Selecione o tipo de erro abaixo

Capitulo 274 – A maldição do Arco do Torneio

Tradutor: Cybinho

O torneio se alastrou e a Montanha Oculta foi abalada por trovões e relâmpagos, fogo e explosões ocasionais de gelo.

Certamente é mais um espetáculo do que os Picos dos Duelos, observou Yun Ren. Chamativo, ele supôs que a palavra era, como fogos de artifício explodindo constantemente. Se ele não fosse um cultivador, provavelmente teria ficado cego e surdo na metade do segundo dia.

A multidão estava adorando, assim como os amigos de Yun Ren.

Han e Shao Heng estavam rindo e torcendo junto com o resto da multidão. Han era um pouco mais animado do que Heng, o homem mais velho ficava mais satisfeito em sentar e relaxar com uma garrafa de vinho, mas ele também aprendia a avançar ou acenava com a cabeça apreciativamente aos bons golpes. Yun Ren tentou se divertir com eles. Ele tentou não parecer muito nervoso… mas considerando o que estava planejando fazer, ele não pôde deixar de ficar um pouco indisposto. Afinal, o plano de Yun Ren era o final do torneio. Logo após as finais, durante a cerimônia de recompensas. Quando todos os olhos estivessem voltados para o vencedor… era então que ele ativaria a névoa.

Ele disse a Bi De e Ri Zu para tomarem cuidado depois das finais, é claro. Ele não iria simplesmente despejar essa merda sobre eles sem qualquer aviso… mesmo que eles não estivessem em risco, na verdade não. Ninguém poderia suspeitar deles.

Inferno, se as coisas corressem bem, ninguém suspeitaria dele também. Jin, quando estava um pouco agitado, gostava de divagar sobre coisas aleatórias – e uma dessas coisas eram capturas atrasadas. Um cronômetro, efetivamente, em seus cristais de gravação, para que ele pudesse deixá-lo em algum lugar e então entrar no quadro depois de um certo tempo ter passado.

Yun Ren usava isso com bastante frequência… e agora planejava usá-lo para algo que não era sua paixão. Uma liberação atrasada de uma ilusão detalhando Zang Zengsheng esfaqueando seu irmão pelas costas, a Inquisição mexendo na cabeça de Wen e alguns outros pedaços de roupa suja que a Inquisição escondeu ao longo dos anos, exatamente por que a família Che estava sendo punida.

Com sorte, a névoa esconderia ou obscureceria seu Qi o suficiente para evitar que ele fosse notado.

Com certeza chutaria o formigueiro e, no mínimo, abriria um buraco na pele do rosto do Patriarca.

Se ele estivesse sendo honesto, era meio estranho ele ficar tão bravo e disposto a ir tão longe por causa de alguma coisa.

Ele sabia que não era o tipo de cara que arriscava o pescoço por ninguém além de sua família e amigos imediatos – seus pais, Gou, Mei, Jin. Todo mundo sabia que ele era um bastardo preguiçoso que fazia o mínimo. Inferno, ele meio que gostou dessa reputação. Tudo o que ele queria fazer da vida era viajar gravando imagens.

Agora aqui estava ele planejando sabotar uma seita inteira. Ele quase desejou não ter dito nada e apenas ter ficado na fazenda, saindo com seu irmão, Jin e Mei, gravando Pequeno D enquanto crescia. Talvez sair e passear com Biyu, ou até mesmo gravar Xiulan enquanto ela unia as Colinas – isso teria sido algo interessante.

Mas agora ele estava aqui e seu sangue estava fervendo. Foi porque ele era parente das raposas? Foi por causa da tortura pela qual Wen passou? Raiva pela injustiça de tudo isso?

Ele não sabia.

Tudo o que ele sabia é que parecia a coisa certa a fazer… e nem Bi De nem Ri Zu estavam tentando dissuadi-lo. Eles simplesmente acenaram com a cabeça.

Yun Ren suspirou e balançou a cabeça. Ele se concentrou novamente na multidão quando a luta mais recente terminou – e então foi a vez de Yushang novamente.

“Você consegue, Yushang!” Gordo Han rugiu de sua cadeira, chamando a atenção da garota. Ela assentiu para eles, o rosto tenso de concentração. Seu oponente estava no Terceiro Estágio do Reino Profundo e, portanto, mais forte do que ela.

Yun Ren respirou fundo. Ele precisava relaxar e se acalmar… e além disso, Yushang precisava de algum apoio.

“Lembre-se do seu trabalho de pés, garoto!” Shao Heng aconselhou e Yushang assentiu.

Cara, eles me apoiaram tanto… mas Yushang também estava tensa demais. Yun Ren sabia o suficiente sobre luta com espadas agora para dizer que ela não estaria fazendo o seu melhor.

“Pegue o pau dele e torça!” Yun Ren gritou.

Toda a seção ao seu redor ficou em silêncio. A máscara de Yushang quebrou e ela engasgou com a risada. Os olhos de seu oponente se arregalaram comicamente quando ele se virou para Yun Ren, horrorizado com o que estava dizendo.

“Biren!” Han gritou, horrorizado. Shao Heng cuspiu seu vinho. “Você não pode simplesmente—”

“A velha reviravolta do pau!” Yun Ren exclamou, estendendo a mão como se estivesse pegando uma maçã e depois torcendo o pulso.

O oponente de Yushang cruzou ligeiramente as pernas e o resto da arquibancada começou a uivar de tanto rir.

Han apenas olhou para Yun Ren e depois voltou-se para Yushang, que parecia muito mais relaxado. Ela balançou a cabeça com suas travessuras.

Mas ela estava pronta agora; Yushang enfrentou um oponente um estágio acima dela… e no final, não chegou nem perto. Sua espada pesada era um obstáculo intransponível. Suas dicas de Shao Heng, junto com seu treinamento com os demais, mostraram o quão forte ela havia ficado.

Ela estava ofegante, mas ainda ergueu a espada para o céu.

Duas lutas depois e foi a vez de Bi De.

Naturalmente, o homem não precisava de nenhum incentivo. Eles deram mesmo assim, aplaudindo o mais alto que podiam.

================================

O torneio foi organizado em sete rodadas. Sete dias seguidos de luta sem pausas.

No quinto dia, Yushang estava começando a sentir isso. Seus dois últimos oponentes foram verdadeiros testes de suas habilidades, e o quarto a deixou com queimaduras elétricas graves o suficiente para precisar da ajuda de Ri Zu. Honestamente, ela ficou surpresa por ter chegado tão longe – ela esperava ser nocauteada no segundo ou talvez no terceiro round – mas aqui estava ela no quinto dia.

Ela estava bastante feliz por ter feito os amigos que fez. Era uma novidade ter pessoas realmente torcendo por ela… ou no caso de Biren, contando piadas e acalmando seus nervos. Gordo Han e tio Shao deram tapinhas nas costas dela. Bi De sorria e acenava com a cabeça; As mãos habilidosas de Ri Zu passariam sobre ela, verificando se havia algum ferimento.

Quando ela andava, ela nem precisava ficar constantemente preocupada com as pessoas pulando nela – porque uma de suas amigas estava sempre lá, ajudando-a a ficar de olho.

Foi maravilhoso. Foi realmente maravilhoso ter amigos. Todos os dias ela agradecia aos seus antepassados ​​por tê-los encontrado… e por sua pouca capacidade de ver quem era confiável e quem estaria predisposto a machucá-la, nunca a decepcionou.

Yushang estava contente. Mesmo que ela perdesse hoje, ela tinha tudo o que queria.

“E agora, Xie Shaoqing contra Liao Yushang!”

… e ela provavelmente perderia hoje. Ela faria o melhor que pudesse, mas era contra um homem chamado Shaoqing – um dos servos do Jovem Mestre.

Yushang respirou fundo enquanto caminhava para o palco, a espada apoiada em seu ombro, enquanto Shaoqing praticamente entrava arrogantemente, seu rosto contorcido em um sorriso. Ele era um homem grande, um pouco mais alto que Bi De, e para sua surpresa estava coberto de cicatrizes — assim como sua colega de trabalho, uma mulher chamada Chengang. Todos eles estavam cobertos de cicatrizes recebidas em batalha.

Ele estava dois estágios acima dela, e o homem parecia entediado em todas as lutas que enfrentou até agora, trocando dicas com os outros discípulos antes de esmagá-los para fora da arena.

Ele era um homem que Yushang honestamente não gostava de olhar. Sua habilidade sempre fazia as pessoas parecerem um pouco estranhas. Era difícil descrever, mas… bem, Shaoqing parecia malicioso. Ele era tão indigno de confiança quanto parecia, a ponto de ela se sentir um pouco enjoada sempre que olhava para ele por mais de um momento. Seu sorriso se distorceu ainda mais quando ele olhou para ela e Yushang engoliu em seco.

Esta provavelmente não era uma batalha que ela pudesse vencer, mas uma batalha à qual ela simplesmente teria que sobreviver. O homem tinha sido gentil com seus juniores até agora… Talvez ele continuasse assim?

Yushang curvou-se educadamente para ele e manteve a voz alegre. “Yushang cumprimenta seu irmão mais velho e aguarda ansiosamente esta troca de dicas.”

Ela se endireitou e deu-lhe um sorriso desarmante… um que ele não retribuiu.

Em vez disso, ele disse algo completamente inesperado.

“Você chamou a atenção do Jovem Mestre. Seja grata, garota, pois ele vê algo em você e a convida para se juntar a ele” disse o homem, sua voz tão alta que só ela poderia ouvi-lo.

A oferta foi repentina e inesperada. O estômago de Yushang caiu até seus pés. Algumas garotas podem aproveitar a oportunidade – alguns meses ou anos até que ele fique entediado com o corpo dela, e nesse tempo ela pode receber recursos de cultivo poderosos e ser capaz de exercer seu peso como uma de suas mulheres.

Os olhos de Yushang se voltaram para o Jovem Mestre e fizeram uma pausa.

Metade de seus instintos lhe dizia que ele absolutamente a machucaria. Ele queria machucá-la. Ele estava absolutamente ansioso para machucá-la.

A outra metade parecia pensar que ele era relativamente confiável e que, embora quisesse fazer mal a ela, não queria fazer mal a ela.

Foi totalmente bizarro e, honestamente, Yushang não tinha ideia do que pensar. Seus olhos percorriam seu corpo, mas não havia um pingo de luxúria contido dentro dele.

Ele parecia mais um alpinista inspecionando a qualidade de um picador de gelo.

“O que você diz, garota?” Shaoqing perguntou.

Yushang engoliu em seco e então seu sorriso ficou ligeiramente frágil.

“Esta Yushang pede desculpas, mas ela deve recusar a generosa oferta do Jovem Mestre. O mundo é muito brilhante e vasto para passarmos anos confinados nesta montanha.”

Talvez tenha sido idiota dizer isso abertamente… mas ela disse mesmo assim.

Não havia nenhuma maneira no Inferno de ela passar algum tempo perto de qualquer uma dessas pessoas.

Os olhos de Shaoqing se estreitaram. “Você é uma idiota, garota.”

“Sim, eu sou”, ela respondeu enquanto o locutor anunciava o início da luta.

=========================================

Assim que a luta começou, Bi De percebeu que algo estava errado. A restrição que caracterizou Shaoqing durante quatro dias desapareceu instantaneamente.

E Yushang parecia preocupada. Não preocupada em enfrentar um oponente mais forte, mas seus olhos se voltaram para Zang Sheng.

Bi De sentiu uma carranca se formar em seu rosto enquanto os olhos famintos do homem devoravam a forma de Yushang.

Sua espada pesada atacou o próprio jian((O jian é uma espada reta de dois gumes usada durante os últimos 2.500 anos na China.)) de Shaoqing, o grande homem usando uma lâmina surpreendentemente pequena.

Alguns diriam que ele não podia se dar ao luxo de se conter – que Yushang havia provado seu valor, Bi De teria concordado. Até mesmo Shaoqing fazia uma careta sempre que não conseguia aparar totalmente os golpes dela, os golpes titânicos de Yushang faziam seus braços tremerem. Mesmo Bi De raramente bloqueava diretamente seus golpes.

Mas no final… foi a diferença no cultivo que acabou com as coisas.

Um raio irrompeu dos dedos de Shaoqing e Yushang congelou, seu corpo convulsionando.

Foi uma abertura suficiente.

O jian de Shaoqing perfurou logo abaixo das costelas de Yushang e irrompeu de suas costas.

Ela fez um estranho som engasgado quando o sangue de ferimentos internos escorreu de sua boca.

E então o punho dele girou e bateu na bochecha dela. Houve um estalo nauseante quando ela foi arrancada da lâmina de Shaoqing e caiu da arena.

Bi De teve que se lembrar que Ri Zu poderia curar esses ferimentos. Eles não eram letais, mas certamente eram graves… No entanto, ele mal conseguia pensar no estranho zumbido em seus ouvidos.

Um toque que aumentou quando o locutor anunciou a vitória de Shaoqing… enquanto o homem descia da arena para acenar para os maqueiros.

“O Jovem Mestre viu sua habilidade e está impressionado com sua exibição. Ele gentilmente decidiu cuidar da cura dela…”

O homem congelou quando a intenção de Bi De bateu nele, sua cabeça girando para olhar para ele.

“O Pavilhão Médico não é responsável pela saúde do discípulo?” Bi De perguntou calmamente.

Shaoqing parecia não conseguir responder. As cabeças dos padioleiros inclinaram-se para o lado, como se estivessem ouvindo alguém, antes de assentirem.

“O discípulo-chefe do Pavilhão Médico exige a cura deste discípulo”, disse um deles e cumpriu suas ordens. Os olhos de Shaoqing se estreitaram… mas ele colocou um sorriso no rosto e se virou, caminhando de volta para seu mestre.

Zang Sheng estava carrancudo.

“Você está atrapalhando meu caminho?” — perguntou o Jovem Mestre, pronunciando as palavras para Bi De em sua caixa.

Bi De sorriu para ele.

“Claro que estou.”

Os olhos de Sheng queimaram… mas um sorriso apareceu em seu rosto.

Olá, eu sou o Cybinho!

Olá, eu sou o Cybinho!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥