Selecione o tipo de erro abaixo

No momento em que um agente em uma missão chegava à Base da Força-Tarefa à noite, o ar se enchia com o cheiro de terra úmida.

Por volta das 23h32, as luzes de emergência lançavam uma sombra inquietante nos corredores vazios da base. O único som que quebrava a quietude era o eco distante de passos apressados.

Os cabelos na altura dos ombros, da cor de cerejas escuras e maduras, captavam a luz e pareciam emanar um leve brilho ao seu redor. Seus olhos castanhos intensos mantinham um foco aprimorado por anos de treinamento, um testemunho das missões exigentes que ela havia realizado. Com um impressionante 1,80 m de altura, sua estrutura era magra e forte, esculpida pela preparação incansável para todos os cenários possíveis.

O uniforme, um distintivo de honra, trazia a insígnia: uma águia estilizada em voo, com suas garras segurando uma lâmina. Ela servia como uma proclamação silenciosa – Agente de Campo de Classe Veterano. Essa distinção, um degrau acima da classificação padrão, marcava-a como uma agente de elite.

Os melhores dos melhores compunham os agentes de campo veteranos da força-tarefa. Eles forneceram aos outros uma grande quantidade de informações e experiências. Após anos de serviço dedicado na U.E.C., eles concluíram com sucesso várias missões. Seus anos de experiência de campo valeram a pena quando se tratava de sua capacidade de localizar, rastrear e erradicar Mephistos. Cerca de 25% da força era composta por esse quadro de elite, sendo que cada membro era vital para a luta contínua.

Dezenove horas de adrenalina elevada, dores de cansaço e um gosto de areia na língua. Ao passar pela soleira da porta, ela era uma guerreira voltando da batalha. Apesar do cansaço, seus olhos refletiam a sujeira grudada em seu uniforme, que era um monumento à missão que ela havia cumprido.

Ao entrar na estéril Sala de Relatórios, a expectativa a dominou como uma serpente enrolada. Com exceção do brilho cinzento e gelado das luzes embutidas, a atmosfera parecia opressivamente fria. Mesas de metal longas e sem vida se estendiam pelo centro, com um conjunto de cadeiras vazias em ambos os lados. Uma pessoa solitária guardava uma fortaleza de arquivos no canto, cujo farfalhar era audível.

Sua pele pálida contrastava com os cabelos negros que caíam sobre seus ombros como cortinas escuras. Ela tinha uma expressão concentrada no rosto enquanto se dedicava a uma atividade. 

Inspecionava pastas que continham informações sobre os Mephistos à sua frente com os olhos tais como a noite, e as pontas dos dedos percorrendo-o um atrás do outro em busca de algo.

— Com licença, senhorita Raven. 

Raven se virou para encará-la. Seu peito exibia o emblema de um corvo estilizado circundando um globo com as asas abertas, o que a designava como analista de inteligência.

Os profissionais altamente qualificados dessa classe se concentravam na coleta, interpretação e avaliação de informações cruciais sobre Mephistos e operações militares. Como os analistas são essenciais para coletar e interpretar dados relacionados à missão, os agentes de campo e os analistas frequentemente trabalham juntos.

— Pois não?

Raven guardou as pastas, exceto uma. 

Voltou para a mesa com o item em mãos. Deixando-o sobre a superfície da mesa, se sentou, pronta para ouvi-la.

— Vim trazer o relatório da operação em Harrisburg. Os detalhes estão prontos para sua revisão.

Raven assentiu calmamente com a cabeça. Ela fez um gesto para que a agente o entregasse.

O relatório foi disposto à superfície. Estava guardado em uma pasta de couro preto, confeccionada especialmente para preservar documentos confidenciais.

Raven retirou cuidadosamente o papel da pasta e começou a ler o conteúdo com atenção.

Relatório de Incidente: Operação em Harrisburg

Data: 10 de agosto de 2022

Horário de Início da Missão: 04:00

Horário de Conclusão da Missão: 23:00

Localização: Harrisburg, Estados Unidos

Descrição da Missão:

A operação foi iniciada em resposta a relatos de atividades sobrenaturais na cidade de Harrisburg, especificamente na área ao redor do parque Riverfront. A missão tinha como objetivo investigar e conter a ameaça representada por um Mephisto, que, de acordo com relatos, estava causando perturbações significativas na comunidade local.

Equipe de Intervenção:

A equipe de intervenção consistia em 15 agentes altamente treinados, especializados em enfrentar ameaças paranormais, incluindo os especialistas:

  1. Agente Susan Thompson 
  2. Agente James Rodriguez
  3. Agente Michael Harris
  4. Agente Beatrice Smith

Detalhes Estatísticos:

  1. Horário de Avistamento Inicial: O Mephisto foi inicialmente avistado por moradores locais por volta das 03:30, o que levou à mobilização imediata da equipe de intervenção às 04:00.
  2. Local Específico: A atividade do Mephisto foi concentrada na área ao redor do parque Riverfront, próximo à ponte Walnut Street. 
  3. Tipo do Mephisto: Com base nas observações da equipe de intervenção, o Mephisto foi classificado como Classe Regular, caracterizada por sua forma sombria e habilidades sobrenaturais.

Desenvolvimento da Missão:

A missão foi dividida em três fases distintas: investigação, contenção e eliminação. Durante a fase de investigação, a equipe de intervenção confirmou a presença do Mephisto e estabeleceu um perímetro de segurança ao redor da área afetada.

A fase de contenção envolveu a implementação de medidas preventivas para limitar a movimentação do Mephisto e proteger os civis locais. Durante esta fase, a equipe enfrentou resistência significativa por parte da criatura, resultando em confrontos intensos e desafios para manter o controle da situação.

A fase final da missão, eliminação, visava neutralizar o Mephisto. Estratégias foram ajustadas com base nas observações durante a fase de contenção. A batalha final ocorreu por volta das 21:00, quando a equipe conseguiu enfraquecer a criatura o suficiente para aplicar com sucesso um feitiço de banimento.

Baixas da Equipe:

Infelizmente, a operação levou a cabo quatro baixas de membros da equipe. As circunstâncias exatas dessas baixas estão sob investigação, mas parece que ocorreram durante confrontos diretos com o Mephisto.

  1. Agente Rodriguez  (Morto em Ação): Durante um confronto intensivo, o Agente Rodriguez foi sobrecarregado por uma energia desconhecida, resultando em fatalidades.
  2. Agente Williams (Morto em Ação): Durante a fase de contenção, o Agente Williams enfrentou uma investida surpreendente de outro Mephisto, resultando em ferimentos fatais.
  3. Agente Thompson (Desaparecido em Ação): O Agente Thompson desapareceu durante a fase de eliminação. As circunstâncias exatas do desaparecimento estão sendo investigadas.
  4. Agente Harris (Morto em Ação): O Agente Harris sofreu ferimentos graves durante o confronto final e não resistiu.

Conclusões e Recomendações:

A operação foi concluída com sucesso com a eliminação da ameaça sobrenatural. No entanto, as baixas significativas entre os membros da equipe destacam a necessidade de revisão e aprimoramento contínuo dos protocolos de segurança e estratégias de combate a ameaças paranormais. Recomenda-se uma análise detalhada das circunstâncias que levaram às baixas e a implementação de medidas adicionais de segurança e treinamento para futuras operações semelhantes. Além disso, é vital prestar apoio contínuo aos membros da equipe afetados e às famílias das vítimas.

As sobrancelhas de Raven se franziram enquanto ela dissecava o relatório, cada ponto de dados examinado com a intensidade de um joalheiro avaliando um diamante. O silêncio na sala havia se transformado em algo sepulcral, pressionando Laura com um peso tangível. Ela sentia a tensão crepitar a cada segundo que passava, uma tempestade se formando logo abaixo da superfície.

Uma olhada no rosto de Raven, gravado com uma obstinação sombria, fez com que Laura sentisse um nó na garganta. Ela lutou para manter uma fachada de compostura, com uma postura rígida, mas o peso da responsabilidade a pressionava como uma força física. Finalmente, Raven quebrou o silêncio opressivo, sua voz calma, mas com uma urgência inegável.

— Quatro baixas. 

Laura respirou fundo, preparando-se para o julgamento que estava por vir.

— Quatro membros da equipe não retornaram. Preciso de explicações detalhadas sobre como isso aconteceu. 

Com o rosto rígido, ela respondeu assertivamente, tentando escolher as palavras com cuidado.

— A operação começou conforme o planejado. O alvo era um Mephisto de Classe Regular, e a equipe estava bem treinada. Contudo, fomos surpreendidos por uma emboscada de Mephistos de Classe Mortal. A situação ficou caótica e perdemos o controle. Os reforços demoraram a chegar, então…

Os olhos dela vagaram por um minuto, com uma expressão de arrependimento em seu rosto. O peso da liderança pesava enormemente sobre si mesma, e a angústia das perdas recentes coloriu seu rosto. 

— Não havia nada que pudéssemos fazer.

Raven respirou fundo.

— A emboscada era previsível? Algum sinal de alerta falhou?

Laura hesitou por um momento antes de responder:

— Não havia sinais anteriores. Parece que eles estavam esperando por nós.

— E as baixas na equipe, poderiam ter sido evitadas?

— Eu não poderia ter previsto a emboscada. Aconteceu muito rápido.

Seu olhar percorreu o relatório mais uma vez, observando cada detalhe.

— Nenhum inocente foi morto ou ferido, certo?

— Nenhum.

Em um gesto austero que deixava evidente em que medida o assunto era urgente, Raven se levantou da cadeira.

— Encaminharei o relatório à liderança sobre as deficiências encontradas. No entanto, precisam se preparar para o que está à sua frente. Reavaliar os protocolos, intensificar o treinamento e garantir que todos os membros estejam totalmente cientes das possíveis ameaças.

Laura balançou a cabeça, assentindo.

— Está dispensada por agora. Descanse.

Com essas palavras, ela seguiu em direção à saída, fechando a porta às suas costas. O clique da fechadura ecoou, deixando para trás um silêncio.

“Eu não sei o que é pior…”

Tendo seus pensamentos pesando sobre os ombros como uma âncora, Raven se recostou na cadeira. 

Seu desconforto em relação às questões inerentes à moral que surgiram desde que ingressou à agência incomodava sobremaneira.

“A perda de uma pessoa inocente é uma tragédia inaceitável, embora precisemos também proteger os nossos. Como dá para equilibrar isso?”

A ênfase entre o dever intrínseco de proteger a sociedade e a necessidade urgente de resgatar vidas individuais colocou a força-tarefa diante de um dilema constante. 

Como mantenedores do equilíbrio, precisavam conciliar diariamente a dedicação do grupo com a compreensão da individualidade de cada pessoa. Todas as escolhas precisavam encontrar um balanço cauteloso entre as responsabilidades comunitárias e o resgate individual.

Os cotovelos repousaram sobre a mesa. Seus dedos se entrelaçaram enquanto as mãos cobriam metade do rosto.

“Parece que estamos à beira de um desastre. A vida humana, delicada e passageira, às vezes é tão incerta, uma certeza que tomamos como certa até que ela nos seja tirada de repente.”

Seus olhos, antes reflexivos, agora tinham um toque de resignação, como se a conformidade aos detalhes da vida estivesse escondida no além das paredes.

“Gostaria de saber se somos apenas observadores impotentes do que é inevitável. O preço que prestamos em vidas e almas frequentemente é como se fosse uma barganha pela segurança ilusória que desejamos.”

A luz que havia sido questionadora no início agora indicava uma aceitação relutante dos altos e baixos da vida.

“Atribuímos à existência humana um valor porque não temos outra escolha. Damos à vida mais importância do que ela realmente tem, afinal, ela inevitavelmente se torna insignificante em um mundo onde cada passo pode ser o último.”

Pegou e abriu a pasta sobre a mesa, tirando com cuidado o papel que tinha como designação Krynt Hughes.

“Inclusive o nosso.”, acrescentou.


E-eita…

Um arrepio súbito percorreu meu corpo enquanto caminhava por um corredor desconhecido.

— Algum problema?

A vice-líder, uma figura temida por mim, estava ao meu lado.

— Nada não.

A modesta porta, invisível até então, abriu-se sob seus dedos para mostrar uma cena tirada diretamente de outro mundo. A atmosfera limpa e corporativa com a qual eu estava acostumado desapareceu e foi substituída por uma riqueza extravagante. As paredes, antes simples e funcionais, agora estavam cobertas de tapeçarias, com histórias de esplendores passados contadas por meio de seus fios.

Móveis luxuosos, semelhantes a um hotel de cinco estrelas em vez de um espaço de trabalho do governo, atraíam com garantias de conforto incomparável. Cada elemento era uma representação concreta de uma vida que estava muito além das minhas expectativas mais loucas e contrastava fortemente com os limites da minha própria realidade.

Era uma verdadeira ponte para um mundo distante, um reflexo deslumbrante em um lago incrivelmente grande, um mundo que eu nunca teria ousado reivindicar como meu.

— Espero que aprecie o seu novo aposento. — disse ela, com uma serenidade intrigante. — Como já deve estar sabendo, você estará vivendo aqui.

A perplexidade tomou conta de meus pensamentos. 

“Não dá nem pra acreditar…”

A maneira como ela se referiu às palavras tinha uma ambiguidade desagradável. Esse presente generoso poderia ter sido motivado por compaixão real ou por algo mais sinistro.

Quando esses pensamentos entraram em minha mente, as palavras dela vieram sobre mim como um vento refrescante em uma noite fria.

— Às vezes, é necessário romper com os moldes que nos aprisionam. Mesmo os mais renegados merecem momentos de respiro e reflexão.

Suas palavras ressoavam em meu âmago, e por um instante, uma trégua se instalou em meu turbilhão interno. 

— Agradeça à Mikael. Se não fosse por ele, você estaria morto.

Uma verdade emergia inegável, sem dúvidas. 

— Pegue isto.

Entregou-me o uniforme dobrado que carregava.

— Esteja preparado. 

Houve um abalo em relação à minha visão devido à extraordinária generosidade de uma figura de autoridade. 

No solo árido de meu coração, uma semente de transformação foi plantada. Restava saber se essa semente cresceria e se tornaria algo mais substancial ou se permaneceria adormecida, esperando o toque apropriado para despertá-la.

Picture of Olá, eu sou o Nyck!

Olá, eu sou o Nyck!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥