Selecione o tipo de erro abaixo

Tradutor: Asu | Editor: Asu

“Mas mesmo que eu tenha dito que vou lidar com você depois que matar esses monstros, olhar para você só me irrita cada vez mais. O fato de você realmente querer comer a pessoa que te salvou é ridículo.” Kanae olhou para eles enquanto ignorava completamente os monstros.

Permanecendo em silêncio, Shiro não disse nada e apenas observou. Ela fez questão de reduzir sua aura e mana para que parecesse um espírito inofensivo em vez de uma Semideusa.

Ouvindo o que Kanae havia dito, o homem que tomou a dianteira em querer comer sua benfeitora tropeçou em recuo com medo.

Estalando a língua, Kanae franziu as sobrancelhas antes de olhar para a mulher ferida que estava sendo levada.

“Coma isso, você vai se curar.” Kanae gritou enquanto puxava uma poção de saúde de alta qualidade que alguns dos alquimistas fizeram em Asharia. Em comparação com as poções no mercado, estas eram muito melhores e as chances de ter efeitos duradouros eram muito baixas.

Jogando a poção por cima, ela estalou os dedos enquanto gaiolas apareciam ao redor dos monstros junto com os canibais.

“Vocês dois deveriam cuidar dela. Você pode querer cobrir os olhos dos seus filhos, já que isso não é algo que as crianças deveriam ver.” Kanae disse enquanto olhava para o casal que defendia sua salvadora.

Balançando a cabeça, eles rapidamente evacuaram a área.

“Shiro-nee.” Kanae gritou enquanto caminhava em direção aos monstros na jaula. Eles estavam se debatendo na tentativa de sair, mas a gaiola era resistente.

Mn? O que foi?” Shiro olhou para cima.

“Por que eles são assim? Mesmo que aquela mulher os tenha ajudado arriscando sua vida, eles realmente queriam comê-la!” Kanae perguntou enquanto rangia os dentes.

“Eles estão desesperados.” Era tudo o que Shiro podia dizer. Eles estavam desesperados e fizeram uma escolha.

“Então eles desistiram de sua humanidade porque estão desesperados? É triste.” Kanae fechou os olhos enquanto cintilava para a frente.

Desembainhando sua katana, ela dispersou as gaiolas e cortou horizontalmente o monstro líder.

Antes mesmo de poder reagir, todas as suas pernas foram cortadas quando o corpo desabou no chão sem membros para suportar seu peso.

“É triste. Mesmo que os monstros não os instigassem, provavelmente teria acontecido mais cedo ou mais tarde. Uma vez que uma rachadura surge, aqueles com vontades fracas não serão capazes de fazer nada à medida que ela cresce. Para o casal, suas vontades eram fortes para que pudessem lutar contra isso.” Shiro respondeu enquanto olhava para os canibais. Alguns deles começaram a chorar enquanto imploravam para serem poupados, outros ficaram sem palavras e não conseguiam parar de tremer de medo.

“Mas o que você quer fazer com eles depende de você.”

“Não quero perdoá-los. Mas…” Kanae mordeu o lábio.

“Eu também não quero matá-los, já que eles foram forçados pelos monstros. Eles precisam sofrer pelo que fizeram, mas foram os monstros que os forçaram.” Ela rangeu os dentes.

“Shiro-nee, eu não sei o que devo fazer. Estou com raiva, mas tenho pena deles.” Kanae disse enquanto balançava sua katana por frustração.

*BOOOM!!!!!!

Esmagando os ossos do monstro com facilidade, seu crânio foi quebrado por pura força bruta em vez de técnica. Vendo isso, Shiro sabia que Kanae estava confusa.

Acariciando-lhe o ombro, deu-lhe um leve abraço.

“Tudo bem ficar confusa. Isso faz parte do crescimento. Às vezes você precisa ser cruel e às vezes você precisa ser misericordiosa.” Shiro consolou, mas não queria dizer nada sobre o que Kanae deveria fazer com eles.

Se dependesse dela, definitivamente os teria esfolado, mantendo-os vivos e entregando suas almas ao Terror Antigo. Ela odiava traição, especialmente quando eles iam comer a pessoa que arriscou sua vida para salvá-los.

Para sobreviver na Nova Era, eles precisavam ser cruéis quando era necessário. Ser gentil com todos teria seus inconvenientes. Em uma situação como essa, até mesmo um santo teria dificuldade em perdoar essas pessoas, considerando o fato de que elas teriam consumido a carne daquela mulher se Kanae não chegasse a tempo.

Respirando forte, o coração de Kanae estava acelerado enquanto estava no controle de suas vidas. Antes, ela era apenas guarda-costas. No máximo, ela mataria aqueles que tentaram matá-los, mas agora era ela quem atuava como juíza. Essas pessoas teriam matado a mulher se ela não tivesse aparecido, mas agora que apareceu, tecnicamente não fizeram nada.

Ela sempre agiu em retaliação, nunca atuando como a fonte do conflito.

“Se você está confusa, tudo bem para você-“

“Está tudo bem Shiro-nee.” Kanae respondeu com uma voz fraca.

Respirando fundo, fechou os olhos e reforçou o corpo.

Ativando seu Caminho Fantasma, Kanae desapareceu de seu local e matou todos os monstros primeiro. Seus corpos foram cortados em pedaços finos enquanto ela direcionava toda sua confusão e raiva para sua arma.

Com apenas os sobreviventes restantes, Kanae olhou para eles com olhos frios.

Todos os sobreviventes prenderam a respiração enquanto seus corações batiam em nervosismo.

“Eu queria te ajudar. Mas mudei de ideia. Se eu salvar pessoas como vocês, isso lhes dará a oportunidade de provavelmente machucar alguém no futuro. Uma vez que a opção de fazer qualquer coisa em nome da sobrevivência, mesmo abandonando sua humanidade, se abre para você, você sempre pensará nessa escolha. Você já passou da linha de não retorno. Sinto muito.” Kanae se desculpou enquanto olhava para sua katana.

Ouvindo isso, os sobreviventes rangeram os dentes.

“Quem é você para nos julgar! Nós só queríamos-“

Antes que o homem pudesse terminar sua frase, a katana de Kanae cintilou enquanto cortava sua língua.

“Posso julgá-lo porque ainda tenho humanidade em mim. Eu não pensaria em comer a pessoa que me salvou, embora as chances de sobrevivência sejam baixas.” Kanae retrucou enquanto ela fechava os olhos e balançava sua lâmina.

Afastando-se do local, Kanae desabou ao lado da árvore enquanto se enrolava com a cabeça contra os joelhos.

Vendo isso, Shiro voltou seu corpo ao normal enquanto abraçava Kanae.

“É errado eu matá-los?” Kanae perguntou enquanto olhava para Shiro.

“Você quer ouvir a minha opinião sobre isso, a ‘opinião moral sobre isso’ ou você quer ouvir o que outras pessoas provavelmente teriam feito?” perguntou Shiro.

“Posso ouvir os três?”

“Claro que pode. Se fosse eu, os teria matado. Abandonaram a pessoa que tentou ajudá-los, aos meus olhos, eram homens mortos caminhando. Em termos de opinião moral, provavelmente deveria poupá-los devido às condições em que foram colocados. Se fosse um cenário diferente, talvez não o tivessem feito. Quanto a outras pessoas, elas provavelmente também as teriam matado, já que você não pode confiar em pessoas assim nesta Nova Era. Elas podem esfaqueá-lo pelas costas quando você estiver com a guarda baixa. Cenários diferentes trazem escolhas diferentes. Eles fizeram a escolha deles e você fez a sua. O mundo já mudou e não podemos voltar atrás, então eles provavelmente teriam ficado mais cruéis com o tempo.” Shiro respondeu com seus próprios pensamentos enquanto Kanae balançava a cabeça.

Sentindo que a família e a mulher estavam voltando, Shiro encolheu-se e sentou-se no ombro de Kanae.

Erm… Muito obrigado por nos salvar!” O homem se curvou enquanto Kanae olhava para o lado surpreso.

“Se não fosse você, teríamos morrido nas mãos deles.” Ele disse enquanto cerrava o punho.

“Eu estava preparado para morrer quando me levantei contra eles. Obrigada por nos ajudar, se não fosse você, eu nunca mais teria conseguido ver meus filhos.” O homem agradeceu quando sua voz começou a tremer.

“Muito obrigado.” Ele agradeceu enquanto sua esposa o abraçava por trás e agradeceu Kanae também.

Caminhando até ela, as crianças a abraçaram.

“Obrigado por ajudar o papai.”

Ouvindo tudo isso, Kanae sorriu suavemente enquanto suas dúvidas se dispersaram. Era melhor salvar as pessoas que fazem valer a pena do que arriscar a chance de ser esfaqueado.

“Shiro-nee, foi isso que você sentiu quando ajudou as pessoas?” Kanae perguntou já que ela entendia o quão importante Shiro era para as pessoas da cidade.

“Talvez.” Shiro riu.

“Eu decidi. Vou lidar com quem merece e ajudar quem precisa. Nesta Nova Era, até mesmo pequenos erros são ampliados, então as pessoas precisam seguir em frente com uma vontade forte. Mesmo que sejam fracos de vontade, desde que não tenham desistido da consciência, eu os ajudo.” Kanae sorriu enquanto abraçava as duas crianças gentilmente.

Mn, essa é uma boa escolha.” Shiro assentiu com um sorriso.

Embora ajudar muitas pessoas fosse difícil para Kanae, Shiro acreditava que ela continuaria.

Além disso, foi reconfortante ter alguém como Kanae atuando como a protetora da cidade.

Olá, eu sou o Asu!

Olá, eu sou o Asu!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥