Selecione o tipo de erro abaixo

Combo do 6º Aniversário da Vulcan – Capítulos → 136/175

Combo comprado → 20/25


“Sr. Ders Shaw? Sr. Hibbert Hall? Quem são eles? Eu não os conheço…” Agindo como se não tivesse dúvidas, Klein disse meio brincando: — Vamos torcer para que eles possam trazer céus azuis e sol para Backlund.

— Sim, embora queimar na própria lareira seja uma liberdade de todos e um direito garantido por lei, céu azul e sol são coisas mais desejáveis. — Luke Sammer, membro da Associação de Redução de Fuligem, suspirou de emoção e apontou para a carruagem alugada. — Nós devemos ir. Mary precisa urgentemente de ajuda.

Stelyn Sammer acrescentou, fingindo um nível de contenção: — Pode haver membros do Parlamento vindo para o banquete, do distrito de Backlund ou do reino.

— Posso imaginar a grandeza deste banquete. — Klein lisonjeou educadamente e observou os Sammers embarcarem na carruagem e partirem.

Quando ele se dirigia para o correio no final da rua, um carteiro de uniforme verde-escuro chegou em uma carruagem e entregou uma carta em sua caixa de correio.

“Uma carta para mim?” Klein pegou um molho de chaves e casualmente escolheu a que era simples e tinha uma cor de latão.

Kacha!

A chave mestra abriu facilmente a caixa de correio.

“Eu só preciso ter essa chave comigo no futuro…” Klein murmurou enquanto pegava os jornais que havia assinado e a carta.

A carta era de Isengard Stanton.

Ele também examinou os assassinatos em série antigos e não resolvidos ontem e escolheu os mais suspeitos e, após obter uma confirmação preliminar do departamento de polícia sobre as atuais circunstâncias dos suspeitos, ele escreveu para Klein, Kaslana e os outros detetives particulares, que estavam interessados ​​neste ângulo, para compartilhar suas descobertas.

Incluía os dois casos em que Klein se concentrara.

“Grandes mentes de detetives pensam da mesma forma… A carta que escrevi agora não foi em vão…” Klein brincou antes de voltar para a sala.

De acordo com Isengard, os casos de assassinato aleatório de pessoas que voltaram tarde resultaram em um grande número de suspeitos, mas o número nunca foi reduzido. Depois de tantos anos, era muito difícil, quase sem esperança, tentar encontrar uma nova pista.

Um dos quatro suspeitos no outro caso era um adolescente cuja mãe também foi vítima — uma prostituta e mãe solteira que o teve como filho único. Ele havia sido abusado por sua mãe, havia sido o primeiro suspeito da polícia, mas menos de meio ano depois daquele caso, ele havia sido gravemente ferido em um tiroteio de gangue no Burgo Leste e morreu em uma sala cirúrgica em um hospital de caridade.

Seu corpo foi cremado com testemunhas antes de ser enterrado no cemitério.

Como tal, era impossível para ele estar conectado ao atual assassino em série.

“Se ele não tivesse sido cremado, eu definitivamente teria desenterrado o túmulo para verificar isso…” Klein, que uma vez voltou dos mortos, considerou seriamente a possibilidade da outra parte voltar dos mortos.

Dos três suspeitos restantes, um havia se mudado várias vezes nos últimos anos. A polícia havia perdido a noção de sua situação e precisava de mais tempo para encontrá-lo. Um havia falido e se mudou do Burgo Norte para o Burgo Leste, enquanto o outro ainda administrava uma mercearia na mesma rua.

Klein pegou uma nova folha de papel, descreveu a situação e pediu ao destinatário que observasse os dois suspeitos com endereços específicos em segredo. Ele enfatizou: — Os assassinos de assassinatos em série são todos cruéis, brutais e muito agressivos. Por favor, tenha cuidado para não se aproximar muito deles; aja como se você fosse apenas um vizinho comum observando-os.

— As informações de que preciso referem-se ao seu estado mental recente, se estão irritados, se gostam de se fechar em seus quartos, raramente se comunicam com outras pessoas e se já bateram em outras pessoas.

Essa também foi a informação que ele obteve do Sol. Após cada morte, o Diabo comia os órgãos da vítima de acordo com o ritual e ficava em um estado maníaco sanguinário até que uma nova vítima aparecesse.

Depois de enfatizar a necessidade de tomar nota da segurança do investigador, Klein dobrou a carta, colocou-a em um novo envelope e afixou um selo preto na superfície.

Em seguida, escreveu o nome do destinatário: — Detetive Stuart.

No Burgo Imperatriz, a opulenta vila do Conde Hall.

Susie estava deitada no canto do escritório, olhando em volta como se estivesse entediada.

Com a barriga inchada, o Conde Hall deu uma baforada no cachimbo e disse ao filho mais velho: — Sabe por que insisti em que você fizesse parte do Conselho Nacional de Poluição Atmosférica?

Hibbert Hall respondeu pensativamente: — Você deseja influenciar a formulação das leis e políticas relevantes?

— Não, embora eu seja o segundo maior acionista do Consórcio Constante de Carvão e Aço, realmente não me importo com esse problema. Tenho insistido para que façam os ajustes necessários. Não tenho dúvidas de que consertar a poluição atmosférica é uma tendência futura.

— Hibbert, embora nossa família tenha assentos fixos na Câmara dos Lordes, e você também se tornará membro do Parlamento da Câmara dos Lordes com o tempo, então por que alguns nobres têm mais influência do que outros quando todos são membros do Parlamento da Câmara dos Lordes? Não obstante o Orador e outras pessoas com status especiais.

Hibbert pensou por um momento antes de dizer: — O título de nobreza, riqueza, status comercial, bem como a relação entre o governo e o exército?

— Isso é apenas uma parte. Além da própria capacidade de lidar com os assuntos, as pessoas sempre confiarão naqueles com experiência rica e nos que participaram de muitos assuntos semelhantes. No futuro, se você deseja ter alguma conquista na política, além de herdar uma cadeira, também precisará se esforçar ao máximo para participar de vários assuntos e exibir as capacidades correspondentes. Gradualmente, a sua atividade vai chamar a atenção dos vários deputados do Parlamento. Eles vão lentamente achar que você é confiável e essa será a fonte de sua influência.

— Olhe para a situação atual dos nobres na República Intis, Hibbert. Você deve entender que com o passar do tempo e o desenvolvimento da sociedade, os privilégios óbvios serão enfraquecidos e o título de alguém se tornará cada vez menos importante. É apenas um título de honra, e a posição e influência do mundo dos negócios é o que você deve prestar atenção, — explicou Conde Hall em detalhes.

— E se você encontrar algo em que não é bom? — Hibbert murmurou para si mesmo.

— Então finja que você pode lidar com isso. Não se preocupe em desperdiçar dinheiro; formar equipes profissionais, ouvir suas opiniões e tomar decisões. Todo mundo tem muitas áreas nas quais não é bom, e apenas o dinheiro é multitarefas. — O Conde Hall deu conselhos.

Hibbert respondeu com iluminação: — Entendo, pai.

Nesse momento, Susie, que estava ao lado, bocejou de tédio.

Quando tudo acabou, ela entrou no estúdio de arte de Audrey, repetiu tudo o que tinha ouvido e finalmente murmurou: — Não tenho ideia do que eles estavam falando.

Audrey ouviu-a pensativa, então disse com um leve sorriso: — Eles estavam discutindo uma coisa boa que envolve reduzir o cheiro pungente que você sente.

— É mesmo? — Susie perguntou sem compreender completamente.

Audrey não respondeu e pensou em outra coisa.

Ela pretendia chamar a atenção discretamente para as más condições do Burgo Leste, a área da fábrica e a área das docas, mas nas duas últimas reuniões sociais, ela se viu incapaz de encontrar uma oportunidade.

Esses nobres, esses membros do Parlamento e altos funcionários nunca falariam sobre esses assuntos. Não havia como direcioná-los para esse tópico, mesmo que ela quisesse!

Na tarde de segunda-feira, Klein voltou do Clube Quelaag para a Rua Minsk, nº 15.

Como Stuart ainda não havia fornecido nenhum resultado de sua investigação preliminar e, como estava temporariamente incapaz de encontrar um candidato adequado para se tornar um Boticário, Klein não tinha nada para fazer ontem e hoje. Portanto, simplesmente foi ao Clube Quelaag para praticar tiro, ler e ganhar comida de graça.

No processo, ele conheceu muitos outros membros do clube.

“Esta é a força vital para futuras oportunidades de negócios…” Klein suspirou de emoção, deu quatro passos no sentido anti-horário e passou por cima da névoa cinza.

Ele fez seus preparativos, passo a passo, primeiro conjurando o falso Mundo, familiarizando-se com o controle do Olho Todo Preto e, em seguida, enviou uma mensagem ao Sol informando que a reunião estava prestes a começar.

Depois que tudo isso foi feito, Klein esperou que chegasse a três horas. Então, ele estendeu a mão para tocar as estrelas carmesins correspondentes e estabeleceu uma conexão firme. O Mágico também tinha sua própria estrela ilusória.

A pretexto de se concentrar em sua escrita, Fors Wall mandou Xio embora, e por um momento ela ficou deslumbrada com o súbito fluxo de névoa cinza.

Em um piscar de olhos, ela se viu acima da misteriosa e serena névoa cinza. Ela estava dentro de um palácio majestoso, e na frente dela havia uma antiga mesa de bronze manchada. Ao redor da mesa havia uma figura borrada após a outra.

“Uma figura atrás da outra? Uma figura atrás da outra! Esses são os membros da reunião de que o Sr. Louco falou?” Fors sentiu que os membros desta reunião secreta eram todos Beyonders muito, muito poderosos.

“Menos eu…” pensou ela, sem confiança e cheia de medo.

“No entanto, olhando de outra perspectiva, já que posso me juntar a esta reunião como uma Sequência 9, os outros membros podem não ser necessariamente muito fortes. O requisito para esta reunião obviamente não é sobre força, mas por algum outro motivo, um membro deve conseguir estabelecer uma conexão com o Sr. Louco…” Fors rapidamente rejeitou seu primeiro julgamento e relaxou um pouco.

Ao mesmo tempo, Audrey também descobriu que havia uma nova pessoa na reunião de hoje.

“É uma mulher… É Xio ou Fors? Ela passou no exame? Ou é outra pessoa?” Audrey quase se esqueceu de cumprimentar o Sr. Louco em sua tentativa de dar uma olhada nas características da nova membro.

Não importa o quão embaçada fosse a figura, ela ainda podia ver a cor do cabelo, a silhueta, o sotaque e os tiques verbais!

“Hmm… Eu também devo tomar nota. Logo no início, o Sr. Enforcado conseguiu me identificar como uma nobre pela minha pronúncia especial de certas palavras e pelo meu hábito de usar certas palavras especiais…” Audrey levantou-se, levantou a saia e disse a Klein no final da longa mesa de bronze: — Boa tarde, Sr. Louco.

Após a saudação, ela não escondeu a curiosidade. Ela olhou para a nova membro que estava sentada na mesma fila que ela e perguntou com um sorriso: — Essa é?

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥