Selecione o tipo de erro abaixo


Combo 36/50


“… Nem precisou que eu mencionasse isso… Eu ainda estava um pouco envergonhado de levantar o assunto…” Klein secretamente soltou um suspiro de alívio. Depois de considerar a personalidade de Gehrman Sparrow, ele disse calmamente: — Não tiro vantagem dos outros.

Assim que disse isso, ele se sentiu um pouco arrependido. Ele estava com medo de que a Contra-Almirante Iceberg realmente mudasse de ideia.

Os olhos azuis claros de Edwina moveram-se ligeiramente quando ela disse: — A única condição é que você me diga a resposta para qualquer coisa que descobrir.

Ufa…  Klein não insistiu no assunto enquanto assentia.

— OK.

Cerca de um minuto depois, ele carregava uma chave preta de ferro do tamanho de um hetacorde.

E naquele momento, houve uma série de cantos fervorosos no convés.

— Seus olhos são tão hipnotizantes que parecem a luz do amanhecer;

— Quando chega a noite e o sol se põe, quase começo a sentir melancolia; aguardando fervorosamente a sua luz;

— Oh, seus olhos são tão hipnotizantes que parece a luz do amanhecer…

Klein inconscientemente foi até a janela e olhou para fora. Ele viu que a fogueira já estava acesa e a tripulação do Sonho Dourado, que não tinha nada para fazer, estava reunida em torno dela. Eles estavam assando carne ou peixe enquanto bebiam cerveja. Caso contrário, estariam dançando uma dança bastante aleatória, mas animada, ao lado do canto do cantor Orfeu. Foi uma atmosfera muito alegre.

A torrefação oleosa exalava um aroma tentador que subia. Klein viu que Anderson Hood também estava entre os piratas, bebendo animado e comendo alegremente. De vez em quando gritava algumas palavras e contava uma piada, como se já fosse membro do Sonho Dourado. Ele não estava mais condenado ao ostracismo como antes. Em vez disso, Danitz não apareceu entre eles. No mínimo, Klein não o viu perto de Pele de Pedra, Barrel.

“Contanto que ele não provoque os outros, Anderson é bastante bom em socializar… Esses poderiam ser os poderes de coleta de informações de um Conspiracionista? Sim, ele pode ter transferido o ódio para mim…”

“Eu me pergunto se Danitz trabalhará duro depois do que aconteceu. Se ele puder melhorar e adquirir maior força, então, como O Louco, eu não me teria apenas como subordinado. Não preciso aparecer sempre como uma trindade. Heh heh, esta minha existência secreta finalmente tem um verdadeiro crente, alguém que posso ordenar diretamente para fazer coisas, mesmo que seja limitado apenas a Danitz… Devo dizer, ainda é bastante patético…”

Enquanto Klein refletia sobre o assunto, preparou um ritual para sacrificar a chave dos gigantes acima da névoa cinza.

Naquele momento, sua percepção espiritual foi acionada quando ele instintivamente ativou sua Visão Espiritual e olhou para o lado.

Ossos brancos foram levantados quando se materializaram no mensageiro com chamas negras nas órbitas oculares.

Metade do corpo do mensageiro estava no convés inferior, de modo que estava quase na altura de Gehrman Sparrow, sem passar do teto. No entanto, a palma que segurava a carta permaneceu enorme, como se pudesse facilmente envolver a cabeça de Klein.

“Desta vez, o Sr. Azik foi bastante rápido em responder…” Quando Klein assentiu educadamente, ele recebeu a carta e a desdobrou.

Assim que estava prestes a ler seu conteúdo, de repente percebeu que o mensageiro esqueleto permanecia ali. Não desapareceu depois de entregar a carta.

— Mias alguma coisa? — Klein perguntou surpreso.

Assim que ele disse isso, uma ideia passou por sua mente quando ele rapidamente acrescentou: — Se houver necessidade de responder, então irei convocá-lo novamente.

A enorme cabeça do mensageiro esqueleto assentiu enquanto seu corpo desmoronava como uma cachoeira antes de retornar ao Submundo.

“A Madame Reinette Tinekerr esperou anteriormente que eu desse uma resposta, o mesmo para o mensageiro esqueleto desta vez… Isto é algum novo regulamento que o mundo dos mensageiros promulgou? Puft! Não existe um mundo dos mensageiros. Eles são todos convocados individualmente, e a maioria dos mensageiros faz isso apenas em meio período… Sim, o mensageiro esqueleto me deu uma sensação de tristeza…” Klein balançou a cabeça sem pensar muito antes de concentrar sua atenção na carta do Sr. Azik.

“… Simplificando, atingir a divindade começa no momento em que se avança para a Sequência 4. É um processo lento de evolução em direção a uma criatura mítica. Este processo termina na Sequência 2. Portanto, existe uma diferença qualitativa entre um anjo e um santo. Nos tempos antigos, os anjos eram até chamados de deuses subsidiários.”

“Todo semideus, incluindo santos e anjos, tem seu próprio estado mítico. Esta é uma forma não-humana que é uma mistura de conhecimentos complexos, características de divindade e símbolos secretos. As pessoas comuns sofrerão danos tremendos com um simples olhar, a ponto de perderem a cabeça. E à medida que o semideus cresce em força, o dano só fica mais potente e irresistível. Portanto, criaturas neste nível têm que se controlar constantemente para não exporem esta forma, ou apenas pela sua própria existência, ela pode provocar uma catástrofe ao seu entorno.”

“Para os semideuses, uma das principais características de perder o controle é perder a razão. Quando isso acontecer, eles não serão mais capazes de conter sua forma de criatura mítica.”

“No entanto, a forma mítica de um santo não está completa. Existem características claras de sua raça original. Estritamente falando, alguém se torna uma verdadeira criatura mítica somente depois de atingir a Sequência 2…”

“Eu me pergunto se o sangue que a Madame Eremita quer é o sangue de uma criatura mítica no verdadeiro sentido da frase, ou se os critérios podem ser menores… Heh, eu me pergunto se o sangue da placenta do nascimento de Will Auceptin conta. Ele é uma Serpente do Destino da Sequência 1, uma criatura mítica absoluta, só que não na forma correta… Vou acumular mais assuntos antes de escrever na garça de papel para perguntar a ele. Sim, só faltam mais duas vezes, então preciso fazer isso para assuntos sérios. No entanto, voltarei para Backlund em breve…” Com isso em mente, Klein calculou silenciosamente quando Will Auceptin nasceria.

Ele não tinha uma lembrança precisa, mas com base em suas impressões, Will Auceptin foi concebido em novembro passado, e atualmente era apenas meados de abril.

“Portanto, Ele nascerá em julho? Talvez antes…” Klein pensou sem muita certeza. Afinal, não teve namorada ou esposa na vida anterior, muito menos teve filho.

Ele rapidamente jogou esses pensamentos para o fundo de sua mente e começou a preparar o ritual. Sacrificou a chave dos gigantes para si mesmo. A razão pela qual ele não usou seu Corpo Espiritual para carregá-la foi simplesmente porque era muito pesada.

Logo chegou acima da névoa cinza. Fez a chave preta de ferro voar para a superfície da mesa de bronze enquanto a inspecionava seriamente algumas vezes.

Depois de confirmar que não havia nada de anormal, ele conjurou papel e caneta e escreveu a declaração de adivinhação: “O lugar ao qual esta chave corresponde.”

Com o papel na mão e o braço em volta da chave, Klein recostou-se na cadeira e adormeceu enquanto recitava.

Desta vez, o mundo cinzento e nebuloso apresentou pela primeira vez uma tela translúcida distorcida. À medida que a cena aumentava, ele imediatamente apareceu diante de uma porta de dez metros de altura.

A porta era principalmente de cor azul e nas laterais havia vários símbolos, gravuras e padrões. Eles eram imponentes e misteriosos.

A luz do crepúsculo brilhou fracamente, tingindo a porta com uma clara sensação de declínio. Era como se a luz do dia tivesse desaparecido para o mundo, sendo substituída apenas pela escuridão eterna.

Logo depois disso, Klein percebeu que na abertura do lado esquerdo da porta, a uma altura de três a quatro metros, havia uma cavidade preta que equivalia ao punho de um adulto.

A cena rapidamente se desfez quando Klein abriu os olhos.

“Uma porta semelhante à do claustro negro, mas de uma cor diferente… A luz do crepúsculo… Minha interpretação é que ela representa uma porta particular da Corte do Rei Gigante… Sim, a primeira tela translúcida distorcida deveria ser a barreira entre a Terra Abandonada dos Deuses e o mundo exterior. Portanto, sem a névoa cinza eliminando a interferência, não há como ver a cena por meio de adivinhação…” Klein bateu na borda da mesa manchada enquanto fazia o julgamento.

Ele já havia decidido comprar a chave dos gigantes!

Depois de passar pelo incômodo de trazer 5.000 libras em dinheiro de volta para o mundo real, Klein arrumou os itens sobre a mesa e segurou uma grossa pilha de dinheiro. Ele saiu do quarto mais uma vez e caminhou até a cabine do capitão.

“Heh, como Apóstolo do Desejo, a recompensa de Kircheis é equivalente a uma chave e 1.000 libras…” Klein olhou para o dinheiro em sua mão enquanto batia na porta da Contra-Almirante Iceberg novamente.

Com um rangido, Edwina apareceu junto à porta. Quando ela o viu segurando o dinheiro, suas sobrancelhas se contraíram quando arregalou os olhos. Ela disse com uma expressão iluminada: — Você tem respostas?

Klein reconheceu laconicamente.

— Já obtive resultados que provavelmente estão relacionados à Corte do Rei Gigante.

— A Corte do Rei Gigante conforme falada nos mitos? — Os olhos de Edwina brilharam quando perguntou.

Klein assentiu gentilmente em afirmação.

Os lábios de Edwina tremeram como se ela quisesse perguntar mais, mas no final ela não disse uma palavra. Ela pegou as 5.000 libras em dinheiro.

Ela se virou para olhar as fileiras de estantes e ficou em silêncio. Ela finalmente disse a Klein segundos depois: — Se você estiver interessado nesses livros, pode pegá-los emprestado a qualquer hora do dia.

“Meu único pedido é…” Klein previu secretamente o que a Contra-Almirante Iceberg estava prestes a dizer.

— Meu único pedido é que você possa falar comigo sobre história sempre que estiver livre, — Edwina fez uma pausa antes de acrescentar com os olhos parecendo brilhantes.

Klein riu interiormente e disse depois de pensar um pouco: — Tudo bem, mas não responderei a todas as perguntas.

Enquanto isso, orou silenciosamente: “Esperemos que a coleção da Contra-Almirante Iceberg tenha métodos para criar amuletos de nível superior…”

— Sem problemas. — O canto da boca de Edwina se contraiu quando sua expressão ficou mais viva.

— Vejo você amanhã. — Klein tirou o chapéu e apertou-o contra o peito enquanto se curvava para se despedir.

Edwina também retribuiu seriamente as gentilezas.

— Vejo você amanhã.

Backlund. Rua Portão de Ferro, em frente ao Bar dos Corajosos.

Emlyn White desceu de uma carruagem, abriu uma porta de madeira e entrou.

Ele foi então atingido pela mistura de cheiros dentro enquanto apertava o nariz em desprezo.

Não teve muito progresso na competição para caçar os crentes da Lua Primordial; portanto, planejou ir ao Bar dos Corajosos, que Sherlock Moriarty mencionava com frequência. Ele estava lá para encontrar o bem informado traficante de armas do mercado negro, Ian. O nome deste último foi adquirido por Emlyn por outros meios.

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥