Selecione o tipo de erro abaixo

Jack ficou intrigado com a resposta, mas antes que pudesse fazer mais perguntas, Maya apareceu e interrompeu a conversa com sua personalidade caótica e a sensação de superioridade. Ela disse:

— Acabou a excursãozinha, seus idiotas? É bom vocês irem, porque o professor está esperando a gente lá na quadra. — Ela estava com as mãos em sua cintura e seu cabelo balançou com o movimento.

Com isso, ela liderou o caminho em direção à quadra, deixando Jack e Ren um pouco atordoados com sua atitude. Quando chegaram lá, encontraram Leonid esperando por eles. Ele parecia animado e sorriu ao vê-los.

Leonid, com seu entusiasmo característico, cumprimentou os alunos na quadra.

— Então, Rapaziada! Tão prontos para a aula de hoje? — ele perguntou animado.

O professor logo começou a explicar a importância da aula para o novo aluno, Jack:

— Essa aula é crucial, especialmente para você, Jack. Aqui, vamos falar sobre o Foco e como nós, bruxos, o utilizamos para controlar a Alma. Agora, preste muita atenção, porque isso é fundamental.
Em seguida, Leonid continuou:

— A Alma é basicamente a essência da vida, moleque. Ela está entrelaçada com nossas emoções, nossas experiências, nossa mente. É a força vital que flui em cada um de nós, mantendo-nos vivos. Imagine-a como a centelha que acende a chama da vida. Sem essa chama, estaríamos condenados, como uma vela apagada. Em outras palavras, sem Alma você morre, — e continua logo em seguida — Essa energia está presente em todos os seres vivos: desde o mais simples organismo até o mais complexo corpo.

Leonid continuou a explicação sobre a Alma, percebendo que Jack estava praticamente dormindo em pé, devido à quantidade de informações.

— Que chatice — disse Jack murmurando baixinho de forma sonolenta.
Ele decidiu mudar sua tática para tornar a aula mais envolvente:

— Eu entendo, que tudo isso pode parecer um saco. Mas acredite em mim, é crucial para entender como o Foco funciona. Agora, para tornar as coisas mais interessantes, vou compartilhar uma história que vai te prender. — Leonid sentou no chão e com um gesto os alunos fizeram o mesmo.
Os olhos de Jack se iluminaram com curiosidade.

— Há mil anos, muito antes de qualquer um de nós ter nascido, uma guerra estourou entre bruxos. Foi uma guerra que devastou um terço do planeta. Amigos se tornaram inimigos mortais, e o uso descontrolado do Foco causou um estrago inimaginável.

Leonid continuou, narrando a história de forma cativante:

— Durante décadas de conflito sangrento, muitas vidas foram perdidas. A magia, que deveria ser uma força para proteger e melhorar a vida, foi usada para destruição. O mundo dos não-bruxos começou a temer aqueles que possuíam esses poderes, e o medo muitas vezes se transforma em desprezo.

Jack ouvia atentamente, totalmente acordado agora e Leonid continuou, enfatizando a importância de utilizar a magia de forma responsável e destacando que a história do conflito não tornava os bruxos heróis infalíveis. Ele disse:

— É por isso que estamos aqui em Brystal, o reino com a maior incidência de demônios no mundo. A influência deles é sentida em todos os lugares, e eles representam a escuridão que se opõe à luz. Nossa missão, como bruxos, é aprender a controlar nossa Alma e usar esse domínio para proteger nosso mundo contra as forças sombrias que tentam nos envolver.

´´Nossa, falando assim eu me sinto até um gênio“ — pensou consigo mesmo.

Leonid ainda esclareceu:

— O Foco é essencialmente a capacidade de concentrar sua Alma através de suas emoções e canalizá-la por todo o corpo. No entanto, há uma parte importante que é o centro de toda essa ação: o chamamos de “Núcleo de Emoções.” Ele está localizado em uma região específica do cérebro, onde armazenamos informações ligadas às emoções, experiências e sentimentos. Essa é a parte mais vital, pois é de onde você canaliza e distribui a sua Alma para realizar feitiços.

Ele continuou:

— Agora, o Foco permite que você direcione essa energia por todos os poros do seu corpo. Como bruxo, você tem a capacidade de distribuir a Alma de diferentes maneiras. Alguns a concentram em áreas específicas para aumentar suas capacidades físicas, outros a utilizam para curar e, o mais comum, a empregam para realizar feitiços. A chave está na distribuição proporcional. É o que torna o uso da magia eficiente e poderoso. Por fim, bruxos e não-bruxos se diferem devido ao refinamento de Alma que conseguimos fazer através do foco.

(NOTA: Não-Bruxos liberam muita Alma para o ambiente, assim não sendo capaz de refiná-la.)
Após explicar sobre o Foco, Leonid prosseguiu com a demonstração prática:

— Agora, Jack, para tornar isso mais prático, quero que você tente. Canalize sua Alma através do Núcleo de Emoções e direcione-a pelo corpo. Tente me atacar e mostrar o que aprendeu — ele disse enquanto alongava seu corpo.

Jack fez uma tentativa, desferindo socos e chutes em direção a Leonid, mas todos os seus ataques físicos erraram o alvo. O rosto de Jack estava contorcido pela frustração, enquanto Leonid observava com um sorriso zombeteiro.

Leonid, mantendo a descontração e a astúcia, disse:

— Muito bom! Só faltou me acertar! Você está quase lá, garoto. Vamos continuar, — enfatizou, enquanto brincava com o jovem — você já sabe usar o foco, só precisa melhorar esse controle. Vamos, cheira a florzinha e sopra a velinha!

Jack tentou novamente, concentrando-se ainda mais. Ele avançou na direção de Leonid, lançando uma série de ataques, mas novamente seus golpes não acertaram o professor.

Leonid provocou com um tom de brincadeira:

— Ah, por pouco! Você quase conseguiu me derrotar, mas não foi dessa vez.

A cada vez que Jack errava um golpe, Leonid o dizia para respirar e concentrar sua alma.

Jack continuou seus ataques, cada vez mais determinado. Ele respirou fundo e concentrou toda a sua energia, finalmente lançando um soco certeiro imbuído de sombras que Leonid bloqueou com a mão.

O professor, exibindo seu orgulho de uma maneira peculiar, exclamou:

— Isso aí, garoto! Esse é o caminho! Mas olha, meu nariz agradece que você não acertou em cheio — dizia enquanto batia palmas.

Com um leve sorriso, Leonid continuou:

— Agora, Ren, mostre a ele como é feito!

Ele se afastou de Jack e deu espaço para Ren demonstrar sua habilidade.

Ren avançou, ativando uma aura poderosa que aumentou suas capacidades físicas. Jack observou fascinado, percebendo que a katana que ele empunhava em suas costas emanava uma energia diferente das armas de Solárium que ele tinha visto anteriormente.

Entretanto, Kyotaro surpreendeu Jack, desaparecendo subitamente de sua vista. Confuso, Jack se perguntou: “Para onde ele foi?” Antes que pudesse reagir, o bruxo reapareceu silenciosamente por trás dele, nocauteando-o rapidamente. Leonid aplaudiu o desempenho de seu aluno.

— Muito bem, Kyotaro! Você mostrou a ele como é feito. E moleque, não se preocupa, Isso leva tempo. Haha, Tu tem futuro e olha só, só com mais um pouco de dedicação, isso vai se tornar tão natural quanto respirar — o professor disse com uma mistura de orgulho e brincadeira.

Após as demonstrações, Leonid sorri e se vira para o grupo.

— Estão dispensados por hoje. E quanto à comida… o que vocês têm em mente? — Ele olha para Maya em busca de sugestões.

Maya pensa por um momento e depois diz com entusiasmo:

— Que tal comermos um prato exótico? Um caldo de… caracóis?

Leonid fez uma careta exagerada e riu.

— Caldo de caracóis? A última vez que comi isso, passei três dias no banheiro! — ele limpou seus olhos de tanta risada.

Todos riram enquanto deixavam a quadra. Jack, perdido em pensamentos, reflete sobre seu irmão Erik e como ele se sairia naquela escola. Ele se perguntou se está no lugar certo, se conseguirá acompanhar os outros alunos. Mas sua determinação e a lembrança de seu irmão o motivaram.

´´Será que estou no lugar certo? Será que o poder aqui é muito diferente do meu?“ — Ele sorriu para si mesmo — Sim, este é o caminho. Logo estaremos juntos.

Leonid deu um passo para trás e perguntou com um sorriso:

— Você vai ficar aí mesmo? — ele perguntou com humor.
Jack rapidamente se levantou.

— Não, espera! Eu tô indo! — E seguiu o grupo com um novo senso de determinação e entusiasmo.

Olá, eu sou o LFzin!

Olá, eu sou o LFzin!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥