Selecione o tipo de erro abaixo

Combo do 6º Aniversário da Vulcan – Capítulos → 113/175


“29 de outubro. O líder da Ordem Secreta, Zaratul, visitou-me mais uma vez. Ele não mencionou nada específico e apenas conversou casualmente comigo. Não fui capaz de adivinhar suas verdadeiras intenções. Parece que ele só queria fortalecer a comunicação entre nós e nos entendermos melhor?”

“Eu já conheci os dois Beyonders de alta sequência da Igreja, mas senti que Zaratul era muito mais poderoso e misterioso do que eles, então perguntei a ele qual número de sequência ele era sem muita esperança e, no final, ele realmente respondeu-me!”

“Ele me disse que era um Sequência 2, Invocador de Milagres!”

“Sequência 2? Na categorização da Igreja, essa é a posição de um anjo, próxima à de uma divindade!”

“Ele realmente é mais poderoso do que o Alquimista e Sábio Arcano que eu conheci antes!

“Mas minha intuição me diz que Zaratul não está dizendo toda a verdade. A sequência 2 pode ser apenas sua posição anterior ou que ele está prestes a avançar.”

“Invocador de Milagres? Um mestre em criar milagres? O nome desta poção faz a imaginação correr solta!”

“Esta é a Sequência 2 correspondente de Vidente, um Invocador de Milagres que controla o destino?”

“Tentei sondar Zaratul se a palavra milagre se refere ao milagre do destino? Que o caminho do Vidente é aquele que lentamente compreende e agarra o destino para controlá-lo?”

“Zaratul ignorou a primeira pergunta. Ele me disse que o destino é apenas uma das partes do caminho do Vidente, e nem mesmo é seu foco principal. O caminho que realmente representa o destino é Monstro!”

“Ele levantou alguns exemplos que eram todos nomes de poções da Sequência Monstro. Sequência 7: Sortudo, Sequência 5: Vencedor, Sequência 2: Adivinho e Sequência 1: Serpente de Mercúrio! Também é conhecida como a Serpente do Destino.”

“Essa foi a primeira Sequência 1 que conheci. Acertou na minha cara!”

“De acordo com o que sei, o caminho do Monstro deve ser controlado pela Escola de Pensamento da Vida. Esta escola parece também ter partes do caminho da Sequência do Boticário. Eles propõem três grandes divisões, o mundo da racionalidade absoluta, o mundo espiritual e o mundo material. Sim, é muito legal.”

“Zaratul me disse que a Escola de Pensamento da Vida é especializada em astromancia, buscando usar remédios, música, luz, vinho e fragrâncias para eliminar caminhos com leituras estelares desfavoráveis ​​e destino. Eles acreditam que desastres e doenças são causados ​​pela perda de equilíbrio entre o homem e a natureza, bem como o equilíbrio entre o homem e sua própria mente.”

“Ele acrescentou significativamente que a Escola de Pensamento da Vida adora a lua.”

“Por que adorar a lua e não dar um passo adiante, a Deusa da Meia Noite?”

Este diário ocupava duas páginas e foi claramente copiado de ambos os lados do original.

“É muita informação…” Klein suspirou em silêncio sincero.

Esta também foi a primeira vez que aprendeu o nome de uma poção da Sequência 1.

Serpente de Mercúrio e Serpente do Destino realmente fizeram alguém sentir inveja!

“Da mesma forma, é a primeira vez que aprendo uma Sequência 2. Agora conheço a Sequência 2 correspondente de Vidente… O nome Invocador de Milagres soa muito bem. Ele contém um significado profundo e não soa humilde. Claro, em comparação com Advinho, parece um pouco inferior…”

“O destino é apenas parte do caminho do Vidente e nem mesmo é seu foco principal. Eu tenho que me lembrar disso. Devo refletir constantemente sobre mim mesmo e não acabar me direcionando para o destino. Isso pode resultar no fracasso da minha atuação… As palavras de Zaratul não parecem contraditórias… O caminho do Monstro é o verdadeiro caminho do destino… Então, Adivinho é uma Sequência 2. Se for esse o caso, então eu já conheci um Sequência 2 no passado…”

Embora não tirasse os olhos do papel, Klein estava considerando seriamente seu próprio caminho de Sequência.

Devido à sua experiência em digerir as duas poções, Vidente e Palhaço, e porque podia espionar e reverenciar o destino, ele foi capaz de ser um pouco presciente em relação ao destino. No entanto, ainda seria impotente para o desenvolvimento do destino. Ele estava lentamente igualando a essência de seu caminho de Beyonder ao destino. Se não fosse por este diário, era muito provável que ele o tivesse usado como premissa para compreender e  atuar para as Sequências subsequentes.

Quanto a saber se Zaratul estava mentindo ou não, o que Klein tinha certeza era que o caminho do Monstro era definitivamente a Sequência do Destino, o que era consistente com o que ele havia visto nas informações confidenciais dos Falcões Noturnos e com o nome da poção de que ouvira falar anteriormente, Adivinho.

Agora que havia uma Sequência do Destino, era improvável que o caminho do Vidente fosse também do destino. Isso resultaria em algum grau de sobreposição e seria inconsistente com a forma como cada uma das Sequências atuais tinha características diferentes.

Portanto, Klein estava inclinado a acreditar no que Zaratul havia dito. Ele estava inclinado a acreditar que o destino era apenas parte do caminho do Vidente, nem mesmo seu foco principal.

“O valor dessas duas páginas é inestimável para o presente… O Alquimista e o Sábio Arcano devem ser as Sequências superiores do caminho do Erudito. Pelo tom de Roselle, eles definitivamente não pertencem à Sequência 2 e 1. Ou seja, são a Sequência 4 e a Sequência 3… Por enquanto, é impossível determinar qual é a Sequência 4 e qual é a Sequência 3…” Klein concluiu seus pensamentos, folheou o diário e continuou lendo.

Quanto ao motivo pelo qual a Escola de Pensamento da Vida adorava apenas a lua e não acreditava na Deusa da Noite Eterna que simbolizava a lua carmesim, ele não conseguiu refletir muito sobre isso devido à falta de informação.

A terceira página era o relato de Roselle sobre a invenção de uma máquina a vapor prática. Às vezes, ele tinha medo de sofrer repressões e, outras vezes, temia que os frutos de seu trabalho fossem apreendidos por figuras poderosas. Suas palavras mostraram seu medo de ser perseguido.

“E pensar que até o imperador Roselle, que se considerava o protagonista de uma época, teria um lado tão perturbado e preocupado…” Os cantos da boca de Klein tremeram quando ele virou para a quarta página do diário.

“18 de abril. Matilde está grávida.”

“É de se esperar, e posso até dizer exatamente em qual sessão de amor ela concebeu, porque senti uma diminuição na minha característica de Beyonder.”

“Assim que a concepção for bem-sucedida, minha própria característica Beyonder seguirá uma conexão misteriosa e parte dela será transferida para meu filho.”

“Depois disso, perguntei preocupado ao Arcebispo Fan Esti. Ele me disse que este é um fenômeno normal. Para a Sequência 7 e abaixo, as características do Beyonder não serão passadas para a próxima geração, mas não é uma certeza absoluta, a Sequência 6 e 5 passarão naturalmente uma porção, mas não afetará a força do pai. Quanto à criança, elas nasceriam com certos poderes de Beyonder, próximos aos da Sequência 9. Mas, como resultado, seu caminho é basicamente fixo.”

“Em sequências altas, a herança das características do Beyonder é algo que se pode controlar. Pode-se optar por repassar ou não, ou pode-se optar por repassar apenas um pouco, um terço, metade ou tudo.”

“Em outras palavras, as crianças nascidas de Beyonders de alta sequência podem nascer como Beyonders. Quanto ao número de Sequência, cabe a qualquer um dos pais decidir.”

“Eu me pergunto se os descendentes das divindades também são assim…”

Depois de ler o diário, havia apenas duas frases na mente de Klein: Lei da indestrutibilidade das características do Beyonder e Lei da conservação das características do Beyonder.

“A lei governa a sobrevivência das criaturas Beyonders? Não é de admirar que alguns animais mágicos só se reproduzam antes de morrer… Não é de admirar que haja o fenômeno de aumento da matança e sede de sangue após o parto. O alvo seria de sua própria raça ou até mesmo de seu parceiro. Isso é para complementar suas características de Beyonder… De acordo com essa lógica, se rastrearmos isso desde o início, de onde vieram as primeiras características de Beyonder? Produzidas do nada? Do Criador que criou tudo?”

Como a Srta. Justiça já havia avançado para Telepata, Klein controlou a vontade de acenar com a cabeça e continuou a folhear as páginas.

A quinta página continha as críticas de Roselle sobre como ninguém gostava de sua música pop e pensava que ele estava fazendo barulho, enquanto, ao mesmo tempo, ele refletia sobre como histórias refrescantes eram uma busca comum de pessoas diferentes de mundos diferentes e que a popularidade dos romances que ele plagiou de O Conde de Monte Cristo permitiram que o jornal que ele fundou florescesse.

“… Imperador, há mais alguma coisa que você não tenha feito?” Com um sorriso, Klein virou para a sexta e última página.

“10 de novembro, recebi o grande pirata Savigny Solomon em segredo no Palácio do Bordo Branco. Solomon. Espero que ele saqueie meus oponentes na nova rota marítima e ataque os navios de Feysac, Loen e Feynapotter.”

“E eu prometi ajudá-lo a avançar para um Beyonder de alta sequência.”

“O caminho Beyonder do Imperador das Trevas tem nomes que são tão estranhos quanto o caminho da Demônia — Corrupção, Confusão, O Caído, Desordem… No entanto, para combinar com o Imperador das Trevas, eles adicionaram seus próprios sufixos, Barão da Corrupção, Mentor da Confusão, Conde dos Caídos e Príncipe da Desordem.”

“Para que Savigny fizesse jus ao seu nome, decidi conferir-lhe o título de Conde da Corte em segredo.”

“Savigny tem um filho chamado Nast Solomon, e minha intuição me diz que ele dominará os Cinco Mares no futuro.”

“Nast Solomon… O Rei dos Cinco Mares, Nast? Nast, que afirma ser descendente do Império Solomon? E pensar que ele nasceu durante o período de Roselle!” Klein ficou atordoado.

Como Roselle havia mencionado o termo nova rota marítima, Klein facilmente determinou o ano correspondente.

Foi em 1194 que a nova rota marítima foi descoberta e o Continente Sul foi encontrado, e Roselle foi assassinado em 1198. O diário só poderia ter sido escrito entre esses dois anos.

Isso também significa que foi cerca de 151 a 155 anos atrás.

“Se Nast, o Rei dos Cinco Mares, era o Nast Solomon, de quem Roselle havia falado, ele tem quase 160 anos… Isso se deve a outros motivos ou os Beyonders de alta sequência obtêm uma extensão de sua vida útil…” Klein pensou seriamente.

Ele reuniu seus pensamentos e deixou o diário desaparecer de suas mãos. Ele então olhou para Justiça e disse: — Você está livre para negociar ou se comunicar agora.

“O Sr. Louco não tem conhecimento geral para nos contar hoje…” Audrey ficou um pouco desapontada. Ela voltou seu olhar para Sol e disse: — Posso trocar informações relacionadas ao dragão com você?

Ela se lembrou claramente de que o Sr. Sol chamou o caminho do Espectador de O Caminho do Dragão e que ele disse que se originou da raça do Dragão.

— Claro. Eu quero a fórmula da poção da Sequência 8 do caminho do Bardo, — respondeu ao O Sol, Derrick, que ficou em silêncio durante todo esse tempo, hesitante.

Ele queria usar isso como uma troca de informações sobre o mundo onde Justiça e o Enforcado viviam, para que ele não ficasse sempre confuso com o que ouvia. No entanto, vendo que seu processo de digestão da poção estava quase completo, ainda fez de seu avanço sua principal prioridade.

Picture of Olá, eu sou o Vento_Leste!

Olá, eu sou o Vento_Leste!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥