Selecione o tipo de erro abaixo

Nota do autor: Seguindo as boas práticas da VulcanNovel, algumas ações/eventos serão realizados em dezembro, devido ao Natal. Mas como sei que o que vocês querem são capítulos extras/adicionais, eu planejei um evento para publicar 1 capítulo por dia se a condição deste evento for atendida.

A condição do evento será simples, pois posso ver uma estimativa de visualizações dos capítulos por dispositivos ÚNICOS. Começando domingo, primeiro dia da semana, vocês têm que fazer com que o número de visualizações do último capítulo publicado chegue a 100 antes das 20:00 (08:00 PM) do dia seguinte, horário de publicação. Então divulguem a novel, abram ela com todos os celulares da sua família e assim por diante.

Caso vocês não consigam atingir essa meta, o evento vai acabar e vocês vão ficar só com o primeiro capítulo adicional publicado, o do domingo.

Bom capítulo a todos.

Ao chegar ao local indicado, Alexander se apresentou ao contratante do serviço de escolta, bem como aos aventureiros que também aceitaram a mesma missão, e subiu na última carruagem da caravana com Ocean.

Normalmente a presença de Ocean seria contestada por alguns aventureiros, pois é difícil relaxar ao lado de uma loba com mais de 1m de altura. Mas como a maioria dos aventureiros nesta missão eram do rank bronze, e o contratante estava mais do que feliz em conseguir 2 pelo preço de 1, ninguém reclamou diretamente com Alexander, que agora era um aventureiro rank prata.

A viagem para a Cidade Gêmea foi tão pacífica que Alexander passou a maior parte do tempo praticando para aumentar sua proficiência nas habilidades |Controle de Mana| e |Controle de Energia|. Mas devido à lenta velocidade de deslocamento da caravana, necessária para preservar a qualidade do que era transportado, a viagem durou praticamente 2 dias inteiros.

Com sua identificação de aventureiro rank prata no peito, Alexander não teve problemas para entrar na Cidade Gêmea. Mas assim que entrou, seu instinto começou a disparar, alertando-o para o perigo. O número de pessoas mais fortes que ele era assustadoramente alto, e a disparidade entre eles era ainda maior.

— Esta é realmente uma grande cidade — pensou Alexander. — O número de pessoas, bem como o seu poder, estão num nível completamente diferente.

Como não conhecia a cidade, Alexander apenas seguiu os demais aventureiros até a filial local da guilda dos aventureiros, afinal eles teriam que ir até lá para finalizar a missão.

Ao longo do caminho, Alexander viu um fluxo incessante de pessoas de uma miríade de raças e espécies que nunca sonhou que poderiam existir.

Vendo o rosto surpreso de Alexander, o aventureiro rank prata que liderava a missão de escolta entendeu sua situação e começou a rir. — Você vai se acostumar rapidamente se ficar por aqui. Eu mesmo era como você quando visitei minha primeira cidade grande.

Depois de caminhar um pouco, o grupo chegou a Guilda. E para surpresa de Alexander, uma das atendentes era Mary.

Ao escolher seu balcão e perguntar por que ela estava ali, Alexander descobriu que Mary, após suas últimas experiências, havia aceitado uma oferta deste ramo da Guilda e mudado de profissão.

Enquanto o grupo finalizava a missão de escolta, Alexander aproveitou para pedir informações e alugar um quarto. Mas quando o fez, seus bolsos quase choraram sangue, já que o preço diário de um quarto para ele e Ocean nesta cidade era o dobro do da Cidade da Fênix, 2 pequenas moedas de prata, na baixa temporada.

Após resignar-se a pagar o valor cobrado e concluir a missão de escolta, Alexander finalizou a missão de escolta no sistema e começou a planejar seus próximos passos.

* Ding! *

[Missão concluída]

[Você completou a missão: (Escoltar a caravana). Avaliação de conclusão: {A}]

[Você recebeu: (3500 Pontos de XP)]

Depois de se instalar em seu novo quarto com Ocean, Alexander ativou as habilidades |Ocultação| e |Status Falso| para distorcer e diminuir o seu status.



Status Falso 1

Nome: Alexander Ocean ♂

Raça: Humano/Dragonewt

Idade: 14

Condição: Boa

Nível: 21

Classe: Mago da Água

HP: 240/240

Ki: 135/135              

Mana: 240/240

MP: 245/245


Atributos:


Vitalidade: 100

Força: 80

Defesa: 80

Destreza: 160 (60 + 100)

Agilidade: 210 (10 + 200)

Inteligência: 100

Charme: 5

Sorte: 10


Pontos de atributo livre: 1

[Equipamentos]:


[Adaga Robusta de Ferro][Cajado de Madeira da Árvore de Mana]


[Habilidades de Proficiência]:


|Arremessar (Avançado)| … |Correr (Iniciante)| … |Controle de Mana (Avançado)| … |Desmantelar (Intermediário)| … |Fortalecimento Corporal Mágico (Avançado)| … |Controle de Energia (Intermediário)|


[Aprimoramentos]:


(Desenvolvimento Corporal) (Bênção das Águas)


[Títulos]:




As mudanças que Alexander fez em seu status foram simples: ele deu uma certa estilização, para adequá-lo à sua nova aparência; mudou o que precisava ser mudado; escondeu o que achou por bem esconder; e diminuiu os seus atributos em 20 pontos, para que ainda tivesse espaço de manobra caso alguém pensasse que viu através dele.

— Agora devo poder levar Ocean para passear e me familiarizar com a cidade sem que ninguém descubra meu Status anormal — ponderou Alexander.

Com o problema resolvido, Alexander levou Ocean para passear pelas principais ruas da cidade para que se familiarizassem com elas.

Não muito longe da Guilda ficava a área comercial da cidade, que era gigantesca para uma cidade murada. E ao olhar para qualquer direção era possível ver barracas e lojas vendendo as mais diversas coisas.

O mercado da Cidade Gêmea era incrível e cheio de coisas que Alexander nunca tinha visto. Mas como não tinha intenção de comprar nada no momento, continuou seu caminho depois de admirá-lo por algum tempo.

Ao andar por mais algum tempo, Alexander viu 3 edifícios colossais. Os 2 mais simples eram grandes bancos, sendo o primeiro do senhor da cidade e o outro, surpreendentemente, da companhia Lua Negra. Mas mesmo esses 2 colossos perderam o brilho em relação ao terceiro, a loja da Lua Negra, pois além do seu tamanho colossal, ela também era adornada com muito luxo e requinte.

Não tendo motivos para ficar ali por muito tempo, Alexander apenas observou um pouco e voltou a passear pela cidade. E ao continuar seu caminho, chegou a uma área residencial da cidade, que estava repleta de casas, estalagens, hospedarias e afins. Mas como já tinha onde ficar, também não ficou muito tempo lá.

Assim que completou um pouco mais de ¾ da circunferência que formava a área central da cidade, Alexander avistou, ao longe, uma área gigantesca que mais parecia uma cidade de pequena escala.

Curioso para saber do que se tratava, Alexander perguntou a um guarda de passagem, que suspirou. — Você não é daqui, ou não teria como não saber… Esta é a Academia dos Combates Gêmeos, uma das grandes glórias da nossa cidade.

— Ela é uma das cinco melhores academias de combate do Império — disse o guarda com orgulho. — Quem consegue entrar tem um futuro muito promissor pela frente. Mas como seu exame é bem difícil, poucas pessoas conseguem entrar.

Feliz por ter encontrado um de seus objetivos, Alexander agradeceu ao guarda e começou a caminhar pela grande rua lateral que levava à academia.

Ao chegar na entrada da academia, Alexander encontrou os portões fechados. Não tendo outras opções, ele teve que pedir informações à pessoa que estava de prontidão guardando os portões.

— Inscrições para a academia? — Perguntou a pessoa que guardava os portões, como se ouvisse a dúvida de Alexander. — Elas já começaram… Mas o exame só será realizado na próxima semana.

— Ainda posso me inscrever? — Perguntou Alexander, um pouco ansioso com a possibilidade de ter perdido o período de inscrição.

— Sim — respondeu o guarda. — Mas a taxa de inscrição de 1 pequena moeda de ouro não é reembolsável.

Sentindo que o guarda não estava tentando enganá-lo, Alexander nem sequer franziu a testa ao tirar 1 pequena moeda de ouro e entregá-la ao guarda.

— Preencha esse formulário com seus dados — disse o guarda enquanto entregava a Alexander o formulário, uma caneta e um suporte para apoiar o formulário. — Mas não se esqueça de vir fazer o exame no primeiro dia da próxima semana, pois ele só é feito nessa data e não há reembolso caso você não compareça.

— Tudo bem — respondeu Alexander, que após se inscrever recebeu uma pequena placa como comprovante de inscrição.

Satisfeito por ter conseguido se registrar, Alexander retornou à circunferência da área central, pois queria completá-la e retornar ao seu ponto de partida, a guilda dos aventureiros.

Durante sua caminhada, Alexander encontrou uma área de artesãos em seus mais variados ofícios. Um setor que parecia produzir de tudo um pouco.

Ao regressar ao seu ponto de partida, Alexander retomou a sua caminhada pela cidade, mas desta vez caminhou lentamente e explorou ruas adjacentes.

Quando Alexander começou a se familiarizar com as ruas principais, a noite já começava a cair sobre a Cidade Gêmea.

Sentindo que isso bastava, pelo menos por enquanto, Alexander virou-se e dirigiu-se ao dormitório da Guilda. Mas ao passar pela rua de um dos portões da cidade, ele parou por um momento para observar a grande diversidade de familiares retornando com seus mestres a cidade.

O número de Familiares não era muito grande e a maioria deles não pareciam fortes, mas não se podia dizer que era raro encontrá-los.

— Como esperado de uma grande cidade aventureira — pensou Alexander enquanto avaliava as pessoas que voltavam para a cidade. — O número de Demis, aventureiros e familiares é incomparável ao da Cidade da Fênix.

Quando Alexander voltou para a Guilda já estava bem escuro. Ele então cumprimentou Mary, fez uma refeição rápida com Ocean, foi para a cama e começou a processar algumas informações enquanto pensava na sua situação.

— Parece que aos poucos estou me acostumando com esse mundo. Até alguns sentimentos estão vindo à tona — pensou Alexander. — É como se eu estivesse me adaptando à minha situação/mundo atual e criando novos valores.

— O estranho é que ainda permaneço sem nenhuma emoção ou sentimento em relação às minhas lembranças da Terra… Como se as tivesse perdido em troca de estar nesse lugar.

— É melhor não pensar muito nisso — concluiu Alexander. — Ou posso acabar enlouquecendo tentando entender algo que não tenho como entender.

— Vou me concentrar apenas no que posso fazer no momento — decidiu Alexander. — Pensando bem, ainda tenho muitas coisas para fazer antes de entrar na academia de combate.

— Ainda preciso obter mais informações, novos itens e entender a correlação entre idade e aparência neste mundo. Sem mencionar que ainda tenho que testar se minha forma goblin pode passar por Demi.

Nota especial sobre familiares: A forma como idealizei o sistema familiar para esse reino se restringiu a uma coisa simples: ter aura suficiente para controlar outras criaturas, até para não acabar com algo muito aleatório e/ou absurdo onde o personagem tem um familiar que é basicamente mais o mestre do que o próprio mestre.

Obviamente, pode haver alguns casos como esse mais adiante na novel, mas serão casos específicos e a margem da regra. Porque, na minha opinião, por mais que essa dinâmica seja divertida de abordar em alguns casos, ela se inclina mais para o gênero comédia do que para uma fantasia de aventura, ação e luta.

Dito tudo isso, para Alexander, ou qualquer outro personagem, ter múltiplos familiares, eles têm que ter uma aura cada vez mais forte, o que no caso de Alexander deve acontecer, normalmente, a cada vez que ele evoluir. Esse método visa evitar que se torne um pouco como Pokémon: temos que pegar.

Mas retornando e atendo-me a pergunta do encarecido Overlord games: Sim, já tenho em mente novos familiares para o nosso querido Alex. E embora eu já tenha uma ideia sobre alguns, uns deles até sendo “incomuns”, não pretendo me ater à linearidade de ter um novo familiar a cada evolução, até porque não se adequaria a personalidade do personagem escolher um novo familiar apenas para ter se o mesmo não corresponder a alguns dos requisitos de afinidade e/ou potencial, ou afins.

E como bônus adicional por ele ter sido o primeiro a participar deste evento, fiz uma ficha descritiva do primeiro familiar de Alexander: Ocean, que está na imagem abaixo.

Obs: Chave PIX para quem quiser, e puder, apoiar a obra: 0353fd55-f0ac-45b5-a366-040ecefa7f7b. Caso não consiga copiar a chave pix, é só clicar nela que vai ser gerada uma aba/guia que tem como URL/Link a própria chave pix com algumas barras nas pontas: http://0353fd55-f0ac-45b5-a366-040ecefa7f7b/, e é só retirar a parte excedente.

Ps: Para finalizar, volto a reiterar que as publicações seguiram normais e recorrentes no ritmo mencionado mesmo que, por ventura, haja a publicação de capítulos adicionais.

  1. Resolvi mudar um pouco o layout no {Status} e no {Fake Status} para dar mais dinâmica a novel, bem como acentuar o crescimento e desenvolvimento do nosso querido personagem. ↩︎
Olá, eu sou o Kamislayer!

Olá, eu sou o Kamislayer!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥