Selecione o tipo de erro abaixo

Fernando sentiu um estranho calafrio em seu pescoço, principalmente ao lembrar das histórias que ouviu sobre os Urukkans.

Era dito que os Marauders eram a tribo mais poderosa dos Orcs, mas os rumores também falavam que os Urukkans poderiam ser ainda mais assustadores. Não só eles eram quase tão poderosos quanto a outra tribo, como eram muito inteligentes e maliciosos.

Recordando-se do estado em que viu o General Zado na noite anterior, não pôde deixar de associar a isso.

“Acelerar marcha!” A voz de Jack Vigari soou na comunicação da Nona Brigada.

Rapidamente toda a tropa começou a aumentar o ritmo, e isso não era exclusivo delas.

Dum! Dum! Dum!

O som dos tambores também estava mais rápido, fazendo com que todo o exército aumentasse o ritmo de avanço. E o motivo para isso era apenas um.

O bombardeio dos Ogros não tinha uma capacidade ofensiva tão poderosa quanto magias explosivas, mas seu alcance monstruoso, somado a sua rápida taxa de lançamento, fazia com que aqueles no comando não tivessem escolha a não ser forçar uma aproximação.

Somente quando o exército inimigo estivesse no alcance dos magos, é que poderiam ganhar o controle da situação.

BOOM! BOOM! BOOM!

A expressão do jovem Tenente era escura, enquanto observava as explosões que soavam acima de suas cabeças, com pequenos fragmentos voando por todo lado. Se não fossem as tropas aéreas interceptando os projéteis enviados pelos Ogros, muitos Batalhões já teriam sido despedaçados nesse momento.

Entretanto, apesar do esforço das forças aéreas, eram simplesmente muitos ataques e alguns desses iriam eventualmente passar por suas defesas.

BOOM!

“Ahhhh!”

Não muito longe do Batalhão Zero, um dos Batalhões de trás, o do Tenente Bemir, foi acertado em cheio.

Fragmentos espinhosos da rocha, provenientes da Magia de Terra, voaram para todos os lados, quando um projétil com cerca de dois metros de diâmetro acertou o centro da tropa.

Fernando olhou para o Major Jack Vigari com uma expressão incomodada. Isso porque mesmo quando o Batalhão de trás foi atingido, o homem não se moveu um centímetro, como se isso não fosse problema seu.

Pelo contrário, o sujeito parecia atento ao pequeno contingente e as Caixas de Transporte, puxadas pelos Bulais.

O que será que tem ali, que é mais importante que defender seus homens? perguntou-se, irritado. O jovem Tenente não sabia o que o homem estava protegendo com tanto afinco, mas sabia de uma coisa, não poderia contar com ele.

Enquanto pensava nisso, manteve seus olhos nos céus acima. Mesmo que esses projéteis não fossem tão poderosos quanto magias de fogo, por exemplo, não poderiam ser subestimados.

Pelas informações que ouviu no Cubo, no ataque ao Batalhão de Bemir, a rocha que foi atirada havia matado instantaneamente cinco homens, enquanto feriu alguns outros.

Não era um número de baixas muito grande, mas tendo em vista que o número de ataques não diminuía, seria preocupante ser atingido continuamente dessa forma.

“Magos, foquem na defesa!” Fernando gritou, na comunicação do Batalhão Zero, quando o pior aconteceu, uma das rochas estava vindo diretamente para eles em alta velocidade.

Tendo em vista a área geral, provavelmente o ataque atingiria o Primeiro Pelotão, entre os Esquadrões de Emily e Karol.

Vendo isso, a expressão do jovem pálido afundou, mesmo que as chances fossem baixas, ele não permitiria que qualquer ameaça chegasse até sua esposa!

Os magos do Batalhão Zero, apesar de poucos, começaram a lançar suas magias para o alto, entretanto suas reações haviam sido lenta demais, o projétil já estava próximo.

“Preparar, atirem!!” Emily gritou, erguendo seu arco para o alto, inserindo uma abundância de mana em seu ataque. Porém, antes que pudesse disparar, uma faixa de fogo ascendeu aos céus, cruzando todo o espaço aéreo em direção à grande bola de pedra.

Era uma gigantesca Lança de Fogo, fragmentos crepitantes eram soltos, enquanto ela voava disparada.

Sha! BOOOM!

Os Tenentes dos outros Batalhões ficaram espantados quando viram a grande explosão tão perto de suas tropas, a quantidade de mana nesse ataque era simplesmente muito alta!

Todos não puderam deixar de olhar em direção ao Batalhão Zero, mais especificamente em direção ao Tenente Fernando, pois o ataque havia sido a partir dele.

Bemir, Hélio e Leila tinham expressões confusas, mesmo sendo tão jovem, o rapaz era realmente tão poderoso? Bemir em especial estava interessado, ele havia ouvido muitos rumores sobre Fernando quando estava em Belai, mas nunca havia tido a oportunidade de ver pessoalmente do que ele era capaz.

Aquele garoto? Humph, não é ruim. Talvez ele seja útil. O Major Jack pensou, enquanto olhava na direção do Batalhão Zero.

Ele havia sido escolhido para liderar essa Brigada devido a certos motivos, mas acreditava que todos esses Batalhões eram apenas lixo, mas sua opinião mudou ligeiramente após ver esse ataque.

A expressão de Fernando era calma, apesar do suor frio em sua testa. Ele havia colocado muito mana nessa Lança de Fogo, para causar uma sobrecarga. Como não estava muito confiante em sua precisão, optou por poder bruto. Mesmo que errasse, faria o mana explodir a Lança quando chegasse próximo do alvo, mesmo que não o acertasse precisamente, a explosão destruiria o projétil.

E no fim, seu plano havia dado certo, interceptando o alvo. Mas não relaxou por causa disso, o céu continuava cheio de projéteis sendo lançados a todo momento.

“Em frente, sem parar!” O Major gritou, incitando os soldados.

BOOM! BOOM!

O exército Humano estava cada vez mais próximo das tropas Orcs, nesse ponto estavam a apenas quinhentos metros de distância. Alguns magos de maior nível já poderiam começar a atacar, mas a maioria ainda precisaria chegar mais perto.

Milhares de Orcs Dobats ergueram seus machados, espadas e outras armas, prontos para receber os humanos que estavam chegando.

Entretanto, de repente, a Segunda, Terceira e Quarta Divisão pararam seu avanço, com apenas a Primeira, no lado Leste, e a Quinta, no Oeste, continuando a avançar.

Muitos dos Capitães e Tenentes na Primeira e Quinta notaram isso e rapidamente questionaram o alto comando.

“Major, o que esta havendo?” O Tenente Hélio questionou, na comunicação da Nona Brigada.

“Isso não é algo com que você precisa se preocupar, apenas continuem marchando!!” O Major com tapa-olho respondeu, de forma rígida.

Vendo o exército Dobat cada vez mais próximo, enquanto apenas duas das cinco Divisões continuavam em frente, muitos começaram a ficar ansiosos. Não só eles seriam o foco de todas as tropas inimigas, como os Ogros começaram a mirar seus ataques neles!

BOOM! BOOM!

“Ah! Minha perna, minha perna!”

“Precisamos de um Mago de Cura aqui!”

O bombardeio estava ficando cada vez mais feroz, mesmo o Batalhão Zero não escapou intacto, quando dois projéteis passaram por suas defesas, atingindo o Esquadrão de Lenny e o Esquadrão de Magnus.

“Situação?” Fernando gritou na comunicação, já que não conseguia ver de onde estava.

“Tenente, temos dois mortos e dois feridos.” Magnus relatou, ansioso.

“Três mortos, sem feridos.” Lenny falou, com tranquilidade na comunicação.

“UOOOH!” De repente, as tropas do exército Orc, não muito longe a frente, começaram a gritar, quando três gigantescos e poderosos Orcs, com olhos vermelhos carmesins, apareceram entre as massas, eram Orcs Lordes.

“Finalmente vocês vieram, malditos.” O General Dimitri, que estava a frente da Quinta Divisão, falou consigo mesmo.

Na Terceira Divisão, a central, Wayne tinha uma expressão tranquila. Mesmo vendo três Orcs Lordes Dobats, sua expressão não mudou minimamente. Pelo contrário, era como se já esperasse por isso, seus olhos então varreram as tropas Orcs, como se buscassem algo mais.

“Aqui é o General Dimitri, prestem atenção ao meu comando!” A voz de Dimitri soou, de forma imponente na comunicação. “Direita…” falou, pausando sua voz.

Quando as tropas da Quinta Divisão ouviram isso, ficaram surpresas, mas rapidamente entenderam, eles iriam fazer manobras militares!

Mesmo Fernando, e o restante dos membros do Batalhão Zero, que eram considerados novatos, sabiam dos comandos básicos de manobras.

O que os Generais estão planejando? pensou, de forma ansiosa.

“Volver!” gritou.

Tum! Tum! Tum!

Assim que a ordem foi dada, todas as Quatro Brigadas da Quinta Divisão viraram no mesmo instante para a direita, marchando para o Oeste.

Ao mesmo tempo, a Primeira Divisão, liderada pelo General da Legião Aurora, fez o mesmo, indo para o Leste.

O movimento abrupto das duas Divisões mais avançadas pegou os Orcs, que estavam prontos para receber os humanos, de surpresa.

Na parte de trás, mais ao centro do exército, a Segunda Divisão, composta principalmente por tropas montadas, encabeçada pelas 3.000 unidades da Cavalaria Blindada Nagalu, avançou, com um grande ímpeto.

Cada Nagalu era uma poderosa besta, com dois metros e meio de altura e cerca de cinco de comprimento, dois poderosos chifres acima do focinho, uma cauda cheia de espinhos e com todo o corpo revestido de placas metálicas, era um verdadeiro tanque de guerra. Com cerca de três mil deles, era uma verdadeira cavalaria imparável!

Mas além deles, ainda haviam cerca de mais 3.000 unidades de outras cavalarias mistas logo atrás, incluindo menos de 1.000 da Cavalaria de Lagartos Tarky.

Tum! Tum! Tum!

A partida das seis mil tropas levantou uma gigantesca coluna de poeira, que fez os três Orcs Lordes, que estavam focados nas duas Divisões laterais, mudarem sua atenção. A ameaça de uma cavalaria no campo de batalha não poderia ser ignorada!

Olá, eu sou o Glauber1907!

Olá, eu sou o Glauber1907!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥