Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Dentro da sinistra e úmida sala de pedra subterrânea.

Colocada no meio da sala de pedra havia uma mesa de autópsia de pedra com uma jovem e bela elfa deitada em cima dela.

As roupas e equipamentos de seu corpo foram retirados e jogados no canto.

Ela estava quase nua neste momento, seu corpo perfeito não coberto por nenhum pedaço de tecido. Uma estranha runa foi desenhada em sua testa com tinta tão escarlate quanto o próprio sangue. Era o efeito e a influência desta runa que tornou a elfa incapaz de controlar seu corpo, apesar de ter plena consciência.

Era como se o corpo dela estivesse fora de sincronia com a consciência mental. Ela podia sentir cada parte de seu corpo, até mesmo o frio do ar passando por sua pele nua. Estranhamente, não conseguia controlar nenhuma parte do seu corpo.

Ela não conseguia nem fechar os olhos, muito menos mover o dedo mindinho!

Os olhos da elfa estavam bem abertos, seus olhos bonitos e claros mostravam medo e desconforto puros.

Medo desse ambiente, medo da atmosfera e medo das duas silhuetas sem emoção avaliando seu corpo.

Tudo isso assustou tanto a elfa que ela teve vontade de gritar.

No entanto, quando a elfa estava prestes a gritar de horror, percebeu que sua boca não conseguia abrir, quase como se tivesse sido colada com uma poderosa seiva de árvore. Mesmo sua garganta não parecia estar sob seu controle, impossibilitando até mesmo gemer.

“Este é um material excelente. Não estamos apenas fazendo uma dissecação simples? Existe necessidade de desperdiçar uma elfa de Primeiro Grau?” Endor, que estava ao lado de Greem, curvou o corpo e resmungou baixinho pela boca.

Uma boneca verde do tamanho da palma da mão agarrava sua roupa e brincava por ali. Uma boneca preta com uma forma estranha também flutuava em seu ombro.

À distância, a boneca preta parecia um pequeno humano remendado com um pano preto. A superfície de seu corpo estava cheia de linhas de costura tortas e runas escuras e irreconhecíveis. Não havia características faciais em sua pequena cabeça – apenas um único olho aterrorizante desenhado com sangue.

A boneca preta não tinha mãos nem membros e apenas flutuava estranhamente acima do ombro de Endor. Três luzes verdes também orbitavam em torno de seu pequeno corpo.

Se alguém pudesse chegar perto o suficiente para olhar, ficaria horrorizado ao descobrir que aquelas luzes verdes eram três assustadores fantasmas em miniatura. Esses fantasmas não tinham corpo e eram seres aterrorizantes feitos de pura energia negativa. Eles gritavam e berravam sem parar em agonia enquanto tentavam escapar do corpo do Golem Fantasma Costurado.

Porém, foi tudo em vão.

Eles só podiam odiar, gritar e xingar loucamente todos os seres vivos e seres do mundo.

Poderíamos sentir a aura esmagadoramente sinistra deles se estivessem um pouco perto do Golem.

Após este período de cultivo, o Espírito da Pestilência e o Golem Fantasma Costurado que Greem havia criado pessoalmente mal conseguiram chegar ao Primeiro Grau iniciante. Além disso, ambos ganharam algumas habilidades especialmente aterrorizantes. Infelizmente, ainda não conseguiam ajudar Greem com sua força atual; eles ainda precisavam ser cultivados.

Talvez precisassem alcançar o Primeiro Grau avançado antes que pudessem ajudar em uma luta entre potências no Segundo Grau!

Ninguém sabia por quê, mas esses dois ajudantes que Greem cultivou gostavam muito de Endor. Eles ficariam ao lado da bruxa toda vez que Greem os deixasse sair, quase como se ela fosse sua mestra.

Greem não podia fazer nada sobre isso!

Afinal, a Bruxa Venenosa Endor também tinha um físico de sombra único. Seu poder de origem era notavelmente semelhante ao dos dois sujeitinhos. Greem, por outro lado, era puramente um corpo de fogo e pertencia ao grupo da energia positiva. Não era de admirar que os dois pequeninos não fossem apegados a ele.

Depois de todos esses anos vivendo como adepto, Greem se acostumou completamente com o ritmo da vida de um adepto.

Ele envolveu-se com um manto cinza e ficou parado diante da plataforma de pedra, inexpressivo. Uma assustadora luz azul brilhava sutilmente em seus olhos. Embora houvesse uma beldade nua e gostosa diante de seus olhos, não havia sinais de excitação ou estímulo em sua expressão. Na verdade, parecia estar mais interessado em conhecer como a elfa era por dentro primeiro.

“Os músculos não estão suficientemente desenvolvidos. Provavelmente há uma grande perda em termos de robustez e força.”

“Dito isso, o tônus-muscular é extremamente suave. Eles devem ser bem compensados ​​​​em flexibilidade e coordenação corporal.”

“Os ossos são muito finos. O conteúdo de cálcio é de apenas 76% dos ossos humanos. O peso também é 33% menor que o de um ser humano. A resistência ao impacto é estimada em 21% mais fraca, enquanto a flexibilidade aumenta em 48% e a coordenação corporal em 52%.”

Greem era como o avaliador mais profissional, estendendo os dedos brancos e finos da elfa e passando por suas articulações, cintura e abdômen. Ele até levantou a mão da elfa e examinou atentamente a posição e a espessura dos calos em suas mãos.

“Esta é uma excelente elfa arqueira. A extensão da formação de calos é semelhante na mão direita e esquerda, o que significa que ela é igualmente ágil com ambas as mãos. No entanto, dada a diferença dos calos, ela ainda prefere segurar o arco mão direita e empunhar uma lâmina com a esquerda.”

Greem investigou lentamente o corpo da elfa e falou sobre suas ideias.

Endor estava sussurrando sozinha para os dois pequeninos, sem prestar atenção ao que ele estava dizendo. Apenas os olhos azuis da elfa estavam continuamente se expandindo e contraindo. Estava claro que ela estava totalmente aterrorizada, mas seu corpo ainda descansava confortavelmente na plataforma, incapaz de qualquer reação biológica.

“Você provavelmente está muito curiosa para saber por que tomamos o controle sobre seu corpo, mas mantemos a sua consciência.” Greem examinou cuidadosamente cada centímetro do corpo da elfa antes de encontrar seus olhos com satisfação.

Uma expressão de dúvida veio dos olhos da elfa, mas ela ainda não conseguia se mover.

“É por uma razão muito simples!” Greem falou calmamente: “Porque daqui a pouco, quando começarmos a dissecá-la, precisaremos descobrir as conexões e como sua consciência mental se comunica com os órgãos mágicos do seu corpo. Durante esse processo, não desejo que suas emoções interrompam a cirurgia. Nem quero que você fique completamente inconsciente e, assim, dificulte examinar como os órgãos mágicos funcionam sob o controle da consciência.

“Então, vamos começar a cirurgia.”

Dito isto, Greem ergueu a mão e uma faca prateada brilhante imediatamente perfurou profundamente o peito da elfa.

Quando Greem puxou levemente para baixo, um som de rasgo de gelar o sangue soou quando o peito da elfa foi aberto como um livro.

O que seguiu foi uma dissecação extremamente cruel e sangrenta.

Para descobrir claramente a construção interna dos corpos dos elfos e qual o papel que sua consciência mental desempenhava nele, Greem usou uma runa de restrição para restringir a consciência mental da elfa dentro de sua própria mente. Dessa forma, as reações biológicas de seu corpo ainda poderiam agir sobre sua consciência mental, mas ela não conseguia controlar seu corpo como de costume.

A tremenda dor de seu corpo chegou a consciência mental da elfa. Ela estava em extrema agonia, mas seu rosto permanecia inexpressivo.

Greem enfiou a mão no peito da elfa e começou a mexer levemente por dentro, ocasionalmente retirando um órgão vivo e sangrento de dentro. Ele colocou com muito cuidado todos os órgãos dentro de recipientes de vidro de diversas cores e tamanhos.

O interior desses recipientes estava cheio de soluções nutritivas amarelo-claras que foram especialmente preparadas para manter a vitalidade a curto prazo desses órgãos removidos.

Coração, fígado, baço, pulmão, rim, estômago, intestino…

As mãos de Greem cortaram com incrível agilidade.

Cada vez que cortava um vaso sanguíneo, estalava os dedos e uma pequena e espontânea chama queimava e selava a ferida. Dessa forma, a elfa não morreria de perda excessiva de sangue. Além disso, sob o efeito de alguma magia estranha, a elfa permaneceu viva apesar de ter quase todos os seus órgãos internos retirados.

Em vez disso, foi onda após onda de agonia torturante chegando a sua consciência e excedeu a crueldade de qualquer outra coisa!

Greem balançou a cabeça lamentavelmente após examinar todos os órgãos internos da elfa.

Parecia que esta era uma elfa comum que não tinha absolutamente nenhum talento para magia. Ele não encontrou nenhum sinal visível de assimilação mágica em seu corpo.

Greem hesitou por um momento.

Parecia que só poderia dissecar os druidas se quisesse pesquisar a relação dos elfos da floresta com a magia da natureza!

Ainda assim, se a elfa diante de seus olhos iria morrer eventualmente, por que não usar totalmente toda utilidade que tinha a oferecer?

Greem imediatamente e sem hesitação pegou algumas pequenas facas, martelos, picaretas e outras ferramentas cirúrgicas. Ele então abriu cuidadosamente o crânio da elfa.

Depois de tanta tortura em suas mãos, a vida da elfa naturalmente desceu imparavelmente em direção ao abismo da morte, mesmo com o estímulo da magia e o sustento de poções de vida.

Greem acenou com a mão e ativou várias matrizes de monitoramento que haviam sido temporariamente instaladas na sala. Ele então iniciou um exame abrangente e detalhado de cada centímetro do cérebro da elfa.

Greem limpou a runa de restrição na cabeça da elfa e sussurrou suave e tentadoramente em seu ouvido: “Você deve querer orar a seu Deus com todas as suas forças no momento final, antes que o resto de sua vida se esgote, não é?”

A mente da elfa já havia caído no caos e estava começando a entrar em colapso. Naquele momento, parecia que um traço de energia havia retornado para ela. Sua boca começou a tremer enquanto sussurrava uma oração verdadeira e sincera a seu deus.

Uma espécie de energia desconhecida – imperceptível para uma pessoa comum – emanava da consciência da elfa. Essa energia começou a construir um canal oculto e profundo de fé em algum local distante, por meio de nodos mentais únicos em seu cérebro.

No momento em que o canal da fé se abriu, o coração de Greem estremeceu. Ele sentiu uma vontade mental indescritivelmente forte estendendo-se rapidamente em direção a este lugar.

A matriz de monitoramento ao redor do cérebro da elfa mudou imediatamente de amarelo para vermelho-escuro quando soltou um alarme estridente.

Além da matriz de monitoramento, Greem também estreitou os olhos e usou ao máximo a função de digitalização do Chip e a visão de raio-x.

Os dois trabalharam juntos e Greem rapidamente conseguiu travar a localização do canal de fé.

Pa!

Uma pequena bola de fogo explodiu no local que havia fixado, exterminando completamente o último pedaço fraco da consciência mental que a elfa ainda tinha. Com a dispersão da consciência mental, o canal da fé também desapareceu abruptamente.

Em algum lugar no vazio, Greem parecia ter ouvido um rugido de fúria e raiva devastador.

[Combo: 41/200]

Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥