Selecione o tipo de erro abaixo


Combo 16/50


Sharron ficou em silêncio por dois segundos antes de dizer: — Vou ajudar perguntando.

“Isso significa que você precisa considerar isso? Isso mesmo. Os efeitos negativos da Balança da Sorte deixam alguém hesitante. No entanto, o Frasco de Veneno Biológico é realmente compatível com um Espectro. Se não fosse porque estou com pouco dinheiro e como isso diminui minha imunidade, fazendo-me adoecer facilmente, eu não estaria disposto a vendê-lo. É bastante eficaz em uma emboscada!” Klein compreendeu vagamente as intenções de Sharron enquanto enfiava o colar de prata de volta no colarinho.

Ele perguntou depois de pensar um pouco: — Qual poder Beyonder do caminho do Prisioneiro de Alta Sequência faz com que todos os itens sem vida ao redor ataquem o alvo?

— Fantoche, — Sharron respondeu sucintamente.

“É o poder de um Sequência 4: Fantoche? Transformando-se em um fantoche sem vida, para que sejam capazes de controlar todos os objetos sem vida em um determinado alcance? Avançando ainda mais, conseguirão influenciar diretamente os itens místicos de um inimigo? — Klein acenou com a cabeça em esclarecimento e perguntou: — Então, você conhece aquele semideus?

Ele imediatamente descreveu em detalhes a aparência do velho que o atacou fora de Bayam.

— Shanks, — Sharron disse calmamente um nome.

“Na verdade, eu gostaria que você pudesse compartilhar comigo mais sobre ele…” Klein conhecia o estilo da Srta. Sharron quando disse com um sorriso exasperado: — Então, você conhece Zatwen?

Ele foi o mentor do líder da Seita do Corpo Celestial na Ilha Oravi.

— O semideus que estava nos perseguindo, — respondeu Sharron sem esconder nada nem nenhuma emoção, como uma boneca.

“Foi ele quem me fez sentir que as cadeiras, mesas e cortinas queriam me matar… Que coincidência… Porém, não foi planejado. Isso apenas prova que, como organização secreta, a Escola de Pensamento Rosa, com uma história de mais de mil anos, não tem tantos semideuses… Talvez tenha aproximadamente o mesmo número que a Ordem Aurora. O número de santos é cerca de cinco, e o número de anjos e Artefatos Selados de Grau 0 é cerca de dois a três… Claro, isso também ocorre porque eles foram suprimidos pelas sete Igrejas principais, reduzindo suas sedes a colônias. No auge de seus poderes, eles poderiam ter muito mais do que isso…” Klein pensou e perguntou novamente: — Então, você conhece o membro da Escola de Pensamento Rosa que é capaz de fazer uma montanha inteira tremer com apenas um braço?

Ele planejava descrever as características do braço, mas percebeu que não ousou olhar diretamente para ele.

Sharron ouviu em silêncio enquanto seus olhos se voltavam como se ganhassem vida. Ela perguntou com uma voz clara: — O que você encontrou?

“Um santo, um anjo, assim como o Rei dos Mares, um semideus da Ordem Aurora, um subproduto monstro da Morte Artificial do Episcopado Numinoso…” Klein silenciosamente fez um comentário autodepreciativo enquanto dizia com um sorriso irônico: — Eu fiquei do lado ruim com a Árvore Mãe do Desejo, e sofri uma emboscada da Escola de Pensamento Rosa. Felizmente, eu estava em Bayam, permitindo que a Igreja das Tempestades e os militares do reino agissem. Também joguei fora um item corrompido com a aura do Verdadeiro Criador, bem como algo relacionado ao Episcopado Numinoso. Resumindo, foi um caos e aproveitei para fugir.

Ele respondeu francamente, além de esconder a existência da Srta. Mensageira e do Sr. Azik. Quanto à questão do Verdadeiro Criador, ele acreditava que a Srta. Sharron sabia há muito tempo que ele não era afetado pelos delírios. Isso poderia ser explicado por uma intervenção psicológica ou tratamento psíquico oportuno.

— Árvore Mãe do Desejo… — Sharron murmurou o nome enquanto raras contrações emocionais apareciam lentamente em seus olhos.

Klein não tinha as habilidades de interpretação de um Espectador e não conseguia dizer o que exatamente se passava na mente de Sharron. Ele só podia sentir que ela sentia um pouco de medo e aversão.

Sharron rapidamente conteve sua reação anormal, voltando a ser uma boneca extremamente requintada.

Ela olhou para Sherlock Moriarty e disse: — Você tem muita sorte e é muito misterioso.

Klein sorriu sem dizer uma palavra, sem mentir nem explicar.

Sharron não perguntou ao dizer: — Você pode ter conhecido Suah. Ele é uma Abominação nascido há 922 anos e afirma ser filho do Deus Acorrentado. Ele também é o atual líder da Escola de Pensamento Rosa.

“Sem chance. A Escola de Pensamento Rosa enviou seu líder e um semideus para lidar comigo… Sou apenas um mero Sequência 5! Se não fosse pelo aviso da Luz Laranja Hilarion, eu já poderia ter sido capturado pela Escola de Pensamento Rosa…” Klein sentiu um arrepio percorrer suas costas novamente quando perguntou: — Abominação é o nome da Sequência 2 ou Sequência 1 do Caminho do Prisioneiro? 

— Provavelmente, — Sharron não deu uma resposta afirmativa.

Nesse momento, sem esperar pela resposta de Klein, ela disse: — A Rua Williams foi destruída.

Klein havia ponderado que tipo de reação deveria ter quando a Srta. Sharron trouxesse o assunto, então imediatamente franziu a testa.

— Por quem? Quando isso aconteceu?

— Os Falcões Noturnos e a Mente Coletiva da Maquinaria. Cerca de dois meses atrás. — Sharron reuniu claramente as informações correspondentes.

Klein assentiu solenemente e, depois de pensar profundamente, disse: — Talvez tenhamos negligenciado alguma coisa. Esse espírito maligno não precisava de nós para resgatá-lo. Ainda controlava o Baronete Pound!

— Será que algo aconteceu com aquele cavalheiro, atraindo a atenção dos Falcões Noturnos e da Mente Coletiva da Maquinaria? — Klein ofereceu um palpite cheio de meias verdades sem a maior confiança.

Sharon assentiu.

— O Baronete Pound morreu durante uma de suas festas.

“É isso? Esse é o fim da linhagem final de Alista Tudor?” Klein pensou e disse: — Como está a situação da Rua Williams no momento?

— Alguns arranha-céus estão sendo construídos, — descreveu Sharron sem muita expressão. — As pessoas monitoravam em segredo no início, mas a vigilância diminuiu com o tempo, diminuindo para zero no início do mês passado.

Klein ponderou por alguns segundos e disse: — Você desceu para explorar?

Os olhos de Sharron analisaram seu rosto.

— Não.

“É ela se lembrando do nosso acordo não escrito — explorar juntos porque o encontramos juntos? Que mulher de coração nobre. A facção da temperança da Escola de Pensamento Rosa é infinitamente melhor do que a facção da indulgência!” Klein sondou: — Vamos agora?

— Tudo bem, — Sharron expressou sucintamente sua posição.

Klein imediatamente instruiu o motorista da carruagem e ele mudou o destino para Rua Williams, no cruzamento do Burgo Oeste e Burgo Imperatriz.

Ao longo do caminho, mencionou casualmente o que ouviu e viu no mar, bem como as experiências que não envolviam seus segredos. Embora Sharron não lhe respondesse, ela ouviu atentamente, aparentemente interessada.

Isso fez Klein se lembrar da época em que a conheceu como Srta. Guarda-Costas. Ela sentou-se na ilusória cadeira de encosto alto no vidro da janela sacada. Sua mão direita segurou sua bochecha enquanto ela ouvia seriamente a conversa dele com Ian. Ela tinha um grande potencial para ser uma Espectadora.

A carruagem passou pelas ruas silenciosas sob a garoa antes de finalmente chegar perto da Rua Williams.

Sem se aproximar da área, Klein e Sharron descobriram que a área havia se tornado um enorme canteiro de obras.

Depois de circular até a região que combinava com as ruínas subterrâneas, eles ficaram atrás de uma enorme árvore com uma copa exuberante. Klein disse a Sharron, que não ficou encharcada pela chuva, apesar de não segurar um guarda-chuva: — Vamos descer.

Quando a chuva caiu, ela passou pelos cabelos loiros e pelo corpo de Sharron antes de atingir o chão.

— Tudo bem. — Sharron não perguntou como Sherlock Moriarty planejava ir com ela.

Klein enfiou a mão no bolso e removeu facilmente a parede da espiritualidade, e abriu a cigarreira de ferro.

Ao lado dele, uma figura apareceu de repente. Não era outro senão o Almirante de Sangue Senor, que usava um casaco vermelho escuro e um velho chapéu triangular.

— Ele descerá em meu lugar, — disse Klein com um sorriso.

Imediatamente depois disso, ele controlou sua marionete de maneira composta.

Senor imediatamente pressionou a mão no peito e fez uma reverência para Sharron.

— Boa noite. Estou honrado em trabalhar com você.

Sharron passou o olhar por Klein e Senor e, sem dizer uma palavra, seu corpo afundou no solo.

“Uh, a Srta. Sharron parece detestar o Senor significativamente…” Klein curvou os lábios e fez o Almirante de Sangue rapidamente se transformar em um Espectro e afundar.

Quanto a si mesmo, ele se apoiou em uma árvore, semicerrando os olhos enquanto controlava seriamente a marionete. Não havia ninguém ao seu redor, a garoa estava fraca e as luzes da rua fracas.

Lentamente, Klein encontrou a sensação de ser um Mestre das Marionetes.

Sua visão e a visão do Senor se sobrepuseram quando ele viu solo marrom-escuro, vermes se contorcendo e itens diversos entre as rochas.

Ao passarem por camadas de obstáculos, chegaram à região onde antes ficava a ruína. O teto em cúpula desabou e as colunas de pedra quebraram. A área estava cheia de terra e entulho, não se parecendo em nada com o que era antes.

Tal cena fez Klein acreditar que as estátuas humanóides das seis divindades haviam sido completamente destruídas.

Para sua alegria, a localização delas era relativamente próxima da sala que selava o espírito maligno. Isso significava que ele não precisava se preocupar com a possibilidade de qualquer exploração subsequente exceder o alcance de cem metros para o controle de sua marionete.

Em meio ao cheiro de terra e podridão, eles logo entraram na sala anteriormente ameaçadora; entretanto, entre os escombros e o solo, havia apenas alguns sinais de ossos esmagados e roupas podres. A escuridão e a luz azul profunda de antes haviam desaparecido.

“As características de Beyonder foram retiradas pelos Falcões Noturnos e pela Mente Coletiva da Maquinaria…”  A expressão do Senor se contraiu ao refletir perfeitamente o humor de Klein.

Sharron se virou no ambiente escuro e sólido e balançou a cabeça suavemente.

— Eles não enviaram ninguém. Não há vestígios de criaturas vivas aqui.

“Isso mesmo. Se uma pessoa viva tivesse entrado e saído desta sala durante o último meio ano, um Espectro deveria ser capaz de sentir isso… Além disso, as estátuas da divindade obviamente não podem ser vistas pelos Falcões Noturnos e pela Mente Coletiva da Maquinaria… Para onde foram essas características de Beyonder?” Quando Klein franziu a testa, Senor teve uma reação semelhante.

“Será que o espírito maligno não foi completamente destruído? Há muito tempo escapou?” Klein pensou sobre isso quando de repente chegou a uma conclusão alarmante.

Ele conteve suas emoções e fez Senor passar pelo solo e pela sala cheia de escombros com Sharron, e eles chegaram ao local onde antes ficava a porta amaldiçoada. E naquele momento, apenas algumas lascas provaram que ela existia antes.

Depois de avançar alguns metros, os dois realmente entraram na sala onde o espírito maligno estava selado.

Também foi destruída e enterrada. Klein usou o corpo e os olhos do Senor para procurar pistas enquanto voava.

— Deveria haver uma cadeira preta de encosto alto aqui. — Sharron parou e apontou para as lascas acima de duas pedras.

Klein lembrou-se instantaneamente da cena que vira certa vez no sonho: o jovem suspeito de ser Medici estava sentado em uma cadeira de encosto alto, com a cabeça baixa como se estivesse morto.

Sharron não fez uma pausa. Ela continuou avançando no solo compactado em busca de vestígios. De repente, ela falou novamente.

— Deveria haver uma aqui.

“Outra? Uma segunda cadeira preta com encosto alto?” Klein ficou surpreso.

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥