Selecione o tipo de erro abaixo

Com a promoção de Diana para o rank prata, Alexander redefiniu a divisão entre eles e fez com que ela aceitasse, pois era óbvio que aqueles que estavam em um nível mais alto deveriam receber mais do dinheiro. E como eles já tinham uma base minimamente sólida e consolidada, Alexander decidiu que era hora deles saírem da cidade e seguirem a rota que ele havia traçado para poder limpar o maior número possível de masmorras e conseguir o máximo de pontos possível.

Sabendo que Diana não via seus pais há algum tempo, Alexander decidiu fazer da cidade aventureira mais próxima da casa dela, que ficava longe da Cidade Gêmea, a última parada deles.

Com a ajuda de Diana e do seu mapa, Alexander confirmou que a casa dela ficava em um vilarejo localizado no noroeste do Império. Um lugar distante, remoto e fronteiriço com a floresta estelar, próximo à cidade de aventura Lester e ao mar.

Ao confirmar todos os pontos, Alexander reajustou a rota deles para eles saírem da Cidade Gêmea e limparem o máximo de masmorras possível até chegar à casa dos pais de Diana. Mas como faltavam apenas uns 3 meses para o Torneio Imperial, o percurso foi feito com vários desvios para abarcar diversas cidades aventureiras e masmorras já registradas.

Enquanto ele fazia os preparativos finais para a viagem deles, Alexander teve uma agradável surpresa. Um funcionário da Lua Negra foi até a academia procurá-lo para entregar, entre outras coisas, o recibo de entrega com a assinatura de John.

Após assinar sua via do recibo e receber seus pedidos, Alexander não pôde deixar de se perguntar: — Quem exatamente é Cristina para conseguir o meu pedido em tão pouco tempo?

E ao avaliar a qualidade dos itens que ele recebeu, Alexander não pôde deixar de ficar grato. — Tenho que me lembrar de agradecê-la quando tiver oportunidade.

Ainda com muito o que fazer, Alexander guardou a gratidão e foi comprar comida, itens e suprimentos para a viagem deles. Ele gastou o equivalente a uma pequena fortuna para uma pessoa comum daquele mundo, mas ele nem se importou, pois esse era um investimento que ele achava que realmente lhe renderia muito.

Ao nascer do sol do dia seguinte, Alexander, Diana e Ocean deixaram a Cidade Gêmea. E como Alexander e Diana estavam montados em Ocean, eles puderam usar o tempo livre para praticar algumas de suas habilidades, bem como Alexander pôde ensinar algumas coisas a Diana.

Sob a orientação de Alexander, já no primeiro mês da viagem Diana aprendeu |Impulsionar Resistência| e ficou a meio passo de despertar o seu Ki. E no segundo mês ela conseguiu despertar o seu Ki, que, apesar de não ser tão vigoroso como um estudante de combate marcial, melhorou o lado físico dela como um todo.

Com o físico dela aprimorado, Alexander deu a Diana as habilidades |Impulsionar Força|, |Impulsionar Destreza| e |Fluxo Ascendente|. Ele não achava que essas habilidades seriam particularmente úteis para ela, mas como algum dia poderiam fazer a diferença, era melhor ela tê-las do que não tê-las.

Revendo os livros, Alexander percebeu que não procurou a habilidade |Impulsionar Inteligência|. Ele inconscientemente descartou essa ideia, pois o atributo inteligência não é necessariamente tangível e está relacionado à mana.

Ao pegar o seu mapa e perceber que eles passariam por uma cidade mercantil, Alexander combinou com Diana para que quando passassem por esta cidade eles se separassem. Ela iria até a loja da Lua Negra em busca de uma habilidade como a que ele deseja, ou similar, e ele continuaria lutando.

No dia em que eles se separaram conforme combinado, Diana foi até a cidade e Alexander continuou limpando algumas masmorras próximas para não perder o planejamento da viagem. E após limpar todas as masmorras próximas à cidade, ele foi buscar ela, que havia adquirido a habilidade que ele solicitou, mas estava inquieta, pois o livro foi bem caro, 1 pequena moeda de diamante negro.

— Não precisa se preocupar. Eu já esperava que fosse caro — disse Alexander a Diana. — Por isso que pedi para você comprar independentemente do preço.

Ao analisar a técnica que Diana trouxe e falar com ela, Alexander confirmou que não havia uma habilidade |Impulsionar Inteligência|, o que não significava que a técnica que Diana comprou fosse inútil.

A habilidade comprada foi |Impulso Cerebral|, que como o nome sugere, segue a mesma linha das outras habilidades de boost, mas o seu aumento utiliza energia para aumentar a capacidade cerebral.

Sem qualquer hesitação, Alexander usou 1 ponto de crescimento para aprender aquela habilidade, mas fingiu ler para que Diana não se sentisse mal. E então eles começaram a “aprender” essa habilidade juntos.

Após alguns dias de “aprendizado”, Alexander disse que conseguiu aprender a habilidade e deixou o livro com Diana enquanto a ajudava a aprender. Mas, para sua surpresa, antes do final do segundo mês ela já havia aprendido.

Por volta do meio do terceiro mês, Diana já havia conseguido aprender o básico das habilidades que Alexander lhe passou, incluindo |Fluxo Ascendente|, que era uma técnica principalmente do elemento água.

O crescimento de Diana literalmente assustou Alexander, que já esperava muito dela. Pois mesmo com a sua tutoria e o conhecimento vindo do sistema, tal feito em tão pouco tempo não deveria ser possível para sem o embasamento prévio.

Embora seu progresso qualitativo fosse inferior ao de Diana, Alexander não ficou ocioso durante esses meses. No começo ele apenas praticou as suas habilidades |Grande Controle de Mana|, |Grande Controle de Energia|, |Controle Mágico| e |Modulação de Energia| feito um louco até eles subirem de nível.

Com as bases da maioria das suas habilidades fortalecidas, Alexander começou a usar a habilidade |Asura| para praticar com |Correr|, |Fortalecimento Corporal Mágico| e |Fluxo Ascendente| ao mesmo tempo. E antes do fim do segundo mês, ele conseguiu subir o nível das habilidades |Fortalecimento Corporal Mágico|, |Fluxo Ascendente| e |Asura|, mas |Correr| não mostrou qualquer indicação de que subiria de nível.

Sabendo que a qualidade e densidade de suas energias são muito importantes, Alexander mudou o foco da sua habilidade |Asura| para mantê-las coagulando e se purificando enquanto ele estivesse consciente.

Com uma boa base estabelecida, Alexander começou a alternar suas práticas à medida que condensava e purificava suas energias. A agradável surpresa desta viagem para ele foi Diana aprender |Fluxo Ascendente|, pois graças ao entendimento dela do elemento luz nesta técnica, ele foi capaz avançar o seu próprio nível para o (Auge) dessa técnica.

De acordo com as estimativas de Alexander, ele já poderia ter atingido o nível (MAX) na habilidade |Fluxo Ascendente|, mas o lado elemental da luz o estava restringindo muito em seu avanço nos níveis finais, pois ela precisava muito dele para remediar, ou mascarar, o seu defeito fatal, que era não poder recuar.

Isso parece estranho a princípio, mas levando em conta o nome da habilidade e o fato dela ter sido inspirada uma criatura poderosa, faz todo o sentido que ela não deva ser usada para recuar. Afinal, rios e riachos podem ir para frente e para os lados, mas, assim como os poderosos não recuam, eles não correm para trás.

A solução que o criador da técnica encontrou para resolver o problema e conseguir recuar foi levantar gradativamente os pés do chão, criando assim uma “ascensão” para manter o fluxo da técnica.

O grande problema é que ao se erguer artificialmente e tirar os pés do chão, o usuário fica vulnerável a ataques e afins. É por isso que o criador desta habilidade incorporou a capacidade de criar miragens do elemento luz, utilizando a refração e difração da luz, como obrigatória… para evitar que os inimigos explorem esta fraqueza.

Quando eles finalmente chegaram a Cidade Lester, perto do final do terceiro mês, as habilidades |Grande Controle de Mana|, |Controle Mágico|, |Estocada|, |Grande Controle de Energia| e |Modulação de Energia| de Alexander já haviam chegado ao nível (MAX), e todas as outras estavam ao nível (Auge). E com todos os pontos de XP que eles ganharam nesses meses, além da enorme quantidade de criaturas de 3ª evolução que comeram desde a Cidade Gêmea, o que também fornece XP, Alexander e Ocean ganharam 10 níveis cada.

Durante a viagem, Alexander limpou 71 novas masmorras, 41 iniciantes e 30 intermediárias, o que lhe rendeu 71 pontos de crescimento e outros 297 pontos de atributo livre. E com tantos pontos à disposição, ele não pensou duas vezes e colocou tudo que era escalável com pontos de crescimento no nível (MAX).

* Ding! *

[A habilidade |Barreira de mana| foi maximizada] 

*

[A habilidade |Impulsionar Destreza| foi maximizada]

*

[A habilidade |Impulsionar Agilidade| foi maximizada] 

*

[A habilidade |Mantra da Loucura| foi maximizada] 

*

[A habilidade |Impulsionar Força| foi maximizada] 

*

[A habilidade |Impulsionar Resistência| foi maximizada] 

*

[A habilidade |Brilho| foi maximizada] 

*

[A habilidade |Impulso Cerebral| foi maximizada] 

*

[O feitiço |Rajada Elemental da Água| foi maximizado] 

*

[O feitiço |Bênção de Mana| foi maximizado] 

*

[O feitiço |Nevoeiro de Vapor| foi maximizado] 

*

[A técnica de combate |Campo da Água| foi maximizado] 

*

[A técnica de combate |Combate Aquático| foi maximizado] 

* Ding! *

[A sua mana ainda não é pura e/ou densa o suficiente para masterizar a sua classe]

Obs 1: Contribuição arrecadada para lançamento de capítulo extra: (00,00 R$ / 20,00 R$).

Obs 2: Chave PIX para quem quiser, e puder, apoiar a novel: 0353fd55-f0ac-45b5-a366-040ecefa7f7b. Caso não consiga copiar a chave pix, é só clicar nela que vai ser gerada uma aba/guia que tem como URL/Link a própria chave pix com algumas barras nas pontas: http://0353fd55-f0ac-45b5-a366-040ecefa7f7b/, e é só retirar a parte excedente.

Ps: Para finalizar, volto a reiterar que as publicações seguiram normais e recorrentes no ritmo mencionado mesmo que, por ventura, haja a publicação de capítulos adicionais.

Olá, eu sou o Kamislayer!

Olá, eu sou o Kamislayer!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥