Capítulo 04 – Nesta Vida eu Serei a Matriarca

Nesta Vida Eu Serei A Matriarca

Não carregou? Ative seu JavaScript
Atualizar

Nesta Vida eu Serei a Matriarca – Cap. 04


“Ela chutou e o derrubou, e depois disso, bateu com o livro…”

Estou ficando furiosa e maluca.

Mentir torcendo os fatos de maneira tão complicada.

Também foi surpreendente que Astalieu tivesse um cérebro capaz de fazer isso.

Eu queria gritar que tudo era mentira na hora, mas me contive.

Em vez disso, apenas olhei para meu avô com o significado de ‘Tenho algo a dizer!’

Meu avô olhou para mim uma vez e perguntou a Astalieu novamente.

“Quer dizer que Florentia começou a bater em Belesac e em você sem motivo?”

“Bem, isso…” Infelizmente, Astalieu não é tão adepto de inventar mentiras rapidamente. *

Entre as veias dos Lombardi, à cabeças ocas com corpos saudáveis que não apreciam a mente como uma joia poderosa.

“Florentia nos odeia desde o início…”

Sentindo uma sensação de crise, Belesac falou em voz alta, em vez do hesitante Astalieu.

Eu levantei o canto da minha boca silenciosamente.

“Não interrompa a conversa de outra pessoa, Belesac.”

Porque é o que o vovô mais odeia.

É por isso que tenho me segurado sem gritar o que foi injusto.

“Onde você aprendeu estes modos?”

Os olhos de Belesac, que haviam parado em uma repreensão triste, se encheram de lágrimas novamente.

Mas ele não consegue nem choramingar sobre o quanto está assustado.

“Continue falando, Astalieu.”

É Astalieu quem está ficando mais nervoso agora.

O cara, que não conseguia inventar a desculpa certa antes, começou a chorar depois de enterrar o rosto nas roupas de seu pai, Lorels.

Lá vamos nós.

Essa é a reação das crianças normais diante do avô.

O tremendo carisma de Rulak Lombardi às vezes faz tremer até adultos normais.

Eles são os filhos dos Lombardi, que cresceram ao lado do avô desde a infância, então eles sempre dizem isso.

A maioria das pessoas nem mesmo ousava fazer contato visual.

“Florentia.”

Quando meu avô me chamou, senti a força na mão de meu pai segurando meu ombro.

“Então me diga você.”

Mas enquanto fazia a pergunta, meu avô não parecia ter expectativas muito altas.

Foi natural.

A eu original, Florentia, era uma criança excepcionalmente tímida e medrosa.

Isso é o que herdei do meu pai, e piorou porque era assediada por primos que batiam em mim.

Mas eu disse, olhando diretamente nos olhos do meu avô.

“Eu não fiz nada de errado.”

“Mesmo que eu tenha meu filho nesta forma agora…”

“Vieze!”

Eventualmente, uma grande raiva irrompeu de meu avô.

O ímpeto de Vieze, que parecia querer me consumir em breve, morreu e meus ombros encolheram.

Há pouco tempo, vendo que seu filho foi repreendido por fazer a mesma coisa, ele não conseguiu se controlar e interviu.

Tal pai tal filho.

“Continue falando.”

Vovô disse grossamente para mim.

Mas eu pude ver que havia algo mais naqueles olhos que pareciam frios à primeira vista.

“Eu estava aqui esperando meu pai. De repente, Belesac e Astalieu vieram e zombaram de mim chamando-me de mestiça, e ele me bateu porque eu disse a ele para não fazer isso.”

“Você me acertou!”

“Quem bateu em você?”

“Belesac.”

Não esqueci de levantar meu dedo indicador e apontar para Belesac.

“E ele me chamou de plebeia e me disse para ir para a aldeia comum.”

Mesmo que eu não visse qual era a expressão do meu pai que me ouvia agora, eu sabia.

Era porque a mão no meu ombro tremia de raiva.

Poderia ter sido um pouco complicado, mas agora era definitivamente a hora de dizer como eu estava sendo tratada.

Pai, desculpe. Por favor, seja paciente.

“Então você bateu em Belesac?”

“Não foi por isso.”

“Então por que você fez isso?”

Eu respirei fundo e repeti.

“Isso porque Belesac me disse: ‘Você não é uma Lombardi.’

Os olhos castanhos de meu avô e os meus se encararam diretamente.

Eles eram olhos castanhos de aparência simples, mas eu sabia que eles eram tão intensos que nem um assassino ousaria encará-los.

“Isso é meio certo.”

Minha mãe não foi permitida ter o nome Lombardi até o final, então estava definitivamente meio certo isso.

Eu não tinha intenção de negar.

“Mas mesmo com a metade, definitivamente sou uma Lombardi. Uma Lombardi, reconhecida pelo meu avô.”

No passado, eu pensava que era imperfeita porque minha mãe era uma plebeia.

Então, eu sempre fui ignorada como uma mestiça, e eu considerava meus primos seres completos como eu nunca seria.

É por isso que eu aceitei que era digna, embora fosse tratada como uma funcionária, não um membro da família Lombardi.

No entanto, praticamente comandando a família, percebi isso dolorosamente.

Que sou cem vezes mais digna do nome Lombardi do que aqueles que se autodenominam Lombardi e encolhem os ombros.

O fato é que eu não sou menos do que qualquer outro Lombardi.

“Belesac negou que eu fosse uma Lombardi. E eu não aguento mais.”

“Então não foi porque zombaram de você, mas porque disseram que você não era uma Lombardi?”

“Sim.”

Eu balancei a cabeça e respondi, então deliberadamente acrescentei uma palavra.

“Vô.”

Significava ‘eu também sou sua neta.’

Queria dizer que mereço chamá-lo de avô tanto quanto Belesac.

E naquele momento eu vi.

A leve risada passa pelo rosto de meu avô, que havia endurecido como se estivesse com raiva.

“Seus joelhos doem?”

No final das palavras do meu avô, olhei para os meus joelhos.

O sangue estava saindo onde bati contra o chão.

“Claro que doem.”

“Mas você não vai chorar. Aquele que chorou assim…”

Eu perdi.

Você acha estranho que eu, que era uma menina chorona até ontem, tenha mudado repentinamente?

Um pouco envergonhada, respondi rapidamente.

“Vou chorar. Vou para o quarto chorar depois que tudo for resolvido.”

Acima da minha cabeça, ouvi um pequeno sorriso de meu pai.

Ao mesmo tempo, a atmosfera tensa foi suavemente aliviada.

Graças a Deus.

Eu secretamente engoli um suspiro de alívio.

A primeira coisa que preciso fazer para me tornar uma sucessora é receber a confiança de meu avô.

O patriarca Lombardi é meu avô.

Desde as grandes e pequenas coisas da família aos sucessores, tudo passa pelas mãos do meu avô.

Em uma palavra, significava aceitação quando eu recebi a graça do avô.

Embora as outras pessoas da família, como Vieze, possam não estar satisfeitas comigo, elas podem fazer muito pouco, desde que eu seja favorecida por meu avô.

Nesta família, estar fora dos olhos do avô significa morte social.

Lutar com Belesac foi um acidente que aconteceu inesperadamente, mas foi uma oportunidade.

Eu estava me perguntando como chamar a atenção do meu avô, mas parece que a oportunidade caiu no meu colo.

“Bem, pai. Acho que precisamos curar as feridas de Tia.”

Meu pai, que havia notado, falou cuidadosamente com meu avô.

“Nós vamos. Sim, deveria ir. Pegue-a.”

Eu tenho minha permissão, então tenho que fugir.

Foi quando eu estava tentando segurar a mão do meu pai.

“Um momento.”

Vovô me chamou.

Oh, por que novamente.

“Florentia. Esse livro é seu?”

Foi meu avô quem pegou um livro que havia caído no chão, me deu e perguntou.

O livro grosso intitulado〈Povo do Sul〉não era um livro de contos de fadas lido por crianças, mesmo à primeira vista.

Isso significa que é muito caro e valioso.

Eu estava momentaneamente corada.

Foi porque eu havia me esquecido completamente do livro e porque sabia o que meu avô pensava das pessoas que usavam livros.

Resolvi falar.

Meu avô viu como eu venci Belesac com este livro, então não havia saída.

“Sim. Esse é o meu livro…”

Eu respondi, segurando o livro com as duas mãos.

“Eu sinto Muito.”

“Hmm” Vovô olhou para mim como se estivesse pensando.

‘O que. Você não está com raiva?’

“Pelo que você se desculpa?”

“Senhor, é porque… eu não usei o livro de forma correta. Porque os livros têm o objetivo de transmitir conhecimento, não para bater ou machucar pessoas.”

“Você disse que não fez nada de errado há pouco?”

Você tem boa memória.

Eu falei fingindo não saber.

“Eu acho que é uma boa admitir rapidamente quando você percebe que errou.”

“Haha…”

O avô, que riu por um momento, disse ao meu pai.

“Vá e leve Florentia ao médico.”

Há um médico residente em Lombardia.

Com o apoio da família, era um pequeno hospital que curava pessoas enquanto ensinava e fazia pesquisas.

“Sim, Pai.”

Meu pai olhou para meus joelhos sangrando e me abraçou.

Como eu tinha apenas sete anos, era natural que meu pai abraçasse a filha, mas eu sou uma mulher adulta com a mente sã.

Era estranho ser abraçada por alguém assim.

E por meu pai, que morreu há muito tempo e nunca mais o vi.

“Mas pai! Você vai deixar isso como está? Florentia bagunçou Belesac assim!”

Vieze, que estava com raiva, gritou de repente.

“Florentia terá que assumir a responsabilidade por isso!”

Oh, essa raiva que queima.

Eu aguentei querer colocar meu rosto no ombro do meu pai.

Não ser capaz de entender o clima é o mesmo no futuro ou agora.

“Você está questionando a minha decisão agora?”

A voz do vovô tornou-se sangrenta novamente.

“Não, não é…”

“Vieze.”

“…Sim, Pai.”

“Você sabe que está se envergonhado.”

Vovô, que deixou apenas aquelas palavras, voltou para seu escritório.

Vieze se ressentiu com tudo aquilo, mas não havia nada que ele pudesse fazer.

“Nós iremos então.”

Meu pai cumprimentou as pessoas enquanto me segurava.

Pensei que iríamos embora imediatamente, mas ele parou por um momento ao passar pela chuva e disse.

“Irmão. Você não está muito animado com as brigas entre as crianças?”

“Foo-hoo!” Eu tive que fechar minha boca apressadamente com uma mão.

Nesse ínterim, sempre que Belesac me incomodou, eu retorno as palavras que meu tio mais velho disse.

“Você, você …!”

Vieze estava com raiva e não sabia o que fazer, mas meu pai apenas deu um passo com uma arma com um rosto casual.

Abracei o pescoço de meu pai e olhei para trás, procurando Belesac com meus olhos.

Quando ele fez contato visual comigo, ele balançou seu ombro.

Eu subtraí o sorriso mal-humorado do rosto e disse somente mexendo os lábios.

“Até logo.”

O cara que estava quieto de repente disse ‘ahhh!’

Comecei a chorar, mas aproveitei esse momento esfregando meu rosto nos braços de meu pai, que eu sentia falta sem me preocupar com isso.

Oh, cheira bem.


Melissa: resumindo Astalieu é uma anta…olha que tô ofendendo as antas

Tradução: Melissa

Revisão: CeleFlor

Raw: Hacker

Obrigada pela leitura. ^-^

Junte-se a mim e outras pessoas que acompanham as obras da scan no discord: https://discord.gg/VADVVqbvec

Parceiro:

Alone Scanlator

Alone Scanlator

Rolar para o topo