Selecione o tipo de erro abaixo

Em plena nuvem de poeira levantada pela explosão de Emílio, o mesmo atirava desesperadamente, eram feixes de luz que surgiam ao seu redor e acertavam qualquer vulto e sombra que via no horizonte.

Eles soltavam barulhos de dano ao acertar um espírito, algo semelhante a tiros em vidraças, tal qual estrutura estilhaçada.

Bastante eufórico, ele para e descansa, ficando de joelhos no chão, enquanto lentamente viu a poeira abaixar, revelando o real cenário de batalha.

Ele arregalou os olhos, incrédulo no que aconteceu, ao ver o corpo de seus dois companheiros de grupo se desfazendo aos pés de Ivan, que o olhava com cara de desprezo e nojo.

– Maldito! O que você fez com eles? – gritou Emílio, enquanto cerrava seu punho e batia no chão, demonstrando raiva.

– Ora, eu não fiz nada, foi você que fez, você destruiu seus amigos, agora vão demorar não sei quantas luas para chegar aqui, legal né? Hahahaha – respondeu Ivan, enquanto o provocava.

– Aaaah seu miserável! – com toda sua força ele se imbuiu de energia e avançou contra Ivan, como um míssil, mas ligeiramente, foi impedido com um soco no meio de sua cara, o jogando para longe.

No chão, Emílio agarra a areia com suas mãos, e novamente se levanta, formando uma nova espada formada apenas de luz, oriunda de sua mão esquerda, enquanto a empunhava com a direita.

Rapidamente Ivan nota o colar com uma gema vermelha no pescoço de seu oponente, que brilhava intensamente em relação a sua ira, forte era seu brilho, que parecia deixar sua energia mais intensa.

– Ou ou ou, amiguinho, calma aí, agora você está apelando um pouco – reagiu Ivan, enquanto estendia suas mãos simbolizando calma.

Mas Emílio não queria saber, ele avançou ferozmente, com olhar raivoso enquanto gritava bravamente, mas Ivan transformou parte de seu espírito em uma espada de lâmina negra de ferrugem, com a bainha sem proteção, um típico facão para cortar coco, onde ele travou os avanços com um clash, um encontro entre as duas espadas que desencadeou uma enorme disputa de força e poder.

Era tanta energia, que nenhuma das armas chegava a se tocar. Desse confronto ocorreu uma enorme explosão, varrendo todo o campo, jogando toda a areia para centenas de metros de distância, restando somente areia rochosa, firmemente estabelecida.

Mais cedo, após Ivan ser levado junto para debaixo da terra, ele esticou sua mão em direção aos pés de Daniele, mas não tendo êxito, decide testar se o Trem do Amor funcionava. Para sua alegria, o Trem gerou um brilho no subterrâneo, que acabou resgatando a valquíria inconsciente, escapando da força arenosa do deserto, vinda de alguém do grupo de Emílio.

Logo após o ocorrido, Renshike, suspenso entre dimensões, atravessava espessas camadas de areia à procura do autor dessa manipulação, quando notou um espaço oco, que em seu centro havia uma jovem de cabelos negros e roupas claras e leves, com brincos dourados em forma escaravelho.

Do outro lado da fenda que Emílio abriu, Beatrice enfrentava o seu inimigo, o homem rinoceronte com vestes grossas, com um sinal de escotilha na base de seu chifre, ele atende pelo nome de Ramon.

Durante seus avanços, Ramon utilizava seu chifre revestido de energia para perfurá-la, mas nada adiantava, Beatrice mantinha constância em seus desvios, sempre prevendo onde iria focar e até mesmo os bloqueia com as mãos nuas.

— Você é mais durona do que eu pensava, mas não conseguirá manter isso por muito tempo, não é mesmo? — disse o homem rinoceronte, enquanto abria seu chifre em dois e revelava um canhão de energia dentro dele, onde efetuou diversos disparos de coloração esverdeada.

Beatrice imediatamente recuou às pressas, desviou dos projéteis e bloqueou parte deles, mas três deles atingiram seu abdômen, a desconcentrando e sendo atingida por mais três, um no pescoço e dois nas mãos.

Aproveitando a baixa guarda, a fera avança frontalmente, a única reação da garota foi abrir seus braços calmamente e sussurrar “Dragostea Din Tei” quando os olhos de seu rosto começaram a brilhar e várias partículas metálicas saíram de sua pele, onde em contato quase imediato reduziram o dano pela metade, agindo como uma extensão de seu corpo, que adentrou Ramon e o contaminou, o deixando mais fraco.

Ramon socava o rosto de Beatrice ferozmente sem a abalar, o máximo de sua brutalidade já não funcionava. A cada pancada, ela bloqueava tranquilamente. Ele desesperadamente utilizava tudo de si para tentar a ferir, mas de nada funcionava, ele sentia seu corpo mais lento e com menor potência, Beatrice já não se preocupava mais, calmamente ela deixava-se ser atingida, mas apenas o frustrava.

 Desferindo um chute em seu estômago, ela o jogou a vários metros, e ele, caído no chão, começou a gaguejar e tentou ativar sua habilidade espiritual, mas antes de proferir qualquer som, Beatrice partiu seu pescoço com um chute, que fez Ramon desmanchar-se no ar.

Jogando-se de joelhos ao chão, ela levantou seus punhos enquanto expressava um grande sorriso, levantando seu rosto para o céu.

Felipe mantinha-se bravamente na luta, um pouco antes do desfecho da de Beatrice, seu inimigo era um homem ruivo, que soltava chamas e era capaz de esquentar até mesmo o ar, como uma onda de calor massiva, que fazia Felipe se esconder atrás de uma bancada de ferro, mas não se encostando, pois o ferro é um excelente condutor térmico. Esse algoz chamava-se Francis, e sua habilidade chama-se Fire Starter que o permite concentrar calor em área, como ele fez ao deixar toda a atmosfera arder, fazendo na verdade, com que ele esteja “abanando” o calor para o seu inimigo.

— Esse cara parece que não para nunca, e parece até que a Bia ainda não acabou a luta dela, e agora? Não faço a mínima ideia de onde os outros estão, então… Pensa… Ele vive gritando essa palavra estranha, Fire Starter… O que é isso? 

Ele brevemente se isola em seu domo de ferro e percebe que sua habilidade natural de invocação de ferro havia uma estrela verde em seu canto, através da habilidade – Enciclopédia V –, podia ver que se tratava de uma extensão de seu poder, uma versão mais avançada dela existia em seu arsenal de técnicas, onde pela primeira vez notou escondida, uma aba com uma estrela dourada, onde estava escrito – Especialidades.

Nela estava escrito Iron Man. Sua descrição estava completamente em branco, com exceção de uma frase: I am Iron Man….

Ele estranhou a falta de descrição, mas resolveu tentar, apertando nela não houve reação alguma.

Para ativar uma habilidade do próprio espírito, é necessário ter plena consciência de que ela representa a sua alma, a sua mais pura essência, para isso, Felipe terá que fazer isso através dele mesmo, não pelo sistema.

Mantendo a calma, ele transfere sua energia pelo solo, surgindo uma pilastra de ferro de cima para baixo, recuando Francis, o fazendo perder o controle da pressão quente.

De baixo do chão, haviam pequenos pedaços de metais, que conectados entre si, ligavam a bancada pelo subterrâneo.

Esses pequenos pedaços se esticavam para a superfície, mas não eram simples pedaços, eram uma forma para que Felipe pudesse criar uma ligação válida para enviar uma corrente elétrica, que ao tocar em uma ponta do metal líquido, transferiu uma enorme carga elétrica que o atingiu de baixo para cima.

Era como um enxame de abelhas ofendidas, que perseguem incessantemente o seu alvo.

– Ha, isso que eu chamo de diabrete azul, uma carga que é capaz de fazer a energia percorrer qualquer alvo definido.

Francis rolava no chão, para o lado e para o outro, pulava, era incapaz de vencer a corrente que cancelava seu fluxo espiritual.

– Haaa, mas que merda é essa, porque nada funciona? – gritou Francis

Felipe raciona novamente sobre o Iron Man — O que é isso? Onde eu arranjei isso?  O que significa Iron Man?

Ao pronunciar seu nome, sua pele se tremia e arrepiava, logo ele se tocou, aproveitou o embalo e partiu para cima de Francis, o finalizar de vez, enquanto sua pele desmontava-se e o tornava extremamente pesado, dobrando seu peso e tornando sua energia mais densa e concentrada.

Ele havia virado um Juggernaut, uma monstruosidade em forma de colosso metálico, um meca encarnado.

Uma armadura sem olhos e com um par de chifres, que agiam como antenas detectoras de variações energéticas.

Coloração escura, ele parecia até mesmo não estar dentro de si, agindo como um Berserk, grunhindo e avançando contra Francis, que de surpresa explodiu a área a queima roupa, mas nada adiantava e o enorme braço metálico o atravessou, levantando seu corpo no ar e o derrotando.

Após o corpo de Francis evaporar, Felipe ficou Imóvel e começou a fazer barulhos como um grande corpo estivesse travado, barulhos de juntas mecânicas funcionando e outros aparelhos mais.

Seu principal objetivo havia sido concluído, todos os pedaços do corpo desmoronaram em poeira e foram carregadas pelo vento, Felipe também foi derrotado, essa é a condição da primeira fase do Iron Man, O Juggernaut.

Beatrice viu o desfecho da luta e ficou bem preocupada, mas Ramon não dava folga.

Voltando para Renshike, no momento exato onde ele encontrou a mulher de brincos de escaravelhos, a partir do momento que ele pisa no chão, automaticamente a areia virou espinhos que penetravam os pés do companheiro, o tirando a estabilidade dos pés.

Caindo no chão, rapidamente invoca o trem do amor, e, em um flash, sumiu do local. A colega misteriosa de Emílio olhou para trás com olhar fechado, aparentando não se importar com a sua presença.

Naquele local havia um enorme casulo, lá dentro estava os membros do grupo que estavam inconscientes.

Renshike estava de volta para a pousada, onde Daniele havia acabado de acordar, ela estava quieta, mas o alienígena logo a comprimentou:

— Olha, acordou a bela adormecida — enquanto põe sua mão em cima de sua cabeça.

Ela levanta seu rosto devagar e expressa um sorriso, como se dissesse “É bom ver você”.

Renshike estendeu sua mão e a levantou, abre uma fenda para Daniele, onde ela pergunta – Não vem também? 

Ele sorri e diz — Tenho uma coisinha para fazer aqui ainda, não se preocupe, já colo lá – respondeu Renshike.

Se tratava de uma visita à sede do governo geral do purgatório, uma das sedes do Vaticano, Renshike sobia suas escadas com pressa, eram mais de 200 degraus, onde havia um templo no final delas.

Rapidamente ele foi recebido por um clérigo, onde como se estivesse em uma lotérica, ele colocou nove chaves de ouro e cinco de prata na mesa.

– Quero que troque essas cinco chaves e uma de ouro, por favor, vossa santidade – pediu Renshike, enquanto mantinha sua voz calma e baixa.

O Clérigo, nada mais era do que São João Batista, o santo protetor dos doentes.

Um homem com rosto bem simpático, barba bem feita e cabelos encaracolados, era ele que estava para o atender naquele momento, trajando vestes finas, leves e bem elegantes.

– Meu irmão, claro que poderei atender ao seu pedido, afinal, eu as li e vi que você as conquistou de maneira justa, logo, nada mais digno. Mas, o que pretende fazer com 10 chaves de ouro? É muita coisa que dá para fazer.

– Obrigado, muito obrigado, bem. Começando, gostaria de gastar 4 chaves para remover uma condição, a número 2, sem mais restrição pela altitude, por favor – respondeu Renshike.

– Muito bem, vi que você se movimenta muito, nada mais justo – Brilhos formados do ar surgem e entram em Renshike, a condição número 2 do trem do amor, foi quebrada.

– Meu segundo pedido, senhor, é que eu gostaria de uma nova restrição… –

A conversa com o santo foi bem frutífera.

Voltando para a linha temporal atual, após o clash, Ivan e Emílio começam a se encarar, calmamente um olhando no fundo da alma do outro, suas armas em suas mãos, era fortemente seguradas, o cavaleiro dourado brande sua espada e desfere um ataque rasante que cria um novo corte no chão, com uma luz muito intensa e potente, Ivan desvia com um salto duplo, após usar sua própria força para agarrar-se ao ar e pular novamente.

– Fiu, essa foi por pouco em… Mas espera aí… – disse Ivan, enquanto repara ligeiramente uma marca vermelha de fumaça negra saindo da testa de Emílio e se expandindo para seus olhos, como veias carmesins.

Picture of Olá, eu sou o Igor Novachrono!

Olá, eu sou o Igor Novachrono!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥