Selecione o tipo de erro abaixo


Combo 41/50


— Quando um estranho pegar aquela espada sagrada, Deus caminhará pela terra novamente.

— Mas o que acontece se a espada sagrada se quebrar?

Estas duas frases ecoaram nas mentes de Kalat e Edmonton; o assunto estava completamente nas lacunas de seu conhecimento.

Por alguns segundos, eles olharam para a espada sagrada quebrada, suas expressões sombrias enquanto permaneciam sem palavras.

Eles não podiam acreditar que a espada sagrada, que só havia sido tocada por um estranho à noite, havia se quebrado de repente!

“O que isto significa? O que isso representa?” Os dois não se atreveram a pensar muito sobre isso. Eles sentiram como se tivessem retornado ao começo. Naquela época, uma das bases secretas da Resistência foi descoberta pelos militares de Loen. Eles foram atacados sem qualquer aviso, e isso resultou na morte de seus pais naquele massacre. Suas parentes do sexo feminino foram sequestradas e vendidas para diversos lugares. Antes de receber a triste notícia, os sentimentos que Kalat e Edmonton sentiram naquele dia refletiam o que sentiam hoje. Eles se sentiam pesados, confusos, expectantes e inquietos, todos se misturando para formar uma pressão intensa.

— Volte para a floresta, encontre o Sumo Sacerdote e descubra o motivo. Talvez esta seja a última revelação de Deus… — Kalat virou sua cadeira de rodas e disse em voz profunda.

Edmonton levantou-se imediatamente, dizendo aos seus subordinados restantes: — Continuem procurando por esses blasfemadores, mas não fiquem aqui.

— Além disso, instrua os crentes de fora a não realizarem nenhum ritual ou mesmo orar!

A mudança inesperada nos acontecimentos o tornou ainda mais vigilante.

Bayam, na esquina da rua onde ficava a Catedral das Ondas.

Segurando uma pilha de papel branco dobrado, Danitz virou a cabeça para o lado, sentindo uma mistura de nervosismo, preocupação e perplexidade.

— Você quer dizer que devo afixá-los em diferentes partes da rua e finalmente afixá-los na porta principal da Catedral das Ondas?

Ele estava com muito medo de que a porta da catedral se abrisse de repente e um grupo de padres e bispos brandindo os punhos saísse correndo, atacando-os imediatamente, sem sequer perguntar por que ele havia postado o cartaz.

Klein manteve a frieza e disse: — Sim.

Seu plano original era entregar a questão do Deus do Mar Kalvetua ao Sr. Enforcado, para que ele pudesse alertar a Igreja das Tempestades. No entanto, considerando que ele ainda detinha o segredo do Porto Bansy, e poderia até ter relatado o assunto, seria fácil para ele levantar suspeitas com outra informação importante em tão pouco tempo.

Quanto à solução, foi muito simples. Ele poderia afixar alguns pôsteres na porta da frente dos Punidores Mandatários para que eles pudessem ver assim que saíssem.

Havia um pequeno problema com o plano de Klein: ele não sabia dizer qual das lojas ao redor da Catedral das Ondas era a identidade falsa dos Punidores Mandatários. Tudo o que pôde fazer foi obrigar Danitz a trabalhar um pouco mais e colar os pôsteres em todos os lugares, em locais de destaque, incluindo, entre outros, a porta da frente da Catedral das Ondas.

“… Eu deveria ter fugido mais cedo… Por que eu pensaria que esse sujeito salvou minha vida? Talvez eu tivesse sido convertido em libras de ouro se ele fosse qualquer outro aventureiro poderoso… Não, quem imaginaria que esse lunático resolveria tão facilmente a maldição do Deus do Mar. Fugir poderia me deixar em um estado ainda pior…” Enquanto lamentava interiormente, Danitz desenrolou a pilha de papel branco e olhou casualmente para o conteúdo.

“Depois que Letícia Dolera e companhia entraram e saíram da ruína do Deus do Mar na Ilha Symeem, eles foram perseguidos pela Resistência. Enquanto isso, Kalat e a Resistência tentavam vender uma estranha espada de osso que parecia um pouco torta. O corpo do Deus do Mar Kalvetua está à beira do colapso com um estado mental extremamente perturbado.”

“…”

Danitz congelou por dois segundos e, inconscientemente, olhou para Gehrman Sparrow.

“Eu posso entender as primeiras declarações, mas por que há uma menção de que o Deus do Mar Kalvetua está à beira do colapso e em um estado mental extremamente perturbado… Como Gehrman Sparrow sabe? Ele descobriu algum problema ao lidar com a maldição do Deus do Mar? E como ele lidou com a maldição do Deus do Mar? A organização por trás dele é mais poderosa do que eu pensava… Será que é semelhante à Ordem Aurora, na qual eles servem uma divindade real?” Quanto mais pensava nisso, mais Danitz tremia de medo.

A primeira vez que ouviu falar da Ordem Aurora originou-se de um assalto no mar. Naquela época, foi a primeira vez que viu a expressão séria de sua capitã. Depois disso, ele aprendeu alguns dos chamados conhecimentos gerais do mundo misterioso.

Klein respondeu a Danitz com um olhar sem emoção.

No pôster, ele eliminou quaisquer suposições subjetivas e apenas descreveu os assuntos que poderiam ser confirmados com certeza, para não interferir no julgamento dos superiores da Igreja das Tempestades.

Dentre eles, foi excluído o conteúdo referente a um item importante que Letícia e companhia haviam levado. O templo perdido foi transformado em uma ruína mais ampla e inclusiva do Deus do Mar. A base foi obviamente abandonada por Kalat e os outros depois de perceberem que algo havia acontecido com o Deus do Mar, então também não foi mencionado.

Danitz de repente retraiu o olhar, com medo de olhar mais longe.

“A Capitã disse que quanto mais segredos alguém tiver, mais perigoso ele será!” Ele pensou um pouco e disse preocupado: — Se colarmos na porta da frente da catedral, com certeza atrairá imensa atenção da Igreja das Tempestades.

— Eles descobrirão que fui eu quem fez isso?

Klein deu uma resposta concisa.

— Sim.

— …

Danitz forçou um sorriso e disse: — Então eu não estaria em grave perigo?

Klein usou sua habilidade de palhaço para controlar sua expressão e respondeu calmamente: — Você já era um pirata que tem uma recompensa pela sua cabeça.

“Você acha que pode passear pelas principais ruas de Bayam agora?” Klein satirizou interiormente.

“Isso é verdade. Não importa o que aconteça, eles ainda vão me capturar e reivindicar minha recompensa… Não, há algo errado com isso!” Danitz deixou escapar: — Mas minha recompensa aumentará!

Klein olhou para ele, mas ele não disse nada. Tudo o que ele fez foi sorrir um pouco.

Por um momento, Danitz pensou ter ouvido uma pergunta retórica.

“Isso não é uma coisa boa?”

“Uma coisa boa para um burro querer!” Com uma risada seca, Danitz pegou a pilha de cartazes e, aproveitando os ventos fortes e a madrugada, afixou-os em local de destaque na rua próxima à Catedral das Ondas.

“Realmente parece postar um pequeno anúncio…” Klein, que estava com uma das mãos no bolso, observou de longe e comentou internamente.

Ele suspirou e pensou: “É bom ter uma assistente. Pelo menos, não tenho que fazer algo que manche a minha reputação… Se eu estivesse em Tingen ou Backlund, se algo assim tivesse acontecido… a cena seria linda demais para imaginar…”

Danitz finalmente alcançou o lado de fora da Catedral das Ondas, colou o pôster na porta da frente, cerrou o punho e bateu na porta.

Depois de terminar tudo isso, ele se virou e correu, como se houvesse dez Punidores Mandatários correndo atrás dele.

Klein não se atreveu a ser negligente. Ele puxou uma estatueta de papel, sacudiu-a e queimou-a até virar cinzas antes de caminhar rapidamente para outra rua.

Após seus recentes encontros com os Punidores Mandatários, ele tinha um profundo conhecimento de seu estilo e não ousava ser nem um pouco descuidado.

Foi somente quando estavam longe da Catedral das Ondas que eles diminuíram a velocidade e recuperaram a velocidade normal de caminhada.

Danitz tinha uma boa constituição; seu rosto não estava vermelho nem ele estava ofegante.

Ele ficou um pouco confuso e perguntou: — Por que você simplesmente não escreveu para a polícia ou jogou o caso no gabinete do governador-geral?

Antes que Klein pudesse responder, ele já havia percebido o porquê.

“Isso mesmo. A polícia de escalão inferior e o pessoal do gabinete do governador-geral são locais. Eles podem muito bem ter pena da Resistência ou podem ser crentes clandestinos do Deus do Mar.”

Enquanto conversavam, viraram uma esquina e viram um edifício vermelho extremamente grande na frente deles. O interior estava bem iluminado e a música podia ser ouvida lá dentro. Pessoas e carruagens entravam e saíam pela porta. Não exalava nenhuma vibração de que era tarde da noite.

— Ha, na verdade, acabamos andando até aqui. — Após um segundo de hesitação, um sorriso apareceu no rosto de Danitz, um sorriso que todos os homens compreenderam.

“Teatro Vermelho?” Klein, que era rico em conhecimento teórico, de repente percebeu.

Danitz riu maliciosamente.

— Este é um dos locais mais famosos de todo o Mar Sônia. Há garotas de Balam misteriosas e sedutoras, garotas de Feynapotter apaixonadas, donzelas de Intis livres e atraentes, damas de Feysac altas e graciosas, mulheres de Loen conservadoras e quietas, nativas gentis e dóceis…

“Esse sujeito sabe muito… Ele vem sempre?” Klein lançou um olhar para Blazing e não disse nada.

Por alguma razão, Danitz sentiu como se tivesse sido descoberto e imediatamente riu sem jeito.

— É disso que os piratas falam quando se gabam. Só estive aqui algumas vezes.

— Eu não tinha muito dinheiro no passado. Só consegui encontrar algumas medianas, principalmente na área do Mar da Névoa. Depois, juntei-me ao Sonho Dourado…

“Não é de admirar… Embora os homens da Contra-Almirante Iceberg recebam boas regalias de emprego e muitas vezes consigam partilhar o tesouro, ainda é muito difícil rejeitar algumas tradições… Comparado com os piratas típicos, este tipo pelo menos conhece a temperança e salva o seu dinheiro…” Klein pensou na iluminação.

Danitz não queria continuar no assunto porque mudou de assunto.

— Há muitas meninas de rua em Bayam, especialmente lá.

Ele apontou para longe e disse: — Era uma vez um pirata que fez uma experiência. Ele bateu aleatoriamente na porta de uma família, tirou algum dinheiro e pediu para fazer isso uma vez com a amante. No final, três a quatro famílias em cada dez concordaram. Tsk, se for alguém como você, que tem a aparência de Loen padrão, quase ninguém irá recusar. Eles podem esconder secretamente suas filhas para evitar que você a descubra. Heh heh, a Marinha de Loen cometeria muitos assassinatos e estupros aqui todos os anos; eles não são melhores que os piratas, mas apenas seriam mandados de volta ao país e pagariam algumas pequenas multas.

Klein ouviu em silêncio e de repente se lembrou da noite em que os crentes do Deus do Mar oravam ao redor da piscina. Ele pensou em seus rostos febris e entorpecidos.

Backlund, dentro da vila da família Odora.

Emlyn White, que tomou a iniciativa de expor certos problemas sobre si mesmo, seguiu nervosamente Cosmi para o subsolo. Ele mais uma vez chegou ao salão de pedra cinza onde o caixão de ferro preto estava guardado.

— Estimado Lorde Nibbs, por que você me convocou? — Embora Emlyn tivesse ensaiado essa cena em sua mente dezenas de vezes, ainda não conseguia remover completamente a tensão e a apreensão em seu coração.

Nesse estado, de repente entendeu um problema. Do ponto de vista dos estudos teatrais, o papel que desempenhava deveria esconder suas preocupações e medos.

“Não há necessidade de nenhuma ocultação especial… eu me saí bem!” Emlyn de repente ficou muito mais calma.

Uma voz profunda e envelhecida soou no caixão coberto de símbolos e padrões mágicos.

— Para recompensá-lo.

— Pela Ancestral, você arriscou sua vida para orar ao Louco. Embora não tenha recebido uma resposta, você correu um risco enorme. Este é um ato que precisa ser recompensado.

— Aqui está um cheque de aceitação de 7.000 libras, uma recompensa para você. Não entreguei a você em tempo hábil devido à Grande Poluição de Backlund, mas nunca é tarde demais.

— Ao mesmo tempo, você deve estar sempre atento a si mesmo e não relaxar. Se algo anormal acontecer, informe imediatamente Cosmi.

“Ele realmente me deu dinheiro…” Emlyn quase se esqueceu de fechar a boca.

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥