Selecione o tipo de erro abaixo

Chovia muito naquela manhã, rios e trovões iluminavam e tremiam o céu. A segunda missão chegou naquela para Ton antes do nascer do dia, mas o lojista deixou seus “clientes” dormirem um pouco mais. Ele analisou bem as informações recebidas. Não seria difícil o grupo sair vencedor dela, principalmente agora que os laços estavam ficando mais fortes. Entretanto alguns pontos nela deixavam Ton apreensivo.

—Navio de Cruzeiro Beta II — Ton relia, e relia, certo que não poderia ser o navio certo — alguém esta tramando algo. Tenho que vigiar de perto mesmo essa missão.

— Poderia ser um amigo do nosso Alfa preferido? — Taurin lê as descrições junto de Ton — ou algum associado dele?

— Mesmo que esse seja o caso… é um navio importante demais para os manipuladores do jogo colocarem atoa assim… não Taurin, sinto algo ruim vindo.

Ton se dirige a biblioteca, Kant e K2s estavam dormindo naquele momento, e para não os acordar, o lojista flutua pelo local. Ele desce alguns níveis, sempre olhando para cima. Ele para frente uma prateleira praticamente vazia, seleciona um livro pequeno de capa branca, que ao ser puxado abre a prateleira como uma porta. Ton entra por ela e a fecha. Em seu interior um modesto munitor desligado, uma caixa prateada, pouco maior que um smartfone moderno, nela três luzes piscava. Ao seu lado um mouse laser e uma cadeira acolchoada de cor azul escuro. O lojista sentasse e faz os equipamentos funcionarem. Sons de ar sendo ventilado com muita força tomam o ambiente, o munitor se liga, Ton projeta uma espécie de teclado de luz solida e com o mouse, faz uma pesquisa nos arquivos da máquina.

— Eu sabia que tinha algo…

Ele desliga os aparelhos e sai do local, voltando pelas escadas dessa vez. Saindo da biblioteca ele não sabia como ajudar sua equipe, mas faria algo se realmente fosse preciso. Precisava confiar neles.

Em sua loja, Ton espera quase uma hora e desperta os jogadores

— Bom dia meus jogadores — Ton começa, escondendo o nervosismo — o dia da missão 02 chegou, favor se aprontarem que logo vocês saem. Bom dia.

O trio quase cai de suas respectivas camas.

Alf xinga o lojista mentalmente. Ele desce da cama, veste os sapatos e sai para tomar café e arrumar para a missão.

Doug cogita ficar mais um pouco deitado, mas da ultima vez, seu mestre lhe jogou um balde com água e gelo… não ia passar por aquilo novamente. Em disparada ele se dirige ao refeitório.

Will senta por um minuto, se arruma e desce para comer. Ser acordado por Ton já não tinha o mesmo efeito, pois seu corpo lhe acordava alguns segundos antes, como de para o proteger do susto.

No refeitório Alf comia solitário, Doug ainda pedia o seu. Os mestres não estavam por ali. Will pede o seu e espera. 1XDT logo chega com a comida e os cobra. As refeições têm tido um ar mais leve, depois que Will e Doug pararam de birra e voltaram a se dar bem. Alf agradecia muito por aquilo. Eles estavam se perguntando que tipo de missão seria, quando Ton adentra o local. Ele diz ao grupo para comer sem pressa, pois tinham tempo. Explica que Mago e Hakiryo tiveram assuntos do jogo para resolver, mas deveriam voltar logo. Trovão Negro estava meditando em algum lugar do terreno, mas foi informado da missão, então em tese, viria para dar apoio moral no momento certo.

Os jogadores terminam de comer e vão ao vestiário. Tomam um gostoso banho e se trocam, se arrumando para missão. Ton os leva para sala de portais. Trovão Negro os aguardava lá. Eles pegam seus equipamentos e armas. Um ajudando o outro a se arrumar. Compram munição e granadas, reabastecendo o que foi gasto na última vez. Eles compram espaço de inventário também, ficando com dez espaços dessa vez.

Ton lhe entrega as garrafas térmicas/ cantis. Cada uma personalizada com o nome e a cor de cada jogador. O lojista mostra como usar o objeto.

— É simples, quando acabar a bebida, no caso de vocês a água, tudo que tem de fazer é fechar a garrafa e apertar no cristal. Se já tiverem gasto as três recargas, tem que passar o anel antes de apertar. Instalei um aplicativo em seus relógios para usar o cantil, assim não perdem mobilidade nem espaço no inventario. De nada.

O trio agradece ao lojista e guarda o novo item.

Alf estava pronto, apesar de ainda não saber o que raios estava fazendo ali.

Doug sentia sono, mas estava pronto para missão.

Will se examina algumas vezes, vendo se não faltava nada, constatando que não, se sentia pronto.

— Antes de irem — Trovão negro se aproxima de Doug — o monóculo não foi tão bom quanto achei, então vamos testar outra coisa.

Ele pede o monóculo, o fone e o relógio de seu pupilo, que sem entender nada, só entrega.

Trovão Negro e Ton abre e fecham inventários algumas vezes e pareciam programar algo. Após um tempo devolvem o relógio e um par de fones a Doug, sendo um deles praticamente transparente. O jogador coloca os itens novamente, apreensivo pelo novo fone.

— Toque seu fone novo — Ton fala com toda calma — e não se assuste.

O pupilo faz como é mandado. Ao tocar no novo fone um visor de energia se projeta em seu rosto. Várias informações aparecem para ele, junto de um mini-mapa. Pontos de interesse estavam apagados, mas os companheiros estavam acessos, cada um com a sua respectiva cor. Sem inimigos no local. Ele aperta novamente e o visor some.

— Vamos testar esse nessa missão — Trovão Negro fala — deve ser bem mais fácil de ler as coisas com os dois olhos.

Doug agradece o “presente”.

Ton vai a frente da máquina de portais, colocando as coordenadas e o cristal de missão no lugar correspondente. O portal se abre, mostrando um majestoso navio, navegando em uma noite estrelada.

— Ainda não vão precisar de pílulas, já que o planeta que vão é 89 % similar ao que viviam — Ton parecia nervoso dessa vez — o navio tem que chegar ao seu destino… teoricamente está no piloto automático. Teoricamente sua missão é só sobreviver até que o navio chegue ao porto. Ele está cheio de enigmas que darão bônus de velocidade e dinheiro ao grupo. Tenham cuidado com os enigmas, pois pode resultar em “morte”. Vocês vão jogar com mais duas equipes, não precisam interagir com eles, nem os atrapalhar, afinal o objetivo é o mesmo para as três equipes. Mas eu os conheço bem para saber que vão. Tomem cuidado, o navio é bem grande. E dessa vez o mapa vai ser atualizado aos poucos. O limite de tempo é de sete horas. Ainda existe a possibilidade de um perseguidor ser despertado e aterrorizar a missão. Ele é quase imbatível, tem uma motosserra em forma de ancora acoplada em um do braços. Não tentem para as serras com a faca, por mais que sejam jogadores, não estão em um jogo virtual do mundo de vocês. E as facas que possuem no momento não fazem isso. Repito NÃO tentem para a motosserra com uma faca, nem com duas, nem com as três. Entendemos isso?

Ton olha especificamente para um dos jogadores do grupo, que finge não ser com ele o assunto. O lojista espera a resposta positiva do grupo e continua.

— Bom, já sabem como funciona, façam o que a missão pede, matem inimigos, ganhem itens, tentem não se matarem no processo e voltem aqui para levar uma bronca por agirem sem pensar em determinada situação.

A última colocação do lojista quebra o clima pesado que estava se formando e todos relaxam um pouco.

Os jogadores ficam de frente para o portal, se despendem do lojista e do mestre e entram. O portal se fecha em seguida.

Na sala Trovão Negro encara Ton.

— Eles podem não voltar, e logo na segunda missão — o mestre diz com frieza na voz — não acha que era cedo para fazerem esse tipo de missão?

— Claro que eu acho — Ton responde de maneira enérgica — mas não sou eu quem passa as missões e depois do ocorrido na última… era questão de tempo até a represaria…

— Então devíamos chamar o conselho…

— Para dizerem que temos favoritos, para minarem eles no decorrer das fazes? Não temos que acreditar no treinamento e neles. Os idiotas fazem milagres, podem fazer alguns mais.

— Espero que esteja certo — Trovão Negro ajeitava os óculos escuros — espero mesmo

— Eu também — o lojista começa a caminhar para saída — por tudo em jogo… eles vão voltar.

Olá, eu sou o Hakiryo!

Olá, eu sou o Hakiryo!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥