Selecione o tipo de erro abaixo


Combo 37/50


Incapaz de tolerar a situação, Danitz decidiu fazer algo a respeito.

Ele tossiu duas vezes e encarou a Contra-Almirante Iceberg Edwina Edwards e disse: — Capitã, o Sr. Gehrman Sparrow tem algumas perguntas para você.

Ufa…  Klein soltou um suspiro de alívio.

Se essa troca de olhares continuasse, sentiu que sua personalidade fosse entrar em colapso.

Edwina acenou gentilmente com a cabeça, olhou para Klein e disse: — Sr. Sparrow, você recebeu educação?

“Que tipo de pergunta é essa?” A expressão de Klein não mudou quando ele respondeu indiferentemente: — Graduado na universidade.

“Ah?” Danitz olhou surpreso para Gehrman Sparrow, incapaz de acreditar no fato de que esse louco aventureiro e caçador de recompensas tinha realmente ido para a universidade e até se formado!

Ele não tinha como unir uma universidade — uma marca registrada de sabedoria — com a de Gehrman Sparrow!

“A menos que seja alguma Universidade de Caçadores ou Academia de Assassinos… Ou uma universidade que existe apenas nas fantasias de loucos e psicopatas…” Danitz não pôde deixar de satirizar silenciosamente.

Edwina não pareceu surpresa. Ela continuou perguntando: — Quais idiomas você domina?

— …

Klein resistiu à vontade de franzir a testa e disse: — Jotun, Élfico, Dragônico, antigo Hermes, Hermes, antigo Feysac, Loenese…

Edwina respondeu concisamente.

— Você entende os outros domínios do misticismo?

Sentindo-se à deriva por um momento, Klein sentiu como se tivesse retornado aos tempos de escola primária de sua vida anterior. Devido à sua deficiência de idade, um professor lhe fez uma série de perguntas, como quantos caracteres chineses ele dominava, se dominava as quatro operações aritméticas, se conhecia o alfabeto inglês e quantos poemas da dinastia Tang poderia recitar…

“Acalme-se… Você é Gehrman Sparrow agora…” Klein mais uma vez disse sem emoção: — Sim.

Edwina pensou por dois segundos e depois explicou sem pressa: — Tenho que combinar o seu padrão de conhecimento com a forma como responderia às perguntas para que você possa entender as respostas com mais facilidade.

“Isso…” Klein ficou surpreso ao descobrir que a bela dama à sua frente não se parecia em nada com uma aventureira agindo como pirata de meio período. Ela era basicamente uma professora com uma expressão fria, mas uma atitude gentil e paciente.

Ele se acalmou depois de pensar no vampiro que se dirigia diariamente à Igreja da Mãe Terra.

“Este é a primeira almirante pirata que conheço oficialmente. Ela é realmente única…” Klein suspirou secretamente e disse: — Primeira pergunta, onde as criaturas Beyonder aparecem no mar? As comumente vistas.

Ele não perguntou diretamente sobre sereias, pois não queria que ela percebesse seu verdadeiro propósito, o que levaria a acidentes desnecessários.

Edwina pensou por um momento e depois apagou o Ritual de Comparecimento da Alma do quadro-negro. Ela então escreveu e desenhou:

— Parta da Ilha Sônia, navegue 1.200 milhas náuticas nesta direção e você entrará nas profundezas do mar que o homem nunca explorou.

— Há uma tribo Naga ativa lá. Eles têm trabalhado duro para encontrar a cidade subaquática que, segundo rumores, contém um poderoso demônio selado. Essa é a entidade de sua fé…

Edwina falou em detalhes, em parte devido aos seus próprios esforços para encontrar o tesouro, e em parte devido ao conhecimento e aos rumores que ela havia trocado.

Demorou um pouco para terminar a história geral, mas para consternação de Klein, não havia sereias em nenhum lugar, exceto nas águas orientais do Arquipélago Gargas.

Ele rapidamente acalmou seu humor e disse: — Segunda pergunta, você sabe como remover a corrupção mental de uma característica de Beyonder?

Ele não escondeu o fato de conhecer as características dos Beyonders.

Os olhos de Edwina piscaram pela primeira vez, como se tivesse uma nova compreensão de Gehrman Sparrow.

Ela balançou a cabeça.

— Não sei.

— No entanto, uma vez imaginei que seria possível pegar emprestado o poder de uma força externa e esmagar completamente a característica de Beyonder corrompida para reduzi-la aos menores pontos de luz. Dessa forma, seja corrupção ou maldição, será dispersada por perder sua materialidade. Elas desapareceriam rápida ou lentamente. Quanto à característica Beyonder destruída, ela se reunirá pouco a pouco devido às suas características particulares, eventualmente tomando forma novamente.

— Infelizmente, apenas os deuses podem fazer isso. Se você conseguir o favor de qualquer deus, você pode tentar agradar Eles oferecendo sacrifícios suficientes e orando por uma resposta.

“A lei da convergência das características Beyonder…” Em sua mente, Klein preencheu o que Edwina havia deixado de fora propositalmente.

Ao mesmo tempo, ele não pôde deixar de suspirar. Esta Contra-Almirante Iceberg, Capitã do Sonho Dourado, era extremamente conhecedora do misticismo. Ela não era pior do que ele, alguém que leu muitas anotações do diário de Roselle e experimentou muitas coisas.

“Foi dito que a Contra-Almirante Iceberg pode replicar ou simular os poderes Beyonder de seus oponentes quando eles os usam na frente dela… Isso é bastante semelhante ao anel 2-081 do Sr. Isengard Stanton…” Assim que os pensamentos de Klein começaram a vagar, ele os controlou com força e assentiu como se estivesse pensando em alguma coisa.

— Eu concordo com esta hipótese.

— Infelizmente, não fiz isso na prática. É apenas uma conjectura. — Edwina raramente usava uma palavra que descrevesse emoção.

Danitz, que estava ouvindo ao lado, tinha uma expressão atordoada no rosto. Ele não conseguiu acompanhar a conversa.

“Do que eles estão falando? O que eles estão discutindo? Por que eu sei cada palavra, mas não sei nada quando elas estão interligadas… O que é uma característica de Beyonder? O que quebrar isso faz? O que representa essa reunião?” Danitz olhou para a esquerda e para a direita, com os olhos vazios.

Nesse ponto, Klein lançou a terceira pergunta em que havia pensado.

— Onde você pode encontrar fantasmas antigos?

Ele apenas mencionou esse tipo de monstro porque os ingredientes correspondentes também poderiam ser usados ​​no domínio da Morte. Não expôs os segredos de sua própria Sequência.

Edwina olhou para Danitz e disse: — Vou ficar de olho por você.

— Se você quiser participar das reuniões Beyonder de Bayam, ele conhece alguns. Ele pode levar você até lá.

“Nada mal, é mais fácil conversar com pessoas inteligentes…” Klein acrescentou: — Você sabe onde há pessoas que podem fazer itens místicos com ingredientes ou características do Beyonder?

— Conheci um deles numa reunião, mas ele nunca mais apareceu, — respondeu Edwina com franqueza. — Eu compreendi o conhecimento correspondente. Posso simular, mas não posso garantir a taxa de sucesso.

“Heh heh… Vou esperar então…” Klein não insistiu no assunto e passou a perguntar: — Quanto você sabe sobre a Chave da Morte?

— Pouco. — Uma chave preta de ferro apareceu de repente na mão de Edwina. Era mais ou menos do tamanho de uma lira; sua forma era antiga e tinha um brilho escuro.

A almirante pirata disse enquanto carregava o item do naufrágio: — Se você se refere a esta chave, então posso dizer que ela pertence aos gigantes.

Klein olhou de soslaio para Danitz.

— Seu contramestre me disse que também pode pertencer a um dragão ou a um lobo demoníaco.

— Esse foi o primeiro palpite. Recentemente encontrei alguns documentos históricos. E com a ajuda dos outros itens do navio, tenho uma ideia rudimentar. — Edwina não demonstrou qualquer agitação. Ela estava cheia de paciência, mas sua expressão permaneceu fria.

Depois de finalmente recuperar o sentido de dono do sonho, Danitz perguntou curiosamente: — Capitã, são realmente os gigantes?

— Sim. — Edwina deu uma resposta afirmativa. — Esse lote de documentos mostrou que ainda havia muitos gigantes ativos na Quarta Época. Alguns deles mudaram de fé para o Deus do Combate, enquanto outros foram deixados dispersos, tornando-se alvos de caça dos humanos.

— Uma das tribos construiu um navio e tentou encontrar a Corte do Rei Gigante perdida no mar, para nunca mais voltar. O navio naufragado que descobrimos, juntamente com alguns dos itens dentro dele, são muito semelhantes às relíquias que eles deixaram em seu assentamento original, então temos razões suficientes para acreditar que a chave pertence aos gigantes, e é muito provável que aponte para a Corte do Rei Gigante perdida de sua raça antes do Cataclismo.

“Corte do Rei Gigante? O Jovem Sol disse que não fica longe da Cidade de Prata…” Klein não disse uma palavra, mas ouviu em silêncio a descrição da Contra-Almirante Iceberg.

“Devo dizer que a Cidade de Prata e a Terra Abandonada dos Deuses são coisas que eu sei que superam completamente outros Beyonders… Hmm, mesmo os sete deuses não conseguem encontrar esse lugar, ou eles acham difícil descobrir a situação exata. Nesse aspecto, sou mais forte que Eles…” Klein pensou sobre isso de uma maneira presunçosa e autodepreciativa antes de dizer em voz profunda: — Se eu oferecer um preço suficiente, você está disposta a vender a chave?

— Claro, a menos que eu adquira pistas adicionais sobre a Corte do Rei Gigante. — Edwina continuou a falar em ritmo moderado.

“Muito bem, se um dia o Clube de Tarô organizar uma expedição à Corte do Rei Gigante, comprarei essa chave…” Klein estava prestes a fazer a última pergunta quando de repente se lembrou dos quatro aventureiros.

Contando com o poder do Amuleto dos Sonhos, ele conjurou a mulher de olhos cinza-esverdeados, que usava camisa de homem, e seus três companheiros.

— Você conhece eles?

Edwina deu uma olhada e disse quase sem pensar: — Leticia Dolera, arqueóloga e aventureira.

— Há rumores de que ela é membro da Ordem Ascética de Moisés ou do Elemento do Amanhecer.

“Ordem Ascética de Moisés… A antiga organização que acredita no Sábio Oculto… Realmente não é por dinheiro, e seu objetivo é definitivamente algo do templo abandonado…” Klein perguntou casualmente: —  O que você sabe sobre o Elemento do Amanhecer?

Esta misteriosa organização era semelhante aos Alquimistas da Psicologia, tendo nascido nos últimos cem a duzentos anos. Combinou os elementos de várias escolas de misticismo. Tinha seu próprio conjunto de teorias, e seus membros eram todos proficientes em lançar feitiços e dominavam muitas técnicas antigas de bruxaria.

Edwina franziu os lábios e disse: — Eles sempre lutaram contra a Ordem Ascética de Moisés.

— Há rumores de que a filha mais velha do imperador Roselle, Bernadette Gustav, a estabeleceu.

A Elemento do Amanhecer é liderada por Bernadette? Afinal, a profecia de Zaratul é bastante precisa. Ela realmente pode ser considerada uma figura importante no mundo Beyonder…” Klein suspirou interiormente, sentindo-se um tanto iluminado.

Resistiu à vontade de suspirar e olhou para Edwina. Ele disse calmamente: — Uma última pergunta.

Quando a bela dama e a atenção de Blazing Danitz estavam totalmente focadas nele, ele lentamente abriu a boca.

— Você está interessada em cooperar?

— Que tipo de cooperação? — Edwina voltou com uma pergunta.

O sorriso no rosto de Klein tornou-se cada vez mais exuberante, com um toque de loucura nele, ele disse: — Caçar o Almirante do Sangue.

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥