Selecione o tipo de erro abaixo

Plague Doctor – Volume 1 – Capítulo: 95 – Uma Canção


>> Tradutor: Metal_Oppa <<


Uma nuvem de corvos negros voou pelo céu de cor cinza. Eles emitiram um grasnido ruidoso e alto, fazendo com que a névoa ao redor da equipe ficasse ainda mais espessa.

“Essas são pessoas da Companhia Lai Sheng” – disse Gu-Jun suavemente. “Eu posso reconhecê-los. Eles estavam usando roupas assim da minha memória.”

Tecnicamente falando, as figuras estavam borradas por trás da névoa, mas suas roupas eram distintas o suficiente para Gu-Jun reconhecê-las facilmente. O resto dos Caça-Demônios já estava em modo de batalha, exceto a Lou Xiaoning, é claro. Os atiradores apontavam suas armas para os inimigos ao redor, mas conforme a névoa começava a ficar mais densa, as figuras desapareceram atrás das árvores gigantes, tornando-os difíceis de rastrear.

“Eles estão sumindo…” – Yang Henan, que havia armado rapidamente o rifle de precisão, amaldiçoou. Mesmo o sensor de calor não conseguia olhar através das árvores gigantes assustadoras. O grupo ainda estava sendo desorientados pelos gritos dos corvos, e barulhos de rosnados de animais, mas os ruídos animalescos pareciam cada vez mais ameaçadores. Gradualmente, alguns animais saíram da névoa. Agora todos eles olharam mais atentamente. Não estava claro se eles eram criaturas anormais ou um animal não identificado. Eles tinham os corpos esguios de lobos, mas cada um era do tamanho de um urso pardo. O pelo era mais parecido com espinhos negros, e as mandíbulas expostas e saliva pingando enviavam calafrios por suas espinhas. Antes que Xue Ba pudesse chegar a uma conclusão, de repente, a matilha mutante de lobos se lançou sobre eles. Eles vieram de todos os lugares.

“Equipe de assalto. Abra fogo!” – Xue Ba ordenou imediatamente. Seu rosto estava definido com determinação. – “O resto de vocês, fiquem para trás. Não desperdicem munição.”

Zhou Yi, Gao Mingpeng e os demais puxaram o gatilho. Havia dois membros posicionados em cada um dos quatro lados. Todos eles abriram fogo e o som de tiros ecoou pelo ar. Os cartuchos das balas choveram no santuário. As armas que definiram a história humana por tanto tempo explodiram em fagulhas. O coice dos disparos pressionou os músculos dos membros, fazendo com que seus corpos já doloridos parecessem que iam se rasgar em pedaços.

No entanto, as feras não pareciam entender o significado do medo. Embora a linha da frente fosse uma confusão de tripas e sangue, aqueles na parte de trás correram para a frente para substituir os caídos. Os gemidos agonizantes de seus parentes e o forte fedor de sangue apenas enviaram os lobos mutantes a um estado berserk mais enlouquecido e profundo. Eles se moviam mais rápido, e mais e mais deles espreitavam para fora da névoa. Eles eram como uma onda de loucura feroz.

“P*rra!” – Lou Xiaoning xingou em voz alta. O velho Dan era responsável por vigiá-la. Esse tipo de animal tinha uma pele grossa, um tiro em seu corpo não seria capaz de derrubá-los. A fraqueza deles foi um tiro na cabeça. No entanto, as feras se moviam incrivelmente rápido e os Caça-Demônios estavam em um estado muito ruim. Era impossível esperar que cada bala fosse um tiro na cabeça. Como líder dos atiradores, Lou Xiaoning tinha a melhor precisão. Se ela não estivesse incapacitada, ela teria sido uma grande contribuidora. Ser forçada a assistir à margem, deve ter roído profundamente seu coração.

Lin Mo e os outros membros do Departamento de Pesquisa Científica ficaram chocados. Das árvores gigantes ao santuário, já havia uma enorme trilha de feras mortas.

‘Eles realmente nasceram sem medo? Isso é totalmente contra as regras da natureza…’

Mas Gu-Jun estava pensando – ‘Essas coisas são reais?’

Essa suspeita cruzou a mente de Xue Ba também. Instantaneamente, ele fez Zhou Yi atrair um dos lobos para o santuário e só então o derrubou. A dupla se moveu em direção ao corpo enquanto se protegiam mutuamente. Xue Ba chutou o lobo morto. Era corpóreo, isso não era uma ilusão. Isso era uma má notícia porque os lobos ainda estavam vindo com força, mas eles já haviam gastado metade de sua munição. Era uma questão de tempo até que acabassem.

“Prepare-se para cortar as fileiras inimigas!” – Xue Ba gritou e então se virou para pedir a opinião de Gu-Jun. “Que caminho devemos seguir?”

“Eu não sei…” – A mente de Gu-Jun estava em branco, exceto pela sensação de agitação. Xue Ba teve que confiar em seus próprios instintos. Ele escolheu atacar na direção oposta à das árvores mortas. Gu-Jun e Zhou Huohuo carregaram Lin Mo, que rastejou para a maca. A equipe se moveu para fora do santuário enquanto disparavam através da onda de lobos. Mas bem naquele momento, uma voz estranha veio da névoa. Parecia que as pessoas da Companhia Lai Sheng estavam cantando algo em outro idioma. Parecia uma música. Não ficou claro, mas conseguiu penetrar no coração de todos. A sensação de vertigem e agitação em Gu-Jun se aprofundou. Ele murmurou, “Isso soa como… uma música do outro mundo…”

¨O início da vida ecoa das trevas, e da ausência de voz, do túnel de pedra,

¨No sonho da mãe, eles lá estavam, víboras, vermes e demônios dançavam,

¨Das manhãs às noites, prantos, sofrimentos, tormentos e dores.”

“Como é que…” – A equipe deu cerca de dez passos. Deveria tê-los tirado do santuário, mas quando olharam em volta, perceberam com choque que ainda estavam de pé no santuário. Parecia que eles haviam circulado seu caminho, embora tivessem certeza de que estavam indo para fora em linha reta. As balas podiam voar para fora e a fera poderia atacar, então não era um problema espacial. Isso deixava a possibilidade de que tivessem caído em algum tipo de truque mental.

Xue Ba ordenou que a equipe recuasse para a escada em espiral, mas a abertura havia desaparecido sem deixar vestígios. Toda a experiência parecia surreal. Era como se eles soubessem que estavam sonhando. Eles se livraram disso, apenas para se encontrarem presos em outro sonho. Foi então que os Caça-Demônios perceberam a limitação de sua equipe, assim como da Phecda. Ao enfrentar inimigos com energia anormal, eles eram impotentes.

“É a música!” – Xue Ba gritou até que suas veias em seu pescoço quase estouraram. Ele tentou usar o volume alto para perturbar o controle mental que o inimigo tinha sobre eles. “Em vez disso, concentre-se em outra coisa. Ignorem a música!”

Eles não tinham ideia do que a música significava, mas a melodia tinha uma influência em suas almas. Era basicamente impossível não mergulhar na doce canção de ninar.

Não ficou claro se era devido a sua alta espiritualidade ou seu entendimento da língua estrangeira, mas Gu-Jun foi o mais afetado pela música. Já havia algumas alucinações aparecendo em sua visão. A música soou mais alta e doce.

¨O pesadelo cresce, mais forte a cada dia, esperando ver o mundo, o nascer do dia.

¨Mãe, Grande Mãe, um dia após o outro, ela vem a refletir, se seu útero está abrigando uma jovem criação de vida ou a semente morta de um zumbi.

¨Pensamentos de melancolia da mãe,

¨O nascimento da vida não pode ser separado da dor,

¨Pensamentos de melancolia da mãe,

¨O nascimento da vida não pode ser separado da dor.”

“O nascimento da vida não pode ser separado da dor” – Gu-Jun murmurou sem saber. De repente, todas as alucinações bruxuleantes entraram em foco. Não pareciam ser alucinações, mas memórias reprimidas trazidas de volta à superfície.

‘Este santuário…’ ― Gu-Jun se lembrava agora. Este foi o local onde as pessoas da civilização estrangeira tiveram sua cerimônia de amadurecimento. O túnel de pedra que conectava a Cidade de Riker ao santuário, a sala de pedra, a escada em espiral, todos faziam parte da cerimônia. Ao contrário da civilização humana, que gostava de construir para cima para alcançar o Deus no céu, o povo da civilização estrangeira acreditava que a Deusa da Vida provia tudo através da terra sob seus pés.

O túnel de pedra de dez mil degraus foi uma descida para seu abraço. Entrar na sala de pedra foi um retorno simbólico ao útero da mãe terra, e subir a escada em espiral foi o processo de renascer. O tabu estava descendo a escada em espiral. Separar o altar também fazia parte da cerimônia, simbolizando a dificuldade do nascimento. O balanço e a fragilidade da escada de pedra faziam parte do projeto pretendido. Isso porque pretendia simbolizar a fragilidade da mãe durante o parto, o acolhimento de uma nova vida era ao mesmo tempo um prejuízo para a mãe. Esta canção foi cantada por rapazes e moças durante a cerimônia de amadurecimento enquanto completavam seus rituais.

‘Mas por que eu saberia de tudo isso?’ ― Gu-Jun estava confuso. ― ‘Como é que parece que já participei dessa cerimônia pessoalmente antes? É da minha infância?’

O uivo das feras, o toque dos tiros e o canto da névoa se misturaram em um estranho coro. De repente, houve um chamado arrepiante e poderosa que até Xue Ba e os outros Caça-Demônios puderam ouvir.

¨Gu-Jun, abra seus olhos. Olhe ao seu redor. Abra seus olhos!¨

O chamado bateu pesadamente no coração de Gu-Jun como um martelo.

Ao mesmo tempo, após o chamado, as pessoas de preto saíram da névoa que cercava o santuário. Eles vieram de direções diferentes, mas caminharam em um andar estranhamente unificado. Os atiradores descarregaram suas balas, mas as balas voaram através deles. Não houve gritos, eles pareciam ser meras visões.

As feras ainda estavam furiosas, mas não pareciam se importar com as pessoas de preto. As expressões de Xue Ba, Zhou Yi e dos atiradores eram tensas. A equipe havia terminado seu estoque de munição de rifle automático. Eles pegaram rifles de assalto como o dado a Gu-Jun, mas até a munição deles estava acabando.

¨Gu-Jun, abra seus olhos. Olhe ao redor e veja o que você realmente é.¨

As figuras em preto materializaram-se na névoa e se aproximaram do santuário. Ao mesmo tempo, os Caça-Demônios perceberam com apreensão e choque que todas essas pessoas compartilhavam o mesmo rosto.

Olá, eu sou o Urso!

Olá, eu sou o Urso!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥