Selecione o tipo de erro abaixo

— ROAAAR! — em meio a uma densa floresta, alguma criatura mágica imensa nos perseguia.
— QUE MERDA É ESSA? — gritei em prantos.
Noelle, Akira e Eu corríamos por nossas vidas sem olhar para trás.
— Parece um Dragão da Montanha Nevada! — minha amiga respondeu — Deve haver algum ninho perto!
— A GENTE NÃO TÁ NUMA MONTANHA! E NEM TÁ NEVANDO! — argumentei.
— Fogo derrete gelo! — Akira freou rapidamente, virando-se para o dragão — Vai ser moleza!
— Akira, NÃO! — Noelle tentou impedir.
— IMPACTO ARDENTE! — puxando seu bastão, um tanto quanto desgastado e queimado, mirou seu golpe no peito do dragão.
Um feixe de fogo retilíneo incinerou as árvores ao redor, e atravessou o peito da besta.
— GRRR! — um grunhindo em meio a fumaça — FWHOOSH!! — o bater de asas da criatura arremessou todo o ambiente para longe.
Nós nos seguramos para não sair voando juntamente com as árvores. Akira, por sua vez, observou seu bastão cair no chão aos pedaços.
— Ele é resistente a magia… — decepcionada, Noelle suspirou.
— Fudeu…
Rapidamente, a pata do dragão se ergueu aos céus e em uma velocidade ainda maior, atacou.
— Akira! — Em um único impulso, disparei em sua direção, o arrastando para fora do alcance da fera.
— Saki… — chamou enquanto o segurava debaixo do braço.
— Que é.
— Peido pesa?
— Fala sério… — eu o larguei sem nem pensar duas vezes.
O dragão nos procurava no meio das árvores. Entre diversas correntes de vento que saíam de seu nariz, procurávamos uma abertura para derrubá-lo. Noelle estava há alguns bons metros distante de mim, assim, nossa comunicação se tornou limitada à troca de olhares
“Ele tá de costas, agora!” era o que seus olhos diziam
“Me dá cobertura” respondi.
— Rolling Thunder! — Noelle girou com suas garras no rosto da besta, chamando sua atenção.
Ela se esquivava de seus ataques com maestria, sua velocidade era incomparável a qualquer um, porém, como uma bruxa, sua magia não surtia efeito algum.
Assim que percebi que a atenção do dragão estava totalmente voltada para minha amiga, disparei em alta velocidade, correndo por sua cauda a caminho da cabeça. O balançar de sua cauda fazia com que eu perdesse a estabilidade algumas vezes, suas costas largas de repente se estenderam, formando um grande par de asas.
A besta começou a tomar mais atitude, carregando em sua garganta uma poderosa rajada mágica.
— Noelle! CUIDADO! — Em um formato de cone, o disparo elétrico da fera foi disparado.
Noelle foi atingida em cheio, apesar disso, não precisei me preocupar nem mais um segundo. Ao ver sua oponente de peito aberto para seu ataque, a confusão era nítida na expressão da criatura.
— HÁ! DEU AZAR OTÁRIO! — continuei a correr.
— SAKI! — após o grito, uma torre de chamas se formou em minha frente
Sem pestanejar, passei pelo meio da torre, tomando para mim, as chamas. Meus punhos se tornaram vermelhos como o magma, seguido da “Chama Púrpura” que envolvia meus ombros.
— Vamo apelar pra boa e velha força bruta! — acima de sua cabeça, eu preparava meu golpe final — CHAMA PÚRPURA! — com meu punho flexionado próximo a meu peito, o disparei assim que esbravejei meu ataque.
Deixando para trás um rastro violeta, aceitei o dragão com extrema precisão. Seu corpo amoleceu ao receber o impacto, o derrubando como um boneco de pano. Uma grande correnteza de vento se formou ao nosso redor, soprando as folhas das árvores para longe. O solo arenoso também se partiu em pedaços, criando uma pequena cratera, não muito maior que a besta.
— Foi mais fácil do que pensei — comentou Akira.
— Você tava todo melado há pouco tempo atrás.
— Não quero falar sobre isso.
— Esse dragão não era tão forte, não queria que tivéssemos o matado — disse Noelle ao se aproximar do corpo morto da fera — Sem contar que é estranho que um dragão de sua espécie esteja por aqui.
— Depois do coqueiro nas planícies nevadas, eu não duvido mais de nada.
— Nem me fale. De qualquer forma, não podemos deixar isso aqui.
— FWHOOSH — Akira invocou as chamas em suas mãos.
— Espera aí! — Noelle exclamou — cremá-lo seria um desperdício.
— E o que vamos fazer então?
Com brilho nos olhos, respondeu:
— Saquear! — ela começou a caminhar por cima do dragão, colocando em sua bolsinha tudo que seria útil — essas escamas são ótimas para fazer artefatos elementais! Os olhos também são excelentes para feitiços curativos! E sua carne também é muito suculenta, vai ser boa pra fazer antes de dormir!
— Ela realmente tá pegando tudo…
— Quem diria que ela seria assim.
— Talvez ela sempre fosse. Quem sabe o que tinha acontecido naquela floresta…
— Ah, Saki! Pode tirar algumas garras dele? Vão servir perfeitamente.
— Tá legal!
Após pegarmos tudo que queríamos, enterramos seu corpo na base de uma montanha, assim, a magia que restasse em seus restos se espalharia pela floresta, enriquecendo ainda mais aquele bioma.
Nós voltamos a seguir nosso caminho de volta para Shryne, andando pacientemente pela floresta.
— Fala sério, a gente cruzou o mar de salamandra e agora vamo voltar a pé?
— Ao que parece, ninguém mais viaja assim, e não temos como pedir ajuda para o Galliard ou para a Elena. O que nos resta é andar — respondi com certo desânimo.
— A noite já tá caindo. É melhor acharmos um lugar para passar a noite — alertou Noelle.
Em uma área próxima onde estávamos, encontramos um pequeno bosque rodeado por pequenos arbustos dentro da própria floresta. Montamos rapidamente uma fogueira entre nossos sacos de dormir e logo começamos a assar a carne que conseguimos mais cedo.
— Nem parece que há dois anos nós estávamos morrendo de medo de passar a noite na floresta.
— Pois é, graças ao meu mestre, consegui dominar a conjuração e manipulação do fogo em alguns meses. Então nem tive mais com o que me preocupar.
— Falando nisso, pra onde você foi naquela época?
Ha! Não querendo me gabar nem nada, mas… eu passei 6 meses treinando com o lendário e honrado Elliot! O cavaleiro da última espada! — disse com o peito estufado.
— Ah… é o irmão da rainha Melissa — Noelle e eu respondemos igualmente frias.
— Pera aí, vocês conhecem ele?
— Só de nome. Elena deve ter comentado alguma coisa.
— Galliard me disse que ele era um dos guerreiros mais poderosos do mundo. É o iluminado, duplo elementar e mais alguns títulos.
— Vocês falam com tanto ânimo…
— Sabe, se você foi treinado por ele e continua se cagando nas calças, então ele não deve ser lá grandes coisas.
— UMA COISA NÃO TEM NADA A VER COM A OUTRA!
— HAHAHAHAHA! Relaxa, tô só brincando. A Layla me contou sobre o que você fez contra o Rei de Antares. Disse até que parecia um “Guerreiro Lendário”.
— Ela disse isso? — com sua pupila tomando a maior parte do seu rosto.
— Uhum.
— Talvez eu deva voltar então…
— Não tá lembrando do que seu amigo disse? — limpei a garganta rapidamente para imitar com maestria a voz do Kaiser — “Seu poder está além das muralhas deste lugar…”
— “Não tem mais nada para você aqui” — Akira completou.
— Sendo bem sincera, acho que ele está certo.
— O que quer dizer com isso, Noelle?
— Acho que você deveria ir para Eirenia.
— O QUÊ? Sabe o quão longe isso fica? A gente já tá indo para Shryne que fica em VERDENA! VERDENA É NO LESTE! EIRENIA É NO OESTE! SABE QUANTOS ANOS ISSO IA DEMORAR?
— Pelo menos você sabe de geografia… — comentei.
— Sem contar que… o que diabos eu iria fazer lá?
— Dizem que Eirenia é só o fim da linha, onde você enfim conclui o processo. A jornada tem um significado diferente para cada pessoa, mesmo que apenas uma tenha conseguido concluí-la.
— Como que você sabe de tudo isso?
— Tava no livro de mamãe! — ela ergueu o diário de sua mãe com um sorriso no rosto.
— Hum — deu com um suspiro alegre — então talvez não seja uma má ideia…
No dia seguinte, após a calma e silenciosa noite na floresta, eu despertei ao ouvir algo se movimentando entre os arbustos ao nosso redor e me levantei prontamente, esperando mais uma criatura da floresta.
— ACK! — Um grito agudo soou atrás de mim.
— Quem é você? — Noelle, invocando suas correntes trovejantes, interrogou.
— Noelle? O que tá acontecendo?
— O feitiço de segurança que coloquei na minha bolsa foi ativado. Essa pessoa está tentando nos roubar!
Eu me aproximei da minha amiga, vendo bem a sua frente, uma garota de cabelos rosa presa no chão. Ela estava estranhamente calma, analisando friamente as correntes que a prendia.
— Parece que você é exatamente como falaram… — a prisioneira falou.
A garota vestia um sobretudo azul-marinho, realçando seus olhos azuis-celestes.
— Não foi isso que perguntei.
— Eu só estava atrás do Enchiridion, mas parece que vocês não estão com ele.
Noelle e eu nos olhamos desconfiadas. O Enchiridion não havia saído da minha mochila nem por um segundo, então, comecei rapidamente a procurá-lo.
— Não peguei nada de vocês, até quando vão me prender aqui? — perguntou enquanto eu buscava o livro desesperadamente.
— Noelle… — sem querer acreditar no que estava acontecendo, virei para minha amiga com os olhos inteiramente vazios — ele… sumiu.
— O QUÊ? — ela gritou também desacreditada.
— HAHAHAHAHAHA! VOCÊS O PERDERAM? Fala sério! — a garota de cabelo rosa ria da nossa cara.
— Onde você guardou ele? É MELHOR ABRIR O BICO! — meu punho brilhava próximo ao seu rosto.
— Eu já disse, não o peguei — com um simples estalar de dedos, ela desfez a correntes em seu pulso — bem, vocês não tem nada que me interesse, então já vou indo.
— O quê? Como? — Noelle estava completamente perdida.
Sutilmente, seu sobretudo começou a se afastar do chão.
— Respondeu sua pergunta, meu nome é Gwen, foi um prazer conhecê-los! — apresentando através de um sorriso, seus caninos super afiados.
— Espera! Como diabos você fez isso?
— Você! — apontando para Noelle — como uma bruxa, é inevitável que nossos caminhos se cruzem no futuro, então não se esqueça! — ela diminuiu a distância entre seus rostos para quase zero, olhando profundamente em seus olhos — da próxima vez que nos virmos, eu vou te matar.
Eu estava pronta para acertá-la em cheio, mas a reação inesperada da Bruxa Celestial me surpreendeu.
— É mesmo? Pode tentar se quiser — respondeu com um sorriso arrogante.
— Hunf! Parece que a arrogância está no seu sangue… — com uma expressão desgostosa, ela desapareceu nos céus.
— Que garota estranha… — ainda desconfiada de suas palavras, eu procurei o Enchiridion em minha mochila.
— Quem ela pensa que é? — Noelle reclamava.
— Ela disse que não pegou o livro, mas também disse que não o encontrou — com todo o meu esforço, vasculhava pela imensidão da mochila.
— Ela desfez o meu feitiço sem usar nenhuma runa ou encantamento…
— Fudeu — eu olhei para minha amiga com meus olhos vazios e desesperados.
— O que foi?
— Eu… eu meio que perdi o livro.
— VOCÊ O QUÊ? — seus olhos quase pularam para fora do rosto — Isso é impossível! Não tem como alguém ter pego o Enchiridion dentro da dimensão da mochila, sem contar que você esteve com ela o tempo todo! Nós teríamos visto!
— A, relaxa, a gente nem tava usando ele mesmo.
— Meu objetivo em Shryne era descobrir como o livro se abria… agora é uma viagem perdida! — Noelle se sentava no chão, embrulhando-se em suas próprias pernas.
— Vamos aproveitar para nos reencontrar com Galliard e Elena, já faz um tempo que não nos vemos — tentei animá-la, mesmo sabendo que seu humor já tinha ido embora logo pela manhã.
— É… pelo menos isso — o clima mórbido foi aliviado com sucesso — também não conseguimos descobrir onde ele foi parar, não tenho nenhuma magia ou feitiço para rastreá-lo.
— Podemos tentar falar com a Rainha, afinal, ela quem nos deu o livro.
— É o único jeito, mas como vamos explicar que perdemos um dos artefatos mais valiosos e perigosos do mundo? — um balde de água fria.
— Isso… a gente vê no caminho — de repente, um alto e longo ronco soou pelo bosque.
— Isso não foi nenhuma criatura da floresta…
— Eu sei bem o que foi…
Caminhando até meu amigo dorminhoco, abaixei-me a altura de sua orelha, e com toda a minha força bruta e mágica, choquei minhas mãos uma na outra, gerando uma imensa onda de choque na floresta.
— AAAAAH! — o grito mais agudo já proferido pela humanidade foi dado.
— Bora acordando que quem trabalha deitado é puta!

Picture of Olá, eu sou o Smaell!

Olá, eu sou o Smaell!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥