Capítulo 02 – Nesta Vida Eu Serei a Matriarca

Nesta Vida Eu Serei A Matriarca

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Nesta Vida Eu Serei a Matriarca – Cap. 02


“Gallahan foi para o escritório depois de receber um chamado do Senhor, mocinha.”

Quando voltei para a biblioteca, a cadeira onde meu pai estava sentado já estava bem organizada, e o bibliotecário me disse.

Broschel, um velho bibliotecário que já está cansado de cabelos grisalhos.

Comecei a trabalhar na biblioteca depois que Broschel pediu demissão por motivo de estar doença.

Ele era originalmente foi um professor famoso na academia, mas disse que veio para a Lombardia depois de deixar a denominação.

  • Lombardia é o nome dado ao território pertencente a família Lombardi

“O avô bibliotecário.”

Originalmente, na minha idade seria uma forma engraçada de falar com Broschel, que já foi professor, mas o que , que tem?

Eu sou uma criança agora.

“Por favor, me empreste apenas uma cópia de um livro.”

“Qual livro você quer?”

Quando eu disse o título do livro, o olhar cansado de Broschel ficou confuso.

“Gallahan está pedindo para você fazer isso?”

“não. Vou ler ele.”

Eu entendo que Broschel está surpreso.

No entanto, ela esperou com confiança, sem evitar seus olhos fixos.

Este era o livro que eu mais queria ler antes de ser atropelada por uma carroça.

Mas era tão precioso e caro que não consegui ler no final.

Depois de um tempo, saí da biblioteca com um livro bem pesado em meus braços.

“Tenho que chegar perto do escritório e esperar enquanto leio o livro.”

Eu perguntei há um momento que hoje é o terceiro dia da semana.

No terceiro dia, era um hábito antigo de meu avô ter uma reunião simples com seus três filhos e uma filha.

Mas os tempos eram diferentes a cada vez, então meu pai e irmãos tinham que ficar na mansão o dia todo e esperar o chamado do vovô.

No entanto, ninguém ficou insatisfeito com isso.

Porque nesta família, o poder do avô era absoluto.

Ao andar sozinha com as lembranças no prédio principal que foi destruído e eu consegui chegar ao corredor em frente ao escritório.

Quando ajudei meu avô a trabalhar, era um lugar que visitava com a mesma frequência que meu quarto.

Do ponto de vista de uma criança, parecia um pouco diferente.

Tive vontade de olhar um pouco mais para dentro do prédio principal, mas tive que me encostar na janela e descansar.

A distância da biblioteca até este lugar era muito grande para minhas perninhas agora.

Além disso, era óbvio que o meu corpo de criança estava fraco em resistência e rapidamente se sentia cansado.

Foi quando estava pensando que talvez tivesse que tirar uma soneca depois de um tempo.

“Ei, mestiça.”

Eu ouvi a voz de um garotinho atrevido me chamando.


Melissa: agora vcs iram conhecer a parte burra da família

Tradução: Melissa

Revisão: Ursinho

Raw: Hacker

Obrigada pela leitura. ^-^

Junte-se a mim e outras pessoas que acompanham as obras da scan no discord: https://discord.gg/VADVVqbvec

Parceiro:

Alone Scanlator

Alone Scanlator

Rolar para o topo