Selecione o tipo de erro abaixo

Tradutor: Daruh

Revisor: Blue

Alex sentiu um impacto.

Parecia ter sido atingido por um carro em alta velocidade.

Ele não conseguia nem mesmo reconhecer todos os sons que reverberam pelo seu corpo.

Ouviu e sentiu muitas fraturas, logo seguidas pelo som de carne sendo rasgada.

Não conseguia respirar!

— Urgh- Hurgh!

Alex vomitou e tossiu violentamente enquanto cuspia sangue.

Não consigo respirar!

Alex tossiu violentamente enquanto cada vez mais sangue saia de seu corpo.

Parecia ter água em seus pulmões, e ele precisava desesperadamente de ar, mas apenas um borbulhar saia de sua boca.

CRK! CRK!

Alex se virou para o lado e se enrolou igual um camarão. Os seus ossos estalavam enquanto rapidamente voltavam para seus lugares originais.

Trinta segundos de pura agonia e pânico se passaram.

— Hurgh!

Alex cuspiu uma enorme quantidade de sangue, então, respirou fundo.

O pânico passou lentamente enquanto respirava freneticamente.

Então, simplesmente se sentou.

Isso foi muito pior do que havia imaginado!

Como alguém podia fazer isso repetidas vezes?!

Alex simplesmente ficou no chão, tentando impedir as lágrimas.

Isso era tortura!

No entanto, o calor da Mana voltou a se intensificar.

Alex havia comido a fruta inteira, e um pulo não era o suficiente.

Sua mente caiu em desordem e não conseguia tomar uma decisão.

Eu não quero mais! ele gritou para si mesmo.

Mesmo assim, quando sentiu a Mana se intensificar ainda mais, se levantou e novamente forçou seus membros inquietos a subirem a árvore.

Alex não queria, mas pulou novamente.

Dessa vez, caiu de costas.

CRACK!

Alex protegeu a cabeça, mas a sua coluna quebrou.

Outros 30 segundos de falta de ar e pânico se passaram.

Alex ficou deitado no chão e todo o seu corpo tremia.

Não queria mais!

Era tão doloroso!

Alex queria apenas estar de volta na Terra, mas esse desejo não poderia ser realizado.

Ele não queria fazer isso!

Mesmo assim, o calor da Mana voltou a se intensificar enquanto seu corpo se regenerava.

Alex se levantou lentamente e andou em direção à árvore.

Precisou segurar as lágrimas.

Mesmo assim, subiu na árvore, dessa vez ainda mais alto.

Dessa vez seriam as suas pernas.

Alex subiu até o topo.

Todo o seu corpo tremia, mas pulou.

Alex caiu por vários segundos.

CRACK!

Suas pernas quebraram, com ossos saindo voando do seu corpo, um chegando a acertar uma árvore e outro deslizando pelo chão.

Alguns ossos do seu torso também se quebraram, mas ele conseguiu sobreviver, por pouco.

Dessa vez, a queda fora mais tranquila, já que seus pulmões não foram tão danificados.

A pior parte sempre foi não poder respirar.

A sensação de não conseguir respirar gerava uma crise existencial. Essa sensação era muito pior que as outras dores.

Dessa vez, a sensação da Mana não voltou a crescer.

Ele tinha usado Mana o suficiente.

Por um tempo, Alex simplesmente ficou jogado no chão, sem se mover.

Não estava pensando em nada.

Simplesmente ficou lá parado.

Minutos se passaram e as sensações sentidas por Alex na última meia hora passaram por sua mente.

Era como se estivesse tentando aceitar aquilo que acabara de sentir.

Isso era tão diferente da sua vida na Terra.

Claro, ele tinha passado por treinos na Terra, mas isso não era um treino.

Isso era tortura.

Silêncio.

Por um tempo, Alex ficou ouvindo os sons da floresta.

Por que eu estou fazendo isso comigo mesmo?

Silêncio.

Essa realmente é a melhor forma?

Silêncio.

Eu não sei.

Alex olhou para a árvore.

Ainda tem duas frutas.

Silêncio.

Devo?

Silêncio.

Swish!

Os olhos de Alex se arregalaram com o som da folhagem se movendo.

CRSH!

Alex cerrou os dentes violentamente quando sangue explodiu de seu braço.

Uma pantera!

Alex tinha esquecido completamente que não estava em um lugar seguro.

Ele estava em uma floresta repleta de feras violentas e outras criaturas!

Alex estava deitado, e a pantera tentou morder seu pescoço.

Felizmente, escapou por um fio e conseguiu bloquear o ataque com seu braço esquerdo.

A pantera mordeu o seu antebraço, destruindo os músculos.

Mesmo assim, o osso não quebrou, surpreendentemente.

A pantera estava violentamente arranhando seu corpo, e várias feridas apareceram por ele enquanto Alex colocava a mão nas suas costas.

Contudo, não havia nada nas suas costas!

Alex percebeu que tinha colocado sua espada de lado quando foi pular de costas.

Merda!

A pantera soltou o braço de Alex e pulou para trás.

No entanto, Alex agarrou o pescoço da pantera com sua mão direita.

Whoosh!

A pantera pulou para trás, mas Alex foi levado junto.

Julgando pela distância, a pantera era mais forte que as panteras da Terra. Afinal, ela tinha acabado de dar um pulo de alguns metros enquanto puxava Alex junto.

No entanto, a pantera não era a única mais forte que sua contraparte na Terra.

Alex conseguiu segurar o pescoço da pantera com apenas uma mão por todo esse tempo, o que chegou a surpreendê-lo.

Ele tinha certeza de que alguns dias atrás não seria capaz de fazer isso!

A pantera tentou se soltar de Alex e atacá-lo com as garras, mas os instintos de Alex entraram em ação.

Alex imediatamente se puxou para perto e agarrou o pescoço da pantera com os braços e seu torso com as pernas.

A pantera tentou se livrar de Alex e cortá-lo mais algumas vezes, mas ele não soltou.

A pantera rosnou agressivamente, tentando fazer com que Alex se afastasse, todavia, conforme as pernas de Alex apertavam mais, seu grito agressivo se transformou em um gemido.

Alex sentiu que suas pernas estavam amassando os órgãos e músculos da pantera e seus ossos começando a ranger.

Seus olhos se arregalaram de surpresa.

BANG! CRACK!

Alex puxou o braço direito para trás e socou o peito da pantera, que rapidamente cedeu.

A pantera parou de se mexer e Alex logo pegou a sua cabeça.

CRACK!

E a pantera estava morta.

Alex respirou fundo enquanto a adrenalina lentamente passava.

Então, olhou para o próprio corpo.

Eu fiz isso? ele pensou chocado.

A pantera não era pequena, e seu poder não era brincadeira.

Mesmo assim, a pantera não tinha conseguido quebrar os ossos de Alex, e o último quebrou seus ossos com um único soco.

A diferença de poder era aparente!

Por um tempo, apenas olhou para a pantera chocado.

Algo assim só era possível em sonhos.

Como que um ser humano podia matar um grande felino com as próprias mãos com tanta facilidade?

Depois de um tempo, olhou para a sua mão direita e a cerrou em um punho.

Então, ele fechou os olhos.

Isso não é sem motivo!

Meus últimos dias de dor mostraram que não foram por nada!

O olhar de Alex imediatamente foi para as duas últimas frutas.

Então, andou em sua direção com determinação e comeu mais uma.

A dor, o pânico, e a tortura eram horríveis, mas a sensação de ver seu próprio poder crescer tanto levou tudo isso para longe.

Ele queria mais!

Picture of Olá, eu sou o D4ruh!

Olá, eu sou o D4ruh!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥