Selecione o tipo de erro abaixo

Beatrice e os outros correram para ajudá-lo.

Essa dor era duas vezes pior do que a anterior. Um conflito de artefatos de níveis arcanos estava acontecendo dentro dele.

Todos podiam sentir e usar a mana, mas com a ajuda de artefatos ou equipamentos.

Artefatos são objetos de níveis arcanos, semideuses e nível de Deus e dentro de cada artefatos têm suas classificações que são: Ferro-negro, bronze, platina e diamante.

As habilidades desses artefatos variam muito, indo desde criar mortos-vivos até conceder os poderes dos deuses para o usuário.

Os equipamentos são os mais simples e mais usados pela guilda de aventureiros; seus níveis são: medíocre, comum e incomum e ouro.

Ninguém sabia o que fazer naquela situação se podiam ou não tocar no corpo dele.

Ao ver aquela cena, Isabella soltou um choro desesperado, que já estava quase abafando os gritos de Drake.

A líder se levantou e ordenou que todos entrassem em suas casas e fechassem as portas.

— Tirem ela daqui, não precisamos de distrações agora, ordenou ela.

Gladys rapidamente transportou Isabella para sua casa, mas ela não desistiria sem ao menos lutar.

Como ela não tinha forças suficientes, foi instantaneamente imobilizada e levada para dentro.

Beatrice focou seu olhar em Drake e então disse: — Vamos movê-lo para minha casa.

Os três olharam simultaneamente para ela. Mesmo sabendo que Drake não tinha intenção de matá-los, isso poderia acontecer sem ter consciência disso.

Eles hesitaram, mas no final seguiram a ordem dela com atenção redobrada. Eles pegaram Drake e com celeridade o transportaram para a casa da líder.

O interior da casa era bem-arrumado, apesar de ser bem humilde, as casas eram todas iguais como se alguém tivesse copiado e colado.

Beatrice optou por deixar Drake em seu quarto, já que o quarto de hóspedes estava inutilizável.

Drake foi deixado na cama dela e todos saíram; ele ainda estava gritando muito.

Íris e Snoopey estavam desatentos, eles não conseguiam prestar atenção a nada além dos gritos e mais gritos que vinham do lado de fora.

Beatrice, Mason, Sebastian e Thaddeus estavam parados enquanto ouviam os gritos de Drake.

— Os monstros que o senhor Drake criou estão normais, então isso deve ser um bom sina, disse Mason; ele queria que essa suposição fosse verdade.

— Bom, não podemos fazer nada, vamos seguir o plano que arquitetamos, respondeu Sebastian.

— Verdade, o senhor Drake já nos deu um impulso com esse ouro, temos que fazer valer a pena, disse Thaddeus.

— Ok, o plano continua de pé, disse Beatrice.

A reunião acabou e todos foram para suas casas; ninguém conseguia dormir devido aos altos gritos de Drake.

****

Enquanto isso, na floresta dos monstros, Goblletooth estrangulava um goblin pelo pescoço.

Mas esse goblin era quase tão grande quanto Goblletooth: um goblin gigante, uma anormalidade genética muito comum entre eles.

Vários pares de olhos brilhantes observavam a dupla, não piscando, como se estivessem hipnotizados. Os zinogarf e os goblins sabiam que esses dois eram fortes.

 O lich focou sua visão para o goblin gigante e disse: — Me conte tudo sobre seu acampamento.

O goblin gigante era quase do mesmo tamanho do goblletooth, mas sua força era muito inferior.

O orc acertou um soco certeiro no estômago do goblin gigante, fazendo-o vomitar uma grande quantidade de saliva.

Ele ainda tinha um sorriso debochado no rosto, o que fez Goblletooth perder completamente a cabeça.

Com muita raiva, ele apertou com força os dedos no pescoço do goblin gigante; o sangue verde escorreu sobre seus dedos.

As cinco pontas dos dedos desapareceram sob a pele do goblin gigante. Mesmo em seu último suspiro, ele não perdeu o olhar decidido.

— Goblletooth, matar todos os homens verdes, disse ele correndo em direção aos olhos brilhantes.

O lich apenas andou, tentando transmitir as informações para Drake, mas não conseguia.

Enquanto corria, Goblletooth bateu os pés no chão e ganhando impulso. Esse salto foi tão alto que ele passou pelas árvores que os cercavam.

Após alguns segundos, ele caiu no chão com a força de uma bola de canhão, cercado por três goblins: dois gigantes e comum.

Uma cortina de poeira se espalhou; eles já não conseguiam ver nada devido à escuridão. Agora, com essa poeira, eles ficaram completamente alheios.

Dois socos devastadores atingiram Goblletooth, lançando-o pelos ares e chocando-o contra algumas árvores.

Um golpe de um goblin gigante contra o orc não é tão grave, mas dois golpes simultâneos causam problemas sérios.

O terceiro goblin, avistando o orc recostado no chão, correu apontando sua lança feita de madeira para frente.

Ele tinha um sorriso sinistro no rosto. Rapidamente, a distância de vinte metros foi encurtada e ele empurrou sua lança com todas as suas forças.

Mas ele foi atingido por um chute de Goblletooth com força total.

O goblin foi arremessado como um foguete a uns vinte metros de distância, até que seu corpo se chocou contra o chão, deixando um rastro na terra.

O goblin não entendeu o que aconteceu; ele só voltou para o mundo real e percebeu o quê havia acontecido.

O goblin estava todo amassado do lado esquerdo; ele não sentia a perna nem o braço, tava tudo quebrado.

Ele estava recostado de lado, com o rosto inclinado para o chão; ele só conseguia perceber, mesmo sendo um monstro, o medo tomou conta de seu coração. Ele tentava de todo o jeito mexer o corpo, mas a dor era indescritível.

Imediatamente, seu corpo foi girado; seu rosto estava impregnado de areia. Ele não queria ver isso, mas na sua frente havia uma criatura humanoide usando um sobretudo preto.

O lich se agachou e colocou sua mão sobre o pescoço do goblin e o ergueu.

— Me diga onde fica seu acampamento e

você ganhará sua liberdade.

Mesmo que o goblin ganhasse sua suposta liberdade, como ele conseguiria fugir?

Ele não tinha opção e então falou tudo: — N-nossa tribo fica no meio desta floresta.

— Quantos vocês são? Quais armas usam?

Segundo o goblin, a sua tribo é composta por mais de cinquenta mil membros. Essa união surgiu após uma entidade maléfica aparecer na floresta dos monstros e destruir um assentamento goblin.

Suas armas são de níveis medíocres, mas a quantidade de goblins faria qualquer um tremer.

Os Zinogarf notaram as atividades suspeitas dos goblins e enviaram alguns dos seus para obter informações, mas acabaram em conflito, e então uma guerra entre essas duas espécies eclodiu.

Voltando aos monstros, eles têm vinte níveis de evoluções; nos dois primeiros níveis, eles são irracionais.

Monstros como Zinogarf, lobos e outros no nível um não têm nenhum traço de inteligência, mas isso muda ao chegar no nível três. Onde suas inteligências aumentam ao ponto de poderem falar a língua dos homens e fabricar armas de qualidade medíocre.

Ao atingir o nível seis, todos os monstros adquirem a capacidade de sentir a mana e também a liberação de monstro.

À medida que sobem de nível, seus atributos aumentam, superando os dos humanos. No entanto, ainda existem aqueles monstros que nascem com atributos fora do comum, o que é extremamente raro.

Ao atingir o nível vinte, um monstro pode ser considerado uma divindade. Ele pode destruir um continente em poucos dias e ainda ter mana suficiente para repetir o feito.

Mas, nenhum monstro com tanta força foi visto ainda.

Picture of Olá, eu sou o Erick. Ks!

Olá, eu sou o Erick. Ks!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥