Selecione o tipo de erro abaixo

Combo do 6º Aniversário da Vulcan – Capítulos → 72/175


Klein saiu correndo do cofre pesado em retirada. Só quando percebeu que tudo parecia bem é que se acalmou.

“Essa estátua de osso branco é assustadora… Embora não seja perigosa, me dá arrepios… Seria a chamada Demônia Primordial? Um deus maligno como o Sábio Oculto, o Lado Negro do Universo ou o Verdadeiro Criador?” Klein lembrou-se de seus palpites sobre Madame Sharon e de repente entendeu que existência a estátua de osso branco poderia representar.

Assim como ele pensou, sua espiritualidade se agitou quando uma premonição sinistra tomou conta dele.

Klein voou rapidamente ao lado da janela com padrões complicados e olhou para a estrada lá fora. Ele viu uma carruagem dirigindo-se para o portão da frente sob a luz dos postes de gás da rua.

“Madame Sharon está de volta?” Houve um puxão em seu coração quando ele finalmente entendeu a fonte de sua premonição sinistra.

Levando em consideração que Trissy só se tornou uma mulher após a Sequência 8: Instigador, Madame Sharon provavelmente era uma Sequência 7. E como Madame Sharon tem estado ativa nos círculos sociais de Tingen por muitos anos, ela provavelmente era muito mais forte do que Trissy. Klein não se atreveu a correr o risco de confiar em seu Amuleto do Sol Ardente e no apito de cobre de Azik. Em vez disso, tomou a sábia decisão de partir.

Ele tinha um número limitado de encantamentos. Além disso, não sabia quando seria capaz de obter o Artefato Selado, Emblema Sagrado do Sol Mutante, novamente. Portanto, se não fosse uma situação desesperadora, Klein não queria desperdiçar seus amuletos mais poderosos. Ele também teria o problema de se explicar se fosse usá-lo.

“Não posso simplesmente dizer a Dunn que um especialista gentil passou por aqui e me ajudou, certo?”

Quanto ao motivo de ele não querer usar o apito de cobre de Azik, era porque Klein não tinha certeza se o mensageiro convocado tinha capacidade de lutar. E se parecesse forte, mas só soubesse enviar cartas?

“Com o que descobri antes, deve ser suficiente para o Esquadrão de Falcões Noturnos entrar em ação. Por que devo lutar contra Madame Sharon sozinho? Podemos emboscá-la totalmente!” Klein enfatizou interiormente e encerrou sua convocação. Com um whoosh, ele voltou ao mundo acima da névoa cinza. Então rapidamente se envolveu na espiritualidade e estimulou uma descida rápida para retornar ao seu corpo na realidade.

Ele rapidamente apagou a chama e guardou a vela. Removeu a parede da espiritualidade e deixou o quarto de Madame Sharon. Ele fez o mesmo caminho de volta, mas não teve tempo de fechar o ferrolho da porta da sacada.

Descendo pelo cano d’água, Klein escalou o muro oposto à entrada da casa. Permaneceu escondido até chegar à rua vizinha. Então, ele alugou a cara carruagem noturna para a Rua Zouteland.

Madame Sharon, que estava linda em seu vestido preto, caminhou lentamente até o segundo andar. Ela dispensou suas servas e abriu a porta de seu quarto.

Seus olhos puros e claros de repente se concentraram e refletiram fios finos que eram quase transparentes e imperceptíveis. Eles não possuíam o brilho da espiritualidade; eram como cabelos humanos que foram patologicamente alterados. Se alguém ainda não soubesse de sua existência ou tivesse um par de olhos muito especiais, não notaria os fios.

Todos aqueles fios finos se rasgaram e caíram no chão.

Madame Sharon semicerrou os olhos e direcionou seu foco para o grosso cofre de metal cinza.

Rua Zouteland, nº 36, a Companhia de Segurança Espinho Negro.

Dunn estava lendo o jornal casualmente com as pernas cruzadas. Ele olhou para Klein, que apareceu diante da porta de seu escritório com uma expressão estranha. Ele suspirou e disse: — Você não deveria ter entrado na casa de Madame Sharon para fazer uma busca inicial?… Você encontrou algum tipo de problema?

Klein assentiu com seriedade e disse: — Sim, suspeito que Madame Sharon seja membro da Seita da Demônia.

— Uma membro da Seita da Demônia? — Dunn baixou o jornal e refletiu sobre as palavras. Ele então perguntou seriamente: — O que você descobriu?

Klein não se sentou, ele inclinou o corpo para a frente e apoiou o peso com as mãos segurando a borda da mesa de trabalho.

— Primeiro, encontrei uma foto. Havia um jovem na foto, mas ele se parecia muito com Madame Sharon.

“Se ele vestisse roupas femininas, se maquiasse e aplicasse um pouco de Photoshop na foto, ele se pareceria exatamente com Madame Sharon…” Klein conteve sua vontade de satirizar.

— Parecido com a instigadora Trissy? — Os olhos de Dunn brilharam quando entendeu.

Eles haviam previsto anteriormente que Trissy provavelmente era um membro da Seita da Demônia.

— Sim. — Klein assentiu com emoções confusas enquanto continuava: — Eu usei a adivinhação para descobrir que Madame Sharon tem uma estátua de osso branco em um compartimento escondido em seu cofre. É de uma mulher extremamente bonita, mas seu cabelo é muito comprido, até os tornozelos. Cada fio é tão grosso quanto uma cobra venenosa. Nas pontas, havia olhos. Eles pareciam bastante assustadores. Capitão, essa é a imagem da Demônia Primordial?

Como sua habilitação de segurança era insuficiente, as informações sobre a Seita da Demônia que ele podia ler eram muito limitadas.

Dunn relembrou e acenou com a cabeça com uma expressão séria e disse: — Essa é a imagem da Demônia Primordial.

“Temos que agir imediatamente e assumir o controle da Madame Sharon.”

Klein concordou imediatamente e disse: — Se Madame Sharon é uma Beyonder de sequência intermediária da Seita da Demônia, devo presumir que ela será capaz de dizer que alguém entrou furtivamente em seu quarto.

Então, de repente, ele se sentiu confuso ao deixar escapar: — Capitão, por que os sete deuses ortodoxos têm apenas símbolos sem nenhuma imagem real, enquanto os deuses malignos que eu conheço atualmente têm aparências antropomórficas? O Verdadeiro Criador e a Demônia Primordial são exemplos. Essa é uma das diferenças entre deuses ortodoxos e deuses malignos?

“Por que haveria tal diferença?” Klein acrescentou interiormente, mas ele sabiamente não disse isso.

— Essa é uma das diferenças entre deuses ortodoxos e deuses malignos. — Dunn deu uma resposta tranquilizadora. Então, ele se levantou e caminhou em direção ao cabideiro. Ele disse: — Não vamos demorar mais, estou preocupado que Madame Sharon fuja.

Então, Dunn fez uma pausa.

— Vá lá em cima buscar Kenley. Com nós três agindo juntos, podemos solicitar um Artefato Selado. Madame Sharon é muito provavelmente de uma Sequência superior a 7.

“Capitão, você é tão sábio!” Klein respondeu sem hesitar: — Tudo bem.

Então, ele perguntou curioso: — Capitão, qual Artefato Selado você vai usar?

Dunn pesou suas palavras antes de responder: — 3-0217.

Como não havia muitos Artefatos Selados atrás do Portão Chanis da cidade de Tingen, Klein rapidamente se lembrou do que o Capitão queria usar.

Número: 0217.”

Nome: Espelho do Médium Espiritual.”

Grau de Perigo: 3. Consideravelmente perigoso. Tem que ser usado com cuidado. Só pode ser solicitado para operações que requeiram três ou mais pessoas.”

Classificação de segurança: membro oficial dos Falcões Noturnos ou superior.

Método de Vedação: Armazene em escuridão absoluta.

Descrição: A parte de trás do espelho é banhada em mercúrio, a frente do espelho tem três pequenas rachaduras.

“O primeiro investigador que olhou no espelho viu uma garota soluçando com cabelos longos. Então, ele viu a garota saindo do espelho.”

“De muitas experiências com o artefato, a imagem que se reflete no espelho é diferente na maioria das vezes. Mesmo que a mesma pessoa o use repetidamente, ela encontrará coisas diferentes com níveis de perigo variados. Mas priorizariam lidar com a pessoa que se olhasse primeiro no espelho.”

“A situação mais perigosa é se ver no espelho.”

“Se ninguém olhasse para o espelho, sob o pré-requisito de haver luz, uma imagem surgiria automaticamente a cada três horas.”

“Não possui nenhuma característica de vida.”

Observação: O espelho originalmente pertencia a um Médium Espiritual e era um espelho muito comum até que um dia o Médium Espiritual cometeu suicídio ao olhar para ele.”

“De fato, não há muitos Artefatos Selados atrás do Portão Chanis que possam ser usados ​​em uma batalha de Beyonders. 3-0217 é uma boa escolha…” Klein não falou mais nada enquanto corria imediatamente para a sala de recreação dos Falcões Noturnos para pegar o Sem Sono Kenley.

Naquela noite foi a vez de Royale ficar de plantão no Portão Chanis. Leonard estava de folga, Seeka Tron patrulhava áreas como o Cemitério Raphael, e o novo integrante só chegaria no domingo. Portanto, Dunn só poderia escolher entre Frye e Kenley. Levando em consideração que Madame Sharon era da Seita da Demônia e tinha pouco a ver com espíritos mortos, ele optou pelo último.

Depois de alguns minutos, Dunn voltou do porão. Ele segurou o espelho que estava bem embrulhado em um pano preto grosso.

“Francamente falando, se eu não soubesse de antemão, não seria capaz de dizer que é um espelho. Não parece nem um pouco…” Klein seguiu em frente com o pequeno Kenley.

— Você está encarregado de usar o Artefato Selado 3-0217. — Dunn passou o espelho para Kenley.

Ao ver isso, Klein de repente percebeu que ele era um Beyonder da Sequência 8 e que possuía a habilidade de lutar de frente. Ele não podia simplesmente se esconder ao lado como apoio.

“Cara, estou um pouco nervoso…” Ele tocou os Amuletos do Sono em seus bolsos e se certificou de que estava bem preparado.

“O único problema é que, para facilitar a subida, não levei a bengala. Hmm, posso pegar emprestada a de Kenley. Ele tem o espelho em uma mão e uma arma na outra; isso deve ser suficiente.” Em meio aos pensamentos de Klein, o trio desceu as escadas e pegou uma carruagem para a Rua Osna.

No caminho para lá, Kenley olhou para o Artefato Selado 3-0217 em suas mãos. Ele suspirou pela tensão.

— É a primeira vez que me envolvo em uma operação tão perigosa.

Normalmente, os Falcões Noturnos não usariam nenhum Artefato Selado para lidar com os incidentes de Beyonder.

Quando eles foram para a cidade Morse, eles solicitaram o Emblema Sagrado do Sol Mutante para fins preventivos. Dada a distância que Morse estava, o reforço levaria algum tempo para chegar se eles precisassem. Desta vez, estavam quase certos de que seu alvo era um Beyonder de sequência intermediária!

— Não se preocupe, talvez Madame Sharon já tenha fugido, — respondeu Klein com um sorriso.

Honestamente, ele estava tão tenso quanto Kenley.

Os olhos de Dunn se voltaram e olharam para ele desamparados.

— Vamos tentar não deixar Madame Sharon escapar.

Cerca de vinte minutos depois, os três Falcões Noturnos chegaram à Rua Osna. Eles viram o jardim e a casa de Madame Sharon na escuridão. A casa ficou em silêncio como se nada tivesse acontecido.

Klein tirou o pêndulo da manga esquerda e fez uma rápida adivinhação.

— Há perigo lá dentro.

— Há perigo lá dentro.

Depois de recitar a declaração sete vezes, ele abriu os olhos e viu o pingente de topázio girando no sentido horário. A amplitude e a velocidade foram consideradas de nível médio.

Isso significava que havia perigo ali. Não era muito alto, mas também não era muito baixo!

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥