Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Quando a Lua Azul terminou, os monstros do 99º andar, que estavam furiosos, retornaram para suas próprias áreas.

E o Rei Minotauro Negro, que guardava o checkpoint do 99º andar, começou a fazer uma chamada de seus subordinados.

Isso porque ocasionalmente havia alguns que vagavam pelos territórios de outros monstros e não conseguiam retornar.

Minotauro Um, Minotauro Dois, Minotauro Três…

Enquanto o Rei Minotauro verificava seus subordinados,

Clang, clang.

Ele notou algo pendurado no chifre do Minotauro 1003.

Hum?

O Rei Minotauro perguntou ao seu subordinado. Minotauro 1003, o que é isso?

No entanto,

Hum?

O subordinado parecia não perceber que algo estava pendurado em seu chifre e respondeu ao Rei Minotauro. Chefe, o quê?

Hum!

Um guerreiro que nem sabe o que está preso ao seu corpo! O Rei Minotauro, frustrado com a reação de seu subordinado, retirou pessoalmente o objeto preso no chifre do subordinado.

Era uma planta com folhas verdes e raízes laranjas. Ficou claro que o Minotauro 1003 estava cavando o solo com seus chifres durante a Lua Azul.

O Rei Minotauro contornou o Minotauro 1003 e continuou a verificar o resto.

… Minotauro 3000.

Felizmente, não houve subordinados desaparecidos.

Thud. Thud.

O Rei Minotauro voltou ao seu lugar em frente ao checkpoint no 99º andar.

E enquanto ele passava o tempo,

Sniff, Sniff

Um cheiro delicioso flutuava no ar.

Hum?

O Rei Minotauro voltou seu olhar para a fonte do cheiro. A planta que ele havia retirado do chifre de seu subordinado estava em sua mão. Por que não joguei fora?

Mas isso não era importante. O Rei Minotauro colocou a planta na boca e mastigou.

Chew, chew.

Munch, munch.

A raiz laranja proporcionou boa textura e doçura, e o caule era macio o suficiente para ser engolido facilmente.

Hummm?!

O Rei Minotauro rapidamente chamou o Minotauro 1003. Onde você conseguiu isso?!

***

Assim que a Lua Azul terminou, Sejun chamou Theo de sua bolsa para explorar o lado de fora.

“Não há ninguém por perto, meow.”

“Bom. Você mandou bem.”

Theo reportou-se a Sejun e depois foi dormir dentro do cobertor. Enquanto isso, Sejun começou a se movimentar ativamente.

O primeiro lugar escolhido, foi o milharal.

Pop.

Ele quebrou uma espiga de milho azul coberta de folhas verdes.


[Você colheu Milho Vigoroso contendo energia da Lua Azul.]

[Sua experiência de trabalho aumentou.]

[Sua proficiência com Colheita Nv. 4 aumentou um pouco.]

[Devido ao efeito do Aumento de Proficiência Nv. 1, sua proficiência com Colheita Nv. 4 aumentou em mais 5%.]

[Você ganhou 100 pontos de experiência.]


“Milho Vigoroso?”

O milho era uma planta que aumenta o status de Vigor.


[Milho Vigoroso contendo a energia da Lua Azul]

Esse é um milho cultivado dentro da torre, cheio de nutrição e delicioso.

Além disso, contém a energia da Lua Azul, realçando o seu sabor.

Após o consumo, seu Vigor aumenta permanentemente em 0,1.

Cultivador: Fazendeiro da Torre Park Sejun

Validade: 60 Dias

Grau: D


Talvez por ser de grau D, o aumento foi o dobro do de sua versão grau E.

No entanto,

“Quem se importa.”

Não era nada importante para Sejun. O sabor era o que importava.

“Hehehe.”

Sejun cantarolou uma musiquinha enquanto arrancava a casca do milho pela primeira vez,

Swish, swish.

Ele arrancou a casca do milho. Então, grãos de milho azuis que pareciam saltar com um leve toque se revelaram.

“Uau, que brilhante.”

O milho estava mostrando um brilho azul e tentando-o a prová-lo como se dissesse ‘Estou delicioso, me coma logo!’ Sua excitação cresceu. Ele queria comê-lo rápido!

“Huh?!”

Inconscientemente, Sejun estava prestes a colocar o milho fresco na boca, mas se conteve. Poderia ter sido um grande acidente se ele tivesse comido antes mesmo de cozinhar.

“Ufa.”

Sejun respirou fundo para acalmar seu coração animado.

Thuk.

Ele colocou cuidadosamente as cascas de milho descascadas, uma por uma, na panela, adicionou uma quantidade adequada de água, colocou o milho e cobriu a panela.

E então…

Hwarrr.

Ele colocou a panela no fogo e começou a fervê-la. À medida que a água fervia, o espaço entre o milho e a panela criado pelas cascas cozinhava o milho perfeitamente.

Agora só faltava esperar o milho ficar cozido na perfeição.

No entanto,


[A Administradora da Torre pede que você cumpra sua promessa…]


Ainda havia algumas coisas a fazer.

“Tudo bem. Eu estava prestes a fazer isso.

Sejun foi ao campo dos tomateiros e colheu tomates-cereja contendo a energia da Lua Azul.

Pop.


[Você colheu um Tomate-Cereja Mágico contendo a energia da Lua Azul.]

[Sua experiência de trabalho aumentou.]

[Sua proficiência com Colheita Nv. 4 aumentou um pouco.]

[Devido ao efeito do Aumento de Proficiência Nv. 1, sua proficiência com Colheita Nv. 4 aumentou em mais 5%.]

[Você ganhou 100 pontos de experiência.]


Pop


[Você colheu um Tomate-Cereja Mágico contendo a energia da Lua Azul.]

..

.


No total, Sejun colheu 13 tomates-cereja contendo a energia da Lua Azul.

“Uma colheita tão abundante. Hehehe.”

Sejun sorriu ao olhar para sua mão cheia de tomates-cereja azuis.

“Aqui, pegue isso.”

Sejun deu 5 tomates-cereja azuis a Administradora da Torre.


[A Administradora da Torre está grata a você.]

[A Administradora da Torre promete reembolsá-lo no futuro.]


“Sem problemas.”

Ele não tinha grandes expectativas. Como poderia esperar 300 anos?

“Isso vai ser delicioso.”

Sejun olhou para o tomate-cereja em sua mão. Por ser grau D com a energia da Lua Azul, seria ainda mais delicioso.

No entanto,

“Vamos nos conter.”

Resolveu resistir para aproveitar ao máximo o sabor do milho.

Sejun levantou-se e tirou o cabelinho do milho no seu assento de sempre, iluminado pelo sol, para secar bem. Se o cabelinho do milho estiver bem seco, ele poderá fazer chá de cabelinho.

“Agora tenho mais um tipo de bebida.”

Sejun voltou ao fogo com uma expressão satisfeita.

E enquanto esperava o milho ficar pronto, o cheiro doce e salgado exclusivo do milho começou a se espalhar pela fresta da tampa da panela.

Um. Dois. Três…

Sejun contou 30 segundos mentalmente, tirou a panela do fogo e abriu a tampa. Moderação é fundamental. Se ele cozinhasse demais, os grãos de milho estourariam, então ele tinha que ter cuidado.

Uau.

Assim que abriu a tampa, o vapor e o aroma de milho se espalharam pelo ar.

“Uau!”

Sejun pegou cuidadosamente o milho com uma pinça e colocou-o em sua tigela.

E então,

Pohh, Pohh.

Na ânsia de comer rápido, Sejun soprou o milho para esfriá-lo.

“Isso está pronto?”

Sejun tocou o milho para verificar se ainda estava quente. O milho estava quente o suficiente para aguentar por 1 ou 2 segundos.

“Bom.”

Sejun segurou as pontas do milho resfriado com uma casca e

Snap.

Corte ao meio. Metade do milho era para os coelhos.

Sejun deu uma mordida na outra metade.

Crunch.

Os dentes de Sejun pegaram os grãos de milho como uma pá.

“Slurp.”

À medida que os grãos de milho diminuíam, Sejun sugou apressadamente o suco doce que fluía da espiga de milho. Ah! É doce!

Chew, chew.

Depois de sugar o suco doce, Sejun começou a mastigar os grãos de milho para valer.

Cada grão estava cheio de vida. Portanto, enquanto mastigava, sambavam em sua boca antes de partirem após alguns barulhos crocantes.

Munch, munch.

Quanto mais ele mastigava, mais doce ficava. Sejun comeu o milho com paixão, como se estivesse tocando uma gaita.

E então,


[Você consumiu um Milho Vigoroso contendo a energia da Lua Azul.]

[Seu Vigor aumentou permanentemente em 0,1.]


Antes que percebesse, Sejun comeu todo o milho, inclusive a parte que sobrou para os coelhos.

“Não acredito que comi tudo…”

Sejun fez uma expressão de descrença enquanto olhava para a mensagem à sua frente e sugava o suco doce restante da espiga de milho.

Mas Sejun já havia sugado até secar, não deixando mais nem uma gota para trás.

“Isso é uma vergonha.”

Sejun jogou apressadamente a espiga de milho e as folhas no fogo para destruir as evidências.

E enquanto adicionava outra linha na parede, começando sua manhã…

Growl…

O ursinho anunciou silenciosamente sua chegada, para não acordar os coelhinhos.

Sejun subiu à superfície. A chegada do filhote significava que a Mamãe Urso havia chegado, o que significava que o ambiente era 100% seguro.

Ao chegar à superfície,

“Como esperado.”

Assim como havia previsto, os campos da superfície foram completamente destruídos pelos monstros que surgiram durante a Lua Azul.

Sejun rapidamente procurou pela Ursa Gigante Carmesim. Ele estava preocupado se ela estava ferida.

De longe, Sejun viu a Mamãe Urso se movendo rapidamente. A julgar pelo seu passo, ela não parecia estar ferida.

Tendo confirmado a segurança da Ursa Gigante Carmesim, Sejun cuidadosamente devolveu o casulo da Abelha Rainha que havia deixado com Theo de volta ao seu lugar.

E então,

“Você também não está ferido, está?”

Sejun verificou o corpo do ursinho para ver se havia algum ferimento.

Growl!

Quando Sejun o examinou, o ursinho pensou que Sejun estava tentando acariciá-lo e deitou-se.

“Isso mesmo. Isso mesmo.”

Sejun acariciou o corpo do filhote, verificando tudo. Felizmente, não havia machucados.

“Aqui, tome um pouco de mel.”

Ele deu três porções de mel para o ursinho que deve ter passado por momentos difíceis durante a Lua Azul, e quando Sejun voltou para a caverna,

Peep!

Peep!

Como se fosse hora de acordar o casal de coelhos da caverna…

Squeak.

Squeak!

Os filhos que haviam deixado o ninho saíram da caverna para cumprimentá-lo e se preparar para o trabalho.

Hop. Hop.

“Aqui, coma isso.”

Se-jun distribuiu um tomate-cereja azul para cada coelho que comia cenoura no café da manhã.

Depois de distribuir todos, Sejun não deixou nenhum tomate-cereja para si, mas como havia comido milho, decidiu ceder por hoje.

Peep!

Beep!

Squeak!

Squeak!

Slurp, Slurp, Slurp.

Os coelhos agradeceram a Se-jun e começaram a saborear os tomates-cereja.

Peep!

Peep!

Peep!

À tarde, o casal de coelhos tirou os cinco coelhinhos da toca para mostrar-lhes o mundo. Os curiosos coelhinhos começaram a explorar com entusiasmo os arredores.

Naquele momento,

Peep!

Peep!

Peep!

Algo em particular atraiu a atenção dos coelhinhos.

Hop, hop, hop.

Os coelhinhos se aproximaram de Theo, que estava ocupado comendo Churu, e começaram a brincar em seu corpo.

“Por que estão fazendo isso comigo, meow?”

Theo, irritado com os coelhinhos, levantou-se e foi para outro lugar.

No entanto,

Peep!

Peep!

Peep!

Os coelhinhos seguiram Theo persistentemente.

“Hum, presidente, esses bebês continuam me seguindo. Por favor, faça alguma coisa, meow.”

Enquanto os coelhinhos continuavam seguindo, Theo se aproximou de Sejun em busca de ajuda. Ele poderia ter corrido para a superfície, mas havia um urso na superfície que estava de olho no Churu de Theo.

“Os coelhinhos reconheceram seu tio como um cara legal. É por isso que estão seguindo você, Representante Theo.”

“Então, eu sou um tio legal, meow?”

“Sim você é.”

Parecia que o estavam seguindo porque ele não os expulsou, mas ele não disse a verdade. Alguém tinha que ser a babá.

Peep!

Peep!

Peep!

Nesse meio tempo, os coelhinhos seguiram Theo novamente.

“Então é isso que estão fazendo, meow?”

Desta vez, Theo não fugiu dos bebês.

“Sigam-me, seu tio legal, Representante Theo, meow.”

Theo começou a levar os coelhinhos para passear.

“Isso é proibido! Você não pode comer isso, meow.”

“Vem por aqui! O fogo é perigoso, meow!”

Surpreendentemente, Theo cuidou bem dos cinco coelhinhos. O cargo de babá foi acrescentado às funções do Representante Theo.

E no 183º Dia Preso,

“Eu, seu tio legal, vou ganhar muito dinheiro e voltar logo, meow!”

Peep!

Peep!

Peep!

Theo, recebendo a despedida dos coelhinhos, desceu novamente a torre.

Picture of Olá, eu sou o Crimson!

Olá, eu sou o Crimson!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥