Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Acampamento Draconato.

Os incômodos kobolds foram completamente eliminados.

Sangue de kobold foi espalhado por todo o acampamento, e o cheiro ferroso de sangue obscureceu o fedor do lugar.

O cheiro de sangue não era desagradável para os Draconatos que nasciam em batalhas. Na verdade, isso os fazia sentir-se à vontade e relaxados.

Os Draconatos viajaram muito para chegar aqui e de fato prepararam sua própria comida. No entanto, dada a imprevisibilidade da guerra, não era uma má ideia preparar mais comida com antecedência. Foi por isso que o Comandante Will enviou um esquadrão para conseguir mais.

Os guerreiros se reuniram em seus esquadrões para acender fogueiras e colocar suas panelas. Logo, o agradável cheiro de costela cozida começou a encher o acampamento.

Vários guerreiros até tiraram suas armaduras e lutaram com as mãos nuas no tempo livre que tinham antes do jantar.

Draconatos eram guerreiros. Duelos justos como esses eram os melhores palcos para demonstrar seu valor e força.

Como tal, o capitão não os impediu de fazer isso. Eles se juntaram aos guerreiros espectadores e começaram a torcer por seus companheiros e zombar dos adversários.

A atmosfera do acampamento tornou-se animada e divertida, mas também havia uma certa paz na cena que a maioria dos estrangeiros não compreenderia!

“Mas que pirralhos hiperativos.” O Vice Comandante Eden riu quando se virou e viu a cena se desenrolar. Ele estava parado em uma encosta dentro do acampamento e olhando para longe.

Embora estivesse repreendendo os soldados, havia complacência em seu tom.

O Comandante Will também se virou para olhar para o acampamento, mas franziu a testa e balançou a cabeça antes de olhar para longe mais uma vez. Se isso tivesse acontecido no passado, provavelmente teria rido da situação como Eden. Ele poderia até ter rugido e avançado jogando alguns daqueles patifes no chão.

No entanto, uma sensação indescritível de desconforto permanecia em seu coração agora. Ele não conseguia se libertar desse sentimento, não importa o que fizesse.

“Com o que você ainda está preocupado?” Eden perguntou carinhosamente quando viu seu velho amigo franzir tanto a testa: “O esquadrão dos alimentos ou o que foi para os dois picos?”

Eden nunca mencionou os cultistas.

Esses trolls de merda confiaram em suas palavras humildes e bonitas e em elogios inúteis para ganhar o favor da Srta. Philippa. Draconatos desprezavam tal comportamento e, por associação, desprezavam todos os cultistas.

Duzentos cultistas pareciam um exército razoavelmente grande. No entanto, Eden estava confiante de que poderia massacrar o inimigo em meia hora se tivesse um esquadrão de Draconatos com ele.

Essa era a grande disparidade nas proezas de combate que fez com que os Draconatos desprezassem os Cultistas do Dragão, que só sabiam como rastejar e orar. Os Draconatos ficariam até felizes em saber que os Cultistas do Dragão sofreram perdas massivas contra alguma poderosa criatura mágica.

O Comandante Will não respondeu à pergunta do velho amigo. Seu olhar ainda vagava pela névoa distante.

“Quanto tempo se passou desde que partiram?” Will estreitou os olhos e perguntou sombriamente: “Se fôssemos seguir meus cálculos, eles já deveriam ter retornado há sete minutos!”

Eden era um veterano de guerra e rapidamente percebeu a anormalidade ao ser lembrado por Will.

“A aldeia murloc para o qual estavam indo não fica a mais de dois quilômetros e meio de distância de nós. A menos que tenham enfrentado algum problema real, já deveriam ter retornado. Devo mandar alguém para verificar?”

“Não há necessidade! Eles podem nunca mais voltar,” O fogo da raiva irrompeu nos quatro olhos âmbar do Comandante Will, “Tenho me sentido desconfortável desde que entramos no Pântano das Mágoas. Agora, ao que parece, subestimamos o inimigo desta vez! Caímos na armadilha deles sem nem perceber. O inimigo nunca teve a intenção de manter a linha nas Montanhas de Pedra Talhadas. Em vez disso, vieram até aqui para nos interceptar.

O vice comandante Eden estremeceu com essas palavras. Raiva apareceu em seus olhos quando olhou mais uma vez para a névoa ao seu redor.

Medo era a única palavra que nunca apareceu nos dicionários dos Draconatos.

Eles só sentiriam ódio e raiva por aqueles sujeitos desprezíveis que se escondiam nas sombras. Os temendo nunca!

“Eu irei reunir o grupo e deixá-los em alerta!” O vice comandante Eden rapidamente tomou uma decisão.

Eden bateu no peito e saudou Will antes de esmagar um escorpião pelo pé e correr encosta abaixo com dois de seus subordinados.

Will continuou a olhar para os arredores do acampamento, completamente ignorante da fumaça que subia dos restos do escorpião que Eden havia pisoteado no chão. A fumaça cinza fundiu-se silenciosamente na névoa úmida ao redor deles.

Na verdade, todo o acampamento foi envolvido por esta estranha fumaça. A única razão pela qual ninguém percebeu isso foi devido à presença da névoa ao seu redor.

Enquanto Will adivinhava silenciosamente as intenções de seu inimigo oculto, um navio voador de energia mágica modificado navegou lentamente sobre os céus do acampamento. Começou a circular ali.

Se estes fossem os navios voadores do passado, sua velha e desajeitada máquina a vapor estaria rugindo alto o suficiente para que todos dentro de quatro quilômetros pudessem ouvi-lo claramente. Além disso, havia também sons de movimento e rangidos de componentes mecânicos e engrenagens giratórias. Aquele barulho alto teria tornado impossível qualquer forma de permanecer oculto. Os Draconatos teriam descoberto o navio antes que o mesmo aparecesse, a menos que todos tivessem ficado surdos.

O som emitido pelo navio voador foi mínimo agora que a fonte de energia foi trocada por energia mágica. As chances de serem descobertos pelos Draconatos eram ainda menores com a cobertura da névoa.

Vários Goblins em roupas de couro e óculos com lentes verdes estavam agachados na borda do navio voador. Eles estavam usando a visão aprimorada dos óculos para observar silenciosamente o acampamento dos Draconatos abaixo deles.

Um dos engenheiros avançados comandava suavemente uma máquina de construção para colocar cuidadosamente uma bomba de três metros de comprimento na escotilha.

Depois de prepararem tudo, o engenheiro avançado pressionou o dispositivo de comunicação em seu fone de ouvido e fez seu relatório suavemente: “Beija-Flor Um chamando Ninho de Águia. Beija-Flor Um chamando Ninho de Águia. Destruidor está no local. Beija-Flor Um aguardando ordens.”

Uma onda elétrica invisível se espalhou rapidamente ao longe e enviou a mensagem para a base fortemente vigiada.

Mary tirou o fone de ouvido e jogou-o levemente na plataforma de metal. Ela então casualmente colocou suas pernas musculosas e lindas no chão. Os três cavaleiros de sangue ficaram em fila atrás dela enquanto a raposa velha Vanlier murmurava algo em seu ouvido com um enorme sorriso no rosto.

Zacha estava sentado no canto do acampamento, usando um pano para limpar cuidadosamente a lança elétrica que o acompanhou por todos esses anos.

Deserra, Dana, Endor e Charon retornaram de suas missões. Quase todos carregavam feridas em seus corpos, exceto Endor. Em particular, os ferimentos da Medusa Dana eram os mais graves.

No entanto, com o tratamento de muitas poções de cura e vida, a ferida de Dana cicatrizou a uma taxa visível a olho nu. Ela só precisava de mais quinze minutos de descanso para recuperar sua habilidade essencial de combate.

Apenas Adepto de Insetos Billis, que saiu para matar os cultistas ainda não havia retornado. As notícias do campo de batalha eram que o exército de insetos de Billis, emparelhado com as máquinas mágicas, conseguiu obter vantagem naquela batalha. No entanto, havia alguns malucos entre os Cultistas que também podiam usar fortes poderes de fogo. Isso fez com que as perdas das máquinas mágicas fossem relativamente maiores do que o esperado.

Parecia que Billis não seria capaz de voltar a tempo para a ofensiva principal contra o acampamento!

Quinze minutos depois, Dana puxou a cabeça de dentro de um enorme barril de ervas sem deixar nenhum arranhão no corpo. Mary abaixou as pernas e levantou-se com confiança para gritar: “Preparem-se para atacar!” Ela então liderou o caminho e saiu da tenda.

Esta única ordem parecia ter colocado um motor de alta velocidade em toda a tenda. Todo o local começou a se movimentar em um ritmo extremamente acelerado.

Cento e sessenta e três máquinas mágicas divididas em diferentes esquadrões com base em seus modelos. Elas se organizaram em formações organizadas e marcharam na névoa com passos pesados ​​e estrondosos.

O esquadrão de adeptos liderado por Mary escondeu-se dentro das máquinas mágicas e prosseguiu silenciosamente em direção ao campo de batalha.

Mary continuou a dar ordens enquanto se moviam. Os olhos e espiões que haviam montado ao redor do acampamento inimigo antes do tempo começaram a se aproximar também. Eles eram como uma rede de pesca apertada sendo lançada sobre os Draconatos.

O movimento em grande escala do exército de máquinas mágicas não conseguiu evitar os sentidos dos Draconatos, mesmo com a névoa os cobrindo.

O acampamento estava cheio de gritos e clamores. Os esquadrões foram convocados e atribuídos a diferentes áreas com base em seus hábitos de batalha.

O chamado Acampamento dos Draconatos foi roubado dos kobolds nativos.

Não havia muralhas ou fortalezas duráveis ​​ao redor do acampamento onde pudessem se fortificar. No entanto, três lados do acampamento estavam bloqueados por enormes poças de lama e água. Havia apenas uma única estrada de terra com dez metros de largura que levava direto ao acampamento.

Assim, os Draconatos adaptaram sua estratégia à geografia e posicionaram a maior parte de suas tropas na estrada que levava ao acampamento, formando diversas linhas defensivas ao longo dela.

O exército de Draconatos sempre foi conhecido por sua ferocidade e violência em combate; raramente ficavam na defesa. No entanto, os inimigos apareceram abruptamente desta vez. Eles também pareciam estar sedentos por sangue. Isso deixou o Comandante Will sem escolha a não ser alterar seu plano original e decidir sobre o próximo curso de ação depois de descobrir a força do inimigo.

No entanto, o pequeno esquema do Comandante Will estava dentro dos planos de Mary.

Mary pode não ser tão boa em conspirações, mas brincar com esse comandante ainda era muito fácil com a ajuda de Vanlier.

A formação organizada de máquinas mágicas separou a névoa e avançou em direção ao acampamento com passos estrondosos sob o olhar hostil de duzentos Draconatos. A aura intimidante de sede de sangue e intenção assassina enervou até mesmo os guerreiros veteranos.

Ambos os lados se aproximaram lentamente.

Uma batalha até a morte massiva estava para estourar!

[Combo: 25/25]

Picture of Olá, eu sou o Crimson!

Olá, eu sou o Crimson!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥