Selecione o tipo de erro abaixo

Uma velha, um jovem e uma mulher. Três pessoas que não se combinavam com a paisagem circundante caminhavam lentamente pelo salão de banquetes do jardim de Lombardi.

Eles usavam roupas completamente diferentes das roupas dos nobres imperiais.

As roupas que usavam principalmente as cores primárias intensas de vermelho, azul e amarelo tinham uma beleza retilínea com pequenas margens, mas era único que as saias femininas tocassem o chão por muito tempo.

Além disso, eles usavam acessórios feitos de madeira, e não joias, que chamaram a atenção das pessoas em um instante.

No entanto, como se não sentissem o olhar, eles caminharam lentamente como se estivessem em um passeio, e olharam ao redor do salão de banquetes e dos nobres.

— Wow isso é ótimo.

Disse o homem de pele escura e cabelos invulgarmente ruivos

— Porque o Império é completamente diferente do nosso lugar. É realmente diferente ver pessoalmente do que nos livros!

O homem, que admirava o pano branco que cobria a mesa, a árvore perene em bela forma e o bigode do homem que passava, falou com a senhora idosa que caminhava à sua frente.

— Chefe, como está seu corpo?

Embora fosse um tom de arremesso, seus olhos se encheram de muito amor quando ele olhou para a velha que se chamava ‘Chefe’.

— Estou bem.

— Você não pode simplesmente continuar dizendo que está bem. Sou membro representante do chefe. Se alguma coisa acontecer, como vou olhar para os rostos da tribo?

O homem pegou um copo de suco de fruta de uma mesa próxima.

Então, uma luz sutil, que não era visível a olho nu, moveu-se como se mexesse o suco uma vez e desapareceu.

— Sim, é seguro. Beba, chefe.

— Obrigado, Onta.

Enquanto a velha bebia suco, a jovem atrás dela constantemente olhava ao redor.

O rosto silencioso e inexpressivo e nenhum movimento desnecessário lembravam a alguém uma árvore vertical.

— Você está certo, Onta.

— Do que você está falando, chefe?

— O Império é muito diferente de nossa tribo.

Onta franziu a testa de forma desagradável, olhando para os nobres coloridos que passavam.

— Qual é o sentido de ser tão ganancioso? Prefiro ficar feliz em compartilhar isso com todos.

— Cada um tem sua maneira de viver.

— Mas olhe, chefe. Quantas dessas pessoas aqui são realmente felizes?

Enquanto Onta falava com descontentamento, apontando para a coroa, a velha ergueu os olhos enrugados e os examinou cuidadosamente.

Era um salão de banquetes comum ao ar livre, mas era como se você pudesse ver algo invisível para os outros.

A velha ficou olhando para eles por um longo tempo.

— Você está certo de novo, Onta.

— Olhe para isso.

Onta, que respondeu mal-humorado, disse.

— É bom ver o Império, mas não acho que seja um lugar que vai ficar lá por tanto tempo. Vamos terminar nossos negócios e voltar para a aldeia, chefe.

— Esta jornada não é determinada por suas preferências, Onta.

Por fim, repreendido pela mulher que o acompanhava, Onta respondeu fazendo beicinho.

— Eu sei, Ana. Porém, ficar por muito tempo nessa região não é bom para a saúde do cacique.

— …

Ana, que sempre manteve a inexpressividade, ficou abalada com a palavra ‘saúde’.

— Informamos um homem chamado um mordomo que estávamos aqui, então espere um momento e saberemos.

— Ha, só vou andar um pouco por aí…

— Você não precisa.

A chefe disse apontando para a lateral do edifício.

— Ela está vindo de lá.

As cabeças de Ana e Onta se voltaram para ela ao mesmo tempo.

Uma mulher em um vestido vermelho caminhou junto com seu esvoaçante cabelo castanho.

— É a filha de Shan.

Seus lábios enrugados sorriram e disseram.


— De repente, minha avo…

Eu podia sentir meu coração batendo forte enquanto caminhava até o local que o mordomo me instruiu.

‘O pai sabe?’

De repente, esse pensamento passou pela minha cabeça.

No entanto, logo respondi que não seria o caso.

Se ele soubesse, teria me avisado com antecedência.

— Ele disse que ela estava no jardim.

Saí do prédio principal e caminhei em direção ao jardim.

— Lady Lombardi!

— Parabéns!

— Parabéns!

Eu estava distraída pelo fato de que muitos nobres olharam para mim e disseram uma palavra, mas eu balancei a cabeça e respondi de vez em quando e continuei andando.

— Ah.

E quando cheguei ao final do salão de banquetes, pude ver três pessoas à distância.

Não havia tempo para se perguntar se eram eles.

Porque eles tinham uma aparência extraordinária.

Meus olhos se encontraram com minha avó, uma velha com longos cabelos grisalhos amarrados.

Sem tirar meu olhar assim, eu parei na frente dela.

— Olá, prazer em conhecê-la.

Baixei a cabeça lentamente e disse olá.

Então uma voz imbuída de uma voz amigável respondeu.

— Prazer em conhecê-la, filha de Shan.

Filha de Shan.

Era verdade, mas era um pouco único.

Mas foi isso que gostei.

Em particular, a dona de Lombardi era ainda mais simpática para a avó com uma atitude confiante, que não ligava nada, e os olhos que não a evitavam fitaram.

— Vamos conversar um pouco.

Minha avó, que disse isso, assumiu a liderança e entrou na floresta perene, como se não fossem necessários mais cumprimentos.

Você é uma pessoa única.

Eu pensei assim e silenciosamente segui o exemplo.

Em algum momento, quando minha avó e eu chegamos ao meio da floresta, as outras duas não a seguiram.

Quando ouvimos apenas o som da sujeira sob nossos pés, a vovó abriu a boca primeiro.

— Filha de Shan. Seu nome… É Florentia?

— Sim, isso mesmo. Posso saber o nome da avó?

Quando a chamei de. avo. , ela pareceu um pouco surpresa e logo riu feliz.

— Meu nome é Saura. Significa ‘olho’ na língua da tribo.

— Tribo…?

— A tribo Chara que eu lidero vive aqui em uma selva que faz fronteira com o mar no extremo sul daqui. Você sabe sobre nós?

— Ah… Por acaso…

Era de um livro chamado ‘Povo do Sul’, que li assim que voltei.

O alívio que um estudioso chamado Ropilli descobriu.

— Eu não sabia que minha mãe era membro daquela tribo.

— Não falamos muito sobre tribos fora da aldeia. Coisas problemáticas acontecem.

Avó disse com um pequeno sorriso.

— Então você deve saber que temos habilidades extraordinárias.

— Lembro-me de ter lido em um livro que existe um poder chamado magia.

— Oh, sim. Você deve ter lido um livro escrito por Ropilli. Certo, é uma habilidade que só leva pelo sangue.

No entanto, ao ouvir a explicação pessoalmente, dúvidas surgiram em minha mente.

Esse tipo de poder realmente existe?

— Você é uma garota engraçado porque sabe o que é e ainda duvida.

— … o que?

— Você ainda não experimentou o poder da magia uma vez? Florentia está vivendo no passado novamente.

Eu tenho arrepios.

— Isso… como…

— Esse é o poder que eu tenho.

— Vejo coisas que os outros não podem ver. Às vezes é o passado, às vezes são os pensamentos de alguém. Muito ocasionalmente, vejo o futuro através dos sonhos.

Eu não pude dizer nada.

Eu não sabia o que dizer.

Como agir diante de quem sabe que voltei, minha mente ficou em branco.

Minha avó que me encarou disse isso como se não fosse grande coisa.

— Todos da tribo têm pelo menos um poder especial. Onta ali tem a habilidade de curar pessoas e fazer remédios com água.

Minha avó apontou para o homem que esperava à distância.

— E Ana se move como o vento. Ela também tem a força de dez pessoas.

— Então o que você está dizendo e… Minha habilidade…

— Talvez você tenha a habilidade de voltar no tempo.

Esse é um tipo de habilidade de super-herói.

— Bem, então, e a mamãe?

— A habilidade de Shan era de ver o futuro. Desde a cor da flor que alguém colherá amanhã, até a enchente que matará muitas pessoas. Ela era capaz de ver tudo com antecedência. A habilidade de Shan era tão poderosa que todos pensaram que ela teria mais sucesso que eu como o chefe.

Minha cabeça ficou em branco quando ouvi algum tipo de segredo do meu nascimento.

Então minha avó me disse.

— Mas você é mestiça. Em vez disso, apenas metade do sangue da tribo Chara flui em suas veias.

— O que?

Foi uma palavra que ouvi muitas vezes em minha vida anterior.

Mestiça.

Uma zombaria que não importa o quanto eu tente, eu só posso ser metade Lombardi.

Mesmo que já faça muito tempo, é triste.

Quando eu não disse nada, vovó sorriu novamente.

— Não se sinta mal. É uma coisa muito boa.

— Isso é uma coisa boa?

— A habilidade da tribo Chara tem um preço.

Vovó apontou para o homem mais uma vez.

— Onta tem a magia para salvar os moribundos, mas não consegue sentir alegria.

Em seguida, ela apontou para Ana.

— Ana é mais rápida e mais forte do que qualquer um, mas ela não sente dor. Mesmo se muitas pessoas estivessem feridas, ela mesma não saberia até que sangrasse até a morte que estava ferida. E ela não podia simpatizar com o dor de outros, então ela cometeu o crime de ferir muitas pessoas desde a infância.

— Então, a vovó está bem?

— Eu…

A avó sorriu amargamente.

— Como você pode ver, eu mal consigo ver. E eu perdi a coisa mais preciosa para mim.

Se fosse a coisa mais preciosa para minha avo…

— O preço pelos olhos que enxergam muito era minha filha, Shan. Quanto mais forte a habilidade, mais precioso você perde.

Vovó disse há pouco tempo.

A habilidade da mãe era muito poderosa.

— Então minha mãe…

— Vida. O preço que Shan teve de pagar foi a própria vida.

A avó, que assim respondeu, aproximou-se e ergueu os olhos para mim com um olhar turvo e disse.

— Então, Florentia. Não fique triste por ser mestiça. Por causa disso, você parece estar fora das correntes de Chara.

Uma solidão inefável passou pelo rosto de minha avó que disse isso.

— Então, felizmente…

Eu estava prestes a suspirar de alívio quando uma pergunta surgiu.

Posso perguntar este?

Como eu estava hesitante, minha avó disse.

— Deve haver um monte de perguntas. Pergunte.

— Sinto muito. Eu não entendo muito bem. Você não disse há um tempo que minha mãe pode ver o futuro?

— Sim, essa era a habilidade de Shan.

— Mas então… Eu tenho certeza que ela já sabia então por que ela deu à luz a mim?

Minha mãe me deu à luz e ela morreu cerca de cem dias depois.

Se ela tinha visto seu próprio futuro como aquele, por que ?

— Shan sabia seu futuro. Claro, ela também sabia da sua presença, Florentia.

— Isso significa…

— Shan escolheu dar à luz a você, Florentia. Ela deixou sua tribo e sua família na floresta, e partiu para o Império com Ropilli, que completou sua pesquisa. E ela veio para a propriedade Lombardi e conheceu seu pai.

Os olhos embaçados da avó ficaram ainda mais embaçados.

— Mesmo sabendo que ela iria morrer.

Picture of Olá, eu sou o Babi.Bia!

Olá, eu sou o Babi.Bia!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥