam em um número tão grande. Só depois de ver isso perto da cidade humana chamada Ronta, percebi a ameaça. Seguindo, cheguei perto do reino humano e de uma cidade, mas senti sua presença mais a oeste da cidade, e continuei seguindo, sleek sleek. Foi durante essa ação que um bando de formas vidas inferiores ousaram atacar e me caçar. Eles não fazem mais parte deste mundo.”

Ok, agora devo ter tudo coberto. Exceto pelo meu nascimento, mas posso dizer o que achar lógico, eles terão que acreditar. Ainda não sei o que eles realmente sabem, tipo, como eles descobriram a minha presença em Atria, a capital do Reino Sagrado da Aria? Eles me viram lutando contra os Homens-Rato perto de Ronta? Tudo o que vejo são Anões furiosos e um totalmente confuso e perplexo. O comandante Bori está realmente no escuro, mas acho que faz sentido. Ele está apenas guardando a fronteira de um campo de batalha em potencial, e acho que os Anões não querem que a batalha chegue tão longe. Caso contrário, eles teriam prendido mais os túneis, em vez de selá-los.

(Só para você saber. Não tenho sinais externos de que eles querem matar você. Os guardas atrás da porta ainda estão prontos para lutar, mas não estão estressados. E o resto da guarnição está apenas olhando para eles estranhamente, imaginando por que eles estão aqui. Sem Homens-Rato à vista também, deixei um espírito naquela caverna anterior. Então continue, continue jorrando mentiras combinadas com verdades, e ficaremos bem.)

Bem, isso é uma boa notícia, pelo menos. Especialmente a falta de Homens-Rato, se apenas um deles aparecer perto desta fortaleza, estou condenado. Eles farão uma conexão apressada entre eles e eu, e todos os meus esforços teriam ido embora. Mas Thongril ainda está pensando, ele pode ser um pouco mais rápido. Claro, eu não mostro nenhuma emoção, mas, mentalmente, estou contando os segundos. E já se passaram quase 26 segundos, é muito tempo para pensar em algo.

Sigh!

Ele só suspirou, o que isso significa? É bom? É ruim? Ele só está olhando para mim, com olhos perturbados. Ele está mentalmente confuso, posso ver. Acredite em mim, acredite em mim, acredite em mim. Ou pelo menos diga alguma coisa.

“Comandante Bori!”

“Sim, general?”

“Quero te perguntar uma coisa. Qual é a sua opinião sobre toda essa bobagem que você acabou de ouvir?”

Isso é ruim, ele realmente não acredita em mim. Mas desde que ele perguntou ao Bori, ainda tenho uma chance. Não fiz nada de errado na presença dele, tenho certeza que ele estará do meu lado. Meu carisma é muito alto.

“Ehhh, eu realmente não sei. Ouvi dizer que os Djinns foram destruídos e que eles eram realmente aliados dos Homens-Rato. Quanto ao resto, a capital do reino sagrado foi verdadeiramente destruída por este morto-vivo?”

“Sim, temo que ele nos tenha dito a verdade sobre isso. Nós o vimos deixar a cidade branca, deixando para trás um rastro de desolação e cadáveres. Depois, vimos ele massacrar todos em Lucia. Mas também o vimos lutar contra os Homens-Rato perto de Ronta, e usar alguns feitiços terríveis. Feitiços, isso poderia nos ajudar muito na guerra que está chegando. Mas esses feitiços são tão mortais para nós quanto para os Homens-Rato. E sabemos que ele tem a capacidade de criar um enorme exército de mortos-vivos em pouco tempo. Então, quais são seus pensamentos agora?”

Posso ver Bori ficando cada vez mais surpreso. Droga, ele não sabia sobre o meu massacre de milhares de humanos. Isso provavelmente será uma coisa ruim, mesmo que eu me justifique. Oslo, eles têm algo capaz de me ligar a um juramento? Como a coisa com os Nove Céus?

(Eu não tenho ideia, mas para os Anões, um juramento é naturalmente seguido, mesmo sem uma ameaça. Mas isso é entre eles, para os estranhos e estrangeiros, eles têm uma total falta de confiança em suas palavras. Essa é a informação geral, talvez esses Anões sejam facilmente convencidos.)

“General Thongril, acho que não temos escolha. Um século atrás, eu era apenas um jovem guerreiro, quando ouvi que todas as raças lutavam contra os Homens-Rato. Por que essa situação não está acontecendo de novo? Naquela época, mesmo os Orcs pararam seus ataques, a Rainha Aranha pessoalmente caçou alguns Homens-Rato e os vampiros procuravam por qualquer membro dessa raça traiçoeira. E, mesmo que ele tenha feito algo terrível aos nossos aliados, os humanos, ele é potencialmente mais forte do que eles. Não podemos recusar tal ajuda nesses tempos sombrios. E ele é um morto-vivo estranho, não acho que ele vai nos atacar sem uma boa razão.”

Picture of Olá, eu sou o KILLANNO!

Olá, eu sou o KILLANNO!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥