Selecione o tipo de erro abaixo

Combo 30/30


Burgo Norte, Catedral do Santo Samuel.

Assim que Klein entrou no salão principal de orações, usou os pontos de luz que brilhavam na parte de trás do altar para examinar os arredores, observando todos os crentes lá dentro.

De relance, Klein rapidamente travou um alvo. Ele seguiu o corredor e avançou sem mostrar nenhum sinal anormal.

Na primeira fila estava um velho vestindo uma túnica preta de clérigo, mas exalava uma aura fria. Seu rosto estava pálido e seu cabelo estava murcho e amarelo. Ele tinha os olhos bem fechados enquanto orava com grande concentração. Ele era um dos Guardiões que Klein já havia percebido.

“Seu turno geralmente é na sexta-feira…” Klein não se aproximou dele e, em vez disso, sentou-se a dois bancos de distância dele. Depois de encontrar um lugar para se sentar, entregou o chapéu e a bengala para Richardson.

Então, enquanto estava sentado, tocou duas vezes com o polegar esquerdo no primeiro segmento do dedo indicador, ativando silenciosamente sua visão dos Fios do Corpo Espiritual.

De repente, fios negros ilusórios apareceram na frente de Klein enquanto se estendiam densamente para fora de diferentes corpos espirituais, indefinidamente.

Tendo acabado de se sentar, Klein desviou o olhar, lançando-o para o Guardião.

Ele quase exclamou pelo que viu, mas graças ao seu autocontrole como Palhaço e à sua capacidade de esperar situações anormais, conseguiu relaxar e manter sua atitude sóbria.

Em sua visão, embora o ancião de cabelos amarelos tivesse Fios do Corpo Espiritual se estendendo, seu corpo era inteiramente preto por dentro enquanto a escuridão engolia as origens dos fios ilusórios de uma forma completamente diferente dos Beyonders comuns!

“Na verdade, eles já foram corroídos pelo selo central, causando uma mutação no nível da alma… Pelo que parece, o problema está mais próximo do meu segundo palpite. Eles são, em certo sentido, parte do selo central. Assim que mostrarem sinais de perda de controle, imediatamente desencadearão a reação instintiva do item que os reprimirá à força… Não é de admirar que os Guardiões precisem desempenhar um papel voluntário e serem avançados em idade. Eles provavelmente entenderam o resultado…” Klein suspirou enquanto se preparava para desativar os sentidos dos Fios do Corpo Espiritual e retrair o olhar.

Neste momento, viu um par de olhos. Eles eram negros sem quaisquer emoções internas.

Ao lado dos olhos havia rugas pronunciadas que se estendiam pouco a pouco, como se fossem distorcidos, estranhos símbolos misteriosos.

Eles eram os olhos do Guardião!

Em algum momento, ele endireitou o corpo, virou-se e olhou fixamente para Dwayne Dantès!

O couro cabeludo de Klein ficou instantaneamente dormente quando forçou um sorriso e acenou para ele como se fosse um encontro normal de olhares.

O Guardião moveu lentamente a cabeça em resposta.

Então, Klein sentiu como se tivesse sido extraído do ambiente enquanto as coisas ficavam embaçadas antes de ficarem claras.

Naquele instante, soube que havia sido puxado para um sonho.

Assim, ao manter a imagem de Dwayne Dantès, avaliou o ambiente, apenas para perceber que ainda estava dentro da Catedral do Santo Samuel. No entanto, todos os bancos foram danificados ou derrubados e espalhados por toda parte. Parecia que havia sofrido um ataque.

O altar à frente estava cheio de rachaduras e ervas daninhas. A espessa camada de poeira fazia parecer que estava em condições tão desoladas há muito tempo.

O Guardião de cabelos amarelos e murchos estava em frente à caixa de doações destruída, olhando friamente para Dwayne Dantès, que vestia preto.

Ao ver Klein olhar, ele abriu a boca para revelar dentes brancos, afiados e irregulares.

E esses dentes estavam incrustados com figuras borradas, indistintas e minúsculas. Eles tinham características faciais e membros completos, e suas expressões eram diferentes, mas estavam coloridas com a mesma dor, como se estivessem presos ali e incapazes de escapar.

— Grrrh… — A garganta do Guardião soltou um rosnado que soou como um animal enquanto suas costas se curvavam.

Pela coluna e pela cintura, suas roupas inchavam enquanto quatro braços cobertos de vasos sanguíneos e sem pele cresciam.

Logo depois disso, cresceram cabelos pretos e finos enquanto as pontas de seus dedos cresciam unhas afiadas com um som estridente.

Em apenas três segundos, o Guardião que parecia normal se transformou em um monstro de oito pernas que se esparramou no chão. Parecia uma aranha que silenciosamente tecia sua teia durante a noite enquanto esperava sua presa, e também como um lobo negro deformado que causava um medo intenso no coração.

Enquanto isso, duas palmas gigantescas cheias de cabelos negros se estendiam para fora do altar desolado sem qualquer aviso. Elas pressionaram os lados enquanto o gás negro se condensava em tentáculos escorregadios que se estendiam em todas as direções. Logo, encheram todo o salão de orações.

A aura que o deixou tremendo, a extrema sensação de medo e a enorme e ilusória figura penetravam uma barreira invisível à medida que se manifestavam com mais clareza.

“Ele perdeu o controle? Aquele Guardião perdeu o controle?” Klein ficou ali, desejando inconscientemente reagir e usar sua singularidade para escapar à força do sonho, mas de repente descobriu a série de eventos que haviam acontecido. Sua expressão mudou quando ficou com uma expressão aterrorizada enquanto corria para a porta, tremendo. Parecia que ele estava lutando em um sonho.

No tempo que levou para respirar, um calafrio escuro se espalhou do mundo exterior como um maremoto, inundando todo o sonho e reprimindo tudo.

Klein abriu os olhos e percebeu que havia adormecido em algum momento. Quanto ao Guardião de cabelos amarelos, virou a cabeça há muito tempo para continuar orando.

Os olhos de Dwayne Dantès dispararam ao redor enquanto ele olhava em volta horrorizado, como se ainda estivesse imerso no sonho e incapaz de escapar do horror que o dominara.

Depois de quase um minuto, respirou fundo duas vezes e olhou para o Emblema Sagrado novamente, desenhando um sinal da lua carmesim em seu peito.

Só então Klein teve tempo de relembrar a experiência que teve e começou a especular sobre o que havia acontecido.

“Como eu havia espionado seus Fios do Corpo Espiritual, isso fez com que ele mostrasse sinais de perda de controle; assim, causando uma reação excessiva ao me puxar para um sonho e tentar lidar comigo?”

“Mais tarde, o selo central atrás do Portão Chanis percebeu a anomalia e reprimiu o problema…”

“Agora, o cerne da questão é se o Guardião ainda se lembra da fonte de sua quase mutação… Se ele já está acostumado com isso, deve achar a causa do problema muito vaga considerando seu estado atual… Claro, pode não ser meu problema. Talvez ele já estivesse à beira de perder o controle…” Klein olhou para o ancião mais uma vez para observar o que ele faria a seguir para determinar como deveria reagir.

“Se tudo mais falhar, usarei diretamente a Fome Rastejante e escaparei com a alma do Viajante…”  Klein rapidamente se decidiu enquanto esperava pacientemente pelas possíveis repercussões.

Poucos minutos depois, ele viu o Bispo Elektra entrar pela porta lateral em sua direção.

O coração de Klein apertou quando ele abriu os dedos esquerdos em preparação para ativar Fome Rastejante.

Naquele momento, de repente teve uma ideia e interrompeu suas ações.

“Se o Guardião já tivesse informado os bispos sobre a minha situação problemática através de um sonho, eu seria vítima de um ataque coletivo por parte dos Beyonders da Igreja. Afinal, puxar-me para um sonho pode evitar prejudicar os outros crentes. Portanto, eles não precisam encontrar um bispo que eu conheça para vir… É mais provável que estendam seus cumprimentos e me acalmem…” Klein retraiu o olhar e continuou em uma pose de oração.

Em menos de um minuto, finalmente sentiu alguém se aproximando quando olhou para cima e viu o Bispo Elektra dizer suavemente: — Você não parece muito bem?

— Adormeci sem perceber e tive um pesadelo. Ainda sinto um pouco de medo, — disse Klein com um sorriso autodepreciativo.

O Bispo Elektra sentou-se ao lado dele e disse com seriedade: — Os sonhos às vezes são a manifestação do medo dentro de você.

— Você se sentirá melhor contanto que ore sinceramente à Deusa e consuma água sagrada.

— Claro, o mais importante é não se reprimir normalmente. Aprenda a confessar à Deusa. Às vezes, chorar em segredo pode reduzir muito o seu estresse.

Klein observou secretamente a atitude do bispo e leu seu tom antes de suspirar de alívio.

— Eu entendo.

Ele lançou seu olhar para frente novamente, inclinou a cabeça e juntou as mãos para começar a orar silenciosamente.

Ao fazer isso, viu o Guardião à sua frente se levantar e caminhar até a porta lateral onde um bispo o esperava.

Ufa…  Klein exalou silenciosamente enquanto realmente se tornava um com o ambiente sereno.

De repente, ele ouviu uma voz que era sua, mas não era algo que ele pudesse controlar.

— Você achou que o que fez foi bem escondido?

— Não! De jeito nenhum! Você esqueceu que tocou o Artefato Sagrado da Deusa da Noite Eterna?

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥